Parada Brasileira de Mulheres em Pernambuco


As mulheres do mundo inteiro estão se mobilizando para transformar o 8 de março deste ano num ato político contra o avanço do neoliberalismo contra seus direitos. A parada está ganhando proporções internacionais.! Até agora as chamadas nacionais, latinas e americanas tem em consonância um forte apelo a militância para vir à luta contra o avanço das políticas neoliberais, que tem deixado a maioria das mulheres a mercê de sistemas que tem em comum o racismo, a injustiça social, governados de maneira antidemocrática e sem nenhum compromisso com a melhoria da vida das pessoas.

A nova forma que as elites usam para colonizar e escravizar os povos é fazer as nações se preocuparam mais com investimentos estrangeiros, pagamentos de juros de dívidas, dando isenções fiscais para a classe empresarial, flexibilizando direitos da trabalhadora, restringindo as aposentadorias, congelando gastos sociais, privatizando os bens e serviços que deveriam ser públicos e gratuitos.

O feminismo pode e deve se apresentar como sujeito político na correlação de forças políticas mundiais. Somos nós, mulheres, metade da população mundial. Somos nós a oposição a esse fundamentalismo que avança na política mundial, no mercado financeiro, no congresso brasileiro, nas igrejas neopentecostais e nas ideias neoliberais do governo não-eleito. Avançam nas Américas porque atuam em conchave sobre nossos corpos, nossos direitos.

Na Região Metropolitana do Recife terá mobilizações, como no Estado inteiro, no Brasil, na América Latina toda as mobilizações se levantam para politizar e visibilizar as demandas feministas no Dia Internacional da Mulheres. Informações, clique aqui: 8 de março As mulheres vão parar! [Recife-PE-Brasil].

Fonte: Assessoria