Oposição defende fortalecimento da ARPE - Agência Reguladora de Pernambuco

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), cobrou do governo do Estado nesta quarta-feira (29) medidas que garantam o fortalecimento e o bom funcionamento da Agência de Regulação de Pernambuco (ARPE), órgão de fiscalização independente criado em 2000.

A ARPE vem enfrentando uma série de problemas, que vão desde o déficit de funcionários ao esvaziamento do papel da instituição, que nos últimos anos deixou de ter a prerrogativa de fiscalizar projetos como a Arena da Copa, o presídio de Itaquitinga e a atuação das Organizações Sociais nas UPAs e hospitais públicos.

“A ARPE é um instrumento fundamental de fiscalização dos serviços públicos que são prestados à população. O seu fortalecimento dará, sobretudo, a garantia de que o cidadão pernambucano terá uma melhor atendimento em serviços básicos como os de energia elétrica, saneamento e abastecimento de água”, explicou Silvio Costa Filho. Recentemente, ao se despedir do cargo, o ex-diretor-presidente da entidade, Roldão Joaquim, também denunciou o seu esvaziamento e indagou “a quem serviria a inércia e inoperância da ARPE?”.

Silvio Costa Filho lembra que o órgão fiscalizador, mesmo após 15 anos de sua fundação, até hoje não tem nenhum servidor público de carreira, conta com poucos funcionários e não convocou os aprovados em concurso. Em 2014 foi realizado um certame mas não houve a homologação dos resultados e a nomeação dos 70 aprovados. O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) também têm apontado em seus relatórios a necessidade de efetivação dos concursados e alertado para omissões nas fiscalizações dos contratos públicos em Pernambuco.

“Essa precarização da ARPE traz danos sérios ao bom funcionamento das instituições e à fiscalização de como são aplicados os impostos da população. Do jeito que está, a entidade não consegue fiscalizar efetivamente áreas como a do transporte público, por exemplo. E hoje a população sofre com os problemas crônicos de nosso sistema de transporte”, afirmou.

Silvio também pediu que o Governo do Estado reveja a aplicação da Lei 15.210, que retirou da ARPE o direito de fiscalizar as Organizações Sociais (OSs) da saúde. “Contratos como os dos três hospitais e 14 UPAs geridos pelo IMIP passaram a ser pagos e ao mesmo tempo fiscalizados pela Secretária de Saúde. O governo precisa rever esta lei e devolver à ARPE o direito de fiscalizar, com independência, estes contratos”, defendeu o parlamentar.

Por fim, Silvio lembrou que a bancada de oposição na Assembleia Legislativa promoverá um amplo debate sobre a situação das Organizações Sociais (OSs) que atuam na área da saúde em Pernambuco. “Em recentes encontros com o CREMEPE e o SIMEPE, tivemos relatos da queda na qualidade do atendimento nas UPAs e hospitais. Precisamos identificar as causas disto e cobrar do governo ações para que a população que usa estas unidades de saúde não seja penalizada”, completou.

Com informações da Ascom/Bancada de OposiçãoPE

Governo de Pernambuco lança convocatória nacional do 8º Festival de Cinema de Triunfo

Um dos mais importantes eventos do audiovisual brasileiro dá o pontapé inicial para a sua edição de 2015. É o 8º Festival de Cinema de Triunfo, que acontecerá em agosto, no Cine Theatro Guarany, e pretende reunir, em pleno Sertão do Pajeú, realizadores e recentes produções fílmicas de todo o país. O Governo de Pernambuco, através da Secult-PE/Fundarpe, lançou a convocatória nacional do festival, que estará com inscrições abertas para todo o Brasil, no período de 5 de maio a 5 de junho de 2015 .

Este ano, o Festival de Cinema de Triunfo traz uma novidade: os realizadores poderão encaminhar seus filmes para seleção tanto no formato físico (sendo entregue na sede da Fundarpe ou via Correios) como virtualmente, através do envio da ficha de inscrição e o link do filme inscrito em plataformas como Vimeo ou Youtube. De acordo com Milena Evangelista, coordenadora geral do Festival, “a iniciativa vai favorecer a participação de realizadores de diversas regiões do país, garantindo uma programação mais diversa, apresentando diferentes realidades e estéticas da atual produção cinematográfica brasileira”, destaca.

Os participantes vão concorrer a um total de R$ 40 mil em prêmios nas categorias: Longa-metragem nacional, Curta-metragem nacional, Curta-metragem pernambucano, Curta-metragem infanto-juvenil e Curta-metragem dos Sertões. Os vencedores serão escolhidos pelo júri oficial e também por um júri popular, formado por 20 professores e estudantes da rede pública que participarão de uma oficina de crítica cinematográfica na semana pré-festival.

Uma das marcas do evento é a oferta de atividades de formação cultural com o público da região, característica que será reforçada este ano, através da promoção de oficinas e rodas de diálogo.

Importante vitrine para cineastas pernambucanos, com recorte específico para a produção sertaneja, o Festival de Cinema de Triunfo está consolidado no circuito nacional do cinema independente. A cada edição, a programação envolve o público, dinamiza o Cine Theatro Guarany e movimenta a economia e o turismo cultural no Sertão do Pajeú.

Acesse AQUI a convocatória e a Ficha de Inscrição.

Com informações da Ascom/Secult

Deputado defende que locadoras contratadas pelo estado utilizem o Jeep Renegade nas suas frotas

O deputado estadual Álvaro Porto (PTB) defende que as locadoras de veículos contratadas pelo Governo do Estado utilizem, nas suas frotas, o Jeep Renegade, veículo produzido pela Fiat-Chrysler de Pernambuco, cuja fábrica foi inaugurada nesta terça (28.04) em Goiana (Mata Norte), pela presidente Dilma Rousseff (PT). Nesse sentido, Porto solicitou à Mesa Diretora que envie um apelo ao governador Paulo Câmara (PSB) e ao secretário estadual de Administração, Milton Coelho.

Vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, Álvaro Porto destaca que o Jeep Renegade foi avaliado e aprovado por especialistas do setor. Portanto, diz ele, o automóvel tem plenas condições de ser empregado para atender a grande maioria atividades do Governo do Estado, como, por exemplo, rondas policiais e serviços de cunho administrativos, inclusive em áreas rurais.

Na avaliação do deputado petebista, a medida impactará positivamente sobre a atividade do Polo Automotivo do estado, contribuindo para a geração de mais receita e mais empregos.

Em discurso na Assembleia Legislativa do Estado (Alepe), Porto salientou a decisiva intervenção do Governo Federal que atuou diretamente na concessão de incentivos para a instalação da indústria automotiva em Pernambuco.

O Pólo Automotivo pernambucano é composto por dezesseis empresas fornecedoras que, junto com a fábrica Fiat-Chrysler, totalizam R$ 7 bilhões em investimentos. Oito mil empregos diretos estão sendo criados, beneficiando a população da Mata Norte, que vem sendo qualificada para ocupar os postos de trabalho.

A capacidade total da fábrica é de produzir 250 mil veículos por ano, o que, segundo o deputado, ampliará a renda do trabalhador e elevará a arrecadação de impostos oriundos da comercialização de veículos. De acordo com ele, tal realidade possibilitará ao estado aumentar os investimentos em educação, segurança e infra-estrutura, que hoje, segundo ele, são oferecidos de forma precária ao cidadão.

Com informações da Ascom/Dep. Álvaro Porto

Governo do Estado fará 40 mil regularizações fundiárias em quatro anos

Em quatro anos, o Governo do Estado vai assegurar regularização fundiária para 40 mil agricultores familiares. A garantia foi dada pelo governador Paulo Câmara, nesta terça-feira (28), durante audiência com uma comissão da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadores na Agricultura Familiar de Pernambuco (Fetraf-PE). O encontro, que reuniu cerca de 40 integrantes ligados à entidade, de todas as regiões do Estado, aconteceu no Palácio do Campo das Princesas.

Ao incumbir a missão de interlocutor da pauta ao secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, o governador afirmou que a meta prioritária da pasta é entregar títulos de propriedade de terra à população da zona rural e também garantir o acesso ao crédito. “Se a pessoa não tem a posse da terra, não vai conseguir o crédito. Temos muitas áreas para regularizar nesse Estado. Precisa ter organização, ir atrás, colocar gente para ajudar, para regularizar. Nossa meta é fazer, ao menos, 40 mil regularizações em todo Estado nos próximos quatro anos”, afirmou Paulo.

O chefe do Executivo estadual também salientou a importância de se priorizar as ações. Para tanto, solicitou aos representantes da Fetraf-PE, seus sindicatos e associações, que elaborem um planejamento com as prioridades do segmento para os próximo quadriênio. “Vamos pactuar o que é possível e vamos fazer. Quem vai acompanhar sou eu. Quem vai cobrar sou eu, junto com vocês”, assegurou Câmara, ao ressaltar que o Estado também continuará investindo em segurança hídrica através do Plano de Convivência com a Estiagem, com ações como perfuração de poços, construção de cisternas e sistemas simplificados de abastecimento, além de dessalinizadores.

Paulo também reafirmou seu compromisso de governar Pernambuco por inteiro, atento às peculiaridades de cada região e cada segmento. Ao se denominar um “entusiasta” da agricultura familiar, por considerá-la fundamental para o desenvolvimento do Estado, ele conclamou os trabalhadores rurais a estabelecerem com o Governo uma “convivência de trabalho e realizações”.

Na pauta apresentada pelo presidente estadual da Fetraf, João Santos, foram elencadas 11 reivindicações. Entre elas, a regularização e crédito fundiário, uma política pública na comercialização, a recuperação de estradas vicinais para melhor escoamento da produção, a democratização da água, além da qualificação profissional. Ao final da audiência, João Santos disse ter saído “bastante otimista”. “Paulo assumiu um compromisso de fazer com que a agricultura familiar avance, inclusive, colocando mais dinheiro para a questão da pesquisa, para melhorar a nossa produção e qualificar a nossa atividades”, pontuou.

Também participaram da reunião os secretários estaduais Antônio Figueira (Casa Civil) e Nilton Mota (Agricultura e Reforma Agrária); o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, o secretário-executivo de Reforma Agrária, José Cláudio, além do deputado estadual e líder do Governo da Assembleia Legislativa, Waldermar Borges.

Com informações da Ascom/ImprensaPE

Ministro Pepe Vargas participa da VI Conferência Internacional de Direitos Humanos

O ministro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Pepe Vargas, participa nesta quarta-feira (29), em Belém/PA, do encerramento da VI Conferência Internacional de Direitos Humanos. 

Com o tema “Efetivação dos Direitos da Igualdade”, o evento é organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e tem como objetivo promover uma análise global do sistema internacional dos Direitos Humanos.

A Conferência, que teve início na segunda-feira (27), aborda temas como memória e verdade, igualdade racial, direitos dos povos indígenas, população LGBT, acessibilidade, entre outros. Participam dos debates juristas, representantes do governo federal e lideranças da sociedade civil.

Com informações da Ascom/SDH

Beto França encerra exposição e lança oficina de aquarela para maio

Neste final de semana encerra-se exposição “Cores Curvas Livres” na Casa do Cachorro Preto. A frase de Eduardo Galeano “o corpo é uma festa” inspirou o artista Beto França em suas aquarelas. São 35 obras de uma ode ao corpo feminino.Ilustrador profissional e mestre de oficinas em aquarela, aproveitando o o interesse do público Beto programou uma oficina de aquarelas para os dias 16 e 17 de maio.

Serão 3 horas de aula por dia. No primeiro dia o trabalho será monocromático - PeB (Escala valor tonal ). Já no segundo dia as cores primárias, secundarias e complementares entram em cena. Manchas, Texturas, Transparências, volumes, sombra colorida formam o conteúdo das aulas. Antes de cada aula, Beto promete fazer uma demonstração de seu processo de criação.

As vagas são limitadas e o valor da inscrição é R$ 200,00, podendo ser em cartão na Casa do Cachorro Preto, de Quinta a Domingo, das 16h às 21h. Para o encerramento da exposição está programado o Domingo da Bolacha Preta. A partir das 17h, a Casa monta um equipamento e o público traz o seu vinil pra tocar. A fila é por ordem de chegada.

Serviço:
A Casa do Cachorro Preto
Rua 13 de maio, 99
Cidade Alta – Olinda – PE
Fone: (81) 34932443
Informações: beto2franca@gmail.com ou acasadocachorropreto@gmail.com

Com informações da Ascom / A Casa do Cachorro Preto

Comissão propõe Dia Estadual da Trabalhadora Doméstica

Após dois anos da promulgação da Proposta de Emenda à Constituição que ficou conhecida como PEC das Domésticas, os profissionais do setor continuam sem poder desfrutar de parte dos benefícios previstos, como o seguro-desemprego e o recolhimento obrigatório do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço-FGTS. Para contribuir com a legitimação dos pleitos da categoria, a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) apresentou Projeto de Lei que estabelece 27 de abril como o Dia Estadual da Trabalhadora Doméstica.

“A data é oportuna porque coincide com o Dia de Santa Zita - padroeira da profissão -, e com o Dia Nacional da Trabalhadora Doméstica. Trazer a data para o calendário oficial de Pernambuco é importante para aproximar da população local uma pauta que está sendo debatida nacionalmente”, declara a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alepe, Simone Santana.

De acordo com levantamento realizado pelo Sistema de Pesquisa de Emprego e Desemprego, 94% dos profissionais domésticos da Região Metropolitana do Recife são mulheres. Essa parcela abrange 111 mil trabalhadoras, contratadas com ou sem carteira de trabalho, que atuam principalmente em serviços gerais ou como diaristas.

Com informações da Ascom/Dep. Simone Santana

Setor hoteleiro investe em cidades do interior do país

De olho no potencial do turismo fora dos grandes centros urbanos, o setor hoteleiro tem mobilizado recursos para municípios de pequeno e médio porte. De acordo com um estudo do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), até 2020, a quantidade de empreendimentos em cidades com até 300 mil habitantes subirá dos atuais 134 para 314, o que representa uma alta de 134%. No mesmo período, os municípios com população superior a um milhão de pessoas terão crescimento bem mais modesto: 32% (alta de 370 para 490).

Entre as cidades médias, com população entre 300 mil e 500 mil pessoas, o levantamento estima um aumento de 92% na quantidade de empreendimentos hoteleiros. É nesta faixa populacional que está o município de Campos dos Goytacazes (RJ), apontado pelo estudo como o que terá a o maior crescimento no país em termos proporcionais (600%), saltando de um para sete hotéis. O dado leva em conta estabelecimentos vinculados ao FOHB, que representa importantes redes hoteleiras, nacionais e internacionais.

“A regionalização da economia gera uma demanda de hospedagem de qualidade para o interior”, diz Abel Castro, diretor de desenvolvimento de Novos Negócios de uma grande rede de hotéis com atuação no Brasil.

Considerando os hotéis em todo o país, a concentração de empreendimentos em cidades com mais de um milhão de habitantes cairá dos atuais 59% para 47%, ao passo que nas cidades com até 300 mil habitantes subirá de 22% para 30%. Já municípios com população entre 300 a 500 mil habitantes passarão de 10% para 12%. Os números mostram ainda que os estados que mais crescerão no período são Goiás (154%) e Mato Grosso (133%).

Econômicos - Os dados também mostram que o número de hotéis classificados na categoria econômica deve crescer 131%, contra 49% dos resorts e 28% em estadias mais luxuosas, classificadas tecnicamente como upscale. Com isso, a participação dos hotéis econômicos no mercado nacional deve ter uma elevação de quase 10 pontos percentuais. O setor deve investir R$ 12,8 bilhões no país nos próximos seis anos, o que proporcionará um crescimento de 65% no número total de empreendimentos. O levantamento mostra ainda que, em 2020, os hotéis serão responsáveis por 100 mil empregos diretos, ante os atuais 64 mil.

Com informações de Gustavo Henrique Braga / Ascom-Turismo

Paulo: Lei que amplia os direitos da pessoa autista representa um progresso

A promulgação da Lei que amplia os direitos da pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), nesta segunda-feira (27), consolidou mais um avanço importante para os portadores do transtorno em Pernambuco. O governador Paulo Câmara, que esteve na cerimônia realizada na Assembleia Legislativa, classificou a norma como um “progresso” para a legislação estadual.

"Tenho a plena convicção de que essa Lei, tão bem concebida pela Assembleia Legislativa, é um importante avanço em favor das políticas sociais que nós queremos construir em Pernambuco. Vou me dedicar para que a estrutura do Estado esteja preparada para atender cada vez melhor os portadores de autismo", destacou Paulo Câmara. A legislação, entre outros pontos, assegura o tratamento individualizado e o acesso gratuito a medicamentos, além de garantir a inclusão do portador no ensino regular das redes pública e privada do Estado.

O autismo, ou Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), compromete as habilidades de comunicação e interação social. O termo foi utilizado pela primeira vez no início do Século XX. Apenas em 2012 o Brasil instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Foi a partir dessa lei nacional que os estados iniciaram os trabalhos para aprovar uma legislação própria.

Segundo Paulo Câmara, a norma promulgada hoje vai ampliar a assistência ao portador de autismo e garantir que os direitos básicos sejam cumpridos. Com a publicação do texto no Diário Oficial do Estado, o gestor escolar que negar uma matricula em um caso do tipo será multado. É importante salientar ainda que a legislação estabelece o direito ao ensino profissionalizante e ao mercado de trabalho. "Nós temos que incluir as pessoas com autismo em todas as oportunidades oferecidas ao povo. Como governador, me prontifico a trabalhar por todos os pernambucanos", pontuou Câmara.

A Lei nº 47/2015 tem como diretriz a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, que considera o portadores de autismo pessoas com deficiência, tendo direito a todas as políticas de inclusão do País - entre elas, as de educação. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que há cerca de 70 milhões de pessoas no mundo com autismo, enquanto que no Brasil são cerca de 2 milhões.

Com informações da Ascom/ImprensaPE

MDIC lança terceira edição do Inovativa Brasil

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) lançou hoje, segunda-feira, 27 de abril, a terceira edição do InovAtiva Brasil, o maior e mais abrangente programa de capacitação, mentoria e conexão para startups do país.

O principal objetivo do programa, executado pela Fundação CERTI em parceria com entidades como Endeavor Brasil e SENAI, é ajudar empreendedores a transformarem iniciativas inovadoras de qualquer setor (Tecnologia de Informação, Indústria e Serviços) em negócios de sucesso.

Na primeira etapa, que vai até o dia 19 de junho, o InovAtiva receberá a inscrição de empreendedores em participar do ciclo de aceleração. Estão aptas negócios pré-operacionais ou empresas estabelecidas com até 5 anos de operação, aquelas com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões e que não tenham recebido investimentos superiores a R$ 500.000,00. Novos negócios (spin-offs) criados por empresas estabelecidas há mais de cinco anos também podem participar.

Após a fase inicial de inscrição, os projetos mais destacados passam para a segunda fase, na qual os empreendedores ficam em contato direto com mentores – empreendedores de sucesso, executivos de médias e grandes empresas, investidores e consultores – que ajudam as startups a compreender o mercado e a desenvolver seus produtos.

Na terceira e última fase, após mais dois meses de mentoria, os 100 negócios mais estruturados participam de uma banca de apresentação dos negócios a investidores e grandes empresas. Todas as atividades do programa são gratuitas aos participantes.

Alguns diferenciais da edição 2015:
· O MDIC aprovou um projeto no Prosperity Fund, programa de cooperação do Reino Unido, que prevê a ida de 15 finalistas do InovAtiva 2015 com perspectiva de internacionalização para ir ao Reino Unido para conectar os seus negócios com investidores, aceleradoras, empresas e outros atores britânicos;

· No Edital de Inovação da Indústria, que financia projetos de Pesquisa e Desenvolvimento de empresas em parceria com unidades do SENAI, os finalistas do InovAtiva terão uma pontuação extra na avaliação dos projetos pelo SENAI;

· Parceria com o Ministério da Educação no âmbito das Chamadas de apoio financeiro a projetos de empresas com Institutos Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, “Chamada CNPq-SETEC/MEC - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica”. A novidade é que o MEC vai criar dentro da Chamada uma Linha de Apoio exclusiva para startups finalistas do InovAtiva Brasil. As empresas finalistas das edições anteriores, 2013 e 2014, também terão acesso.


NÚMEROS - EDIÇÕES 2013 e 2014
· Projetos submetidos: mais de 2.300
· Startups selecionadas (Fase 2): 178
· Startups finalistas (Fase 3): 95

CRONOGRAMA
Lançamento: 27/04
Inscrição de projetos: 27/04 a 19/06
Divulgação dos 300 selecionados: 13/07
Fase 2: 13/07 a 09/10
Fase 3: 13/10 a 30/11

Mais informações sobre o Inovativa Brasil: inovativabrasil.com.br.

Com informações da Ascom/MDIC

Bancada de Oposição participa da assembleia dos professores e presta solidariedade

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), e a presidente da Comissão de Educação, deputada Teresa Leitão (PT), participaram nesta segunda-feira (27) da assembleia geral promovida pelos professores da rede estadual de Pernambuco, em greve pelo cumprimento da lei que obriga os estados a pagar o piso salarial nacional para os docentes.

Os parlamentares reafirmaram a solidariedade à categoria e ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), que têm sofrido com ameaças de multas e até com cortes de salários por parte do Governo do Estado.

Em sua fala aos professores, Silvio Costa Filho reafirmou a disposição da bancada em apoiar a categoria e ajudar na busca do diálogo com o governo estadual. “Desde o primeiro momento estamos solidários à luta, porque é mais do que justo. Há pouco mais de seis meses o governador foi à rádio e TV, nos quatro cantos de Pernambuco, e prometeu dobrar o salário dos professores em quatro anos. E em menos de quatro meses de governo ele desrespeita a categoria desta forma”, afirmou.

Silvio lembrou que os professores têm reivindicado apenas o cumprimento da lei do piso, e que o governador precisa mostrar que está disposto a cumprir com a promessa de dobrar o salário estabelecendo desde já uma relação de respeito com os trabalhadores de educação.

“Sobra dinheiro para gastar na Arena da Copa, com locação de carros, com passagens e diárias. Sobra dinheiro para nomear assessor especial. Mas, na hora de negociar, esquecem o que prometeram e não dialogam com os professores. Querem ganhar no grito, no constrangimento, emparedando o professor. Mas os professores de Pernambuco vão sair mais fortes deste episódio”, discursou.

A deputada Teresa Leitão (PT) denunciou que professores estão sendo retaliados e perseguidos, mas que o movimento já é vitorioso por ter conquistado o apoio da sociedade.

“Esta greve é vitoriosa porque a categoria conseguiu comunicar à população, à sociedade, que a causa da educação não é brinquedo de quem quer ser governador. É coisa séria. Temos a participação dos profissionais das escolas de referência na paralisação, o apoio maciço dos estudantes e a repercussão nas redes sociais, que tem escancarado a postura intransigente do governo”, reforçou a parlamentar.

Em suas falas, os parlamentares lembraram que 14 Estados do Brasil já implementam o piso salarial nacional dos professores, o que não vem sendo cumprido por Pernambuco. Recentemente, o governo do Estado concedeu reajuste de 13,01% a pouco menos de 10% da categoria, deixando de fora mais de 90% dos profissionais da rede. Segundo o Sintepe, no início de 2015, o MEC anunciou o reajuste de 13,01% para toda a categoria, e não para uma parcela, como quer o Governo do Estado.

Com informações da Ascom/BancadaDeOposiçãoPE

Paulo Câmara recebe Jeep Renegade das mãos do CEO da Fiat Chrysler

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, recebeu das mãos de Sérgio Marchionne, CEO da FCA – Fiat Chrysler Automobiles, um Jeep Renegade branco. O encontro aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, na noite do último domingo (26.04). Marchionne conheceu as instalações do Palácio, recentemente restaurado com apoio da empresa, e participou de jantar oferecido pelo governador.

A entrega do carro, cedido ao Estado em regime de comodato, faz parte de uma série de eventos que marcam a inauguração do Polo Automotivo Jeep de Goiana, na região da Zona da Mata Norte. Esta é primeira fábrica a entrar em operação após a formação do grupo FCA, resultado da junção da Fiat com a Chrysler.

Com investimento superior a R$ 7 bilhões, a planta Jeep tem capacidade instalada para produzir 250 mil veículos por ano. O primeiro modelo fabricado no local é o Jeep Renegade. O complexo abriga também um Parque de Fornecedores, com 16 empresas, e empregará até o fim do ano mais de 9 mil trabalhadores.

O Polo Automotivo Jeep será oficialmente inaugurado nesta terça-feira (28), com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do governador Paulo Câmara, entre outras autoridades.

Com informações da Ascom/ImprensaPE

Ministra Izabella Teixeira assina contratos de concessão para a Flona de Altamira

Nesta terça-feira (28/04), às 11h, será realizado evento de assinatura dos contratos de concessão de quatro unidades de manejo da Floresta Nacional de Altamira, localizada no sudoeste do Pará. O evento contará com a presença da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e do diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Raimundo Deusdará Filho.

Ao total será concedida à iniciativa privada uma área de 362 mil hectares, com potencial de produção anual de 200 mil metros cúbicos de madeira legal e sustentável. Com a assinatura dos novos contratos, a área de florestas públicas federais sob regime de concessão aumentará em 75%, chegando a 842 mil hectares.

A Floresta Nacional de Altamira possui 725 mil hectares e abrange os municípios de Altamira, Itaituba e Trairão, todos no Pará. A expectativa é que as novas concessões gerem até R$ 80 milhões por ano e cerca de 900 empregos com carteira assinada, sendo 80% locais.

A concessão florestal é uma estratégia de promoção do desenvolvimento local sustentável e de conservação ambiental. As concessões promovem o uso produtivo das florestas públicas e o abastecimento da demanda por madeira legal, de origem comprovada.

Com informações da Ascom/MMA

Usuários das linhas Alto Santa Isabel e Alto do Mandú devem prestar atenção nas mudanças

Os usuários das linhas 511 - Alto do Mandú e 521 - Alto Santa Isabel devem ficar atentos as mudanças que acontecerão aos domingos nas duas linhas. A 511 deixará de circular aos domingos e a 521 passará a fazer os dois itinerários. Essa linha sairá do miniterminal do Alto do Mandú e realizará atendimentos nos dois sentidos ao Alto Santa Isabel.

Com a mudança, a linha 521 - Alto Santa Isabel passará a realizar viagens intercaladas com os itinerários Via Avenida Conde da Boa Vista (Alto Santa Isabel) e Avenida Visconde de Suassuna (Alto do Mandú). As alterações passarão a vigorar a partir deste domingo (26).

Confira abaixo os itinerários que a linha passará a realizar:

521 – Alto Santa Isabel - via Avenida Conde da Boa Vista (Alto Santa Isabel)

Terminal/Ponto de Retorno:
Rua Quatro de Março, Rua do Sirigi, Rua Mandacarú, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Santa Isabel, Rua José Alexandrino, retorno no terminal, Rua José Alexandrino, Avenida Malacó, Rua Doutor Eurico Chaves, Estrada do Arraial, Avenida Dezessete de Agosto, Praça do Parnamirim, Avenida Parnamirim, Avenida Rui Barbosa, Praça do Entrocamento, Avenida Governador Agamenon Magalhães, Rua Amauri de Medeiros, Rua Jenner de Souza, Rua Henrique Dias, Rua Dom Bosco, Avenida Conde da Boa Vista, Ponte Duarte Coelho, Rua do Sol, Rua Floriano Peixoto, Rua do Peixoto, Praça das Cinco Pontas, Avenida Sul, Cais de Santa Rita, Ponte Doze de Setembro, Avenida Alfredo Lisboa, Praça Barão do Rio Branco (Marco Zero).

Ponto de Retorno/ Terminal:
Avenida Marquês de Olinda, Ponte Conde Maurício de Nassau, Rua Primeiro de Março, Praça da Independência, Avenida Guararapes, Ponte Duarte Coelho, Avenida Conde da Boa Vista, Rua Dom Bosco, Avenida Governador Agamenon Magalhães, (Pista local leste), Parque Amorim, Rua Bandeira Filho, Praça do Entroncamento, Avenida Conselheiro Rosa e Silva, Estrada do Arraial, Rua Desembargador Góes Cavalcante, Avenida Dezessete de Agosto, Rua Engenheiro Oscar Ferreira, Estrada do Arraial, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Santa Isabel, Rua José Alexandrino, retorno do terminal, Rua José Alexandrino, Avenida Malacó, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Mandacarú, Rua do Sirigi, Rua Quarta de Março.


521 – Alto Santa Isabel - via Avenida Visconde de Suassuna (Alto do Mandú)

Terminal/ Ponto de Retorno:
Rua Quatro de Março, Rua do Sirigi, Rua do Mandacarú, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Santa Isabel, Rua José Alexandrino, retorno no terminal, Rua José Alexandrino, Avenida Malacó, Rua Doutor Eurico Chaves, Estrada do Arraial, Avenida Dezessete de Agosto, Praça do Parnamarim, Avenida Rui Barbosa, Avenida Governador Magalhães (Pista Local Oeste), Rua Amauri de Medeiros, Rua Jenner de Souza, Rua Henrique Dias, Rua Dom Bosco, Avenida Conde da Boa Vista, Ponte Duarte Coelho, Avenida Guararapes.


Ponto de Retorno/ Terminal:
Avenida Dantas Barreto (Pista Oeste), Avenida Nossa Senhora do Carmo, Avenida Martins de Barro, Rua Siqueira Campos, Rua Cleto Campelo, Avenida Guararapes, Ponte Duarte Coelho, Rua da Aurora, Rua João Lira, Avenida Visconde Suassuna, Rua Gouveia de Barros, Rua Álvares de Azevedo, Rua dos Palmares, Rua Doutor Carlos Chagas, Avenida João Barros, Avenida Conselheiro Portela, Avenida Conselheiro Rosa e Silva, Estrada do Arraial, Rua Desembargador Góes Cavalcante, Avenida Dezessete de Agosto, Estrada das Ubaias, Rua Raimundo Frexeiras, Estrada do Arraial, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Santa Isabel, Rua José Alexandrino, retorno no terminal, Rua José Alexandrino, Avenida Malacó, Rua Doutor Eurico Chaves, Rua Mandacarú, Rua Sirigi, Rua Quarta de Março.

Para mais informações, os usuários podem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158.

Com informações da Ascom/Grande Recife

Saiba mais: 

Reforma Política é debatida em Petrolina

A Câmara Municipal de Petrolina sediou uma audiência pública na tarde desta sexta-feira para discutir o andamento dos trabalhos da Comissão Especial da Reforma Política da Câmara dos Deputados. Como 3º vice-presidente do colegiado, o deputado federal Tadeu Alencar (PSB/PE), fez a abertura do evento.

Entre todos os pontos de discussão ligados à reforma política, um dos que mais despertaram o interesse dos participantes da audiência foi a questão do sistema eleitoral. Isso porque a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (22) um projeto de lei que institui o voto distrital para vereadores em cidades com mais de 200 mil eleitores. Com a aprovação, a proposta será encaminhada direto para a Câmara dos Deputados, caso não haja nenhum recurso para que o texto seja analisado pelo plenário do Senado. Para Tadeu Alencar, a medida ajuda no debate, no entanto, acredita que um mesmo sistema deva ser aplicado para vereadores e deputados.

Outros pontos também estiveram no centro da discussão como o mandato de cinco anos para todos os cargos eletivos – inclusive para senadores –, o fim da reeleição para presidente, governador e prefeito e o fim das coligações proporcionais na disputa para o Legislativo. “A audiência de Petrolina foi a prova de que reforma política é um tema árido mas que desperta o interesse da população. Tivemos uma participação muito expressiva de pessoas com opiniões diversas. Recebemos muita gente de cidades vizinhas da Bahia e de Pernambuco”, avaliou Tadeu Alencar. Ainda segundo ele, a expectativa é que até o final do mês de maio a proposta esteja pronta para ser votada no plenário da Câmara dos Deputados e depois seguir para o Senado.

Participaram do encontro, os deputados federais Fernando Filho e Gonzaga Patriota; os deputados estaduais Miguel Coelho, Odacy Amorim; o ex-deputado estadual Geraldo Coelho; o Promotor do MPPE em Petrolina Carlan Carlo da Silva, o Juíz Francisco Josafá Moreira e o Procurador do município Fábio Lima. Além dos vereadores de Petrolina Ozório Siqueira, Ibamar Fernandes, Elias Jardim, Adalberto Bruno Filho, Antônio de Souza, Edilson Leite, Elismar Gonçalves, Geraldo Ferreira, José Batista, Manoel Coelho, Luiz Ailton Guimarães, Ronaldo Souza, Ronaldo Silva, Zenilco Nunes.

Com informações da Ascom/Dep. Tadeu Alencar

Estudantes realizaram protesto de apoio aos professores em inauguração no município de Carpina

Na noite desta quinta-feira, dia 23, durante a inauguração de uma praça em Carpina, cidade da Mata Norte do Estado, um grupo de estudantes protestaram em favor do aumento salarial para todos os profissionais da educação. O evento que contou com a presente do secretário Danilo Cabral, representando o governador Paulo Câmara (PSB).

Os estudantes estavam vestidos de preto com cartazes e faixas, além de gritarem palavras de ordem em apoio aos educadores. No evento foram realizadas várias apresentações culturais que contou com a presença do prefeito do município, secretários, vereadores e população em geral.

Me parece que a greve dos trabalhadores em educação está ganhando força, não só por parte da categoria que continua num grande movimento e que vem ganhando o apoio dos alunos em diversas regiões. Penso que seja um erro esta estrategia da equipe do Governo de prometer voltar a dialogar com os professores se eles voltarem ao trabalho. Bem, sugiro que escutem as ruas para não ajudarem acordar o gigante que existe dentro dos pernambucanos.

FNE receberá ministro Renato Janine Ribeiro e os planos educacionais serão foco do encontro

As Comissões Especiais de Sistematização e Monitoramento e, Mobilização e Divulgação do Fórum Nacional de Educação se reúnem na próxima terça-feira (28), em Brasília. Já na quarta-feira (29), o encontro se estende aos coordenadores e coordenadoras dos Fóruns Estaduais de Educação. A oportunidade será para discutir o processo de mobilização nacional e nas unidades federativas para que estados, Distrito Federal e municípios elaborem ou adequem seus planos de educação, já que o prazo final para isso termina em 24 de junho deste ano, conforme prevê o Plano Nacional de Educação.

O coordenador do FNE, Heleno Araújo, enfatiza que esta reunião do Fórum com as coordenações dos Fóruns Estaduais e Distrital de Educação faz parte do monitoramento do Plano Nacional de Educação. "Este encontro ocorre há dois meses do prazo final para que todos os municípios, estados e o DF tenham seus planos decenais de educação aprovados e vamos nesta ocasião organizar o cenário nacional sobre os planos de educação e montar estratégias para sua aprovação dentro do prazo estabelecido pela Lei do PNE", detalha.

Ministro da Educação no Fórum - Com a proximidade, por lei, do prazo final para a elaboração ou adequação das metas municipais e estaduais ao Plano Nacional de Educação, e conseqüente aprovação, o Fórum Nacional da Educação (FNE) tem encontro marcado com o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro para debater o tema. É a primeira vez que o novo ministro tem uma reunião oficial com FNE. Além do ministro, o Fórum recebe os coordenadores dos Fóruns Estaduais de Educação. A reunião ocorre no próximo dia 29, em Brasília.

Com informações da Ascom/FNE

Estado corta recursos que seriam usados na recuperação de estradas


Apesar de todos os problemas enfrentados diariamente por quem utiliza as rodovias estaduais, o Governo de Pernambuco publicou um decreto que retira do programa de “Restauração e Melhoramento da Malha Viária do Estado” recursos da ordem de R$ 7,5 milhões. A medida foi divulgada no Diário Oficial da última sexta-feira (17).

De acordo com a publicação, o valor, que seria destinado à recuperação das estradas em todo o Estado, será repassado para o Projeto de Apoio à Modernização e à Transparência da Gestão Fiscal do Estado (PROFISCO/PE). O objetivo do PROFISCO é ampliar a arrecadação de impostos estaduais.

Para o líder da bancada de oposição, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), com a iniciativa o governo do Estado mostra que sua prioridade não é aperfeiçoar a qualidade da infraestrutura física do Estado, o que penaliza motoristas, produtores e a população em geral. “Reconhecemos que o Estado deve investir na sua capacidade de arrecadação, até para melhorar a qualidade do gasto público, mas o que se questiona é porque retirar o recurso de uma área tão essencial para a economia e para a segurança dos milhares de pernambucanos que trafegam por estas estradas. Parece que o governador está mais preocupado em gastar com a máquina da arrecadação do que com aquilo que beneficia a população”, afirma.

Segundo Silvio, o Estado poderia contingenciar recursos de outras áreas, a exemplo de cargos comissionados, custos com passagens e locação de veículos. “O Governo do Estado gasta milhões de reais em áreas que não são essenciais. Este dinheiro não traria mais benefícios para a população se aplicado em obras de como a recuperação de estradas?”, indaga.

Ainda segundo o parlamentar, uma análise detalhada do uso dos quase R$ 7,5 milhões que serão aplicados no PROFISCO mostra que valores expressivos serão gastos, por exemplo, na compra de celulares e computadores, no gasto com passagens e diárias ou em consultorias na áreas de tecnologia da informação”. Neste último item, por exemplo, o investimento será de mais de R$ 1 milhão.

“Quem circula por Pernambuco sabe que nossas estradas estão em completo abandono. Vejamos os exemplos da PE-082, na zona da Mata Norte, ou da PE-275, no Sertão do Pajeú, que apareceram em uma pesquisa nacional divulgada no final do ano passado, como algumas das piores do País”, exemplifica Silvio Costa Filho.

O líder da bancada de oposição se refere à pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), que analisou mais de 3 mil quilômetros de estrada em Pernambuco. Do total, apenas 1,2% foram considerados “ótimos”, e 30,5% foram classificados como ruins ou péssimos. “Vale destacar que essa pesquisa foi feita por amostragem, ou seja, avaliou pouco menos de 20% de nossa malha viária. Precisamos saber como estão sendo utilizados os recursos que o Estado arrecada para a recuperação de nossas rodovias”, reforça.

Com informações da Ascom/OposiçãoPE

Prefeituras têm até 30 de junho para indicar recursos da assistência social

As prefeituras de todo o país têm até o dia 30 de junho para preencher o Plano de Ação 2015 do Sistema Único de Assistência Social (Suas). As prefeituras precisam fazer o plano anual para receberem os financiamentos do governo federal. 

Para dar agilidade ao envio das informações, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) criou o aplicativo Plano de Ação (acessado no endereço http://aplicacoes.mds.gov.br/saa-web). Nele, os gestores municipais registram as metas das ações que irão desenvolver e que precisam de transferências regulares e automáticas, na modalidade fundo a fundo e do financiamento federal da Assistência Social.

O diretor substituto de Gestão do Suas do MDS, Jaime Rabelo, explica que uma das vantagens do aplicativo é a transparência no uso do dinheiro público. "Os dados ficam disponíveis na internet, o que fortalece o controle social da política de assistência social junto aos municípios. Além disso, a ferramenta promove o bom uso dos recursos públicos e reduz o custo operacional do sistema como um todo."

SUAS - O Sistema Único de Assistência Social (Suas) é um sistema público que organiza, de forma descentralizada, os serviços socioassistenciais no Brasil. Com um modelo de gestão participativa, ele articula os esforços e recursos dos três níveis de governo para a execução e o financiamento da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), envolvendo diretamente as estruturas e marcos regulatórios nacionais, estaduais, municipais e do Distrito Federal.

Com informações da Ascom/MDS

Usuários reclamam da possível mudança do terminal da linha Alto Santa Isabel

Em Casa Amarela, bairro da Zona Norte do Recife, os usuários que utilizam a linha Alto Santa Isabel estão insatisfeito com o Grande Recife Consórcio de Transportes pelo motivo da transferência do terminal de ônibus para a comunidade Alto do Mandú.

Segundo a analista de sistema, Mirlene Amorim, esta possível mudança vai gerar muitos problemas para uma grande parte da população que sobe e desce a comunidade. “Fiquei sabendo através do cartaz que tava no ônibus. Não acreditei e já conversei com as minhas amigas sobre o fato. No facebook, marquei algumas pessoas mais próximas que moram no Alto Santa Isabel. Se for verdade que o terminal desta linha vai passar para o Alto do Mandú, eu acho um absurdo”, declarou Mirlene.

De acordo com os moradores não foi realizada nenhuma consulta e se confirmada à mudança do terminal de ônibus do Alto Santa Isabel, alguns usuários já dizem que esta ação irá prejudicar muita gente. “A minha mãe faz hemodiálise e tenho que passear com ela aos domingos e ai vou ter que andar com ela até a Rua Eurico Chaves para pegar o ônibus. Eu também faço meus passeios dominicais ao Recife Antigo, saiu à noite e às vezes chego tarde, vou descer na Rua Eurico Chaves para vim para casa, me arriscando a ser assaltada”, contou Amorim.

Os usuários e moradores do Alto Santa Isabel afirmam que este deslocamento do terminal contribuirá para aumentar a situação de risco e vulnerabilidade, na verdade, o que precisa é melhorar o transporte coletivo. “A minha sugestão é deixar como está, se querem mudanças que continue a ter as duas linhas atendendo as duas comunidades”, sugeriu Mirlene Amorim.

Com informações da comunidade.

Em Recife, a cantora Ivete Sangalo e o rapper Criolo cantam Tim Maia na Praia do Pina

A praia do Pina recebe, neste domingo (26), um encontro inusitado entre a cantora baiana Ivete Sangalo e o rapper paulista Criolo. Os dois sobem ao palco juntos para cantar e homenagear a obra de Tim Maia. O show faz parte do projeto Nivea Viva Tim Maia, que realizad apresentações pelo Brasil.

No repertório, 28 composições de Tim, lançadas originalmente entre 1969 e 1986, além de algumas raridades. Entre elas estão Sossego (1978), Do Leme ao Pontal (1981), Gostava tanto de você (1973) e Primavera (1970), todas imortalizadas na memória afetiva do público brasileiro.

A união de dois cantores de gêneros distintos é outro ponto alto nesta quarta edição do projeto Nívea Viva. Ivete Sangalo, baiana, uma das maiores intérpretes do axé music junta-se a Criolo, representante de peso do hip hop nacional numa mistura pouco convencional mas que tem agradado as plateias por onde o espetáculo já passou.

Serviço:
Nívea Viva Tim Maia - com Ivete Sangalo e Criolo
Às 17h, neste domingo (26)
Avenida Boa Viagem, s/n - Pina
Gratuito

Com informações complementares do Portal Leia Ja

Dia 30 de abril terá greve nacional dos trabalhadores da educação básica pública

O ano de 2015 iniciou com os mesmos problemas de sempre na área educacional do País. Faltam professores nas escolas, as salas de aula continuam superlotadas, grande parte dos gestores insiste em descumprir a Lei do Piso Salarial do Magistério, os funcionários da educação não conseguem ter acesso à profissionalização e, quando têm, não são valorizados nos planos de carreira, as escolas se mantêm em estado de penúria – estudos com base nas estatísticas oficiais revelam que menos de 1% delas possuem infraestrutura e equipamentos completos, tais como bibliotecas, laboratórios de informática e ciências, acesso à Internet, salas de aula com projetores, quadras esportivas, sanitários adequados, salas para os profissionais da educação, cantinas salubres e espaços de recreação seguros e compatíveis com as atividades educativas.

Em razão dessas condições prejudiciais à aprendizagem dos estudantes, e pela ausência de ações efetivas dos gestores em melhorar as condições das escolas públicas e a valorização dos/as educadores/as, em muitos lugares, o ano letivo ainda nem começou e em outros ocorrem ou já ocorreram greves da categoria, a exemplo de São Paulo, Santa Catarina, Pernambuco, Paraíba, Pará, Roraima, Paraná e de várias redes municipais, como João Pessoa-PB, Juiz de Fora-MG, Itaporanga-SE, entre outras. Alguns estados estão em estado de mobilização, podendo deflagrar greves a qualquer momento, como é o caso de Goiás, Alagoas e Amazonas, além do Distrito Federal.

Pauta importante de reivindicação dos/as educadores/as refere-se ao aumento dos investimentos educacionais na proporção de 10% do PIB, ao longo da próxima década – tal como prevê a meta 20 do Plano Nacional de Educação –, o que requer a imediata vinculação de novos recursos para a área, sobretudo dos royalties de petróleo e gás natural que serão destinados a Estados e Municípios pelo regime de partilha do Pré-sal. A CNTE possui minuta de projeto de lei para ser aprovada em todas as Câmaras de Vereadores e Assembleias Legislativas do País, a qual destina esses recursos em percentuais similares à Lei Federal 12.858 (75% para a educação pública e 25% para a saúde).

Além da luta por escola pública de qualidade para todos/as e pela valorização dos/as trabalhadores/as em educação – compreendendo a imediata regulamentação do piso salarial e das diretrizes nacionais de carreira para todos os profissionais da educação –, a CNTE e seus sindicatos filiados também lutam pelos direitos da classe trabalhadora, que atualmente têm sofrido ataques sem precedentes na história recente do País.

A alteração nas Medidas Provisórias 664 e 665, que dificultam o acesso ao seguro desemprego, ao abono salarial, ao auxílio doença e às pensões por morte, além da não aprovação pelo Senado do PL 4.330/04, que visa instituir a terceirização ilimitada nas empresas privadas, públicas e de economia mista (Petrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Correios, empresas de energia elétrica e de saneamento básico, entre outras) são pautas de nossa luta e requerem a máxima compreensão e apoio da sociedade, pois representam sérios riscos para o bem estar futuro do país.

Com informações da Ascom/CNTE

"Conflito: Uma questão de Direito adquirido" por Ana Claudia Barros Barreto Neri

Por Ana Claudia Barros Barreto Neri*

Um cidadão de bem, trabalhador, honesto, viu os seus sonhos desmoronarem em sua frente. Proprietário de uma pequena barraca de lanche em frente à loja do seu irmão, comercializava lanches e recebia Atletas esportivos da cidade e região para diálogos e bate papos.
Bem-conceituado no meu futebolístico a sua barraca que recebia o nome “Encontro dos Atletas” era o seu meio de sobrevivência e a sua vida.
Em um certo dia ocorre no município do Carpina uma mudança de gestão, o referido cidadão chamado Cláudio com codinome Bagagem por possuir um vasto conhecimento na área esportiva, recebeu o comunicado que daquele dia em diante o mesmo não seria mais proprietário do seu comércio, foi desapropriado com a promessa que futuramente o mesmo receberia um quiosque padronizado doado pela prefeitura. Vi seus olhos brilharem novamente com aquela esperança de um futuro melhor.
O Tempo passou e os quiosques ficaram prontos, a esperança reacendeu em seu coração, mas de maneira questionável, estes quiosques foram doados a pessoas elitizadas e burguesas. Contrariando toda e qualquer justiça que se possa conhecer.
Este referido cidadão é o meu pai; exemplo de homem a ser seguido.
Indignada com tantas injustiças pedi autorização para expor publicamente o fato juntamente com minhas impressões.
“Carlinhos Moinho um dia o senhor chamou meu pai para conversar em sua residência, prometendo a ele um Quiosque no mês de Setembro do referido ano. Assinou um documento confirmando o acordo. Mas infelizmente quando os quiosques ficaram prontos o senhor os cedeu a um grupo elitizado, que não tinham nada a ver com as barracas que estavam em Carpina a mais de trintas anos. Então reflito: Um cidadão de bem, honesto, trabalhador, pai de família, filho de Carpina que nunca falou mal do senhor, não merece respeito? E a sua palavra juntamente com a sua assinatura, não valem NADA? Carlinhos Moinho o que o senhor tem a nos dizer?”
Esta publicação gerou inúmeros compartilhamentos e comentários. Como Cláudio estava nesta barraca há mais de trinta anos, ele é muito conhecido e respeitado e as pessoas tomaram como sua a minha causa. Porém algumas pessoas ao expressar seus pensamentos não utilizaram da CNV, talvez por não conhecer ou mesmo por seguirem uma cultura tradicional, uma cultura que não prioriza a paz.
Após dias e inúmeros comentário resolvi me pronunciar novamente como uma mediadora daquele conflito, solicitando as pessoas que expressem o seu arbítrio de forma elevada. No mesmo tempo agradecendo a todos o apoio recebido.
Porém até o presente momento o gestor da cidade não se pronunciou a respeito da publicação, mesmo estando agora no Jornal Giro Mata Norte.
Após este desabafo, reflito: Será que existe justiça no mundo? Será que pessoas de bem vencem o mal? Será, Será, Será?

*Professora, especialista em Psicopedagogia e em Direitos Humanos.

Campanha estimula brasileiro a viajar pelo país

A nova política de marketing do Ministério do Turismo está em evidência na feira internacional de turismo realizada em São Paulo, a WTM Latin America 2015. O objetivo é estimular viagens pelo país e mobilizar os profissionais do setor para que privilegiem os destinos nacionais.

As peças publicitárias da ação #PartiuBrasil promovem destinos e roteiros dos 26 estados e do Distrito Federal, assim como a diversidade de atividades turísticas como aventura, sol e praia, gastronomia e diversão. A campanha dos destinos turísticos brasileiros conta com a adesão de agências, operadoras e órgãos governamentais de turismo de estados e municípios.

“O desafio é apoiar a comercialização de rotas domésticas em parceria com operadores e agências para vender, cada vez mais, as viagens dentro do país”, diz a diretora de Marketing do MTur, Luciana Fernandes, que coordena as ações de promoção da pasta na WTM Latin America.

A promoção do Brasil como destino aparece como estratégia de comunicação em grandes eventos ligados ao setor. Apenas no ano passado o MTur participou de 12 feiras e exposições. A cada presença, o Ministério distribui exemplares da Revista Partiu Brasil, com roteiros e atividades turísticas de aventura, sol e praia, gastronomia e diversão pelas cinco regiões do país. Mensagens como “Orgulho de vender o Brasil”, “O Brasil é o meu destino favorito” e “Brasil: eu recomendo” também são expostas nos encontros realizados por profissionais do setor.

A promoção do país ganhou força após a Copa do Mundo, momento em que o Brasil esteve em foco nas mídias nacional e internacional. Pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo durante os jogos do Mundial mostra que 95% dos visitantes internacionais têm intenção de retornar ao país. A experiência turística superou ou atendeu plenamente as expectativas de visitantes locais e estrangeiros. Mais de 400 municípios foram visitados, além das cidades que sediaram os jogos.

O investimento total do MTur em ações publicitárias ultrapassa os R$ 4 milhões, divididos entre veiculações em TV, rádio e internet durante a Copa do Mundo. Lançada no fim junho, a campanha tem conquistado o engajamento do setor produtivo e de gestores públicos do turismo. Agências de viagem e operadores, secretarias estaduais e municipais têm replicado as peças e o mote #PartiuBrasil em anúncios, potencializando o alcance da campanha.

Nas redes sociais, o uso das hashtags com as mensagens da campanha estão no ar nos perfis do MTur no Facebook, Instagram, Twitter e Google+ e nas redes de parceiros. Entre as expressões mais compartilhadas, estão #partiupraia, #partiugastronomia, #partiuaventura, #partiunatureza e #partiucultura. Somente no Facebook, as publicações sobre a campanha já alcançaram mais de meio milhão de perfis.

Com informações da Ascom/Turismo

Governo do Estado ampliará o Sistema de Abastecimento de Água de Aliança

Depois de abrir o Todos por Pernambuco de Timbaúba, na Mata Norte, o governador Paulo Câmara seguiu para o município de Aliança, onde autorizou o início da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do município. Com investimento de R$ 3,3 milhões, o projeto contará com a implantação de 10,5 quilômetros de novas tubulações.

Também está prevista a construção de um reservatório com capacidade para armazenar 700 metros cúbicos de água, mais que o dobro da capacidade atual. O sistema, que se soma à Adutora de Siriji, será totalmente automatizado, garantindo mais eficiência operacional na distribuição de água em toda a cidade. Serão beneficiadas com a ação cerca de 15 mil pessoas.

Diante da população de Aliança, que marcou presença na solenidade, o governador defendeu a oferta de água de "maneira sustentável" para todas as regiões do Estado. “Sabemos que um dos grandes desafios de qualquer governante é tratar de maneira equilibrada e responsável a questão da água. Estamos enfrentando a estiagem em nosso Estado pelo quarto ano consecutivo. Estiagem que vem prejudicando - e muito - a qualidade de vida do nosso povo. Para enfrentá-la, uma série de ações estão sendo feitas. Temos um Plano de Convivência com a Estiagem, que está em implantação, onde estamos fazendo novos poços, mini-barragens, sistemas simplificados de abastecimento de água e dessalinizadores", detalhou Câmara.

O chefe do Executivo estadual destacou ainda a importância dos recursos hídricos para o desenvolvimento econômico dos municípios pernambucanos. “Os esforços são no sentido de trazer a água e concluir as obras de infraestrutura. Vamos adequar as cidades ao recebimento de novas empresas e à geração de novos empregos. Aliança já está recebendo água e vai receber, em breve, novas indústrias, com a construção de novas estradas e com a melhoria da qualificação dos seus jovens", assegurou Paulo.

Moradora de Aliança, a musicista Silvânia da Costa Silva, 47 anos, ressaltou a importância da ampliação do sistema diante do cenário de crescimento populacional da cidade. "Tudo que é bom é sempre bem-vindo. Isso deve melhorar muito o abastecimento; Aliança está crescendo, há muitos loteamentos, todo ano aumenta o número de casas. Então, a demanda é muito grande de água", explicou.

Nascida e criada no município, Vilma Lucia da Rocha, 31, já percebeu, no seu cotidiano, a melhoria do abastecimento na cidade com a operação da Adutora do Siriji. "Dona de casa sem água não é nada. Há uns dois anos atrás, na rua onde eu moro, chegava água apenas uma ou duas vezes na semana. Agora melhorou bastante porque chega todos os dias", relatou a técnica de enfermagem, que mora com marido, dois filhos e a mãe.

Presidente da Compesa, Roberto Tavares endossou o aporte de investimentos em recursos hídricos feitos pelo Governo do Estado na região. "Além de Aliança, toda essa região aqui era muito prejudicada do ponto de vista do abastecimento de água. A maioria das cidades tinha captação a fio de água. No verão, sempre tinha problemas de cortar a captação. Nós fizemos um investimento muito grande de R$ 72 milhões, o Sistema Siriji, que atende a outras cidades e é um grande anseio da população da região", disse.

SIRIJI - Além do novo Sistema de Abastecimento de Água, o município de Aliança também foi beneficiado com o início da operação da primeira etapa da Adutora do Siriji, entregue em abril de 2014, pelo ex-governador Eduardo Campos. Ao todo, a intervenção beneficiará oito cidades. Na primeira etapa foram contempladas, além de Aliança, Condado, Itaquitinga, Buenos Aires e Vicência. Já na segunda etapa do projeto foram beneficiados os municípios de Machados, São Vicente Férrer e Macaparana. As cidades estavam com o abastecimento comprometido devido ao crescimento populacional e às limitações dos sistemas existentes.

Com informações da Ascom/ImprensaPE

Em Sítio dos Pintos, moradores estão sofrendo com descanso da prefeitura municipal

Os moradores de Sítio dos Pintos, bairro da zona da norte de Pernambuco, estão sofrendo com as dificuldades na infraestrutura de algumas ruas da localidade.

De acordo com os comunitários, o descanso é por parte da Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura da Cidade do Recife, que já foi comunicada das escadarias quebradas, rachaduras nas residências, canaletas quebradas com infiltrações e barreiras precisando de intervenções, e até então, nada foi realizado.

Segundo os moradores, as ruas São Pedro, São João, Santo Cristo, Alto Bom Jesus e Parque Santa Maria, estão com diversos problemas estruturais prejudicando a locomoção e colocando em risco a vida das pessoas.

O Coletivo Compasp e Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos já realizaram diversas reuniões com os gestores da área de serviços públicos e defesa civil na própria comunidade, além de solicitarem audiência pública com o secretário Victor Vieira.

Infelizmente, os moradores continuam esperando o agendamento do encontro e também as resoluções dos problemas. Enquanto isto, só aumenta a dor de cabeça e as dificuldade dos residentes do bairro.

Com informações do Blog Sítio dos Pintos

Balanço da greve nas escolas da Rede Estadual desta quinta-feira

O levantamento realizado nesta quinta-feira (23), pela Secretaria Estadual de Educação, nas escolas da Rede aponta que 56% (586 escolas) não paralisaram as atividades, enquanto 37% (382 unidades) paralisaram parcialmente e 7% (77 escolas) aderiram totalmente à paralisação. Os números são referentes ao turno da manhã.

A Secretaria de Educação do Estado reforça a solicitação de que os pais e responsáveis encaminhem os estudantes para as escolas a fim de voltarem à normalidade das aulas. O Governo do Estado reitera o firme propósito de retomar o diálogo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), via mesa de negociação, assim que os profissionais retomarem as suas atividades nas escolas, com vistas a encontrar solução para o acordo coletivo dos profissionais da educação da Rede Estadual de Ensino.

Com informações da Ascom/SEE-PE

Estudantes de Gravatá fazem ato de apoio aos professores e pedem respeito ao Governo de Pernambuco

Estudantes da rede estadual de ensino de Gravatá realizaram mais uma manifestação nesta quinta-feira (23), por volta das 7:00 horas da manhã. A concentração foi na escola EREMPAF onde seguiram pelas principais ruas do município. 

Durante o ato, os alunos em sua maioria vestidos com a farda, fizeram muito barulho, pedindo que os seus direitos não só de aluno mais de cidadão possam ser respeitado e atendido pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara. 

Segundo informações repassadas pelos organizadores, as escolas que estiveram presentes no ato: EREMPAF, ETE e CLETO CAMPELO, além de outros alunos que integraram durante a caminhada. 

Com informações complementares de Gilvan Silva / Portal De Olho em Gravatá

Arquipélago Fernando de Noronha é eleita uma das ilhas mais belas do mundo


O Brasil apareceu, pela primeira vez, entre os destinos com as melhores ilhas do mundo. O feito foi conquistado por Fernando de Noronha, que aparece na 10ª posição do prêmio Travellers'Choice 2015, realizado por um dos maiores sites de viagem do mundo: o Trip Advisor. A pesquisa leva em conta avaliações de usuários que visitaram ilhas brasileiras e estrangeiras nos últimos 12 meses.

O Travellers'Choice 2015 também elegeu os arquipélagos da América do Sul. Nesse caso, Noronha (PE) lidera a lista, seguida de Ilha Grande (RJ), com Boipeba (BA) na décima colocação. Dados de julho do ano passado mostram que a rede social recebe 3,6 milhões de visitas na versão brasileira do endereço eletrônico. O prêmio também elege os hotéis, os restaurantes, as atrações, as praias e os destinos mais bem avaliados pelos colaboradores - e o Brasil aparece entre os mais votados em todas as categorias.

Fernando de Noronha é o destino mais desejado pelos brasileiros, segundo estudo do Ministério do Turismo. O Parque Nacional Marinho é um santuário ecológico, com vida subaquática exuberante e águas cristalinas para a prática de mergulho e surfe. O Morro Dois irmãos, no Mirante de mesmo nome, é um dos principais pontos de contemplação de suas belezas naturais.

Há também atrativos culturais como as ruínas do Forte São Pedro do Boldró e a Fortaleza Nossa Senhora dos Remédios. A Baía do Sancho, uma das praias do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE), foi a vencedora, pelo segundo ano consecutivo, do Travellers'Choice 2015 como praia mais bela do mundo.

A rede do TripAdvisor está presente em 45 países e registra cerca de 315 milhões de visitantes ao mês, com mais de 200 milhões de avaliações de usuários.

Com informações de Deborah de Salles/Turismo

Pepe Vargas defende abordagem mais sistêmica e integral em debate sobre aumento no tempo de internação para adolescentes infratores

O ministro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Pepe Vargas, destacou o posicionamento do Brasil em marcos legais nacionais e internacionais sobre os direitos da criança e do adolescente e defendeu abordagens mais sistêmicas e integrais sobre punições a adolescentes infratores. A avaliação do ministro dos Direitos Humanos aconteceu durante um debate nesta quarta-feira (22) na Câmara dos Deputados, que discutiu o aumento do tempo de internação de adolescentes infratores de três para oito anos, quando atingirem a maioridade penal.

Durante o debate, o ministro falou sobre a redução da maioridade penal e citou dados do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), do Mapa da Violência e do Índice de Homicídios na Adolescência (IHA), além de ressaltar a necessidade de um olhar mais cuidadoso em relação aos jovens brasileiros.

“A cada dia, 28 adolescentes são assassinados no nosso país. É um genocídio da juventude brasileira. É ínfima a quantidade de adolescentes que praticam atos infracionais contra a vida. Não há comprovação de que a redução da maioridade penal resolva a violência. Temos mais de 111 mil adolescentes cumprindo medidas socioeducativas no Brasil. A internação tem que ser excepcional, quando não há outra medida a ser aplicada. Vemos com muita preocupação essa falta de visão peculiar sob nosso adolescente, sobre o aumento de pena como se fosse a solução, sobre a falta de abordagem multifuncional em relação à saúde do adolescente. O debate precisa ser feito com tranquilidade”, disse Pepe Vargas.

O substitutivo do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) ao Projeto de Lei 7.197/02, debatido pela Comissão Geral, prevê internação por até oito anos do jovem infrator caso ele cometa ato classificado como crime hediondo ou ações de quadrilha, bando ou crime organizado.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 9.069/90) estipula o prazo máximo de três anos para atos cometidos com grave ameaça ou violência à pessoa; na reincidência de outras infrações graves; e pelo descumprimento reiterado e injustificável de medida anteriormente imposta.

Participaram da discussão, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sérgio Luiz Kukina, o desembargador do Tribunal de Justiça de Roraima, Mauro Campello, o fundador e coordenador do Instituto de Ensino Grupo e Amigos da Vida (GAV), Merandolino Miranda Neto, e deputados presentes no Plenário.

Com informações da Ascom/SDH

Em artigo, professora Manu Lapa dispara "contra fatos não há argumentos" sobre denúncia referente à Casa das Juventudes de Carpina

Por Manu Lapa*

Contra fatos não há argumentos. Esta não é apenas umas das máximas mais populares do repertório linguístico brasileiro, mas a chave para as reflexões que pretendo, aqui, iniciar acerca dos últimos episódios envolvendo o principal espaço de vivência das políticas para a juventude na nossa amada Carpina. O espaço popularmente conhecido como “Casa das Juventudes” é, na verdade, um projeto de abrangência estadual, implantado pelo governo de Pernambuco nos municípios que desenvolvem projetos voltados aos jovens, com a finalidade de retirá-los da ociosidade por meio da oferta de oficinas variadas e, sobretudo, como espaço de promoção da cultura em suas mais variadas vertentes.

Nesse sentido, enquanto gestora da Secretaria da Juventude deste município, lutei arduamente pela conquista deste espaço, a fim de que tivéssemos possibilidades de ofertar ao jovem carpinense um espaço voltado à sua formação cultural, profissional e, principalmente humana. Hoje, muito me entristeço ao perceber que o fruto de tanta dedicação e esforço, que o resultado de dias e dias sucessivos de trabalho intenso, que a concretização de um grande projeto, que a personificação de um grande e sincero sonho passa a estampar os espaços midiáticos de forma negativa.

Posso, inclusive, na condição de quem foi à luta por essa juventude, afirmar que as manchetes que ganham corpo em diversos meios de informação causam vergonha. Vergonha e revolta. Ao mesmo tempo, tomo contato com postagens diversas, as quais, em parte dos casos, tentam justificar o injustificável e, pasmem, tentam ferir quem demonstra indignação com o fato ocorrido. Não se trata de uma calúnia, como alguns fizeram questão de argumentar; não se trata de difamação, como outros tantos fazem questão de dizer. Trata-se da constatação de que um espaço público e, portanto, mantido pelo dinheiro do povo estava sendo utilizado para “reuniões” de caráter inadequado.

Sendo assim, sugiro que os presentes em tais “reuniões”, e os responsáveis por aquele espaço, poupem as suas energias e guardem os seus discursos vazios. Afinal, alguém precisa explicar por qual motivo a Casa das Juventudes estava sendo usada para certas “reuniões”. O povo carpinense, o contribuinte, precisa saber por que motivos um espaço de promoção da cidadania deixou de cumprir com o seu papel. Por fim, gostaria de destacar que mantenho a minha consciência tranquila. Tranquilidade conquistada pela certeza de que luto pelos interesses da juventude de Carpina. Luto pelos interesses do nosso povo. Luto pelo exercício da nossa cidadania, enfim, luto por esta e pelas próximas gerações. Enquanto isso, quem critica a minha postura e tenta, repito, justificar o injustificável, permanece contribuindo para que, conforme afirma uma certa música parafraseada por uma certa jornalista, o povo continue “dançando, dançando, dançando...”.

*Professora, ativista dos movimentos sociais e ex-secretária de Juventude do Carpina.

LBV é referência em curso de qualificação profissional no Recife

Quem procura o primeiro emprego ou a volta ao mundo do trabalho, necessita de qualificação profissional. E muitas pessoas encontram essa capacitação nas unidades de atendimento da Legião da Boa Vontade (LBV), localizadas em dezenas de cidades brasileiras. Na capital pernambucana, a Entidade oferece, dentre outras ações, o curso gratuito de Informática Básica. A atividade é desenvolvida pelo programa Capacitação e Inclusão Produtiva.

A iniciativa ajuda o participante a se preparar para o mundo do trabalho, que cada vez mais exige do trabalhador conhecimentos. Os inscritos ainda recebem orientação para montar e formatar o próprio currículo e então enviá-lo às empresas. Na tarde da última quinta-feira, 9, a LBV promoveu a solenidade de conclusão do curso de mais uma turma de Informática. O sentimento de gratidão e alegria estava estampado nos olhares dos beneficiados.

“Quando cheguei à LBV não sabia ligar o computador, era uma máquina desconhecida para mim. Saio da Instituição qualificada para o mercado de trabalho, buscando meu primeiro emprego aos 36 anos de idade”, conta, emocionada, a senhora Elaine Santana, moradora da cidade de São Lourenço da Mata.

A atendida enfrentava um trânsito de uma hora para chegar à unidade da LBV. A distância, no entanto, só a impulsionava na busca pela capacitação profissional. “Moro em outra cidade, que faz parte da região metropolitana do Recife, mais não desanimei. Busquei a Entidade para ter qualificação e obter meu primeiro emprego. Sou muito grata e afirmo que encontrei carinho, respeito e muito profissionalismo”, concluiu.

A senhora Fábia Luciana, de 41 anos, também encontrou no curso gratuito da Instituição o conhecimento que necessitava para alçar voos mais altos em sua carreira profissional. “Meu grande desafio era a formatação de slides. A partir de agora, domino a ferramenta, digito textos e faço planilhas, é uma outra Fábia, diferente da que entrou na LBV”, destacou.

“Quero agradecer a todos os colaboradores que mantêm o trabalho da LBV, nunca desistam de ajudá-la, por que aqui [LBV] somos qualificados e transformados para melhor. Muito obrigada”, finalizou Fábia.

Em Recife, PE, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua dos Coelhos, 219 — Boa Vista. Para outras informações, ligue: (81) 3413-8600.

Com informações de Vânia Besse / LBV