Camila Ribeiro apresenta o espetáculo “Baile Frevo Roots” no Porto Musical

A violonista, guitarrista, bandolinista, compositora e arranjadora Camila Ribeiro apresenta o seu espetáculo solo instrumental “Baile Frevo Roots” no próximo dia 01/02 (quinta-feira), às 13h, dentro da programação do Porto Musical 2018, no Paço do Frevo, no Recife Antigo. Na apresentação, a multiartista e sua banda apresentam clássicos do repertório frevístico, músicas de compositores brasileiros que já flertaram com o gênero e temas autorais, numa perspectiva sonora de união com outras espécies musicais do mundo. A entrada é gratuita.

Com o seu estilo inconfundível e a habilidade em fundir diversos gêneros musicais, Camila busca proporcionar, neste trabalho, o diálogo entre o frevo e a música latino-americana. A multiartista ainda aposta na união entre os ritmos afro-brasileiros e as mais diversas manifestações culturais populares mundiais. Além disso, a musicista promove o intercâmbio entre intérpretes, compositores e instrumentistas da nova geração do Brasil.

No palco, o público poderá apreciar a atemporalidade e a universalidade do Frevo. Além disso, para Camila, o “Baile Frevo Roots” transmite uma atmosfera de volúpia que envolve o período carnavalesco e promove uma verdadeira experiência sensorial-musical.

EP – Mostrando toda a sua versatilidade, Camila reuniu cinco músicas, sendo três de sua autoria, em um EP que será lançado ainda no primeiro semestre de 2018. Enquanto o EP não está disponível, Camila adianta que as faixas “Ciranda Sobre o Tempo” e “Brincando Na Bahia” tiveram a participação especial do instrumentista e cantor baiano Davi Moraes. Além de Davi, o trabalho, totalmente gravado no Rio de Janeiro, conta com a participação cantora carioca Monique Kessous. O EP tem a produção musical assinada pelo produtor carioca Denny Kessous e é uma verdadeira conexão Pernambuco-Bahia-Rio de Janeiro.

Sobre a artista – Violonista, guitarrista, bandolinista, compositora e arranjadora, Camila Ribeiro iniciou seus estudos musicais aos 13 anos. Estudou teoria musical com o Maestro Ivan do Espírito Santo; violão de sete cordas e bandolim com o Maestro Marco Cesar; e guitarra com o guitarrista pernambucano Renato Bandeira.

Aos 19 anos, Camila começou a tocar profissionalmente com artistas de Pernambuco e orquestras de baile e frevo. Em 2012, fundou a Banda Cordelândia, projeto de artes integradas voltado ao público infantil, com a fusão da música com a literatura de cordel. Entre 2014 e 2015, Camila foi vencedora do prêmio nacional Bolsa Funarte de Fomento aos artistas e Produtores Negros, com a maior nota do país, pela criação e direção musical do espetáculo “Minha Pequena África”.

Com estilo vibrante e intenso, Camila mistura elementos da música regional do Nordeste do Brasil com sons da world music, tornando seu trabalho extremamente original e criativo.

Serviço:
Camila & Baile Frevo Roots | Porto Musical
Dia 01/02 (quinta-feira), às 13h
Paço do Frevo (Praça do Arsenal da Marinha, S/N – Bairro do Recife)
Entrada gratuita

Fonte: Feed Comunicação