Armando Monteiro e João Paulo recebem apoio do PDT


O Partido Democrático Trabalhista (PDT) oficializou, nesta segunda-feira (23), o apoio às pré-candidaturas de Armando Monteiro (PTB) ao governo de Pernambuco e de João Paulo (PT) ao Senado. A decisão foi anunciada pelo dirigente nacional do PDT, o ex-ministro Carlos Lupi. Com o anúncio, o partido do ex-governador Leonel Brizola vai indicar um nome para vice-governador de Armando. Lupi confirmou que vai participar da convenção do PTB em Pernambuco, no dia 29, em Caruaru. 

A decisão de apoiar Armando Monteiro e João Paulo em Pernambuco foi tomada após a convenção nacional do PDT, no último dia 10, na qual o partido oficializou apoio à candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). O anúncio reforça a iniciativa dos pedetistas de reproduzir nos Estados o apoio expressado ao PT nacionalmente. Com o anúncio, o PDT passa a integrar à chapa “Pernambuco Vai Mais Longe”, que, além do PTB e PT, também tem o apoio do PSC, PTdoB e PRB. 

Para o presidente nacional Carlos Lupi, a decisão levou em conta a liderança política de Armando Monteiro. “O senador tem uma larga experiência política, conhece os problemas de Pernambuco. Sua candidatura é muita estratégica para o crescimento de PDT no Estado”, afirmou. Outro fator que pesou na decisão, segundo Lupi, foi o fato de Armando garantir um palanque forte em Pernambuco para a presidente Dilma Rousseff. 

O presidente Carlos Lupi aproveitou para destacar que a militância histórica no trabalhismo do PTB e do PDT foi um dos fatores determinantes para a composição em Pernambuco. “Em nossa convenção nacional, aprovamos um indicativo da direção nacional de apoiar às candidaturas da presidente Dilma Rousseff e do senador Armando Monteiro. Esses apoios não só se dão pela relação entre os partidos, mas pelo histórico comum no trabalhismo”, declarou Carlos Lupi.