Moradores se revoltam com o corte de árvore "Pau-Brasil" em Sítio dos Pintos

Há mais de 30 anos atras foi plantada no terreno da Escola Municipal Mundo Esperança uma muda de Pau-Brasil, árvore símbolo do Brasil, por uma professora junto com um grupo de alunos da unidade de ensino na época. Na manhã do domingo (19), em uma ação rápida realizaram o corte da árvore que já fazia parte da história do local.

A página @bairrodesitiodospintos, relatou a situação no Facebook ao receber as fotos da árvore quando estava sendo cortada, imediatamente publicou na fanpage, tendo uma grande repercussão entre os internautas e moradores.

O jovem George Camelo comentou "Uma poda sem autorização da prefeitura pode ser caracterizada como crime. A lei que regulamenta é a de n°17.666/2010". Já uma ex-aluna Nininha Giovanna Kayki disse "Meu Deus não estou conseguindo acreditar ou prefeito vc não entendi que essa árvore fez parte da minha infância e hoje ela estava fazendo parte da infância do meu filho preste atenção no que vcs Estão fazendo bando de em responsável". E a moradora Neves Maria Camelo publicou "É verdade foi meu pai que plantou eu e ele regava e cuidava pra os alunos não quebrar".



Direção da escola - "Nós que fazemos a gestão da Escola Mundo Esperança também ficamos extremamente entristecidos com a erradicação da árvore. Inclusive buscamos outras alternativas para que isso não acontecesse. Entretanto, o acesso seguro e o mais rápido possível desse estudante, no momento, tornou-se primordial. A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO comprometeu-se em fazer o replantio de outras árvores, o que vamos cobrar. O que não apaga a história dessa árvore. Mas, vamos buscar produzir outras histórias com as novas árvores", comentou a vice-diretora  Greezy Duque em publicação no Instagram A Voz da Comunidade - Bairro de Sítio dos Pintos.

MPPE responde - "O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) segue apurando as informações sobre a questão da acessibilidade na referida Escola. Por ainda estar em fase inicial, não há maiores informações a serem repassadas neste momento", informou através da assessoria de comunicação social.