Karina Buhr com o seu show inédito "Selvática" é atração confirmada no Rec-Beat 2016


Karina Buhr traz o seu show inédito, “Selvática”, ao Festival Rec-Beat. A apresentação mostra músicas do recém-lançado álbum da cantora que trabalha a temática feminista em uma performance com pegada punk-rock. O evento acontece durante o Carnaval, entre os dias 6 e 9 de fevereiro, no Cais da Alfândega, no Bairro do Recife.

Neste seu terceiro disco autoral, Karina faz um contra-ataque a um mundo machista, fundado em preconceito. Com uma performance ainda mais explosiva, ela não economiza no peso. Seja nas letras, na temática ou na interpretação, esta é uma das mais vigorosas performances na música brasileira hoje. O show traz as colaborações dos músicos Edgard Scandurra (guitarra), André Lima (teclado), Marcelo Cabral (baixo), Guizado (trompete) e Bruno Buarque (bateria).

Entre as músicas do disco estão o hit "Eu Sou Um Monstro", "Dragão", Esôfago" e "Pic Nic". "A partir da ideia dos animais selváticos, presente em textos sagrados e a maneira como são descritas as mulheres nesses mesmos textos, veio a ideia das mulheres selváticas, com inspirações em guerreiras do Daomé, do Brasil, de todo canto e todo tempo", diz Karina sobre o seu novo trabalho. "Um som pesado às vezes, às vezes leve, com pouco de reggae, um toque de ciranda e a percussão voltando aos poucos a fazer parte do meu som."

Além de fazer a estreia de Selvática no festival, Karina Buhr ainda assina o cartaz oficial do evento. A inspiração foi na artista Elza Soares e nos papangus, foliões mascarados do Carnaval (+ aqui: http://bit.ly/ArteRec-Beat2016).

O Rec-Beat deste ano já confirmou os nomes do surpreendente Liniker (SP), uma das novas apostas da música brasileira, além de atrações internacionais como o afrobeat do guitarrista e griot guineano, Moh! Kouyaté e a sonoridade latino-cubana da trompetista Holandesa radicada na Colômbia, Maite Hontelé. Também tocam no festival o grupo mexicano/brasileiro Francisco, El Hombre, a revelação nacional Duda Brack (RS) e Luisa e Os Alquimistas (RN).

Para realizar esta edição, que teve parte dos recursos habituais de patrocínio reduzidos, foi lançada uma campanha de financiamento coletivo pelo site da Kickante, onde é possível contribuir com a realização em troca de recompensas exclusivas.

Sobre a campanha: "Rec-Beat 2016: vamos fazer juntos o festival!", release http://bit.ly/Rec-BeatCampanha e para colaborar http://www.kickante.com.br/campanhas/rec-beat-2016-vamos-fazer-juntos-o-festival. Nos quatro dias de Carnaval, ao ar livre e no sítio histórico da cidade do Recife, o festival atrai anualmente uma audiência superior a 120 mil pessoas, do Brasil e de diversos países.

Serviço:
Festival Rec-Beat 2016 - 21ª edição
Dias: 6, 7, 8 e 9 de fevereiro de 2016 (sábado a terça-feira de Carnaval)
Início: 20h (Recbitinho 17h)
Local: Cais da Alfândega, Bairro do Recife
Ao ar livre - Entrada gratuita
Informações: www.recbeatfestival.com
Telefone: (81) 3231-3422

Com informações da assessoria

Justiça suspende aumento das passagens no Recife e Governo do Estado não recebe intimação


Na tarde desta terça-feira (26), o juiz José Marcelon Luiz e Silva, do 4º Juizado Especial da Fazenda Pública, acatou a ação judicial movida pela Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, e suspendeu os efeitos da reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano e consequentemente o reajuste das tarifas de ônibus no Grande Recife. 

Segundo informações, o Governo do Estado recebeu a notificação para baixar as passagens, mas não está cumprindo a decisão da Justiça. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informou que ofício da intimação já foi expedido pelo juiz. 

Nas ruas, a população ficou animada com a decisão e esperançosa que não ocorra o reajuste, pois foi uma promessa de campanha do governador Paulo Câmara (PSB) de implantar a Tarifa Única e o Bilhete Único para no Sistema de Transporte Público em Pernambuco.

Com informações da redação

Seu Jorge na prévia do Enquanto Isso na Sala da Justiça no Centro de Convenções


O show comandado por Seu Jorge na prévia do Enquanto Isso na Sala da Justiça, que acontece neste sábado (30), no pavilhão Centro de Convenções, com abertura dos portões às 22h, promete um set list recheado de novos sucessos e clássicos da carreira do músico carioca. Entre os hits atuais, “Mina Feia”, “Ela é Bipolar” e “Motoboy”, estourada nas rádios brasileiras. Já entre os sucessos antigos, “Mina do Condomínio”, “Amiga da Minha Mulher” e “Salve Jorge”. Hinos como “Burguesinha” e “Carolina” também entram no repertório da noite.

Seu Jorge volta aos palcos da Sala dez anos após sua última participação, marcando a festa que celebra a maioridade total da prévia – 21 anos –, já consagrada como uma das mais tradicionais e concorridas do Carnaval pernambucano. O músico ainda divide a noite com as bandas Academia da Berlinda e Sambaled. O Som na Rural, de Roger de Renoir, também dá o ar da graça na festa, contando com a luxuosa participação do Coco da Xambá, do Grupo Bongar.

Os ingressos da prévia custam R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia) e R$ 75,00 (social – com um quilo de alimento não perecível) e podem ser encontrados na Central PE no Carnaval (Shopping RioMar, Plaza e Tacaruna), Loja Reserva (Shopping Center Recife), Livraria Jaqueira, Ticket Mix (Shopping RioMar)e através dos sites ingressorapido.com.br e topingressos.com.br.

Com informações da Verbo Assessoria de Comunicação

Jovem morre depois de levar o seu filho na UPA em Recife

Jovem de 20 anos foi morto, nesta terça-feira (26), depois de uma briga na Unidade de Pronto Atendimento - UPA, em Nova Descoberta, bairro localizada na Região Norte do Recife. O jovem Sergio Ferreira da Silva Junior, levou o filho de 1 ano (a criança tinha engolido uma bola de ping-pong), que precisava de atendimento emergencial na unidade de saúde.

De acordo com os familiares do jovem, Sérgio pediu que o filho fosse atendido com prioridade, com pânico que o menino chegasse a sufocar. Mas a solicitação foi negada pelo segurança da recepção, o que motivou uma confusão.

Segundo a companheiro do rapaz, Stephanye Camila de Araújo, que não estava junto com Sérgio e foi comunicada por populares que seu esposo tinha sido baleado na Avenida Chagas Ferreira, via principal do bairro. Stephanye disse que questionou aos policiais e os mesmos não informaram sobre o que aconteceu, inclusive, não fizeram o socorro em mediato do seu marido, após ela pedir socorro, gritando na via, foi que a PM socorreu para a UPA.

A mulher de Sérgio informou ainda que seu marido já estava morto e foi atingido com 16 tiros, depois do ocorrido a criança foi levada para o Hospital da Restauração. Até o momento não recebemos nenhum comunicado sobre a situação do filho de Stephanie e Sérgio.  

Com informações da redação

Maestro Forró e Orquestra da Bomba do Hemetério são uma das atrações no 52º Baile Municipal


No próximo sábado (30), acontecerá o 52º Baile Municipal do Recife. A festa será a partir das 21h, no Classic Hall, em Olinda, e o folião tem todos os motivos para participar. Serão sete horas de música ininterruptas, em que passarão pelo palco Maestro Forró, Elba Ramalho, Lenine, SpokFrevo Orquestra, Coral Edgar Moraes, Geraldinho Lins, Almir Rouche, André Rio, Nena Queiroga, entre outros. O prefeito do Recife Geraldo Julio e a primeira dama Cristina Mello serão os anfitriões da noite.

Homenageados do Carnaval deste ano, o maestro Forró e as agremiações centenárias Maracatu Nação Porto Rico e Clube Carnavalesco Misto Pão Duro também estarão presentes. A festa promete ainda momentos de pura emoção, com um tributo para Chico Science e uma homenagem ao Mestre Nelson Ferreira. Também estarão presentes, o Rei Momo e a Rainha do Carnaval de 2016, além dos campeões do concurso de fantasias (luxo e originalidade).

A organização do Baile é da Prefeitura do Recife, custeada por empresas privadas e com a renda dos ingressos sendo revertida para entidades filantrópicas. Programe a sua fantasia, divirta-se e, ainda, ajude a melhorar a vida de muita gente que precisa. Confira abaixo os detalhes desta grande festa. Mais informações: www.carnavalrecife.com.

Com informações da assessoria



Medida Cautelar do TCE suspende pregão da CEPE

A Segunda Câmara do TCE referendou nesta terça-feira (26) uma Medida Cautelar monocrática, expedida pelo conselheiro Valdecir Pascoal durante o período de recesso, determinando à Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) que modifique os termos do edital do Pregão Presencial nº 003/2015, cujo objeto é a contratação de empresa especializada na área de gestão de documentos. O relator do processo foi o conselheiro substituto Ricardo Rios.

O processo se originou de uma denúncia formalizada no TCE pela empresa TCI BPO – Tecnologia, Conhecimento e Informação S/A. Ela questionou, entre outras coisas, o prazo reduzido para impugnação do edital (cinco dias úteis), a comprovação de que a empresa possui patrimônio líquido mínimo correspondente a 10% do valor total da contratação, a proibição de participação de empresas em processo de recuperação judicial, a quantidade mínima de atestados de capacidade técnica, o registro dos atestados de capacidade técnica no Conselho Regional de Biblioteconomia e a exclusividade da CEPE para realizar as atividades contidas no edital.

ANÁLISE - A equipe de auditoria do Tribunal, após a análise da denúncia, considerou procedentes alguns pontos dela e outros não. Foram julgados improcedentes o prazo reduzido para impugnação do edital, o registro dos atestados de capacidade técnica no Conselho Regional de Biblioteconomia e a exclusividade da CEPE para realizar as atividades que constam do edital. E, procedentes, a proibição de participação de empresa em recuperação judicial, a quantidade mínima de atestados de capacidade técnica, a obrigatoriedade de realização de visita técnica e o tratamento diferenciado para empresa recém criada.

A equipe técnica identificou também quatro falhas no edital que não constaram da denúncia: prazo menor para regularização fiscal das microempresas ou empresas de pequeno porte, terceirização de atividade fim, prazo reduzido para apresentação de garantia processual e ausência de gestor de contrato.

Na condição de substituto do conselheiro Valdecir Pascoal, que se encontra de férias, o auditor Ricardo Rios manteve os termos da Cautelar e a levou para referendo da Segunda Câmara, que acatou, por unanimidade, o seu voto. O Pregão está suspenso até que a CEPE corrija as falhas identificadas no edital.

Com informações da Gerência de Jornalismo/TCE-PE

MPPE e Ministério Público de Contas alertam sobre gastos com carnaval nos municípios inadimplentes com a folha de pagamento


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Ministério Público de Contas (MPCO) estão promovendo uma ação conjunta para que os promotores de Justiça emitam recomendações (ou outro instrumento jurídico adequado) para os prefeitos dos municípios que encontram-se inadimplentes com o pagamento de folhas salariais de servidores municipais, além dos comissionados e temporários, e, em paralelo, estão se preparando para a realizar gastos com o Carnaval, inclusive festas e shows, alertando-os da violação aos princípios da administração pública, especialmente aos princípios da eficiência e moralidade administrativa

O coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (Caop Patrimônio Público), Maviael Sousa, enviou oficio para os promotores de Justiça para que observem a situação dos municípios de atuação.

O MPPE já conseguiu liminar da Justiça suspendendo o evento de 19 a 21 de janeiro, ou outra qualquer data que venha a ser alterada, no município de Lagoa dos Gatos; bem como, a proibição da municipalidade de realizar e participar, direta ou indiretamente, de qualquer evento festivo enquanto não regularizar o pagamento de todos os credores. A ação civil pública foi ajuizada pelo promotor de Justiça Marcelo Tebet Halfeld.

Já os promotores de Justiça Aline Laranjeira (município de Tracunhaém), Aurinilton Leão (Tabira), Filipe Wesley Pinheiro da Silva (Ibimirim), Patrícia Ramalho (Goiana) e Antônio Rolemberg (Brejo do Madre de Deus e Jataúba) recomendaram aos respectivos prefeitos que não utilizem recursos do município para a realização do carnaval deste ano, especialmente em festas e shows, quando a folha de pessoal do município estiver em atraso, inclusive nos casos em que a inadimplência na folha esteja atingindo apenas parcela dos servidores municipais, mesmo que ocupantes de cargos comissionados e contratados temporários.

Por sua vez, o procurador-geral do Ministério Público de Contas do Estado, Cristiano Pimentel, enviou ofícios para a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), bem como para a União de Vereadores de Pernambuco (UVP), alertando que, em caso comprobatório do uso de recursos públicos para o Carnaval em detrimento do pagamentos dos salários atrasados dos servidores, será representado, por improbidade administrativa, e solicitado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) a rejeição de contas dos respectivos prefeitos.

No MPPE, há ainda uma comissão de Defesa do Patrimônio Público com atribuição, para em conjunto ou separadamente com os promotores de Justiça titulares, com a indispensável anuência destes, atuar nos processos encaminhados em forma de representação pelo Tribunal de Contas do Estado ao MPPE, adotando as medidas na esfera cível e criminal cabíveis, que não envolvam autoridades com foro privilegiado (que é atribuição exclusiva do procurador-geral de Justiça).

Com informações da Comunicação Social do MPPE

Fundo Simples do Banco do Brasil atinge R$ 1 bilhão em saldo

Depois de pouco mais de três meses do lançamento, o fundo BB Renda Fixa Simples atingiu a marca de R$ 1 bilhão em recursos captados. O produto, considerado de baixo risco, possui atualmente 60 mil cotistas no BB e serve como porta de entrada para novos investidores.

Além da aplicação inicial de R$ 50 e taxa de administração de 1,95% ao ano, o cliente tem a opção de aplicação e resgate automáticos.

"Dentre as principais facilidades na contratação do Fundo Simples, está a dispensa de assinatura do termo de adesão e de preenchimento do questionário para análise do perfil do investidor (API). A simplicidade de operacionalização foi fator determinante para o sucesso da ação.”, explica Edmar Casalatina, diretor de empréstimos e financiamentos do BB.

Com informações da Assessoria de Imprensa/BB

Frequentadores denunciam abandono do Parque Urbano da Macaxeira

Os frequentadores do Parque Urbano da Macaxeira, na zona norte do Recife, utilizam as redes sociais para divulgar denuncias (#‎NãoAoAbandonoDoParqueDaMacaxeira)‬ com a proposta de chamar atenção dos problemas frequentes no espaço público de lazer, diversão e bem estar. 

Segundo as pessoas que frequentam o parque, existe acumulo de água parada na localidade com o fluxo de pessoas, especialmente de crianças, o medo é grande em relação a epidemia da dengue. Os frequentadores informa que os agentes do combate a dengue não faz vistoria no espaço. A coleta de lixo não está sendo feita corretamente, quem está cuidado disso são os ambulantes e frequentadores, além da falta de segurança, os banheiros estão fechados, a iluminação precária e as obras estão paradas.

A real situação do Parque da Macaxeira é precária deste que foi entregue inacabado pela Prefeitura do Recife e pelo Governo de Pernambuco. Está na hora dos órgãos competentes tomar as devidas providencias urgente antes que ganhe as manchetes dos jornais.

Com informações dos leitores e da redação

"Crise nos presídio é reflexo da ineficiência do Governo" afirma líder da Oposição na Alepe

Líder oposicionista Silvio Costa Filho. Foto: Giovanni Costa/ALEPE.

A Bancada de Oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco divulgou no sobre crise do sistema prisional no estado. Confira na íntegra a nota enviada à imprensa:

Crise nos presídio é reflexo da ineficiência do Governo

A população de Pernambuco assiste, atônita, a novas demonstrações do colapso do sistema carcerário do Estado. Desta vez, a ineficiência do Governo foi escancarada pelas explosões de muros e a fuga em massa de 53 presos da penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, e de mais 40 detentos no complexo prisional do Curado. Tudo, em menos de uma semana.

Os novos fatos aconteceram um ano após a grave crise de 2015, quando uma série de rebeliões e fez o Estado decretar estado de emergência no sistema penitenciário estadual, por seis meses, e a decretar intervenção na parceria público-privada (PPP) que deveria construir o Centro Integrado de Ressocialização (CIR) de Itaquitinga, agregando mais 3,5 mil vagas à atual disponibilidade carcerária do Estado.

Para o deputado Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa do Estado (Alepe), a situação dos presídios pernambucanos é fruto da falta de atenção do Governo. “Segundo dados do Portal da Transparência do Estado, no ano passado, foram investidos cerca de R$ 30 milhões no sistema prisional estadual, metade do previsto no orçamento e bem menos que as reais necessidades das penitenciárias pernambucanas”.

Ainda segundo dados do Portal da Transparência, o complexo do Curado, onde aconteceram as últimas fugas de prisioneiros, é um retrato de como o descaso com o sistema penitenciário vem de longa data. Em 2013, apesar de contar com uma previsão de aporte de R$ 800 mil, o complexo não recebeu um centavo sequer. Em 2014, com um orçamento previsto de R$ 27 milhões, o Curado recebeu apenas R$ 460 mil. E, em 2015, apesar da situação de emergência, apenas R$ 3,3 milhões foram investidos no complexo.

Nos últimos 12 meses, apesar do anúncio de uma série de medidas, todas ainda no papel, a situação da população carcerária do Estado só fez se agravar. Para a Bancada de Oposição na Alepe, com o agravamento desse quadro, o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico, perdeu as condições de permanecer à frente da pasta, cargo que ocupa desde o início do Governo Paulo Câmara. Na avaliação dos parlamentares, o secretário não vem conseguindo apresentar resultados positivos e nem dar as respostas que a sociedade exige.

Tão logo os trabalhos parlamentares sejam retomados na Alepe, a Oposição apresentará um pedido para realização de audiência pública sobre o crescimento da violência no Estado e a situação do sistema prisional de Pernambuco. “O Governo do Estado precisa prestar contas do que, de fato, foi realizado durante a vigência do estado de emergência do sistema prisional de Pernambuco”, afirmou o presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, Edilson Silva (Psol).

Além dos secretários Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos) e Alessandro Carvalho (Defesa Social), a Oposição deve convidar também o promotor Marcellus Ugiette, titular da 19ª Vara de Execuções Penais do Ministério Público de Pernambuco, que defende a desativação do complexo do Curado e sua substituição por unidades menores. “Se o Governo não apresenta alternativas, temos que ouvir quem tem algo a propor para tirar o Estado desta situação”, avaliou Silvio Costa Filho.

Com informações da Bancada de Oposição PE

"Oferta de gás nacional ao mercado brasileiro subiu 3,9% em 2015" informa direção da Petrobras

A oferta de gás natural nacional para o mercado brasileiro em 2015 subiu 3,9%, alcançando 44,93 milhões de metros cúbicos por dia (m³/dia), em média. O balanço de movimentação de gás da Petrobras do ano passado contabilizou que os terminais de gás natural liquefeito (GNL) situados em Pecém (CE), na Baía de Guanabara (RJ) e na Bahia foram responsáveis pela regaseificação de 18,04 milhões de m³/dia, na média, ao longo do ano. Da Bolívia, foram importados, em média, 32,06 milhões de m³/dia.

Da oferta total de 95,03 milhões de m³/dia, 41,04 milhões de m³/dia foram entregues ao mercado termelétrico, garantindo o suprimento do Parque Gerador de Energia Elétrica da Petrobras e de usinas de terceiros num período de forte despacho termelétrico ordenado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

A demanda total por gás natural pelo mercado consumidor do país em 2015 foi, na média, de 93,30 milhões de m³/dia, o que equivale a uma redução de 0,9% em relação ao volume médio de 94,17 milhões de m³/dia em 2014. Ao mercado não termelétrico foram entregues 37,54 milhões de m³/dia, enquanto o consumo interno da Petrobras em suas refinarias e fábricas de fertilizantes foi de 14,72 milhões de m³/dia. O consumo no sistema de transporte de gás natural foi de 1,73 milhão de m³/dia.

Com informações da Gerência de Comunicação

SAIBA MAIS: Informações completas sobre o Carnaval 2016 do Recife

Ministra Tereza Campello participa de debate sobre trabalho infantil e escravo

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, participa nesta quarta-feira (27) às 9h30, em São Paulo (SP), de debate sobre trabalho infantil e trabalho escravo. O encontro terá a participação do Prêmio Nobel da Paz em 2014, Kailash Satyarthi, do ministro do TST, Lélio Bentes, do membro da Comissão nacional de erradicação do trabalho infantil da justiça do trabalho, Marcos Fava, e da diretora técnica do Sebrae, Heloísa Menezes. 

Entre 2004 e 2014, no Brasil, houve redução de 43,6% de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, passando de 5 milhões para 2,8 milhões. O desafio hoje no Brasil é atuar sobre situações diferentes que existiam no passado e que já não são mais tão presentes: o trabalho infantil deixou de ser um fenômeno específico da pobreza e se concentra agora na cultura de valorização do trabalho e de acesso a bens.

A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad/IBGE) mostra um crescimento na participação de adolescentes de 14 a 17 anos, que representam 80% do total do que é considerado trabalho infantil. O acesso à escola tem sido outro aspecto importante. Há continuo crescimento da frequência escolar de crianças em trabalho infantil até 13 anos, passando de 94,4% em 2004 para 96,8% em 2014. Já os adolescentes e jovens de 14 a 17 anos ampliaram sua frequência de 83,4% em 2004 para 89,2% em 2014.

Outra mudança importante é o aumento do trabalho infantil entre famílias com estratos de renda mais elevados. Entre 2013 e 2014, houve ampliação em famílias com rendimento domiciliares mais elevados, com renda per capita mensal superior a R$ 830. Atualmente, uma boa parte dos adolescentes que trabalha não o faz em razão da pobreza, mas porque procura uma inserção precoce no mundo do trabalho, em busca de autonomia e maior acesso a bens de consumo.

Serviço:
Ministra Tereza Campello participa de ev ento sobre trabalho infantil e trabalho escravo com prêmio Nobel da Paz em 2014, Kailash Satyarthi
Quando: quarta-feira (27), às 9h30
Onde: Fecomercio São Paulo - R. Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista – São Paulo (SP)

Com informações da Assessoria de Comunicação Social/MDS

Edição especial de carnaval da Terça Negra no Recife


O Pátio de São recebe mais uma noite do Projeto Terça Negra Especial. Para esta edição, que acontece dentro do Ciclo Carnavalesco, nesta terça-feira (26), às 19h, o projeto traz como atração muito coco, maractu e afoxé, ritmos que carregam a herança afro-brasileira. O projeto é uma parceria do Movimento Negro Unificado com o Núcleo de Cultura Afro e a Prefeitura do Recife.

Abre a noite, o Coco D’Olorum, seguido pelos batuques do Maracatu Mirim Cambinda Africano. Em seguida é a vez do afoxé entrar em cena. Sobe ao palco o Afoxé Alafin Oyó, depois o Exu Elegbará. As apresentações começam às 19h e vão até às 22h. O acesso é gratuito.

Serviço:
Edição Especial do Projeto Terça Negra
Pátio de São Pedro
Terça-feira (26).
Das 19h às 22h
Acesso gratuito

Com informações da assessoria

SAIBA MAIS: Confira informações completas sobre o Carnaval 2016 do Recife

Empresário da Carpinatur afirma "O prefeito prometeu organizar o Transporte Público de Carpina"

Protesto dos funcionários da empresa de ônibus Carpinatur na frente da casa do prefeito Carlinhos do Moinho (PSB) encerrou por volta das 19:00 com a presença da Polícia Militar que foi acionada. O dono da Carpinatur Jessé Ribeiro de Lemos falou para o #BlogPautaPolítica sobre o proposito da manifestação.

"Há mais de 40 anos, a gente presta um serviço essencial para a garantia do transporte pública aos carpinenses. Cerca de 4 a 5 meses fiz o pedido ao prefeito, ele prometeu ordenar, organizar o Sistema de Transporte" disse Jessé Ribeiro.

Atualmente, as vans estão parando no mesmo ponto de ônibus da Carpinatur que faz uma linha regular para a cidade de Lagoa de Itaenga. Os trabalhadores da empresa denunciam a forma que os passageiros são tratados por parte das vans, às vezes muitos deles sobem para retirar os clientes dos ônibus.

O empresário Jessé destacou da necessidade de Carpina melhorar esse importante serviço público. "Carpina precisa ter uma boa mobilidade, o transporte público de qualidade, com segurança e que atenda a todos os carpinenses" argumentou Ribeiro.

Ao Voz de Pernambuco, portal de noticias da Mata Norte, o empresário Jessé concedeu uma entrevista e detalhou mais do motivo do protesto em frente a casa do prefeito de Carpina:


Até o momento o prefeito, a prefeitura e nem o secretariado da gestão Carlinhos do Moinho se pronunciaram.

Com informações da redação

Iniciada campanha para que turistas não visitem Natal por causa da violência

A jornalista Andréa Mousinho, irmã da turismológa Gizela Mousinho assassinada no dia 2 de janeiro durante um assalto, iniciou uma campanha na internet para que turistas brasileiro e estrangeiros não visitem Natal devido à violência que assola a cidade.

Segundo Andréa, que promete divulgar dados e estatísticas em jornais e agências de turismo do Brasil e do mundo, “Natal está dominada pela organização do crime”.

A jornalista destaca a precária iluminação pública, ruas esburacadas e a quantidade de menores infratores em semáforos “configurando uma verdadeira calamidade pública, em que a segurança dos turistas e moradores é apenas retórica política”.

Nos comentários no Facebook, Andréa Mousinho pede que as pessoas compartilhem sua campanha e informações nas redes sociais.

Confira a íntegra da postagem:


Com informações de  - Revista RN


Motoristas da empresa Carpinatur protestam em frente a casa do prefeito de Carpina


No final da tarde desta segunda-feira (25), um grupo de trabalhadores da Carpinatur protestaram em frente a residência do prefeito de Carpina, Carlinhos do Moinho (PSB), inclusive bloquearam com um ônibus da empresa a Avenida Getúlio Vargas, popularmente conhecida por Rua dos Tamarindos, no bairro São José. 

De acordo com a moradora Manu Lapa que divulgou o vídeo em sua rede social, os motoristas da Carpinatur, empresa de ônibus que presta serviço à população carpinense há mais de 40 anos, reivindica seu espaço de trabalho que foi ocupado por kombeiros e bestas do município de Lagoa de Itaenga, deixando vários motoristas desempregados.

Com informações da redação

Obras olímpicas atrasadas são alvo de auditoria e questionamentos

A pouco mais de um ano da realização das Olimpíadas no Rio de Janeiro, obras farão parte do prometido “legado olímpico” para a cidade sofrem com atrasos de cronograma e questionamentos por parte dos órgãos públicos fiscalizadores. Ao mesmo tempo em que governo estadual e prefeitura reafirmam que tudo está sob controle, algumas análises técnicas dizem o contrário.

No mais recente questionamento, um relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) considera “alto o risco de não cumprimento do cronograma de obras até agosto de 2016” em três grandes projetos, entre eles a Linha 4 do metrô carioca, que ligará os bairros da zona sul da cidade à região da Barra da Tijuca, na zona oeste, onde está sendo erguido o Parque Olímpico.

A conclusão da Linha 4 é considerada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como imprescindível para garantir o deslocamento do público durante as Olimpíadas, já que a maior parte dos hotéis que receberão os turistas está localizada na zona sul. O TCE, que fiscaliza somente os projetos olímpicos que contam com verba estadual, manifestou também sua preocupação com os atrasos em mais dois programas: a despoluição e recuperação ambiental das lagoas da Barra e a implantação de um tronco coletor na Cidade Nova, projeto que visa diminuir o despejo de esgoto na Baía de Guanabara, que também será palco de provas olímpicas.

A Secretaria Estadual de Transportes admite os problemas nas obras da Linha 4 do metrô, orçadas em nove bilhões de reais. O atraso teria sido provocado por infiltrações no terreno e pela presença de uma rocha que não havia sido prospectada na área de uma das futuras estações. Mas a Secretaria garante que o tempo perdido neste projeto será recuperado. O TCE, por sua vez, afirma ter iniciado na última segunda-feira (13) uma auditoria definitiva nas obras, com previsão de ser concluída em novembro.

Em relação à despoluição das lagoas, o governo admite que a meta não será concluída até o início dos jogos. Orçado em 673 milhões de reais, o projeto é alvo de ações no Ministério Público Federal e no Estadual e chegou a ter sua licitação – vencida por um consórcio formado pelas empreiteiras Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e OAS – cancelada por suspeita de fraude no processo. O terceiro projeto citado como crítico pelo TCE, a construção do tronco coletor de esgoto orçada em mais de 81 milhões de reais, nem sequer começou.

Com informações do Pulsar/RBA

Inaldo Fernando e Emilayne Gomes são coroados Rei Momo e Rainha do Carnaval 2016

Dentre os 25 candidatos, Inaldo e Emilayne foram os escolhidos (Foto: Allan Torres/PCR).

É hora de repassar a coroa e conhecer as majestades do Carnaval do Recife 2016. Inaldo Fernando da Silva e Emilayne da Silva Gomes foram os eleitos o Rei Momo e a Rainha do Carnaval, que vão comandar a folia a partir do dia 05 de fevereiro, quando a Prefeitura do Recife realizará a abertura oficial do Carnaval 2016, no Marco Zero. As novas majestades superaram as fases eliminatórias e chegaram, ontem, na final do concurso. Dentre os 25 candidatos, Inaldo e Emilayne foram os escolhidos.

A passarela para o concurso foi montada no Pátio de São Pedro e o público, que lotou o local, conferiu de perto um pouco da alegria que marca o Carnaval do Recife. As chaves da cidade serão entregues ao casal real na abertura do Carnaval, que será celebrada por grandes nomes da música sob o comando de Naná Vasconcelos. Lenine, Elba Ramalho, Maestro Spok, Johnny Hooker, André Rio, Nena Queiroga, Almir Rouche, Spok, Getúlio Cavalcanti, entre outros, também vão abrilhantar a noite.

Na disputa para o Rei Momo, Inaldo Fernando da Silva, de 43 anos, concorreu com outros nove candidatos, e todos buscaram mostrar aos jurados que a energia do frevo está na ponta da língua, toma conta do corpo indo até a ponta dos pés. “A expectativa para o Carnaval é a melhor possível. Espero poder levar muita alegria por toda a cidade”, comemorou o vencedor, que é ator, e já foi coroado Rei Momo, em 2008.

Já na disputa pelo título de Rainha do Carnaval 2016, Emilayne da Silva Gomes, concorreu com outras 14 finalistas. Na passarela, elas desfilaram charme e elegância mostrando que, com a sobrinha de frevo nas mãos, dominam o passo. “Eu faço o Carnaval o ano inteiro. Então, como rainha, eu vou representar tudo o que eu vivo”, celebrou a vencedora, que atua como professora de dança e já havia participado de quatro edições do concurso, sendo classificada como princesa em uma delas.

Os candidatos e candidatas aos postos da realeza do Carnaval foram observados pelos seguintes jurados: Mãe Mana (estilista e ialorixá), Isaltino de Oliveira (secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Pernambuco), Janaína Lima (jornalista), Pai Messias, (carnavalesco e babalorixá), Eduardo Sarmento (antropológo, historiador e diretor do Paço do Frevo), Mário Ribeiro (Doutor em História e professor de História da Arte da Upe) e Patrícia Breda (jornalista, radialista e atriz). Cada um dos vencedores receberá R$ 18 mil.

Com informações da assessoria

Carnaval de explosões e fugas em massa nos presídios de Pernambuco


Explosões nos presídios pernambucanos estão virando moda. Em uma semana ocorreram duas fugas de presos de alta periculosidade. Uma no Complexo Prisional do Curado, em Recife, e a outra na Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá. Essas ações de fuga em massa só mostra as falhas de uma péssima gestão, e a ineficiência e desorganização de uma Sistema Penitenciário atrasado. Além do que as velhas brigas interna de um governo dito popularmente "novo e técnico" que se misturam com uma grande crise econômica e política no país. O governador Paulo Câmara precisa urgentemente tomar as devidas providências para acabar com esse carnaval de explosões nos presídios do Estado, a véspera do inicio da folia de momo. Quem sabe começar a exonerar os secretários que sabiam da possibilidade de fuga em massa nas penitenciárias. 

Com informações da redação

SAIBA MAIS: Diversidade cultural deve marcar a abertura oficial do Carnaval de Recife no Marco Zero

Superintendente João Paulo prestigia inauguração da Via Mangue no Recife


Na manhã desta quinta-feira (21), o superintendente da Sudene, João Paulo Lima, participou da inauguração da pista leste da Via Mangue, obra iniciada em sua gestão na Prefeitura do Recife e continuada por seus sucessores. O ato contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff que, em seu discurso, destacou a importância da via como um marco na mobilidade urbana da região Metropolitana da cidade.

“Essa obra fará com que as pessoas gastem um menor tempo no trânsito. O que significa que elas terão mais tempo para fazer o que é importante para elas, em especial, mais tempo para o convívio com a família”, afirmou a presidenta, agradecendo aos trabalhadores que ajudaram a levantar o concreto armado da via. “Foi um grande desafio erguer uma obra desta envergadura no meio do Recife”, acrescentou Dilma.

A via leste, que é a última etapa da obra, recebeu o nome de Avenida Celso Furtado, em homenagem ao economista idealizador da Sudene.

João Paulo foi citado em todos os discursos proferidos durante a inauguração. “Essa é a maior obra dos últimos trinta anos da cidade. Uma obra que teve as mãos de muita gente para chegar aqui”, afirmou o prefeito Geraldo Julio em referência aos prefeitos João Paulo, João da Costa e Roberto Magalhães. A presidente Dilma fez uma saudação especial a João Paulo e lembrou que a obra atravessou três prefeitos, dois governadores e dois presidentes. Dilma lembrou a importância da parceria, especialmente nos momentos difíceis de crise. “A democracia proporciona isso. Permite a crítica, a provocação, mas também agir no mesmo sentido. E foi isso o que foi feito aqui nessa grande obra”, destacou.

João Paulo encarou as reverências feitas como um reconhecimento ao trabalho iniciado durante sua gestão. “Recebemos o projeto da Linha Verde do meu antecessor Roberto Magalhães, que trazia a ideia de uma via expressa para desafogar o trânsito da Zona Sul. Mas tivemos que fazer algumas modificações importantes”, conta João Paulo, destacando quatro delas:

“O respeito ao mangue é a primeira, já que o trajeto inicial passava por cima do manguezal e foi adaptado para que contornasse o bioma, preservando o máximo possível”. Além disso, foi feito um replantio de 40 hectares de mangue. A segunda modificação foi o cuidado com os moradores que viviam em palafitas e moradias improvisadas ao longo do percurso da Via Mangue. “Incluímos a construção de três habitacionais, que deram moradia digna a 996 famílias”. Por fim, foi a retirada do pedágio, previsto anteriormente. “Era inaceitável, na nossa visão uma via dentro da cidade em que as pessoas precisariam pagar para transitar”.

Participaram do ato o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto e o Governador Paulo Câmara, além de outras autoridades.

Transposição - Na sua fala durante a inauguração da Via Mangue, a presidenta lembrou de outra obra que trará benefício aos Nordestinos: a Integração do Rio São Francisco. Dilma afirmou que finalmente será uma realidade a convivência com a seca no Nordeste brasileiro, especialmente no semiárido. A previsão é que as obras da transposição, que já estão 80% concluídas, sejam entregues em 2016.

A Via Mangue - Mais de 60 mil veículos devem circular diariamente pelas vias expressas. Além de desafogar o trânsito na região sul da cidade e da região metropolitana, a Via Mangue possibilitou também criação de quase 12 km de corredores exclusivos para o tráfego de ônibus, a Faixa Azul, nas avenidas Domingos Ferreira e Conselheiro Aguiar, o que deve diminuir em pelo menos 50% o tempo da viagem nos transportes públicos. Outro benefício foi a entrega de uma ciclovia, com quatro quilômetros, e uma calçada com o trajeto iluminado.

A Via Mangue faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e foi orçada em R$ 431 milhões - R$ 331 milhões de financiamento do governo federal, R$ 19 milhões de recursos da União e R$ 81 milhões de recursos do município.

Com informações da Ascom Sudene e Foto: Társio Alves

Armando Monteiro lança projeto para incentivar exportações do Agreste pernambucano

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lança amanhã (22) as ações do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) voltadas para o Agreste de Pernambuco. O evento de lançamento acontecerá no Espaço Cellebre, em Santa Cruz do Capibaribe, a partir das 10 horas.

No âmbito do PNCE, o ministro Armando Monteiro anunciará o início do trabalho de capacitação de 146 micro, pequenas e médias empresas de Santa Cruz do Capibaribe, Caruaru e Toritama que, ao final do projeto, estarão preparadas para exportar. O trabalho de preparação dessas empresas para o mercado internacional será feito por extensionistas do Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), executado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sob a coordenação da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O convênio entre o MDIC/Apex-Brasil e a UFPE, que será assinado durante a cerimonia terá vigência de 24 meses.

Na região do Agreste o foco principal será em empresas dos setores de têxteis e confecções. Empresas interessadas podem participar do evento desta sexta-feira, quando haverá, no período da tarde, atendimento específico sobre o programa. Nos demais dias, empresas da região do Agreste podem procurar o Núcleo Operacional do PEIEX que funcionará no campus da UFPE, em Caruaru. Ou entrar em contato com a Apex-Brasil pelo e-mail apexbrasil@apexbrasil.com.br ou pelo site www.apexbrasil.com.br.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MDIC

Governo do Estado autoriza a duplicação e restauração da Ponte do Janga



O Governo do Estado e a Prefeitura do Paulista deram um importante passo, nesta sexta-feira (22.01), para responder a uma das principais demandas da população do Litoral Norte de Pernambuco: a duplicação e restauração da PE-01. Durante solenidade realizada no município, o governador Paulo Câmara assinou a ordem de serviço que autorizou o início da obra, que vai requalificar e duplicar os 4,5 quilômetros da via. O investimento será de R$ 16 milhões, sendo R$ 14,4 milhões do Executivo estadual e R$ 1,6 milhão a contrapartida municipal. As melhorias na rodovia, que beneficiarão 120 pessoas, serão concluídas em 12 meses.

"Esse foi um convênio que fizemos com a prefeitura e está no orçamento de 2016. Um orçamento que foi feito com o pé no chão e dentro da realidade econômica do País", pontuou Paulo Câmara, grifando ainda: "Nós sabemos que vamos enfrentar um ano duro, mas temos que priorizar algumas obras em Pernambuco. E, sem dúvida nenhuma, essa obra é necessária para a Região Metropolitana e vai melhorar a qualidade de vida das pessoas que residem no Paulista e também dos que visitam nossas praias".

O projeto contempla a construção de uma nova ponte no local e a restauração da que já existe. Os 4,5 quilômetros de faixas entre a Ponte do Janga e a entrada do Conjunto Beira Mar serão alargados e reparados. Além disso, será feito o remanejamento de toda a rede elétrica e instalada a sinalização na pista, intensificando a segurança para os pedestres e veículos. A PE-01 recebe diariamente 50 mil veículos. Nos finais de semana e feriados, o fluxo chega a 70 mil.

Moradores dos bairros do Engenho Maranguape, Maria Farinha, Pau Amarelo, Loteamento Conceição e Janga serão favorecidos diretamente pela ação. Maria do Carmo, que reside em Pau Amarelo e trabalha no Recife, assegurou que as melhorias na via vão reduzir o tempo de deslocamento. “Atualmente, para sair da cidade levo quase duas horas, isso nos horários de pico. Com os reparos e a duplicação, tenho certeza que vou perder menos tempo no trânsito e vou ficar mais com a minha família”, celebrou a vendedora, informando ainda que para driblar os engarrafamentos utiliza como alternativa a PE-22.

De acordo com o prefeito Júnior Matuto, a operação vai resolver 95% dos congestionamentos na localidade. Ele explicou que essa será a primeira etapa do plano, que originalmente abrange os 14 quilômetros da PE-01. "Essa obra é um marco em nossa caminhada administrativa. Diante das dificuldades econômicas, é uma satisfação realizar, juntamente com o Governo do Estado, esse investimento tão significativo para nós", pontuou o gestor.

"Esse é o trecho mais urgente da rodovia que precisava de requalificação e duplicação. É um projeto que dialoga com outros que já existem. Então, logo a situação econômica melhore, vamos realizar todo o reparo na PE-01. A gente quer oferecer condições de mobilidade para todo o Estado. Ou seja, transporte público de qualidade, com conforto e rapidez para os usuários. E também dar condições para aqueles que tenham veículos se locomoverem com satisfação", completou o governador.

Ao comentar o aproveitamento da obra para a Região Metropolitana do Recife, o secretário estadual de Planejamento, Danilo Cabral, frisou que essa é mais uma ação do Estado que visa equilibrar o desenvolvimento em Pernambuco. "Essa é uma obra que não pertence só a Paulista. É uma intervenção estruturante para toda a área Metropolitana Norte", ponutou. Danilo lembrou ainda que a rodovia e a Ponte do Janga foram construídas em 1974, quando a população da cidade era de apenas 70 mil habitantes. Hoje, o município tem mais de 300 mil pessoas.

Com informações da assessoria

Frente Popular formada por Eduardo Campos e Lula se enfraquece com a possível saída de partidos aliados

Eduardo Campos e Lula juntos na primeira eleição da presidenta Dilma nas eleições de 2010. Foto: Internet.

A Frente Popular formada nas ultimas eleições que elegeu o ex-governador Eduardo Campos, ex-presidente Lula e prefeitos em algumas cidades, pode estar com os dias contados. Dizem que a Frente segue um caminho de devastamento por causa da onda de abandono dos partidos aliados, o que coloca em dúvida o futuro político dessas frentes partidárias nas eleições de 2016.

No Recife, dois partidos políticos estão preste a seguir outro rumo, o PV e PSDB, anunciará pré-candidaturas próprias para prefeito, poucos dias do começo da folia de momo, complicando possivelmente a reeleição do prefeito Geraldo Julio (PSB). Na cidade vizinha, Olinda, o PCdoB tenta permanecer com a Frente Popular forte na cidade, mas o que parece é que às coisas não anda muito fácil por lá, pois o PMDB, PT e PSB pretendem lançar candidaturas particulares.

Em Jaboatão dos Guararapes, o PSDB de Elias Gomes vai peitar os socialistas e fortalecer uma candidatura sucessora, e outras legendas vão sozinhas como é o caso do PR, PROS, SDD e o próprio PSB. E assim, a chamada Frente Popular vai ficando enfraquecida e distante daquela bela coligação unificada pelo desenvolvimento e melhoria da vida das pessoas, tão sonhada pelo Lula e Eduardo.

Com informações da redação

Protesto dos servidores de Recife na inauguração da Via Mangue

Foto: Reprodução do facebook.

O Sindicato dos Servidores Municipais do Recife (Sindsepre) realizaram protesto na inauguração da etapa final da Via Mangue, na Zona Sul do Recife, contra o prefeito Geraldo Júlio (PSB) pelo zero aumento salarial aos ‎servidores da prefeitura municipal. O vereador e petista Osmar Ricardo que é presidente do Sindsepre esteve presente junto com vários funcionários da PCR manifestando publicamente a indignação pela falta de compromisso do prefeito com a pauta da categoria. A inauguração da Via Mangue contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff (PT), de ministros e diversos parlamentares. 

Com informações da redação

Na TV, o PSTU defenderá saída classista e socialista para crise que vive o Brasil

A vereadora Amanda Gurgel é destaque do programa partidário que vai ao nesta quinta-feira, às 20h no rádio e às 20h30 em rede nacional de Televisão, horário de Brasília. Foto: Reprodução/Divulgação.

Nesta quinta-feira, dia 21 de janeiro, vai ao ar em rede nacional de rádio e televisão o programa partidário do PSTU. Em um momento em que a grande maioria da população é penalizada pela crise econômica, enfrentando a inflação, retirada de direitos e o desemprego, o partido vai dizer que é preciso botar para fora Dilma, Cunha, Temer, Aécio e esse Congresso Nacional de corruptos. "Fora todos eles", dirá o partido em rede nacional de televisão.

PT, PMDB e PSDB brigam para ver quem vai governar o país, mas estão do mesmo lado na hora de aplicar o ajuste fiscal contra os trabalhadores. Segundo o PSTU, desde o governo federal aos governos estaduais e municipais, a exemplo do Governo Alckmin (PSDB) em São Paulo e de Pezão (PMDB) no Rio de Janeiro, a conta da crise econômica é jogada para os trabalhadores pagarem.

"Eles defendem a mesma coisa. Atacam as aposentadorias, aumentam os preços, são responsáveis pelas demissões. Nenhum desses lados representa a classe trabalhadora", afirmará o PSTU na TV.

O PSTU vai defender uma saída da classe trabalhadora para a crise econômica e política que vive o país. E também a necessidade de construir novas organizações da classe trabalhadora, independentes do governo e do PSDB, para lutar. "A classe trabalhadora, a juventude e os setores populares estão lutando muito. É necessário e possível unir todas estas lutas, fazer uma greve geral para fazer os ricos pagarem pela crise e não os trabalhadores. A classe trabalhadora não deve apoiar nem Dilma, Aécio, Cunha e nem Temer. Fora todos eles! Eleições Gerais já! Construir nas lutas um governo socialista dos trabalhadores, formado por Conselhos Populares", defenderá o PSTU.

Amanda Gurgel (foto), professora e a mais votada vereadora da história de Natal (RN), denunciará a democracia dos ricos, defenderá mandatos revogáveis para os políticos e o fim dos seus privilégios. “Todo político deve ganhar o mesmo salário de uma professora ou de um operário. O povo deve ter o direito de tirar do poder o político que prometeu e não cumpriu, sem ter que esperar quatro anos”, vai propor Amanda.

Ao final do programa, o presidente Nacional do PSTU, Zé Maria, convidará os trabalhadores e trabalhadoras a conhecerem o PSTU, um partido diferente, uma organização que está na luta do povo brasileiro. "Os trabalhadores precisam de um partido que organize a classe trabalhadora. Mas não para ser outro PT, que só pensa em eleição, alianças e Congresso Nacional. Um partido que tem de priorizar a luta dos trabalhadores. Que não pague a dívida aos banqueiros, estatize os bancos e reestatize, sob controle dos trabalhadores, as empresas privatizadas e proíba remessa de lucros para o exterior", conclui o metalúrgico que foi candidato à presidência da República em 2014 pelo partido.

Com informações da assessoria

Governo Federal e movimentos da sociedade civil debatem intolerância religiosa

Evento marca o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Na ocasião, serão instituídos grupos de trabalho sobre o tema e a divulgação de dados do Disque 100.

No Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, celebrado nesta quinta-feira (21), a Secretaria de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos realizará, às 16h, uma mesa de diálogo para debater ações de enfrentamento à discriminação religiosa e de proteção às vítimas. Na ocasião, serão instituídos grupos de trabalho sobre o tema e a divulgação de dados do Disque 100.

Os debates terão a participação do Comitê Nacional de Respeito à Diversidade Religiosa, da Fundação Palmares e do Conselho Nacional de Juventude, além de representantes de 30 movimentos da sociedade civil com atuação na promoção e defesa do respeito à diversidade religiosa.

Serviço: 
Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa
Auditório Ana Paula Crosara – SDH. Edifício Parque Cidade Corporate, Torre A, 8º Andar.
16h
Quinta-feira - 21 de janeiro.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social

Governo de Eduardo fez terraplanagem em vez de construir casas

O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), pediu e recebeu R$ 50 milhões em verba federal para atender 41 cidades atingidas pela pior enchente da história do Estado, em 2010. Após a liberação do dinheiro, porém, o governo estadual reduziu a quatro o número de municípios atendidos. A mudança para um décimo da quantidade original de cidades beneficiadas é questionada por técnicos do Ministério da Integração Nacional e da Advocacia-Geral da União (AGU), como mostram documentos do convênio federal com Pernambuco.

O governo estadual admite que previu "contemplar" 41 cidades e diz que precisou fazer "ajustes". A explicação dada para a brusca diminuição foi a realização da estimativa "sem o tempo necessário a uma análise mais aprofundada". O governo de Pernambuco usou os R$ 50 milhões para fazer terraplanagem (preparar o solo) em Maraial, Água Preta, Palmares e Barreiros. Pareceres técnicos do governo federal afirmam que o gasto desse recurso em apenas quatro cidades ficou "absurdamente alto".

"Não se pode concluir se o volume de terraplanagem efetuado pelo governo de Pernambuco nos quatro municípios era a melhor alternativa para a ação de resposta para os desabrigados pelo desastre em questão", diz análise da Integração Nacional. No dia 20 de fevereiro, um parecer de uma representante da AGU no ministério criticou as alterações feitas sem o aval do governo federal. Qualquer mudança, diz o parecer, deveria ser autorizada pela área técnica da pasta.

O Governo de Pernambuco deveria ter entregado ao governo federal até 27 de fevereiro de 2012 a prestação de contas final dos R$ 50 milhões da ajuda aos desabrigados, o que não ocorreu até hoje.
Em 25 de abril, o ministério deu um ultimato de 30 dias para que a prestação e as justificativas fossem encaminhadas. Nos termos do convênio, o Estado ainda se compromete a construir, mais tarde, 3.600 casas para as vítimas da enchente com recursos (cerca de R$ 151 milhões) da Caixa Econômica Federal.

As casas deveriam estar prontas desde março de 2012. A Folha mostrou ontem que grande parte não foi entregue, enquanto as populações desabrigadas pela cheia ainda esperam o benefício prometido por Campos em 2010. Em Maraial, onde deveria haver 264 casas, nada foi construído. Em Água Preta, das 1.050 prometidas só foram entregues 347. Em Barreiros, dezenas de casas encontram-se abandonadas e depredadas.

EMERGÊNCIA - Provável presidenciável do PSB para 2014, Eduardo Campos assinou ofício, no dia 30 de agosto de 2010, endereçado ao ministério, pedindo a liberação dos R$ 50 milhões em caráter emergencial. O pedido mencionava plano de trabalho para 41 cidades atingidas pela chuva. O dinheiro saiu de uma só vez, em outubro seguinte. Meses depois, porém, já com o dinheiro em caixa, o governo de Pernambuco mudou os planos para a verba.

No dia 14 de abril de 2011, o secretário da Casa Militar do Estado, Mário Cavalcanti Albuquerque, enviou um plano assinado por ele, com data de 7 de abril daquele ano, citando apenas oito cidades. Três meses depois, em 21 de julho, o secretário remeteu novo cronograma, agora com apenas quatro cidades atendidas. Detalhe: o novo plano, assinado por Albuquerque, também tem data de 7 de abril de 2011. Diversos pareceres do governo federal contestam tanto a redução para quatro cidades como a o serviço de terraplanagem escolhido.

Com informações da Folha de São Paulo / Blog do Coronel

Surto de casos de dengue assusta moradores do bairro de Santo Antônio em Carpina

Os moradores da Rua Francisco Montenegro, no Bairro de Santo Antônio, em Carpina, cidade da Mata Norte, denunciam que a localidade concentra grande criadouro do mosquito da Dengue, o Aedes Aegypti. Segundo informações a saúde pública no município se encontra uma calamidade, principalmente depois do surto de casos de dengue que vem assustando e criando pânico nos moradores por causa da doença do mosquito.

De acordo com o morador que preferiu não se identificar, a sua filha de 10 anos e a esposa estão com dengue, e ele ainda teme que a sua outra filha recém nascida não pegue a doença. Nesta rua já teve um morador que morreu por causa da doença, não se sabe direito qual foi a zika, chicungunha ou dengue. O morador disse que na primeira denúncia, os agentes de endemias da Prefeitura apareceram logo, depois sumiram e até então não retornaram ao bairro.

Confira na íntegra o áudio da entrevista que o morador concedeu para o #BlogPautaPolítica detalhando um pouco mais sobre a situação da epidemia da dengue no bairro de Santo Antônio, em Carpina:


Com informações da redação