Campanha Nacional pelo Direito à Educação participa de construção do novo Fundeb

A Campanha Nacional pelo Direito à Educação, na figura de seu coordenador geral geral, Daniel Cara, participou no dia 18/4, de Audiência Pública na Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2015, que torna permanente o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). A audiência teve por tema “O novo Fundeb como contribuição para a construção do Custo Aluno-Qualidade (CAQ): análise da PEC nº 15 de 2015 e sugestões para o aprimoramento de seu texto”.

Obras paradas e promessas não cumpridas são marcas do Estado em Garanhuns, revela o Pernambuco de Verdade

Obras paradas, promessas não cumpridas e serviços precários. Como nas duas primeiras edições do Pernambuco de Verdade, no Sertão do Pajeú/Moxotó e Agreste Setentrional, esses foram os principais problemas encontrados em Garanhuns e no Agreste Meridional do Estado durante agenda da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) na região, nesta quarta-feira (19).

Tadeu Alencar: “Derrota do Governo é um não ao rolo compressor”

Um não à tentativa de impor o rolo compressor. Esta é a leitura que o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) faz do placar desfavorável obtido ontem (dia 18) pelo Governo Federal, ao tentar aprovar, no Plenário da Câmara dos Deputados, a aceleração da tramitação da reforma trabalhista.

Para o parlamentar, que votou contra a tramitação em regime de urgência, temas relevantes como as propostas de alterações na legislação trabalhista, não podem ser tratados a toque de caixa. A opinião se estende à discussão de outros temas como as reformas da Previdência, Política e Tributária.

Festa da Divina Misericórdia começa dia 20 segue até 23 de abril em Arcoverde

Começa nesta quinta-feira, dia 20, e vai até domingo dia 23 de abril, as comemorações da Festa da Misericórdia, no Cedec Arcoverde, que fica na Serra das Varas, na zona rural do município. Esperam-se mais de 50 mil romeiros e peregrinos, vindos de todas as partes do Nordeste.

O tradicional evento religioso tem o apoio da Prefeitura de Arcoverde, principalmente, na parte operacional. Desde a passagem de máquinas nas estradas, iluminação, sinalização, limpezas de vias, divulgação e toda a infraestrutura necessária solicitada. “Desde o início da minha primeira gestão, determinei apoio total e irrestrito. O evento cresce a cada ano e isso só mostra a importância da Festa, não só para Arcoverde, mas para todo estado de Pernambuco”, declara a prefeita Madalena Britto.

Governo garante ações para o fortalecimento da agricultura familiar durante o 6º Grito da Terra de Pernambuco

O governador Paulo Câmara recebeu, nesta segunda-feira (17.04), no Palácio do Campo das Princesas, trabalhadores de diversas entidades rurais do Estado que participaram do 6º Grito da Terra de Pernambuco, para discutir demandas referentes às necessidades dos homens e mulheres do campo nas áreas de saúde, educação, segurança e agricultura. Durante o encontro, o chefe do Executivo estadual ainda assinou dois decretos que vão consolidar a agroecologia e a agricultura familiar de Pernambuco. Paulo também garantiu o fortalecimento do Programa Chapéu de Palha com o anúncio do envio, ainda nesta semana, à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) de Projeto de Lei para reajustar em 10% o benefício.

“Entendemos a preocupação do trabalhador rural e reafirmamos o nosso compromisso em realizar ações que passem pela melhoria da chegada da água, pela segurança no âmbito da zona rural e questões que envolvam a educação. Vamos realizar obras que garantam a instalação de cisternas, sistemas simplificados e a perfuração de poços para dar condições ao trabalhador de produzir mais apesar das dificuldades de água”, afirmou o governador Paulo Câmara. “Saio daqui hoje com o dever de casa de defender o homem do campo, para que ele tenha condições de, com o próprio trabalho e na sua terra, fazer avanços e poder se estabelecer com essa atividade econômica importante que nós sabemos que é”, completou.

Falamansa e outras atrações vão participar do Festival Viva Dominguinhos 2017


No terceiro e último dia do Viva Dominguinhos 2017, Garanhuns, localizada a cerca de 230 km de distância da capital pernambucana e também conhecida como a “Cidade das Flores”, volta a ser invadida pelo forró tradicional, ritmo que já faz parte da identidade cultural do município, berço do Mestre Dominguinhos. Para começar com o pé direito a programação noturna, às 20h, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, o arrasta-pé tem início com a cantora garanhuense Kiara Ribeiro. Para o Viva Dominguinhos, a artista preparou um show especial, montado para homenagear a rica trajetória de Dominguinhos. A apresentação, definida pela cantora como apaixonada e original, terá no repertório clássicos da música sertaneja, passando pela moda de viola e indo até o forró tradicional feito com maestria pelo mestre.

O projeto Cantoria Agreste – formado pelos músicos Gennaro, ex-integrante do Trio Nordestino; João Netto, que participava da banda de Dominguinhos; Marcelo Melo, fundador do Quinteto Violado; e Sérgio Andrade, fundador da Banda de Pau e Corda, todos, a seu modo, profundamente influenciados pela obra do músico – se apresenta em seguida. No show, eles se reúnem para agradecer e reverenciar o legado deixado por Dominguinhos. O cantor Flávio José é o próximo a subir ao palco. Ele promete animar o público e colocar todos para dançar ao som de consagradas composições, como “Cabloco Sonhador”, “Tareco e Mariola” e “Caia por Cima de Mim”.

Fechando a última – e uma das mais aguardadas – noite do evento, a banda Falamansa, formada em 1998 e tendo como receita para o sucesso o carisma e a alegria do forró jovem, sem desprezar as raízes do ritmo, sobe ao palco. A ideia é não deixar ninguém parado até a noite virar! Para isso, a banda aposta em clássicos do ano 2000, como “Rindo à Toa” e “Xote dos Milagres”, além de músicas do mais recente álbum da banda, Lá da Alma, lançado em 2016.

Antes dos shows noturnos o público se diverte no polo “Canta Dominguinhos”, montado no Espaço Colunata. Lá, a partir das 10h, se apresentam os músicos Ivan Maceió; Mateus Cordeiro e Deivinho; Rogério e Os Cabras; Michelly dos Anjos; Forró Pesado de Garanhuns; Banda Seu Januário; André Macambira; Andrezza Formiga e Roberto Cruz. No palco diurno a festa segue até as 18h.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Em 100 dias, mais de 1.600 assassinatos, denuncia Bancada de Oposição na Alepe

Pernambuco registrou mais de 1.600 assassinatos nos primeiros 100 dias de 2017, num crescimento de mais de 35% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 1.181 mortes. Até o último dia 10 de abril, foram registrados 1.650 homicídios em todo o Estado. Nos próximos dias, a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deve apresentar o balanço da criminalidade do mês de março – que, segundo dados disponíveis no próprio site da secretaria, bateu novo recorde como o mês mais violento de todo o Pacto pela Vida, com 548 mortes, o que representa uma média de 17,7 crimes por dia.

Segundo os dados oficiais da SDS, entre janeiro e março deste ano foram cometidos 1.522 crimes violentos letais intencionais (CVLIs) em Pernambuco – além de 130 casos nos primeiros dez dias de abril, segundo registro dos plantões das policias. Em relação aos crimes contra o patrimônio, que inclui casos de roubos e assaltos à população, inclusive de veículos e assaltos a ônibus, foram registradas 10.321 ocorrências no mês passado, elevando a conta no ano para 31.570 crimes violentos contra o patrimônio no ano. Os números representam uma média de um caso de roubo ou assalto a cada quatro minutos.

Para o deputado Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a estratégia do governo do Estado, que se restringe a trocar o secretário de Defesa Social e os comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil vem se mostrando inócua no combate à violência. “Infelizmente, essa é a realidade enfrentada pelos pernambucanos hoje. Entra secretário, sai secretário; entra comandante, sai comandante e a violência continua aumentando. Há seis meses no cargo, o secretário Angelo Gioia não conseguiu reduzir os índices de criminalidade. Muito pelo contrário, sob o seu comando a SDS registrou mais de 2.900 assassinatos em Pernambuco, uma média de quase 500 mortes por mês”, comparou.

O parlamentar cobra do governo do Estado ações efetivas para tirar Pernambuco dessa situação de guerra, citando exemplos de Estados como o Ceará, a Paraíba e Goiás, que reduziram os índices de criminalidade apesar de viver o mesmo quadro de crise de Pernambuco. Hoje, segundo as entidades ligadas aos agentes de segurança, a Polícia Militar opera com metade do efetivo que seria necessário e a Polícia Civil tem um efetivo menor que há 30 anos. “Chega de troca de secretário e de comandantes. Chega de trocar viatura e não ter combustível para rodar. Os princípios do Pacto pela Vida precisam ser resgatados, e isso passa pela transparência e pelo diálogo com os agentes de segurança e com toda a sociedade”, defendeu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Paulo Câmara anuncia R$ 290,8 milhões de investimento para novas ações em segurança pública

O Governo de Pernambuco lançou, nesta quarta-feira (12.04), um pacote de ações de investimento na área da segurança pública. Somente na renovação e ampliação das frotas das polícias civil, militar e Corpo de Bombeiros serão investidos R$ 150,8 milhões até 2018, conforme anunciou o governador Paulo Câmara, durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas. Outra preocupação do pacote é o aumento do efetivo policial. Para tanto, está previsto um incremento de 4.500 novos policiais nas ruas, significando um aumento de cerca de 15% do atual efetivo, implicando em um incremento de R$ 140 milhões/ano na folha.

"Temos que investir e priorizar aquilo que é fundamental: a segurança. Serão realizados investimentos que vão desde recursos humanos até a valorização da carreira. Estamos buscando efetivamente que Pernambuco tenha condições de dar respostas mais rápidas diante de um cenário adverso", cravou o governador Paulo Câmara. O chefe do Executivo estadual reforçou a preparação financeira do Governo do Estado para que os investimentos sejam realizados. "Pernambuco se preparou para equilibrar as contas públicas e, agora, em 2017, tem condições de realizar investimentos dando prioridade à segurança. É um esforço financeiro enorme que está sendo feito diante da gravidade do momento. E esse conjunto de ações, em breve, trará resultados para a população", assegurou.

Em relação à renovação e à ampliação das frotas das polícias, está previsto um investimento de mais R$ 80 milhões para continuar as entregas de novas viaturas este ano. Serão 320 novas caminhonetes para o patrulhamento de áreas rurais de difícil acesso e outros 487 novos veículos do tipo hatch e utilitários para todas as regiões do Estado.

Também está sendo providenciada a aquisição de 700 novas motocicletas e 3,5 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), ao custo de R$ 25 milhões. Já o Batalhão de Choque receberá 12 novos veículos, são eles: três micro-ônibus, quatro vans com 16 lugares cada, quatro caminhonetes 4x4 e um ônibus com 40 lugares, somando um investimento de R$ 3,5 milhões.

Visando dar mais agilidade e uma maior mobilidade ao trabalho das polícias no Interior, o Governo do Estado vai adquirir dois helicópteros, com seus respectivos hangares, orçados em R$ 42 milhões. Também serão providenciadas seis lanchas para combate ao tráfico de drogas no Sertão e na Zona da Mata, totalizando um investimento de R$ 318 mil.

O secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Márcio Stefanni, destacou a importância da aquisição dos equipamentos, especificamente, entre eles os dois helicópteros. "Muitos dos crimes são realizados à noite e os helicópteros atuais só têm capacidade de voar à luz do dia. Adquirindo esses dois equipamentos, passaremos a voar também à noite", ressaltou. O gestor enfatizou o esforço realizado pelo Governo de Pernambuco na priorização da segurança do Estado. "Esse conjunto de ações demonstra que estamos nos esforçando financeiramente para que os pernambucanos tenham mais segurança".

O aumento no efetivo policial será garantido com a entrada nas ruas, a partir do segundo semestre deste ano, de 1,5 mil recrutas que atualmente passam por treinamento. Na Polícia Civil, estão sendo convocados 140 delegados e 600 agentes aprovados no concurso de 2016. Na Polícia Científica estão sendo admitidos 310 novos servidores em diversas especialidades.

O governador Paulo Câmara determinou ainda o chamamento de 1,2 mil pessoas que foram aprovadas e não classificadas no último concurso realizado pela Polícia Militar e mais 600 bombeiros militares. Além disso, 750 policiais civis aposentados estão retornando à corporação a fim de atuar em trabalhos administrativos, liberando o pessoal da ativa para as investigações e diligências. Essas ações de aumento no efetivo vão custar R$ 140 milhões/ano. Outra determinação é a realização de concursos anuais para a Polícia Militar, com a garantia de 500 novas vagas a cada ano.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Dilma Rousseff usará "confissão" do presidente Michel Temer como prova em processo no STF

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff afirmou neste domingo (16.abr) que 1 dos trechos da entrevista de Michel Temer à Band ontem (15.abr) reforça “tese de nulidade de impeachment”. Segundo o advogado José Eduardo Cardozo, ex-ministro da AGU (Advocacia Geral da União), a fala de Temer pode ser usada como prova de que processo “foi aberto por Cunha por pura vingança”.

O advogado de Dilma se refere ao trecho em que Michel Temer relata 1 dos episódios envolvendo o impeachment de Dilma Rousseff. No dia 2 de dezembro de 2015, o PT decidiu apoiar a abertura de processo de cassação contra Eduardo Cunha numa votação no Conselho de Ética da Câmara. O ato foi protagonizado por 3 deputados petistas, com apoio da direção partidária.

De acordo com Temer, “se o PT tivesse votado nele [Eduardo Cunha] naquela comissão de ética, é muito provável que a senhora presidente [Dilma Rousseff] continuasse”.

A defesa da petista incluíra a entrevista de Temer no mandado de segurança que contesta a legalidade do processo de impeachment no Supremo. A petição deve ser apresentada nesta 2ª feira (17.abr.2017), quando completa-se 1 ano desde a abertura do impeachment na Câmara. Leia a íntegra da nota.

TELEFONEMAS DE CUNHA - Temer revelou que, antes de assinar o processo de impeachment, Eduardo Cunha o telefonou para avisar que arquivaria todos os pedidos de impedimento. O motivo seria a promessa de que os 3 petistas do Conselho de Ética ajudariam a barrar a abertura do processo de cassação contra ele no colegiado.

“Em uma ocasião, ele [Eduardo Cunha] foi me procurar, umas duas horas da tarde mais ou menos, dizendo: ‘Olhe, hoje eu vou arquivar todos os pedidos de impeachment da presidente. Porque prometeram-me os 3 votos do PT no Conselho de Ética'”.

De acordo com o presidente Michel Temer, o ex-deputado voltou atrás em sua decisão quando saiu a notícia de que o PT votaria contra ele na comissão.

“No dia seguinte eu vejo no noticiário que o presidente do PT e os 3 membros do partido se insurgiram contra a fala e votariam contra [Eduardo Cunha no Conselho de Ética]. Quando eram 3 horas da tarde, ele me ligou dizendo: ‘Olha, tudo aquilo que eu disse não vale. Porque agora eu vou chamar a imprensa e dar início ao processo de impedimento'”, disse Temer.

Abaixo, o vídeo com a entrevista de Michel Temer e a transcrição do trecho:


“Em uma ocasião, ele [Eduardo Cunha] foi me procurar, umas duas horas da tarde mais ou menos, dizendo: ‘Olhe, hoje eu vou arquivar todos os pedidos de impeachment da presidente. Porque prometeram-me os 3 votos do PT no Conselho de Ética’. Eu disse: ‘Muito bom. Assim acaba com essa história de você estar na oposição. Até porque, convenhamos, eu sou o vice-presidente da República, do PMDB, e fica muito mal essa situação de você estar a todo momento se posicionando como oposicionista’.

Eu até tinha naquele dia, curiosamente, uma reunião dos governadores com a então presidente Dilma Rousseff. Eu fui ao Palácio da Alvorada, onde aconteceria a reunião. Ela [Dilma] estava na biblioteca. Eu fui até a biblioteca e disse para ela: ‘Presidente, pode ficar tranquila. Porque o presidente [da Câmara], Eduardo Cunha, me disse agora que vai arquivar todos os processos de impedimento’. Ela disse: ‘que coisa boa. Ele disse isso?!’. Até, convenhamos, ela foi muita tranquila para a reunião com os governadores.

No dia seguinte eu vejo no noticiário que o presidente do PT e os 3 membros do partido se insurgiram contra a fala e votariam contra [Eduardo Cunha no Conselho de Ética]. Quando eram 3 horas da tarde, ele me ligou dizendo: ‘Olha, tudo aquilo que eu disse não vale. Porque agora eu vou chamar a imprensa e vou dar início ao processo de impedimento’. Então, vejam que coisa curiosa. Se o PT tivesse votado nele naquela comissão de ética, é muito provável que a senhora presidente continuasse. E quando conto isso, eu conto também para revelar: 1º) que ele não fez o impedimento por minha causa, evidentemente; 2º) que eu jamais militei para derrubar, como muitas vezes se diz, a senhora presidente da República.”

Fonte: #Poder360

Fornatur divulga manifesto em defesa dos recursos destinados ao turismo brasileiro

Em sua primeira ação depois de eleito presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, apresentou um manifesto em prol do turismo nacional juntamente com os secretários participantes do fórum. Após reunirem-se durante a World Travel Mart - WTM - Latin America, em São Paulo, o colegiado do Fornatur elaborou um documento em que se apresenta contrário ao posicionamento do Governo Federal em reduzir 67,96% do orçamento atual do Ministério do Turismo, correspondente a um corte de R$ 321,6 milhões.

Diante do iminente corte de verbas, o maior dentre todos os ministérios, o Fornatur se coloca disposto a lutar para impedir esse acontecimento e, para isso, apresenta no documento uma série de dados que colocam o setor do turismo como um caminho bastante viável na retomada da economia do País.

O próximo passo a ser feito pelo grupo, através do presidente Felipe Carreras, é buscar junto ao presidente Michel Temer um conversa a fim de que a medida drástica não seja tomada.

Abaixo, confira o manifesto na íntegra:

Manifesto em favor do turismo brasileiro - O turismo brasileiro tem sido responsável por uma contribuição significativa na recuperação da economia do País. A cadeia do turismo consome produtos de pelo menos 68 tipos de indústrias diferentes. Apenas o setor gastronômico emprega cerca de 1,5 milhão de pessoas e o artesanato movimenta mais de R$ 40 bilhões por ano. A atividade turística sustenta milhões de micro e pequenas empresas de 52 setores da economia, gerando mais de 8 milhões de empregos no país. Isso sem contar com os bilhões de reais injetados na economia de janeiro a dezembro. Tanto que o turismo é responsável por mais do que 3,5% do PIB nacional.

Esses são apenas alguns dos vários números positivos que o setor apresenta ao Governo Federal todos os anos. Mesmo diante desta realidade, o turismo brasileiro foi surpreendido com a notícia de que o orçamento para o ano de 2017 seria diminuído em aproximadamente 68%, caindo de R$ 473,2 milhões para R$ 151,5 milhões. Um valor inexpressivo diante do trabalho que podemos e precisamos fazer para apresentar o nosso país ao mundo. Nos últimos anos, recebemos eventos grandiosos, como a Jornada Mundial da Juventude, a Copa das Confederações, a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Perdemos todas essas oportunidades porque o Governo Federal teve uma visão equivocada deste mercado. Visão esta que parece estar cada vez mais complicada com o orçamento deste ano.

Um corte desta magnitude demonstra que o Governo não está preocupado com o desenvolvimento do turismo e com todos os benefícios proporcionados por ele. Segundo a World Travel & Tourism Council, o setor deverá crescer 3,8% em 2017, gerando US$ 7,9 trilhões em movimentação financeira em todo o mundo. Este é mais um momento em que o País poderia decolar na captação de visitantes. E exemplos para se ter a certeza de que o investimento em promoção é o principal caminho para este crescimento não faltam. O México investiu US$ 477 milhões na promoção do destino em 2015. O resultado foi cerca de 3 milhões de turistas internacionais apenas na cidade do México, no mesmo ano. Um aumento de 9,1%. Lima, capital do Peru, conquistou 4,2 milhões de visitantes estrangeiros no mesmo período. O Brasil inteiro, com um investimento irrisório em promoção, chegou a 6,6 milhões de turistas. Com tantos atrativos naturais, culturais, gastronômicos, históricos e econômicos, este ainda não é um número para se comemorar.

Caso trabalhado da forma correta e com um orçamento significativo, temos tudo para transformar o Brasil em um destino desejado por visitantes de todo o mundo, promovendo assim uma recuperação mais célere da economia em todas as regiões de forma mais igualitária e democrática. Vamos nos unir para revermos este valor. Nós, secretários estaduais, não vamos nos calar, ficar parados e permitir que o turismo continue sendo encarado como algo sem importância.

O Brasil está perdendo uma grande oportunidade de sair desta sensível situação econômica por meio do turismo, o único mercado que não fechou postos de trabalho nos últimos anos. O Brasil pode gerar mais empregos, mais renda, mais movimentação econômica e mais desenvolvimento investindo da forma correta, onde o resultado é mais rápido e eficiente. A Espanha, por exemplo, identificou no turismo a solução para a crise econômica e anunciou um número recorde de visitantes em 2016. Os mais de 75 milhões de turistas estrangeiros deixaram mais de 77 bilhões de euros nos cofres espanhóis, espantando qualquer possibilidade de agravamento de dificuldade econômica.

O Fornatur não pode se aquietar e aceitar de forma pacífica toda esta movimentação que tem como finalidade a diminuição das atividades turísticas no Brasil. Queremos ver os estados pujantes, atraindo cada vez mais turistas, investidores, aumentando a rede hoteleira com a liberação do visto para os principais países emissores e liberação de cassinos, conquistando novos voos nacionais e internacionais, gerando empregos, se fortalecendo e transformando o Brasil no maior e melhor destino turístico do mundo. Apoiamos ainda, de forma veemente, a transformação da Embratur num serviço social autônomo. Uma agencia nos moldes da Apex, com maior autonomia orçamentaria para empreender um programa de promoção internacional capaz de elevar os níveis do fluxo turístico em direção ao Brasil. Vamos trabalhar para isso, juntos e de forma organizada para elevarmos este orçamento e assim transformamos esta realidade.

São Paulo, 5 de abril de 2017

Felipe Carreras
Presidente do Fornatur

Gustavo Arrais
Vice-presidente

Leandro Garcia
Vice-presidente

Syntia Machado
Vice-presidente Norte

Hugo Veiga
Vice-presidente Nordeste

Jaime Recena
Vice-presidente Centro-Oeste

Laércio Benko
Vice-presidente Sudeste

Victor Hugo
Vice-presidente Sul

Leonel Pavan
Vice-presidente de Relações Institucionais

Fonte: Assessoria de Imprensa

"Tudo o que é investido no Viva Dominguinhos volta ao município como incremento em cultural e na economia" afirma prefeito Izaías Régis

O festival é uma iniciativa do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, que pretende com esta edição consolidar totalmente o evento no calendário cultural do Nordeste, além de cumprir com louvor a tarefa de abrir os festejos juninos de Pernambuco. Neste ano, mais de 110 mil pessoas devem passar pela cidade durante os três dias de evento, superando o público do ano passado.

Para o festival, o município preparou um esquema de segurança reforçado, contando com parcerias entre a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Secretaria de Saúde do município também disponibilizará uma ambulância com motorista e um técnico de enfermagem para dar o suporte necessário em casos de emergência no local do evento.

Sobre os benefícios econômicos, as expectativas são ótimas. As previsões apontam para a superação dos números em relação ao ano passado, quando, de acordo com a Secretaria de Turismo, a taxa de ocupação na rede hoteleira do município ficou em 95%; a movimentação de alimentos e bebidas ficou em 70% e o artesanato registrou aumento de vendas em torno de 50%.

“Estamos muito felizes com a realização do festival e com os benefícios gerados por ele. Temos certeza de que tudo o que é investido no Viva Dominguinhos volta ao município como incremento em cultural e na economia de bares, restaurantes e hotéis” afirma o prefeito Izaías Régis.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Compesa nega anúncio de novo concurso público que circula nas redes sociais

A Companhia Pernambucana de Saneamento-Compesa informa que não procede a informação que está sendo veiculada nas redes sociais sobre o anúncio de um novo concurso público da Compesa para o preenchimento de 235 vagas.

Todo concurso público realizado pela empresa tem edital publicado no Diário oficial do Estado e em jornal de grande circulação, assim como a divulgação, de forma jornalística, nos veículos de comunicação e nos canais de informação da própria Compesa.

A Compesa esclarece ainda que nunca contratou a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte, conforme consta na postagem divulgada nas redes sociais. A companhia lembra ainda que a publicação está com a logomarca antiga da empresa, mais uma evidência de que a notícia não é verdadeira.

A Compesa realizará um novo concurso público este ano, mas o certame ainda será submetido à Secretaria de Administração do Estado para autorização. A companhia está em fase de solicitação de propostas à algumas instituições organizadoras de concursos públicos, a exemplo da Fundação Getúlio Vargas-FGV; Carlos Chagas e Cesgranrio, todas com expertise nessa área. A expectativa da Compesa é divulgar o edital até o mês de junho. Serão contempladas vagas para as áreas de Humanas e Exatas, de nível superior (engenheiro, administrador, etc) , médio (assistente de gestão) e técnico (contabilidade/mecânica), dentre outras especialidades.

Fonte: Assessoria de Imprensa

“Compulsão por reformas impede reflexão mais profunda, e isto Congresso não pode permitir” afirma deputado Tadeu Alencar

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) participou ao longo desta segunda-feira (10), no Recife, de debates públicos sobre duas reformas que estão na ordem do dia no Congresso Nacional: a trabalhista e a da previdência social. Nos encontros, Tadeu alertou que a atual “compulsão por reformas” tem impedido uma discussão profunda sobre questões que afetarão fortemente a vida dos brasileiros.

“Há pouco tivemos uma discussão sobre teto de gastos e agora estamos debatendo, ao mesmo tempo, terceirização, reforma trabalhista, reforma da previdência, reforma tributária e reforma política, temas que são da maior relevância e com consequências muito graves para a vida nacional. É, portanto, função do Congresso exercer a sua prerrogativa de discutir estes temas amplamente, evitando avaliações aligeiradas e superficiais”, defendeu o deputado.

Em audiência pública promovida pelas associações de Magistrados do Trabalho (Amatra VI) e a Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANTP), Tadeu disse que a Reforma Trabalhista não deve ser feita apenas na perspectiva do mercado, da necessidade de fortalecer a economia, mas também da proteção de direitos consagrados dos trabalhadores. “Já em 2015 tínhamos nos colocado contrários ao projeto de terceirização, exatamente por enxergar os riscos de precarização nas relações de trabalho que já não são exemplares no Brasil. Agora, surge uma proposta ainda pior”, afirmou durante o evento.

À noite, ao falar para estudantes da Faculdade de Direito do Recife, Tadeu detalhou todos os pontos que o levam a se colocar firmemente contra a atual proposta de Reforma da Previdência (PEC 287) e defendeu que se faça também um debate em profundidade sobre os grandes devedores da previdência social.

“Como o País coloca em discussão uma reforma que pretende tributar o trabalhador rural, que prevê 49 anos de contribuição para que se possa receber uma aposentadoria integral, e não há uma palavra sobre os maiores devedores da Previdência?”, indagou Tadeu, reforçando ser fundamental que não se abra mão da recuperação de parte da dívida ativa da previdência social, hoje de mais de R$ 400 bilhões.

Fonte: Assessoria de Imprensa

ONU se manifesta contra o "Escola sem partido" e cita mudanças na Base Curricular

Por meio de denúncia e incidência da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e do IDDH (Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos), relatorias especiais do Alto Comissariado de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas lançam posicionamento que denuncia os efeitos do programa “Escola Sem Partido” no Brasil

Em comunicado publicado hoje, 13/04, Koumbou Boly Barry, Relatora Especial para o Direito Humano à Educação; David Kaye, Relator Especial para Promoção e Proteção do Direito à Liberdade de Opinião e Expressão; e Ahmed Shaheed, Relatora Especial para Liberdade de Religião e de Crença, e enviaram uma carta questionando o Estado Brasileiro acerca dos efeitos gerados pelo programa “Escola Sem Partido” no Brasil, especialmente no que tange os Projetos de Lei 867/2015 e 193/2016, recomendando a tomada de atitudes necessárias para conduzir uma revisão dessas proposições, assegurando sua conformidade com a base dos direitos humanos internacionais – o que inclui a Constituição Federal de 1988 da República Federativa do Brasil.

O documento traz um histórico acerca do movimento “Escola Sem Partido” desde 2004, passando pela apresentação e tramitação dos projetos de lei, até a retirada pelo Ministério da Educação (MEC) dos termos “orientação sexual” e “identidade de gênero” da última versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), enviada na semana passada para o Conselho Nacional de Educação (CNE). O documento explicita também o caso do secretário paulistano de educação Alexandre Schneider versus vereador Fernando Holiday.

A carta cita ainda o posicionamento contra o projeto da Comissão Internacional de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA), após denúncia e sustentação oral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação. Além disso, relatam o amplo posicionamento contrário do Ministério Público Federal (MPF) e da Advocacia Geral da União (AGU), de especialistas, organizações sociais, estudantes e educadores, inclusive em pesquisa de opinião realizada pelo site do Senado Federal, que contou com a participação de mais de 390 mil pessoas, sendo a maioria contrária ao “Escola Sem Partido”.

Os relatores reiteraram que o Artigo 19 do Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos, ratificado pelo Brasil em 1992, protege a todos o direito à opinião, sem interferências, e o direito a buscar, receber, e partilhar informações e ideias de todos tipos, independentemente de fronteiras ou meios. Ainda com base no Artigo 19, explicitaram seu caráter de “necessidade” e não somente como “útil, desejável ou razoável”, o que implica em acesso e proporcionalidade.

Diante dos projetos de lei, o documento afirma que a “discussão sobre gênero e diversidade sexual é fundamental para prevenir estereótipos de gênero e atitudes homofóbicas entre estudantes” e que “por não definir o que é doutrinação política e ideológica, (…) a proposição permite que quaisquer práticas pedagógicas dos professores sejam consideradas como doutrinação, tornando a escola uma extensão do ambiente doméstico antes de uma instituição educacional que proveja novas perspectivas”. Os relatores explicitam ainda que o projeto apresenta o risco de impedir “o desenvolvimento de um pensamento crítico nos estudantes e a habilidade de refletir, concordar ou discordar com o que está exposto em aulas”.

Os relatores destacam também o parecer com conclusões do Comitê sobre os Direitos da Criança (CRC/ONU), de 2015, que, dando luz aos artigos 2, 3, 6 e 12 da Convenção dos Direitos da Criança, ratificada pelo Brasil em 1990, recomendou ao Brasil “b) decretar legislação que proíba discriminação ou incitamento de violência com base em orientação sexual e identidade de gênero assim como continuar o projeto “Escola Sem Homofobia”; c) priorizar a eliminação de atitudes patriarcais e estereótipos de gênero, inclusive por meio de programas educacionais e de sensibilização”. Esse documento foi fruto de incidência da Campanha Nacional pelo Direito à Educação junto aos comissionados em momentos prévios à sessão com o Brasil em outubro de 2015.

“É uma grande conquista o posicionamento da comunidade internacional contra o cerceamento da liberdade de expressão dos professores no Brasil, que tem prejudicado a qualidade da educação e colocado em xeque a primazia dos Direitos Humanos e dos princípios constitucionais. Vamos continuar nesse enfrentamento, sem descansar”, afirmou Daniel Cara, coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Processo de denúncia - As relatorias obtiveram informações sobre o programa “Escola Sem Partido” por meio de denúncias levadas à Genebra pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação e pelo IDDH, na Pré-Sessão do Relatório Periódico Universal (RPU) ao Brasil, que aconteceu nesta primeira semana de abril. Ainda, a relatora especial para o direito à educação, Koumbou Boly Barry, esteve em evento promovido pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação e pela Ação Educativa no dia 04/04, recebendo informações sobre o contexto da educação brasileira através de movimentos e ativistas da área.

Genebra - Após participar de eventos públicos e debates no Brasil, a Campanha Nacional pelo Direito à Educação foi à Genebra, em novembro de 2016, para levar denúncia aos relatores sobre o impacto do programa “Escola Sem Partido” ao direito à educação e ao direito à liberdade de opinião e expressão dos educadores. Em dezembro de 2016, o coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, fez sustentação oral contra o programa “Escola Sem Partido” perante o Estado Brasileiro no âmbito da reunião da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA). No dia 7 de março, Daniel Cara foi expositor em audiência pública realizada no âmbito da Comissão Especial do Programa Escola Sem Partido na Câmara dos Deputados. A Comissão Especial é composta, majoritariamente, por defensores do PL.

No processo deste mês de denúncias na Pré-Sessão do RPU da ONU, quem liderou a incidência da sociedade civil no tema é o Instituto de Desenvolvimento dos Direitos Humanos (IDDH) e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação, por meio da interlocução com diplomatas e representantes de organismos internacionais. A Pré-Sessão é o momento específico para a sociedade civil se manifestar no âmbito deste mecanismo da ONU para avaliação mútua entre Estados (governos nacionais) quanto à situação de direitos humanos.

Fernanda Lapa, coordenadora executiva do Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos (IDDH), com a colaboração da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, fizera um discurso impactante, em uma sala cheia de diplomatas e representantes de países de todos os continentes do mundo, veículos de imprensa e organismos internacionais.

“Os diplomatas ficaram tocados com as informações que apresentei em meu discurso, listando fatos ocorridos nos últimos três anos, como a retirada da palavra gênero dos planos municipais, estaduais e nacional de educação, além das consequências de toda essa onda conversadora que vivemos no Brasil. Muitos também ficaram perplexos com a existência de projetos de lei como o programa ‘Escola sem Partido’, que impacta diretamente na liberdade de expressão de docentes e no acesso à educação de qualidade aos estudantes brasileiros. O que eu não imaginava é que, enquanto em embarcava de Genebra para o Brasil, logo após a atividade na ONU na última sexta-feira, comprovamos o que apresentamos, os retrocessos seriam concretizados via anuncio do MEC de retirar as questões de gênero e orientação sexual da Base Curricular e com o caso das escolas de São Paulo, inspecionadas por vereadores, levando a quase demissão do secretário municipal de educação Alexandre Schneider”, afirmou Fernanda, sobre seu discurso.

Maria Rehder, coordenadora de projetos da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, esteve na Pré-Sessão, juntamente com Fernanda, e permaneceu nos dias subsequentes, em atividades de uma série de reuniões com diplomatas e organismos de direitos humanos das Nações Unidas, com o objetivo de apresentar a atualização e a gravidade dos fatos anunciados desde sexta-feira no Brasil, acerca da última versão da Base Nacional Comum Curricular.

Muito forró de raiz nos shows do Festival Viva Dominguinhos em Pernambuco


Na sexta-feira (21), a programação musical da 4ª edição do festival Viva Dominguinhos começa cedo. Às 10h, o público poderá conferir as apresentações diurnas do palco “Canta Dominguinhos”, montado no Espaço Colunata. Nele, até as 18h, o público se diverte dançando muito forró pé-de-serra com Valdir Marino, Os Coroas do Forró, Forró do Xeeh, Orquestra Sanfônica, Quero Xote, Juliano do Acordeon, Verônica, Nando Azevedo e Amanda Back.

À noite, a festa será comandada pelas atrações do palco principal do evento. Gennaro, um genial sanfoneiro que ficou à frente do Trio Nordestino por 11 anos, substituindo o Mestre Lindú e mantendo a banda nas paradas de sucesso, é o primeiro a se apresentar. Em seguida o público poderá conferir todo o talento da dupla de repentistas Os Nonatos, formada por Nonato Neto, da Paraíba, e Nonato Costa, do Ceará. A dupla, inclusive, é considerada atualmente uma das melhores do repente brasileiro, tendo canções interpretadas – como “Coração de Pedra”, “Difícil Demais” e “Coração Turista” – por mais de 35 bandas de forró, entre elas, Mastruz com Leite, Wesley Safadão, Aviões do Forró, Caviar com Rapadura, Forró do Muído, Saia Rodada e Cavaleiros do Forró.

Alcymar Monteiro, cantor e compositor de forró e frevo, considerado um dos grandes intérpretes da música nordestina, mais especificamente do forró tradicional, sobe ao palco logo em seguida cantando clássicos como “Ela Nem Olhou pra Mim” e “Ponta de Faca”. Com mais de três décadas de carreira e profundas pesquisas sobre os ritmos nordestinos, Alcymar já gravou duetos com grandes nomes da música, como Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Elba Ramalho. Para encerrar a segunda noite do festival, o Viva Dominguinhos escalou a banda Fulô de Mandacaru, vencedora do programa SuperStar (Globo) e uma das defensoras e propulsoras da música nordestina no Brasil. No repertório, “Só o Mie”, “Fulô de Mandacaru Chegou”, “Tem Nada Não”, entre outras.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Pente-fino do Governo Federal no auxílio-doença gera economia de R$ 1,6 bilhão para Fundo de Previdência

O Governo Federal já economizou R$ 1,6 bilhão com a revisão dos benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) iniciou o processo no segundo semestre do ano passado, ao constatar que 1,7 milhão de pessoas estavam recebendo o benefício sem a devida avaliação médica posterior à concessão.

Nessa primeira etapa, estão sendo convocados 530 mil beneficiários que recebem o auxílio-doença e que não passavam por perícia médica há mais de dois anos. Até agora, foram enviadas 247.937 cartas de convocação, e realizadas 87.517 perícias. A ação resultou no cancelamento de 73.352 benefícios, o que representa 84% do total.

“O objetivo é colocar no devido lugar o gasto público. Há pessoas que deveriam ficar três meses com o auxílio, mas recebem há dois, três anos. Falta dinheiro para quem realmente precisa, sobrecarregando o sistema”, explica o ministro do Desenvolv imento Social e Agrário, Osmar Terra.

A ausência de convocados levou ao cancelamento de outros 11.502 benefícios. Além disso, cerca de 9 mil benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 1.141 em auxílio-acidente, 415 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício e 3.614 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

“Quem recebe indevidamente está lesando a poupança dos trabalhadores duas vezes. Primeiro porque está tirando o benefício de quem tem direito e, segundo, porque o segurado deixa de contribuir para a Previdência”, avalia o secretário-executivo do MDSA, Alberto Beltrame.

Também serão chamados para passar por perícia os aposentados por invalidez com menos de 60 anos e que estão há mais de dois anos sem avaliação médica. A estimativa do governo federal é que a revisão dos benefícios por incapacidade gere uma economia anual de R$ 8 bilhões. As revisões periódicas são obrigatórias, mas não estavam sen do realizadas pelo governo passado.

A convocação é feita por carta com aviso de recebimento. Após o comunicado, o segurado tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não atender a convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Semana da Literatura Infantil na LBV promove incentivo à leitura

De 17 a 20 de abril, acontece na sede da LBV, no bairro dos Coelhos, a Semana da Literatura Infantil. O evento em celebração ao Dia Nacional do Livro contará com a participação de artistas, escritores e contadores de histórias, que propiciarão um mundo mágico da leitura para centenas de crianças e adolescentes beneficiadas pelo programa Criança:Futuro no Presente!, da Instituição.

Os artistas pernambucanos Wagnho da Santropê, Edu Santos, MC Nicolau, Mateus Moraes e Grupo Sassarico promoverão uma caravana musical e literária no primeiro dia, na segunda, 17, às 14h. Eles doarão livros para o Cantinho da Leitura e irão contar histórias para a garotada da LBV.

No dia 18, às 9h, é a vez da contadora de histórias da Associação Viva e Deixe Viver, Ana Inês Pina. Logo em seguida, as crianças e adolescentes promoverão uma grande oficina de confecção de livros com histórias criadas por elas próprias. E na quarta-feira,19, a escritora e compositora Jeane Siqueira, autora de La Ursa Cara Feia, apresentará sua obra aos garotos da Instituição, em uma grande festa literária.

A Instituição está arrecadando livros infantis para ampliar o acervo do Cantinho da Leitura. Quem desejar doar é só se dirigir a sede da LBV. No Recife, PE, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua dos Coelhos, 219 — Coelhos. Para outras informações, ligue: (81) 3413-8601.

Serviço:
Semana da Literatura Infantil na LBV
Data: 17 a 20 de abril – Horário: 9h às 11h – 14h ás 16h
Endereço: Rua dos Coelhos, 219 – Bairro: Coelhos
Informações: (81) 3413.8601

Fonte: Assessoria de Comunicação

4ª edição do festival Viva Dominguinhos, em Garanhuns, começa na próxima quinta

Com a tarefa de abrir os festejos juninos do Nordeste, o município de Garanhuns inicia nesta quinta-feira (20) a programação musical da 4ª edição do Viva Dominguinhos, um evento que reverencia a história do forró de raiz e a forte ligação do músico Dominguinhos com sua cidade natal (Garanhuns). Com mais de 25 shows gratuitos na grade, a festa começa pontualmente às 20h, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, com o pernambucano Mourinha do Forró, que iniciou aos 13 anos a carreira como músico e até hoje tem como inspiração a obra de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

Logo em seguida sobem ao palco a cantora Nádia Maia, já consagrada no cenário artístico do Nordeste e interprete de hits do forró como “Se tu Quiser”, “Foi Bom te Amar” e “Que Saudade de Você”; e Targino Gondim, sanfoneiro, cantor, compositor e cocriador do Festival internacional da Sanfona. Para o show, a dupla promete animar o público com sucessos escritos por Godim, entre eles “Pra se Aninhar” e “Esperando na Janela”, além de clássicos como “Eu só quero um xodó”, que o músico tocou com Dominguinhos em várias ocasiões.

A cantora e compositora garanhuense Andréa Amorim, com 17 anos de carreira e sete Cds independentes na bagagem, é a próxima a se apresentar, dando um ar mais pop ao evento. Durante o show, ela apresenta o seu novo projeto, feito em parceria com o músico Ton Pimentel, do Loucos Nordestinos. O resultado é uma mistura inusitada de ritmos, o que deve agradar o público.

Logo em seguida é a vez de Cezzinha, cantor, compositor e sanfoneiro, subir ao palco, ele, que foi apadrinhado musicalmente aos 14 anos por Dominguinhos promete um show dançante do início ao fim, recheado do autêntico forró de raiz. O cantor, compositor, instrumentista e produtor cultural Dorgival Dantas, conhecido popularmente como “O Poeta”, fecha a noite com suas poesias em forma de música. Entre os hits, sucessos como “Coração”, “Apaixonado por você”, “Colo de Menina”, “Menino Bicho”, “Você Endoideceu meu Coração”, entre outros.

Já consolidado no calendário cultural do Nordeste, a expectativa é que mais de 110 mil pessoas passem pela cidade durante os dias de evento, superando o público do ano passado. E a festa não para. Amanhã, sexta-feira (21), tem início a programação do palco “Canta Dominguinhos”, montado no Espaço Colunata, com shows das 10h às 18h. À noite, no palco principal do evento, se apresentam Gennaro, Os Nonatos, Alcymar Monteiro e a banda Fulô de Mandacaru.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Pernambuco de Verdade revela a completa ausência do governo no Agreste Setentrional

O Governo do Estado abandonou a população do Agreste Setentrional, sobretudo nas áreas de saúde e segurança pública. Essa foi a constatação da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) durante visita à região, nesta quarta-feira (12), durante agenda do Pernambuco de Verdade. A agenda incluiu ainda visita às obras de duplicação da BR-104, assumidas pelo Estado, e PE-160, prometidas há mais de dez anos e ainda não concluídas, além do 24º Batalhão de Polícia Militar, a diretoria regional da Compesa, a UPA de Santa Cruz do Capibaribe, a rodoviária municipal e a farmácia do Lafepe, completamente desabastecida de medicamentos.

Na área de saúde, chamou a atenção dos parlamentares a completa ausência do Estado na assistência à população, com todo o atendimento ficando a cargo da rede municipal de saúde. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz, de administração municipal, funciona na prática como um hospital regional, realizando de 450 a 500 atendimentos por dia, com picos de 600 pessoas atendidas. “A unidade foi projetada para realizar 200 atendimentos, mas infelizmente fomos obrigados a assumir a demanda de cidades vizinhas, pela inexistência de unidades estaduais de saúde”, explicou o diretor da UPA, José Ademir Pereira.

Segundo a deputada Socorro Pimentel (PSL), o volume de atendimentos na unidade de saúde é retrato do completo abandono do Estado na área de saúde. “O governo do Estado jogou para a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe a responsabilidade pelo atendimento à população da cidade e municípios vizinhos. Não há sequer um leito de UTI na região e casos mais graves ou que precisam de mais cuidados têm que ser transferidos para Caruaru ou Recife”, explicou Socorro.

Para o deputado Silvio Costa Filho (PRB), a construção de um hospital regional em Santa Cruz deveria é prioridade para a população. “Santa Cruz é uma cidade-polo no Agreste Setentrional e a UPA do município termina absorvendo a demanda de seis cidades vizinhas, sem nenhum apoio do Estado. É preciso que o governo encare a implantação de um hospital regional como prioridade”, defendeu o líder da Oposição.

Para Joel da Harpa (PTN), outra área crítica na região é a da segurança. “A companhia da Polícia Militar de Santa Cruz foi transformada no 24º Batalhão da PM, mas a unidade continua funcionando com estrutura de companhia. Faltam equipamentos, infraestrutura e viaturas para fazer o atendimento à população”, criticou. Hoje, o 24º Batalhão da PM conta com um efetivo de 325 homens, mas em virtude dos plantões, são apenas 18 policiais para atender toda a população de Santa Cruz, oito para Toritama e apenas três para Brejo da Madre de Deus.

Segundo dados da própria Secretaria de Defesa Social do Estado, Santa Cruz é hoje o 11º município do Estado em número de homicídios e o 8º em crimes violentos contra o patrimônio (assaltos e roubos). “O que temos observados nas agendas do Pernambuco de Verdade é que os problemas encontrados são praticamente os mesmos em todas as regiões. Foi o que vimos, há 15 dias, no Sertão e estamos vendo aqui no Agreste novamente”, comparou Augusto César (PTB).

“Na área de segurança, o que está acontecendo é que estados vizinhos estão investindo no combate à violência e a criminalidade está migrando para regiões menos protegidas. E nisso, Pernambuco tem sido bem atrativo”, completou o deputado Álvaro Porto (PSD).

INFRAESTRUTURA - Entre as obras visitadas pelos deputados, as prometidas obras de duplicação da BR-104 e PE-160 e o sistema de saneamento básico do município de Santa Cruz do Capibaribe são reivindicações antigas da população. Hoje, a BR-104 encontra-se completamente paralisada, a da PE-160 se arrasta há anos e o saneamento básico sequer foi iniciado. “São mais três promessas do PSB na lista de obras paradas, abandonadas, atrasadas ou nem iniciadas. Já vimos isso em Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira. E o governador, da mesma forma, refazendo promessas antigas”, criticou Júlio Cavalcanti (PTB), se referindo ao Pernambuco em Ação, realizado na cidade no último fim de semana.

Além da não cumprida promessa na área de saneamento, a população da região sofre também com o desabastecimento de água. Alardeada pelo governo do Estado como alento para a população da região, a adutora do Pirangi não representou mudança. “Mesmo com a integração da adutora ao sistema do Prata, 70% da população de Santa Cruz do Capibaribe, por exemplo, não tem água nas torneiras em nenhum dia do mês”, detalhou Silvio Costa Filho.

No período da noite, ao final das visitas, a Bancada de Oposição realizou uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Santa Cruz entre lideranças, representantes de associações comunitárias, empresários e entidades da sociedade civil para discutir os problemas e as ações prioritárias para a região. Na próxima semana, o Pernambuco de Verdade desembarca no Agreste Meridional.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Prefeitura de Arcoverde lança convocatória pública para o 1º Festival de Quadrilhas Juninas

A Prefeitura de Arcoverde lança Convocatória Pública para o 1º Festival de Quadrilhas Juninas Capital do São João, que acontece nos dias 19 (eliminatória) e 26 de junho (final), dentro da programação oficial do São João 2017 de Arcoverde.

O Festival de Quadrilhas Juninas terá como curador o produtor cultural Rafael Farias e a coordenação conjunta das Secretarias Municipais de Turismo e Eventos e de Cultura e Comunicação.

Essa era uma antiga demanda dos grupos de quadrilhas juninas de Arcoverde e região. “As quadrilhas de hoje em dia possuem uma forma mais estilizada de apresentação, o que agrega valor ao espetáculo, sem deixar de resgatar as nossas raízes. Estou feliz em poder abrir mais esse espaço e movimentar ainda mais nosso São João”, declarou a prefeita Madalena Britto.

As inscrições estão abertas e poderão ser realizadas entre os dias 17 de abril e 05 de maio na sede da SETUR, no Esporte Clube Municipal de Arcoverde, localizado na Av. Conselheiro João Alfredo. S/N. Boa Vista, das 9h às 12h ou pelo emial:arcoverde.setur@gmail.com.

Vale lembrar que o Festival será com apenas 12 quadrilhas, que deverão participar com no mínimo 15 pares. Para saber mais sobre a documentação completa e regulamento do campeonato, basta acessar o site: www.arcoverde.pe.gov.br e baixar o edital de convocação.

Mais informações pelo telefone: 38213502

Fonte: Assessoria de Comunicação

Blogueiros elegem Paulo Fernando presidente da AblogPE

O radialista e editor do InformePE Paulo Fernando, foi eleito neste último sábado (8/4), presidente da Associação dos Blogueiros de Pernambuco (AblogPE). O evento foi realizado na sede do órgão, no Centro do Recife, e reuniu a blogosfera pernambucana. Além de eleger o novo representante, os blogueiros aprovaram mudanças no edital, discutiram questões de interesses da categoria e escolheram os componentes da diretoria para o biênio de 2017-2019.

Paulo Fernando é natural da Cidade do Paulista, nascido em agosto de 1989, é blogueiro há 8 anos, o mesmo é Diretor Blog InformePE e Aqui Vagas. Paulo ao longo da sua trajetória tem sempre aprimorando o seu currículo profissional, o mesmo é Técnico em Rádio/TV, Palestrante, Comentarista Político, foi chefe de gabinete na Câmara Municipal de Igarassu, Diretor de Imprensa na Prefeitura de Itapissuma, Assessor Político na Assembleia Legislativa (ALEPE) e em 2014 foi eleito secretário de imprensa da AblogPE.

“Quero dar continuidade aos trabalhos realizados por Lissandro Nascimento, serei um soldado nessa nova jornada, iremos criar mecanismos para fortalecer ainda mais o nome da instituição, e agradeço à confiança depositada em mim pelos blogueiros”, disse Paulo.

Veja como ficou a nova diretoria:

CARGO: Presidente
NOME: Paulo Fernando Oliveira Santana Lemos Martins

CARGO: Vice-presidente
NOME: Cristiano de Melo Vasconcelos Barros

CARGO: Diretor Executivo
NOME: Wagner Wilker Lopes Brainer

CARGO: Diretor Financeiro
NOME: Lissandro Antonio do Nascimento

CARGO: Secretário Geral
NOME: Manuel Mariano da Silva

CARGO: Diretora de Imprensa
NOME: Amanda Maciel de Lemos Vasconcelos Ferraz

CARGO: Diretor de Relações Institucionais
NOME: Paulo Xavier de Brito Junior

CARGO: Suplente
NOME: Amannda do Amaral Oliveira

CARGO: Suplente
NOME: José Alberto Pereira da Silva

CARGO: Suplente
NOME: Alexandre de Souza Acioli

CARGO: Suplente
NOME: Wellington Antônio Araújo de Freitas

CARGO: Suplente
NOME: Artur de Melo Reis de Souza

CARGO: Conselho Fiscal
NOME: Lúcio Mário de Oliveira Cabral

CARGO: Conselho Fiscal
NOME: José Flávio de Melo

CARGO: Conselho Fiscal
NOME: Jadson de Pádua Correria

CARGO: Conselho Fiscal
NOME: Rafaela Maria Martins Lemos

CARGO: Conselho Fiscal
NOME: Manoel Tenório Cavalcanti Júnior

Fonte: Assessoria / AblogPE

Conselho Tutelar de Olinda reclama da gestão do prefeito Professor Lupércio

Carta Aberta dos Conselheiros Tutelares a Sociedade OlindenseOlinda é uma cidade de grandes histórias, culturas e batalhas numa condição de referência em vários aspectos. Uma cidade com quase quatrocentos mil habitantes, um povo guerreiros que em todas as conquistas que tiveram foram com o suor de muitas lutas.

Olinda é uma cidade referência em muitos seguimentos, cidade patrimônio, capital da cultura, cidade educadora, cidade amiga da criança dentre tantas outras. São títulos que nos referenciam com relação às políticas públicas implementadas ao longo de anos, resultado de muito debate, consulta social e democrática, um legado que precisamos lutar com unhas e dentes frente aos ataques conservadores que vem acontecendo no Brasil e em nossa cidade, lutaremos por nenhum direito a menos.

Nós Conselheiros e Conselheiras Tutelares de Olinda integramos uma rede de assistência à criança e adolescente que tem uma importância impa para a efetivação dos direitos a esses jovens, somos um órgão autônomo justamente para cumprir nosso papel fiscalizador de maneira imparcial e independente, para isso buscamos sempre manter uma relação de diálogo e harmonia com os demais órgãos do sistema de garantia de direitos do município.

Porém nos últimos meses tivemos essa relação interrompida de maneira arbitrária e inexplicável, desdo início da nova gestão municipal do Prefeito Professor Lupércio, onde por diversas vezes buscamos o diálogo e a parceria no sentido de seguirmos buscando o melhor para as políticas de assistência social das crianças e adolescentes de Olinda.

O que tivemos como resposta foi uma série de verdadeiros ataques por parte do atual Secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos da Cidade, aonde decisões sem nenhum diálogo vem interferindo diretamente na nossa atuação, nesses três meses da nova gestão tivemos por diversas vezes nosso trabalho interrompido por problemas estruturais como, veículo quebrado, falta de gasolina, impressora danificada, falta de internet, telefonia e etc. As ações repressivas agora estão atingindo diretamente a autonomia do Conselho Tutelar o órgão que é regido por uma lei federal e também por uma lei municipal.

Nossa carta pública tem como objetivo informa a sociedade sobre os problemas que estamos enfrentando frente à gestão do Professor Lupércio, temos grandes desafios com as políticas públicas das crianças e adolescentes não podemos retroceder, nossa luta será sempre no sentido de avanço, não deixaremos nenhuma atitude nos calar, seguiremos lutando.

Assinam Esta Carta os Conselheiros Tutelares de Olinda: Claudia Roberta, Luiz Carlos, Roberto Santana, Hilda Queiroz, Anderson Araújo, Polyanna Alves, Eurico Guedes, Charles Cleber, Luciene Salustiano e Josué Venceslau.

Fonte: Assessoria

Notas sobre a morte do jovem baleado por PM em Itambé na Mata Norte de Pernambuco

Foto: correiodogranderecife.com.br
Nota 1 - O Governo do Estado de Pernambuco lamenta profundamente o falecimento de Edvaldo da Silva Alves

O Governo reafirma o seu firme compromisso de desautorizar e impedir qualquer abuso de força por parte das polícias do Estado. Toda ocorrência será tratada com a firmeza e responsabilidade necessárias. A apuração do ocorrido está em andamento, estando os policiais envolvidos no caso sendo devidamente investigados. Por meio da Secretaria de Saúde do Estado, foi prestada toda assistência médica qualificada a Edvaldo desde o momento do seu atendimento. O Governo do Estado se solidariza com os familiares e os amigos de Edvaldo. E fará o que estiver ao seu alcance para que todo o episódio seja esclarecido e que a Justiça seja feita.


Nota 2 - Oposição lamenta morte de jovem e cobra rigor nas investigações

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco lamenta o falecimento do jovem Edvaldo Alves, de 19 anos, vítima de disparo feito por policiais durante protesto na cidade de Itambé, Zona da Mata Norte do Estado, contra o crescimento da violência na região.

Os parlamentares da bancada cobram ainda celeridade nas investigações sobre a atuação da polícia naquele dia, além de esclarecimentos sobre os motivos que levaram à demora no socorro à vítima e rigor na apuração e punição à autoridade policial que deu a ordem, assim como para o policial que efetuou o disparo.

É importante ainda registrar a responsabilidade do Estado, da Secretaria de Defesa Social e do Comando da Polícia Militar por enviar para o atendimento ao chamado policias sem o preparo técnico necessário nem equipamentos adequados para a ocorrência em questão, uma manifestação da população.

Além do caso envolvendo o jovem Edvaldo Alves, e guardadas as devidas proporções, a Oposição lamenta que o uso da força contra manifestações populares estejam se tornando corriqueiras no estado de Pernambuco. São exemplos dessa postura a apreensão de fantasias da troça carnavalesca Empatando Tua Vista, durante o Carnaval, e a retirada de faixas e cartazes fixados pela população da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, com cobranças ao Governo, durante agenda do governador Paulo Câmara no município, no último fim de semana.


Nota 3 - Governo avalia reparação à família de Edvaldo da Silva Alves

O governador Paulo Câmara determinou à Procuradoria Geral do Estado (PGE) que entre em contato com a família de Edvaldo da Silva Alves, ferido num conflito com a Polícia Militar, no município de Itambé, no dia 17 de março passado, e que faleceu na madrugada desta terça-feira (11.04). A determinação é para estabelecer medidas de reparação à família pelo ocorrido.

"Lamento profundamente o falecimento de Edvaldo. Sabemos que nada pode reparar a perda de uma vida, mas determinei a busca de meios jurídicos para encontrarmos a indenização adequada, junto à família. E, ao mesmo tempo, já cobrei, no âmbito da Polícia Militar e da Secretaria de Defesa Social (SDS), que a apuração deste lamentável episódio seja finalizada", afirmou Paulo Câmara.

O procurador-geral do Estado, César Caúla, explicou que, independentemente do andamento dos ritos dos inquéritos que apuram o ocorrido, a Constituição permite ao Governo de Pernambuco indenizar a família, com base em sua responsabilidade objetiva. "O Estado pode ser responsabilizado com culpa ou sem culpa. O que importa é que um agravo, um prejuízo, tenha decorrido de uma ação dele. Neste caso, o que nós vamos estudar é exatamente qual a possibilidade, diante dos parâmetros que a jurisprudência já estabelece, de reparação à família", esclareceu Caúla.

Caúla observou que o diálogo com a família de Edvaldo da Silva Alves ocorrerá justamente para que a realização da reparação não precise aguardar o término dos trâmites das investigações em curso. "Desde o primeiro momento, houve a determinação do Estado e foram abertos os procedimentos de investigação, tanto no âmbito da Polícia Civil quanto na investigação disciplinar. Enquanto os processos se aproximam de suas conclusões, vamos conversar com os familiares para encontrar uma reparação adequada", destacou Caúla.

O Governo de Pernambuco reafirma que fará o que estiver ao seu alcance para que todo o episódio seja esclarecido e que a Justiça seja feita, ressaltando o compromisso de desautorizar e impedir qualquer abuso de força por parte das polícias do Estado.

Fonte: Assessorias de Imprensa

Quadrinista Jão (BH) Lança livros na Casa do Cachorro Preto em Olinda


O quadrinista belo-horizontino Jão, autor do livro Baixo Centro e da revista PARAFUSO nº0, lança seus trabalhos pela primeira vez em Olinda neste domingo, às 18h, n’A Casa do Cachorro Preto. O artista estará disponível ao longo de todo evento para autógrafos e trocas de ideias com os interessados, além da venda de suas publicações.

PARAFUSO nº 0 é a nova revista de Jão, comemorando uma década de atuação do artista nesta área. A obra apresenta a história “Vigilantes”, uma narrativa de ficção científica sem textos, que propõe uma reflexão sobre temas como linchamento e "justiça com as próprias mãos", a partir do gênero de super-heróis. As influências do trabalho passam pelos desenhos do artista Moebius, pelo mangaká Katsuhiro Otomo, pelo quadrinista Jack Kirby e pelo diretor de cinema Quentin Tarantino. Pop Art, teatro e cyberpunk são referências na obra. Esta é a primeira edição de uma série de publicações com os trabalhos mais experimentais do autor, que é também editor, diretor de arte e produtor cultural.

A primeira novela gráfica de Jão, Baixo Centro, foi lançada pela Editora Miguilim em novembro de 2015. Os lugares, os personagens e o cotidiano da cidade são inspirações para a obra, que traz uma história de aventura de dois personagens pelas ruas da capital mineira. A ideia surgiu a partir da relação do quadrinista com o centro da cidade, quando ele morava nas proximidades do viaduto Santa Tereza. A região – situada em Belo Horizonte, mas com características comuns às cidades grandes – é trabalhada nos desenhos ao longo de toda a trama. O objetivo do livro é permitir diversas camadas de interpretação.

Como quadrinista, Jão integrou a programação de diversos eventos do Brasil, como a Comic Con Experience (Expo São Paulo, 2016), a feira Des.Gráfica (Museu da Imagem e do Som, São Paulo, 2016), cinco edições do Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte, e a Rio Comicon 2010, além de ter um de seus trabalhos publicados no exterior, como parte da antologia Pequenos Heróis (Devir, 2010/Aquário, 2015), publicada nos Estados Unidos como Little Heroes (215Ink, 2012). Em Recife esta semana, o artista também participa da CCXP Nordeste. Na área cultural, ele é cocriador e um dos organizadores de dois eventos na capital mineira, a feira mensal de publicações independentes Faísca — Mercado Gráfico e o festival Traço — música e desenhos ao vivo.

Serviço:
Lançamento de livros Baixo Centro e Parafuso do Quadrinista Jão(BH)
Domingo, 16 de abril
18h
NA Casa do Cachorro Preto
Rua Treze de maio, 99
Cidade Alta - Olinda

Fonte: Assessoria de Comunicação

Setur-PE estima taxa de ocupação hoteleira superior a 80% para a Semana Santa no Estado

O segundo grande feriado do ano vai incrementar os dados de movimentação turística de Pernambuco. Já consagrada como um dos períodos de maior recebimento de turistas no Estado, a Semana Santa de 2017 tem previsão de taxa de ocupação hoteleira de 83%, para os próximos quatro dias, de 13 a 17 abril. O percentual representa uma variação positiva de 0,4% em relação à temporada 2016. A permanência média dos turistas também será positiva. Em média, eles passarão 2,8 dias no Estado, um amento é 3,6% em relação a 2016. Os dados fazem parte da pesquisa de expectativa de turistas, realizada pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco (Seturel-PE).

Municípios como Bezerros, Caruaru e Gravatá estão com taxa de ocupação hoteleira superior a 95%, e em cidades com Brejo da Madre de Deus a ocupação já é de 100%. “O turismo religioso é um dos fortes impulsionadores de turistas para Pernambuco na Semana Santa. No Estado temos também um público fiel para o já consagrado espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, que atrai cerca de sete mil expectadores por dia”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

Os destinos indutores de Pernambuco, Recife, Olinda e Ipojuca, também serão atingidos positivamente pelo feriado. Os dias de folga vão atrair turistas com foco nos destinos de sol e mar. Para esses municípios a taxa média de ocupação prevista é de 81%. Já para o arquipélago de Fernando de Noronha a previsão é de 92% de ocupação.

A circulação de passageiros no Aeroporto Internacional do Recife, durante a Semana Santa, também será positiva. A expectativa é que circulem pelo terminal mais de 108 mil pessoas. Destas, o número de desembarcados será de 53,6 mil passageiros, o que representa um incremento de 10% em relação ao mesmo período de 2016. “Cerca de 32 voos extras estão previstos para essa temporada. Vamos receber principalmente turistas de São Paulo, Rio De Janeiro e Fortaleza. Em um cenário econômico ainda difícil para o país, a expectativa é mais que animadora. Pernambuco segue se afirmando como um dos principais destinos no ranking de preferência dos turistas nacionais”, conclui Carreras.

CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA - Para receber ainda melhor os turistas durante a Semana Santa, O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, por meio da Empetur, disponibilizará um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) móvel durante a temporada 2017 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. O centro funcionará em frente à cidade-teatro, até 15 de abril, das 14h às 20h. Dois atendentes bilíngues orientam e dão apoio ao público visitante. Para promover o turismo e os destinos do Estado, estão sendo distribuídos os guias Rota 232, Rota Rural, Rota da Fé, Rota Caruaru, Rota Tracunhaém, Rota do São Francisco, Revista Santuário de Cimbres, Roteiro 1 a 8 dias Descubra Pernambuco, Revista Paixão de Cristo 50 anos e os mapas de Pernambuco, Recife, Olinda, Petrolina, Gravatá, Litoral Norte e Litoral Sul. Os turistas também contam com CATs fixos instalados em pontos estratégicos do Estado, como os Aeroportos do Recife e de Petrolina, no TIP e em Boa Viagem.

Fonte: Assessoria de Imprensa