Coluna #BlogPautaPolítica deste sábado


Modelo educacional brasileiro exclui os mais pobres, aponta debate - “O coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, aponta que os milhões de estudantes que todos os anos são reprovados ou abandonam a escola traduzem um modelo voltado para a exclusão social dos mais pobres. Daniel Cara adverte que a grande maioria dos alunos que desistem ou reprovam provém das periferias e são negros, o mesmo segmento mais vitimado pela repressão policial, pois ainda predomina no país a ideia de que os direitos e a cidadania não são para todos. — Nosso modelo na prática nega a promoção da cidadania para amplos segmentos sociais. É esse tipo de concepção que está por trás da militarização das escolas, conduzida por alguns governos estaduais. A militarização só ocorre nas periferias das grandes cidades, pois entende-se que esses jovens têm que ser domados, mais do que educados, ou que tenham uma concepção de cidadania — afirmou.” Com informações da Agência Senado


Troca-troca dos senadores - O tamanho das bancadas partidárias do Senado continua o mesmo, mas a janela aberta no início do mês para permitir a troca de legendas pelos parlamentares sem punições legais, antes das eleições, levaram seis senadores a trocar de sigla. São eles Fernando Bezerra Coelho (PE), Raimundo Lira (PB), Kátia Abreu (TO), Eumano Ferrer (PI), Pedro Chaves (MS) e Wilder Moraes (GO). O único senador que não fez qualquer filiação e continua sem partido é José Antonio Reguffe (DF). Ao contrário da Câmara, Casa em que cerca de 40% dos deputados trocaram de siglas, modificando o tamanho das bancadas e dos blocos partidários, o pequeno número observado no Senado em nada interferiu nos trabalhos legislativos nem nas composições das comissões técnicas. Com informações do portal RBA.


Nova candidatura no Rio de Janeiro - A doutora em Filosofia e escritora Elika Takimoto (@elikatakimoto) anunciou nesta quarta-feira, 25, que irá se candidatar a deputada estadual no Rio de Janeiro pelo "Com muita alegria, muita ansiedade, muita emoção e, sobretudo, com muita esperança que comunico a todas as pessoas e robôs que me seguem a minha pré-candidatura para deputada estadual do Rio de Janeiro pelo partido que tirou o Brasil do mapa da fome", disse Takimoto pelo Twitter. Com informações do portal Brasil 247.