Lerner falou do Via Livre pernambucano e disse "Um sistema que anda em tráfego misto não é um BRT"

O criador do sistema BRT (Bus Rapid Transit), o urbanista Jaime Lerner afirmou que o BRT pernambucano, o Via Livre, não pode ser considerado de BRT devido as falhas na implementação do projeto.

“Um sistema que tem intervalos superiores a 10 minutos e anda em tráfego misto não é um BRT”, disse. Lerner participou do Fórum de Mobilidade Volvo, realizado esta semana na capital paranaense dentro do evento SmartCity Business America.

Jaime foi quem fez o projeto do BRT em Pernambuco. Em 2009, ele foi contratado pelo Urbana-PE, o Sindicato dos Empresários de Ônibus, para projetar os corredores Norte-Sul, com seus dois eixos (Cruz Cabugá e Agamenon Magalhães), e Leste-Oeste. Mas Lerner afirmou: “Não sei o que foi feito, os detalhes, mas com essas características de longos intervalos, sem canaleta exclusiva, circulando em tráfego misto, posso garantir que isso não é um BRT”.

Com informações complementares do JC Online