Alepe homenageia ganhadores do Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres


As prefeituras de Paulista, Bonito, Vitória de Santo Antão e Cabrobó receberam na noite desta quarta (30) o Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres, uma iniciativa da Assembleia Legislativa que reconhece gestões que mais se destacaram com ações e políticas pela igualdade de gênero em Pernambuco. O prêmio, que está em sua terceira edição, é concedido anualmente para um município de cada região administrativa do Estado. Os ganhadores são definidos por um comitê formado por integrantes da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alepe e da Secretaria Estadual da Mulher.

“Neste momento em que o mundo atravessa um ciclo de conservadorismo, prosseguimos em nosso propósito de assegurar e avançar no campo dos direitos das pernambucanas”, enfatizou a presidente da Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa, deputada Simone Santana (PSB), que presidiu a Reunião Solene. Ela ainda destacou algumas iniciativas das prefeituras ganhadoras, como a construção de abrigos temporários para as mulheres em situação de violência, promoção de discussão de igualdade de gênero e apoio ao empreendedorismo e qualificação profissional entre as mulheres.

A secretária da Mulher do Estado, Sílvia Cordeiro, ressaltou a importância da iniciativa da Assembleia. “Uma de nossas ideias é publicar as experiências exitosas das prefeituras que ganharam esse prêmio, desde a primeira edição”, informou a secretária estadual. “Gostaria de ressaltar a importância do papel da bancada feminina da Casa ao apoiar nossas políticas. É muito importante termos a visibilidade que esse prêmio nos dá”, agradeceu Bianca Pinho Alves, secretária especial de Políticas para as Mulheres de Paulista, que representou na cerimônia o prefeito de sua cidade, Junior Matuto.

Também receberam a condecoração os prefeitos Ruy Barbosa, de Bonito, Auricélio Torres, de Cabrobó, e a secretária executiva da Mulher de Vitória de Santo Antão, Iara Alencar, representando o prefeito Elias Lira. Todos os premiados dedicaram a homenagem principalmente às equipes que executam diariamente as políticas para mulheres de seus municípios.

O que fez cada prefeitura ganhadora:

Cabrobó (Sertão)
Criou a Rádio Momento Mulher e criou grupos, seminários e prêmio para a promoção de igualdade de gênero no sistema educacional do município.
Formou uma Comissão Municipal Permanente de Políticas Integradas de Enfrentamento à Violência Doméstica e Sexista.

Vitória de Santo Antão (Zona da Mata)
Tem 9 mulheres chefiando secretarias na prefeitura.
Realizou debates e seminário nas comunidades para pôr em prática a Patrulha Maria da Penha.

Bonito (Agreste)
Criou um abrigo temporário para as mulheres em situação de violência e usou recursos do FEM Mulher para construir um Centro de Qualificação Profissional.
Abriu o Centro de Referência da Mulher “Casa das Margaridas” e um banco de dados sobre mulheres que já foram profissionalizadas pelo município

Paulista (Região Metropolitana)
O projeto Fêmea, de estímulo ao empreendedorismo feminino, e programa “Lugar de Mulher é na Qualificação Profissional”
Iniciativas como o “Cine Pipoca, Gênero e Guaraná”, e o programa Gênero e Educação, que debatem questões de gênero no município.