Coluna #BocadeConfusão desta sexta-feira (05/01)

Nova presidência do Tribunal de Contas do Estado em Pernambuco. Numa solenidade simples e informal, o conselheiro Carlos Porto passou a presidência do TCE na terça-feira (02/01) para o conselheiro Marcos Loreto. A posse do novo presidente nesta data foi uma exigência da Lei Orgânica, que prevê a passagem de cargo no primeiro dia útil do ano subsequente ao da eleição. Loreto foi escolhido por aclamação na última sessão do Pleno de 2017 para o biênio 2018-2019. A sessão especial de posse foi realizada no próprio gabinete da presidência. O diretor-geral do Plenário, José Deodato Alencar, cumprindo formalidades do Regimento Interno, fez a leitura do termo de posse e logo em seguida convidou para assinar o livro os conselheiros Marcos Loreto (presidente), Dirceu Rodolfo (vice-presidente), João Carneiro Campos (corregedor), Ranilson Ramos (diretor da Escola de Contas), Teresa Duere (chefe da Ouvidoria) e Carlos Porto (presidente da 2ª Câmara). Valdecir Pascoal (presidente da 1ª Câmara foi o único que não compareceu por motivo de viagem).

RAPIDINHASRecife abre prévias carnavalescas no Pátio de São Pedro com Acertos de Marchas na próxima semana, dias 11 e 12.

Brejão recebe recomendação do MPPE. O Ministério Público de Pernambuco expediu recomendação cobrando a atuação das autoridades policias e da sociedade para coibir venda de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes em restaurantes, lanchonetes e bares na cidade de Brejão, no Agreste de Pernambuco. De acordo com os termos da recomendação, os proprietários de estabelecimentos comerciais devem se abster de vender, fornecer ou entregar bebidas alcoólicas, cigarros e quaisquer outros produtos que possam causar dependência física ou psíquica. Já ao delegado de Brejão, a promotora de Justiça Maria Aparecida Siebra recomendou que adote todas as medidas necessárias, no âmbito da sua atuação, para apurar a infração penal e responsabilizar o autor dessa prática.

RAPIDINHAS: O governador Paulo Câmara assinou Ordem de Serviço para o início das obras do Hospital Geral do Sertão Governador Eduardo Campos – HGS, no município de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú.

Economia de mais de R$ 3 milhões na Prefeitura de Limoeiro. Uma análise de licitação realizada pelo Tribunal de Contas resultou em uma economia de mais de R$ 3 milhões aos cofres da prefeitura da cidade de Limoeiro. Notificada das conclusões da auditoria, a prefeitura de Limoeiro reduziu o preço máximo, inicialmente estimado em R$ 25.090.534,73 para R$ 22.087.918,44, mantendo as quantidades originais e modificando os preços unitários. Essas medidas resultaram em um benefício de R$ 3.002.616,59 aos cofres do município.