Unicap-IHU divulga nota de repúdio ao Decreto Presidencial que autoriza o emprego das Forças Armadas no Distrito Federal

Não ao retrocesso – Nota de repúdio ao Decreto Presidencial para a “garantia da lei e da ordem”, que autoriza o emprego das Forças Armadas no Distrito Federal

O Instituto Humanitas Unicap vem a público manifestar sua preocupação e repúdio ao emprego das Formas Armadas para reprimir, em Brasília, a manifestação legítima, convocada por movimentos sociais.


As manifestações, garantidas pelo artigo 5º da Constituição, estão ocorrendo em todo o país, e são contra as reformas neoliberais que inviabilizam diversos direitos econômicos, sociais e culturais.

O emprego das Forças Armadas para assegurar a ordem pública é uma confissão da perda da capacidade moral e política de governar um país que padece de uma grave crise institucional.

O prolongamento desse Decreto Presidencial, por uma semana, não tem justificativa plausível e caracteriza uma espécie de Estado de Sítio disfarçado. Calar-se neste momento seria concordar com a escalada do arbítrio autoritário.

Fonte: Unicap - IHU