“Prédio administrado pela prefeitura é foco de transmissão do aedes aegypti”, denuncia o deputado Daniel Coelho

O pré-candidato a prefeito do Recife e deputado federal Daniel Coelho (PSDB) denunciou nesta terça-feira o abandono por parte da Prefeitura do Recife do prédio onde se localiza o Centro Social Urbano Bidu Krause, no Totó, cuja piscina está se tornando um imenso foco transmissor do mosquito aedes aegypti. Daniel recebeu a denúncia de moradores da área, que enviaram fotos do local tiradas esta semana. Na imagem, se vê a piscina completamente abandonada, com água parada aparentemente há muito tempo – características ideais para a proliferação do mosquito.

“Além de não ter feito nada para resolver o problema do saneamento básico no Recife, a prefeitura consegue manter focos de dengue e das demais doenças provocadas pelo aedes aegypti dentro de seus próprios prédios”, criticou Daniel Coelho. O prédio onde se localiza o CSU Bidu Krause, segundo as promessas do prefeito em sua campanha eleitoral, iria ser revitalizado. Está abandonado.

“É muito descuido por parte da prefeitura. E é muita coragem se gastar dinheiro com publicidade pedindo para que a população tenha cuidado para não deixar água parada em suas residências, e não cuidar de suas próprias instalações. Tudo o que não pode ocorrer é um prédio da própria prefeitura ser responsável por transmitir doenças para a população. É importante que a prefeitura, antes de olhar o cisco dos outros, não esqueça de tirar a trave da frente do seu”, finalizou Daniel Coelho.

Com informações da assessoria