LBV participa de debate mundial na ONU sobre Erradicação da pobreza

“Erradicar a pobreza e promover a prosperidade num mundo em transformação” é o tema do Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável e da Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc/ONU), que reúne autoridades internacionais e líderes de governos de todo o mundo, até o dia 20 de julho, na sede das Nações Unidas (ONU), em Nova York, nos Estados Unidos. Esse é o segundo encontro ministerial do órgão desde que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) foram adotados por unanimidade em setembro de 2015.

A Legião da Boa Vontade (LBV) coorganiza um painel temático, na quarta-feira, 19/7, das 9h30 às 11h30, sobre “Educação inovadora integrada às TICs (Tecnologias da Informação e da Comunicação) para a Cidadania Global, na Eliminação da Pobreza”. Esse painel integra a programação oficial do Fórum.

A participação da LBV nos eventos teve início no último dia 10 com a apresentação de suas recomendações e boas práticas e dos resultados do trabalho que realiza em seus programas nas áreas da educação e da assistência social, disponibilizados pela ONU em seus idiomas oficiais aos países-membros e publicados na revista BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável, edição especial de 2017 (versões em português, inglês, espanhol e francês).

A publicação traz a mensagem do diretor-presidente da Instituição, José de Paiva Netto, no editorial intitulado “Educação para erradicar a pobreza”, no qual ele destaca a força da Boa Vontade no enfrentamento dos desafios sociais do planeta. A revista apresenta ainda uma entrevista com o diplomata brasileiro Roberto Azevêdo, diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), que analisa a contribuição do comércio internacional para reduzir a pobreza.

Para ler o conteúdo da publicação, é só baixar o aplicativo gratuito da revista BOA VONTADE para iOS e Android. Mais informações sobre o assunto acesse www.boavontade.com.

LBV na ONU - A Legião da Boa Vontade é uma organização da sociedade civil com status consultivo geral no Ecosoc desde 1999 e associada ao Departamento de Informação Pública da ONU (DPI) desde 1994. Essa condição lhe permite participar e contribuir para a discussão dos temas de desenvolvimento propostos pelo organismo internacional e seus países-membros.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Postagens mais visitadas deste blog

Reitora da UFRPE e secretário de Educação realizam reunião sobre creche escola em Dois Irmãos

Rodrigo Coutinho inicia reuniões da Comissão Especial do Plano Diretor do Recife na Câmara

TCE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Após polêmica, Comissão de Cidadania define Juntas na presidência

Coluna do #BlogPautaPolítica

Em primeiro discurso na ALEPE, João Paulo Costa destaca prioridades do seu mandato

Coluna do #PautaPolíticaPE

"Vocês são considerados bandidos e assassinos", disse deputado ao presidente da Vale

Casal de bonecos, Zé Pereira e Vitalina, fazem tradicional viagem de barco pelo Velho Chico para anunciar o Carnaval

Wanderson Florêncio defende parque na Zona Sul do Recife e enfrenta protestos