Sob gritos de "Graça guerreira", multidão se despede de Graça Araújo

Ao som de gritos de "Graça guerreira!", música religiosa e muitos aplausos guiados pela melodia pungente de uma sanfona, uma multidão se despediu da apresentadora de TV e jornalista Graça Araújo, no meio da tarde deste domingo (9). Com uma bandeira sobre o féretro, o corpo de Graça foi conduzido, dentro do Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, para o crematório. A jornalista faleceu no início da tarde desse sábado (8) aos 62 anos, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico extenso após ter passado mal na noite da última quinta-feira (6) quando estava na academia de ginástica, em Boa Viagem, no Recife.

Durante todo o velório, iniciado na noite desse sábado, milhares de pessoas, entre amigos, fãs e familiares, passaram pelo cemitério para dar o último adeus à jornalista. Uma hora antes da cremação, marcada para as 16h, houve um culto evangélico celebrado pelo reverendo Ivan Rocha, da Igreja Episcopal Carismática. A cremação foi restrita à família. "De Graça fica a graça. Era nosso esteio, nosso orgulho, nossa paixão. Ficamos sem graça. Uma vida totalmente sem Graça", desabafou a irmã da jornalista Conceição Araújo.

Por: Portal FolhaPE, com informações de Etiene Ramos e Maiara Melo