Coluna #PautaPolíticaPE desta segunda-feira

Novas adesões na campanha de Armando Monteiro - Em mais uma adesão, prefeita de Mirandiba, Rose Cléa (PSD), anunciou apoio a Armando Monteiro. Ele que vem conseguindo unir dezenas de lideranças do Sertão, inclusive vinculadas à base governista, em torno de sua candidatura a governador de Pernambuco. Em Mirandiba, em um ato histórico na cidade, a Frente de Oposições esteve junto com diversos grupos rivais no ato de apoio a Armando, ao lado dos vereadores Josa de Pedro, João Paulo, João de Fortunato, Jason, Nelinho, Jair da Barreira, Henrique de Sirilo, o ex-prefeito João Batista e os ex-vereadores Menininho e Cassiano. Já no município de Carnaubeira da Penha, o senador Armando, conseguiu fazer outro feito, colocou no mesmo palanque os principais grupos de oposição e que são adversários, entre eles, Major Jackson e o Capitão Fradique. A prefeita de Calumbi, Sandra Magalhães, Sandra da Farmácia, do PT, foi outra liderança que integra a campanha do petebista. 

Dani Portela visita interior em domingo de atividades de rua -  A candidata ao governo de Pernambuco pela coligação “A esperança não tem medo” (PSOL/PCB), Dani Portela, esteve na manhã deste domingo (9) prestigiando a tradicional missa do vaqueiro de Surubim,, realizada no Parque J. Galdino. Ao lado dos candidatos a deputados estaduais Jerônimo Galvão e Joelma Carla da Juntas co-deputadas, ela acompanhou o desfile do vaqueiro que contou com centenas de participantes pelas ruas da cidade. “Me sinto muito honrada em participar de uma festa tão bonita, que mostra em cada detalhe a profissão de fé do nosso povo do interior”, afirma Dani. À tarde, a candidata esteve em reunião na cooperativa de agricultura familiar da comunidade de Sapucarana, em Bezerros. Ao lado do candidato a deputado federal Paulo Rubem Santiago, Dani Portela mostrou suas propostas para o fomento da atividade agrícola e incentivo aos pequenos produtores. “A nossa plataforma de governo coloca o pequeno produtor como mola mestra para o desenvolvimento econômico descentralizado. Valorizando a agricultura familiar é possível gerar emprego e renda, desenvolvendo nossas cidades e fazendo a economia girar melhor”, completou.