Apoiadores de Lula ocupam a frente do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo

Militantes de diversos partidos e apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se mobilizam para ocupar São Bernardo na noite desta quinta (5) e durante a sexta-feira (6) contra 'a decisão do STF e contra a prisão arbitraria do ex-presidente'.

Alguns aliados do petista, fazem convocação através das redes socais, por exemplo, o deputado federal Paulo Pimenta (PT): "Todos a São Bernardo do Campo agora! Daqui a pouco faremos mais um ato com @LulapeloBrasil", publicou em seu perfil no twitter.

O mesmo fez, Humberto Costa (PT), senador pernambucano, que utilizou sua conta para fazer um chamado a população: "Ato com Lula hoje em São Bernardo #LulaValeALuta", compartilhou o senador Humberto. A mobilização geral acontecerá na frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na Rua João Basso, em São Bernardo (SP).

Já a deputada estadual Teresa Leitão (PT) preferiu tuitar criticando a agilidade do julgamento de Lula. "Esse 'julgamento' de Lula está tão rápido que podemos dizer que há um verdadeiro rito sumário! Tudo é atropelado.Ah se a justiça fosse rápida assim para os demais. Tem tucano cujo processo já prescreveu....", escreveu Teresa.

SOBRE A DECISÃO DO TRF4:

TRF4 expede ofício determinando a execução da pena do ex-presidente Lula - O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) expediu às 17h31min de hoje (5/4) ofício determinando a execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro Filho e do ex-diretor da empresa Agenor Franklin Magalhães Medeiros. O documento é assinado pelo desembargador federal Leandro Paulsen, revisor dos processos da Operação Lava Jato no tribunal, e pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que está substituindo o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Operação Lava Jato no tribunal, que está em férias. Diz o ofício: “Considerando o exaurimento dessa instância recursal – forte no descabimento de embargos infringentes de acórdão unânime – deve ser dado cumprimento à determinação de execução da pena, devidamente fundamentada”. Informações obtidas através do site do TRF4.