Passageiros do TI Barro reclamam de demora dos ônibus na integração


Longa espera nos pontos e superlotação no Terminal Integrado do Barro, localizado às margens da BR-101, na Zona Oeste do Recife. Essas são algumas reclamações dos usuários de ônibus que utilizam o TI que faz parte do Sistema Estrutural Integrado (SEI). O terminal conta com 10 linhas e movimenta aproximadamente 30.126 passageiros que fazem uso dos 89 coletivos para se deslocar diariamente.


Quem depende do serviço para chegar ao trabalho, como o estudante Ítalo Ferraz, reclama da demora dos ônibus. “Olha o que acontece diariamente na integração do Barro. Ônibus parados, motoristas e fiscais nem aí para o povo. Não podemos nem reclamar da empresa, pois os ônibus estão na integração, porém temos que esperar a boa vontade dos motoristas e fiscais", observa.



Os usuários do TI Barro precisam aguardar muito tempo nos pontos de embarque e ainda se apertar para conseguir entrar nos ônibus. O espaço foi reinaugurado em junho de 2013, após passar por longo período de reforma, as obras foram orçadas em R$ 3,3 milhões. Um dos problemas observados e também relatados pela população está relacionado ao tempo na espera e nos intervalos das linhas. Outro detalhe é a falta de painéis informativos em todas as plataformas que indiquem os horários atualizados de partida dos veículos.

Para a empregada domestica Fabiana Pereira, a solução para aliviar o desconforto é o aumento da frota. “É absurdo esperar um tempão e ainda entrar no ônibus lotado. Sem nenhuma qualidade no serviço”, considera a passageira que precisa passar no TI Barro vindo do TI Joana Bezerra para chegar na sua residência em Jardim São Paulo.