População denuncia falta de fiscalização nas linhas e paradas de ônibus sucateadas na zona norte do Recife

Os moradores das comunidades dos bairros do Sítio dos Pintos e de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, pedem fiscalização do Grande Recife Consórcio de Transporte nas linhas de ônibus que atendem a toda região. São as linhas: 524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos), 522 – Dois Irmãos (Rui Barbosa), 532 – Casa Amarela (Cruz Cabugá), 930 -Rio Doce (Dois Irmãos) e 527 – Sítio dos Pintos (Imip/Joana Bezerra), que atualmente operadas pela empresa Transcol. 

Segundo os usuários e moradores, eles estão sofrendo com a demora constante, os intervalos de um ônibus para o outro é grande demais. Os passageiros estão esperando diariamente, entorno de 25 a 40 minutos um veículo, nos pontos de paradas que muitos não têm se quer local para descansar. Além de sofrerem situações de constrangimento por parte de alguns motoristas e cobradores. “Eles questionam os usuários sobre o destino final querendo saber dos passageiros onde cada um vai descer. Para completar querem acabar com a linha de ônibus 527 que atente ao IMIP, inicialmente nos fins de semana”, denuncia um morador do Sítio dos Pintos. 

De acordo com os passageiros, as paradas de ônibus sucateadas estão localizadas nas principais vias dos bairros de Sítio dos Pintos, Dois Irmãos, Apipucos, Monteiro e Casa Forte.