Arte de Ayodê França ilustra o Rec-Beat 2017


O ilustrador e quadrinista pernambucano, Ayodê França é o autor da ilustração que pautará a identidade visual do Festival Rec-Beat 2017. Nela, Ayodê conta que buscou representar a importância da diversidade e experimentação do Rec-Beat, que sempre apresenta ao seu público uma experiência nova, fugindo do óbvio e subvertendo às expectativas.

Ayodê integra o seleto grupo de artistas que já participaram com suas obras da programação visual do Rec-Beat. A cada edição, o festival convida um artista para criar uma obra inédita representando a sua interpretação conceitual do festival. Já participaram em edições anteriores Shiko, Fernando Peres, Raoni Assis e Karina Buhr.

"Gostaria de provocar, se possível, uma breve reflexão sobre a condição humana para além dos esteriótipos, por uma imagem cheia de cor, música e alegria”, diz Ayodê sobre a sua ilustração. “A importância de valorizarmos a diversidade como uma das mais belas características dos agrupamentos humanos, responsável por enriquecer as nossas experiências de interação com o outro. No centro, uma figura humana que transcende esteriótipos de gênero com os quais somos atualmente bombardeados, o ser humano para além do óbvio, do nicho, sem gênero, origem ou classe social determinada".

O Rec-Beat está entre os mais importantes festivais independentes de música do país. Sua principal característica é a aposta no novo, ao mesmo tempo estabelecendo conexões com a história da nossa música e a nova produção musical ibero-americana.

A 22ª edição do Festival Rec-Beat acontece durante os quatro dias no Carnaval do Recife/PE, entre 25 e 28 de fevereiro. A programação gratuita traz nomes nacionais e internacionais que sobem no tradicional palco montado, ar livre, no Cais da Alfândega, local histórico da cidade. O festival atrai anualmente um público superior a 120 mil pessoas.

Em breve, as atrações e informações detalhadas começarão a ser anunciadas. O Rec-Beat 2017 tem Patrocínio da Prefeitura do Recife, Incentivo do Funcultura - Fundo Pernambucano de Incentivo a Cultura/Governo do Estado de Pernambuco, e Apoio da Copergás, Institut Français e Paço Alfândega. A realização é da Rec-Beat Produções.

Sobre o Festival Rec-Beat: Realizado há mais de 20 anos no Recife, o Rec-Beat tornou-se parte importante da diversidade do Carnaval de Pernambuco e ao longo dos anos ganhou sinônimo de pluralidade sonora por apresentar o que existe de mais interessante e inovador não apenas em Pernambuco mas de outras regiões do país e exterior, promovendo ainda o intercâmbio com artistas da América Latina.

A programação anual é composta por mais de 25 atrações, dos mais diversos gêneros, oferecidas gratuitamente ao público, incluindo bandas, DJs e atrações infantis (Recbitinho), que abrangem a cena independente, propostas musicais inéditas, consagradas e apostas promissoras do cenário nacional e internacional, estabelecendo uma aproximação entre tradição e as novas tendência da música.

As últimas edições promoveram ainda o “Rec-Beat Apresenta", uma noite extra, pré Festival, que apresenta novos e potenciais talentos, acontece no Recife e também em outras cidades como João Pessoa e São Paulo.

SERVIÇO:
Festival Rec-Beat 2017 - 22ª edição
Dias: 25 a 28 de fevereiro de 2017 (sábado a terça-feira de Carnaval)
Início: 20h (Recbitinho 17h)
Local: Cais da Alfândega, Bairro do Recife
Ao ar livre - Entrada gratuita
Informações: www.recbeatfestival.com
Telefone: (81) 3231-3422

Fonte: Cais - Comunicação e Cultura

Postagens mais visitadas deste blog

Reitora da UFRPE e secretário de Educação realizam reunião sobre creche escola em Dois Irmãos

Rodrigo Coutinho inicia reuniões da Comissão Especial do Plano Diretor do Recife na Câmara

TCE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Após polêmica, Comissão de Cidadania define Juntas na presidência

Coluna do #BlogPautaPolítica

Em primeiro discurso na ALEPE, João Paulo Costa destaca prioridades do seu mandato

Coluna do #PautaPolíticaPE

"Vocês são considerados bandidos e assassinos", disse deputado ao presidente da Vale

Casal de bonecos, Zé Pereira e Vitalina, fazem tradicional viagem de barco pelo Velho Chico para anunciar o Carnaval

Wanderson Florêncio defende parque na Zona Sul do Recife e enfrenta protestos