Crise no grupo político do prefeito de Carpina, Carlinhos do Moinho (PSB), depois de exonerações de aliados

Será muita coincidência ou represália política. No dia seguinte do final do primeiro turno das eleições 2014, o prefeito do PSB, Carlinhos do Moinho (centro na foto) saiu colocando os seus apoiadores para fora da Prefeitura Municipal de Carpina. Uma das lideranças importantes da gestão municipal, a secretária da Juventude, Emanuela Lapa (esquerda da foto), foi exonerada do cargo junto com a sua equipe que gerenciava o principal programa da cidade para os jovens, a Casa das Juventudes. 

A ex-secretária Manu Lapa foi principal figura pública que apoiou à filha do prefeito Carlinhos, a ex-candidata a deputada estadual Cássia do Moinho (direita da foto). Nos últimos meses, a gestão do Moinho vem passando por uma tempestade no comando da prefeitura municipal, inclusive culminando no conjunto de demissões e excluindo pasta de segmento da sociedade do governo local. 

Ao blog Dani Falando Francamente da região da mata norte, a ex-secretária Manu falou que não volta para prefeitura. "As pessoas me dizem: "Tenha calma Manu" - Mas não estou nervosa, estou tranquila. Não faço mais parte desse grupo e estou muito segura", disse Lapa. O esposo da ex-secretária prometeu mudar de lado. "Carlinhos não sabe o que é oposição. Ele vai saber a partir de agora, e pode dizer que foi eu quem disse" afirmou Aldo Machado ao blog. 

Neste domingo (19), a Manu Lapa detalhará mais sobre essa crise na política de Carpina numa entrevista coletiva para uma rádio local da cidade (FM 104.9) no Programa de Dani Nurse. Segundo informações, a população carpinense vai se surpreender com os últimos acontecimentos no governo de Carlinhos do Moinho.