Coluna do #BlogPautaPolítica


Alepe renova mais da metade das cadeiras - Na Assembleia Legislativa de Pernambuco, 24 dos 49 deputados atuais conseguiram se reeleger, o que significa que haverá uma renovação de mais da metade do Parlamento (25 vagas). Para a nova composição na Alepe, o partido do governador Paulo Câmara (PSB) terá a maior bancada, com 11 deputados, seguida pelo PP que possuirá dez parlamentares. Quatro novas siglas terão representação na assembleia, a partir de fevereiro, que será o Avante, PCdoB, PHS e PRTB, além do crescimento da presença feminina. 


Deputados que vão deixar a Alepe em 2019 - Não se candidataram: Nilton Mota, Júlio Cavalcanti e Pedro Serafim Neto. Não se elegeram: Beto Accioly, Dr Valdi, Eduino Brito, Everaldo Cabral, João Eudes, Ricardo Costa, Vinícius Labanca, Zé Maurício, Laura Gomes, Augusto César, Socorro Pimentel, José Humberto Cavalcanti, Sérgio Leite, Jadeval de Lima, Paulinho Tomé e Edilson Silva. Os cedidos, eleitos deputados estaduais, no entanto foram convocados para compor o Governo Estadual foram Rodrigo Novaes e Aluísio Lessa e quem assume serão os suplentes Sivaldo Albino e Professor Paulo Dutra.


Novos deputados estaduais assumem em fevereiro - A novata Gleide Ângelo (PSB) obteve mais de 400 mil votos, seguido por Pastor Cleiton Collins (PP) com mais de 100 mil votos, Guilherme Uchoa Jr (PSC) mais de 70 mil votos, Doriel Barros (PT), Clodoaldo Magalhães (PSB), Rodrigo Novaes (PSD), Aglailson Victor (PSB), Lucas Ramos (PSB), Adalto Santos (PSB), Simone Santana (PSB), Joaquim Lira (PSD), Manoel Ferreira (PSC), Clarissa Tércio (PSC), Francismar Pontes (PSB), Diogo Moraes (PSB), Gustavo Gouveia (DEM), Tony Gel (MDB), William Brigido (PRB), Joel da Harpa (PP), Claudino Filho (PP), Priscila Krause (DEM), Alessandra Vieira (PSDB), Antônio Coelho (DEM), Alberto Feitosa (SD), Fabíola Cabral (PP), Rogério Leão (PR), Juntas (PSOL), Waldemar Borges (PSB), Álvaro Porto (PTB), Clovis Paiva (PP), Antonio Moraes (PP), Eriberto Medeiros (PP), Henrique Queiroz Filho (PR), Isaltino Nascimento (PSB), Romero Sales Filho (PTB), Zé Queiroz (PDT), Teresa Leitão (PT), João Paulo (PCdoB), Romero Albuquerque (PP), Delegado Lessa (PP), Roberta Arraes (PP), Antônio Fernando (PSC), Marco Aurélio (PRTB), Wanderson Florêncio (PSC), João Paulo Costa (Avante), Aluisio Lessa (PSB), Dulcicleide Amorim (PT) e Fabrizio Ferraz (PSL).


Câmara propõe obrigar empresas a identificar cabeamento - Projeto de Lei aprovado pela Câmara do Recife de autoria do vereador Eriberto Rafael obriga as empresas a identificar o cabeamento aéreo e subterrâneo com o objetivo de poder responsabilizar as empresas em casos de acidentes e de negligência com a manutenção do cabeamento. Além disso, ajudará na remoção da fiação clandestina.