Coluna #BocadeConfusão desta quinta-feira (04/01)

Programação do Carnaval em Pernambuco atrasada? Faltando pouco menos de 35 dias para o carnaval, e prefeituras, especialmente, do Recife e de Olinda, ainda não divulgaram a grade de atrações, nem se quer uma pré programação carnavalesca. O #BlogPautaPolítica contactou algumas assessorias de artistas que sempre estão na agenda e confirmaram "não terem recebido convite para se apresentarem no Carnaval em Recife ou Olinda" e também "não terem mais agenda para o Carnaval". Fica a pergunta no ar, quem vai animar a festa de momo em 2018?

Mais uma alfinetada do namorado de Fátima? “Um mói de ministro pulando fora do governo golpista de Temer. Só digo uma coisa: não vamos esquecer o que fizeram no verão passado.” comentou Túlio Gadêlha na rede social. Atualmente, Túlio é presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe), vinculado à Secretaria de Agricultura da gestão Paulo Câmara (PSB) e namora a jornalista e apresentadora Fátima Bernardes.

Pacto com mais participação? Durante reunião do Pacto pela Vida na manhã desta quarta-feira (03/01), o Governo de Pernambuco informou que reestruturará o Conselho Estadual de Defesa Social (CEDS), com o intuito de ampliar a participação da sociedade no debate sobre segurança pública. Na ocasião, o governador Paulo Câmara destacou que espera que o novo conselho favoreça a criação e discussão de ações efetivas para a melhoria da segurança pública do Estado. "Diante de tudo que a gente enfrentou em 2017, é um reclamo justo da sociedade. Da necessidade de funcionar, fora o Pacto Pela Vida, também em instâncias que dialogassem mais efetivamente com a sociedade civil dentro de outras metodologias e assuntos que também são pertinentes na questão da defesa social." ressaltou Paulo.

Deseducação do governo Temer? "No orçamento de 2018 há um veto e uma farra. Veto à complementação adicional da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) na ordem de R$ 1,5 bilhão e farra de R$ 1,7 bilhão para o fundo eleitoral.", segundo o cientista político Daniel Cara.

Carpina quer dinheiro? O pedetista Manuel Botafogo, declarou em entrevista coletiva no final de dezembro do ano passado, que o governador Paulo Câmara (PSB) não está dando a devida atenção para Carpina. Ainda existe a necessidade do repasse de recursos atrasados que segundo o prefeito da cidade chega no valor de R$10 milhões. O gestor municipal reclamou do atraso nas obras da UPAE. O recado para o Palácio foi repassado para secretaria executiva de Coordenação Geral da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Cláudia Callou, que esteve presente na última quinta-feira de 2017 em Carpina para o ato de reinauguração do bloco cirúrgico da Unidade Mista da cidade.