“O que mais mata não é a maconha, é o álcool" afirma vereador Osmar Ricardo

Osmar Ricardo defende debate por liberação da maconha

Nesta segunda-feira (27), o vereador Osmar Ricardo (PT) subiu à tribuna da Casa de José Mariano para fazer uma defesa do movimento Marcha da Maconha, que realizou uma passeata pela liberação da substância no Recife no último domingo (26). Repercutindo um pronunciamento do vereador Luiz Eustáquio (PSB), que se mostrou contra o evento, Osmar Ricardo pontuou que é necessário fazer um debate sobre o assunto.

“É um debate difícil. São poucos os que têm a coragem de fazer. Sempre tivemos um debate leal com as pessoas que participam das audiências públicas. As pessoas que estavam na rua ontem fizeram um belíssimo trabalho. São pessoas decentes. Precisamos levar isso para a sociedade”, disse.

Osmar Ricardo argumentou que outras substâncias legalizadas, como o álcool, são mais perigosas que a maconha. “O que mais mata não é a maconha, é o álcool. O que nós devíamos proibir é a bebida. Ou então liberar a maconha, e que se cobre imposto por ela”, afirmou o parlamentar.

Com informações da CMR