Coluna do #PautaPolíticaPE


Além das insatisfações os aliados da Frente Popular guardam preocupação com as eleições de 2020 e 2022 - O processo de formação do secretariado do novo governo deixou aliados do governador Paulo Câmara (PSB) contrariados e aborrecidos. Alguns deputados não compareceram na posse do dia 1º e nem do secretariado no dia 2º, demonstrando a tensão, entre o governo, deputados e até mesmo os aliados dos parlamentares. Agora, o Palácio precisa urgentemente refazer outros desenhos para segundo e terceiro escalão na administração estadual para saber quem, realmente, ficará na Frente Popular de Pernambuco e defender o segundo mandato de Paulo. Os deputados antigos e novatos já apostam nas candidaturas próprias e as siglas começam a (re)fazer as articulações já nesses primeiros dias do novo ano. Alguns imaginavam ter reconhecimento por parte do Palácio e do próprio governador, tendo em vista a dificuldade na reeleição de Câmara. Além disso, eles também estão preocupados com o novo Governo Federal e o jeito de governar de Jair Bolsonaro. Nos bastidores, alguns deputados já falam - nos aguardem em 2020 e 2022. Já os aliados dos parlamentares também dizem nas redes sociais que as eleições municipais serão totalmente diferente.


Governo garantirá mais água para o Sertão - O governador Paulo Câmara levará, nesta sexta (4), todos os secretários que compõem o seu segundo governo para a solenidade de assinatura da Ordem de Serviço do início do Sistema Adutor de Custódia, no Moxotó. Por volta das 10h a comitiva visita a Estação Elevatória Rio da Barra, em Sertânia/PE (às margens da Barragem do Moxotó – Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco). Depois às 11h30 o governador participa da assinatura da Ordem de Serviço de implantação do Sistema Adutor para a cidade de Custódia a partir do Reservatório do Moxotó, em Custódia/PE.


Pernambuco: IPVA terá redução média de 3,2% em 2019 - Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única terão desconto de 7%. O valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) terá uma redução média de 3,2% em 2019, em relação a 2018, informa o Governo de Pernambuco. O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (FIPE). No caso dos automóveis foi registrada uma queda de 3,11%, enquanto que os caminhões tiveram uma depreciação de 4,57%. Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão um desconto de 7%. Já os proprietários que decidirem pelo parcelamento em até três vezes irão pagar a primeira prestação também em fevereiro e quitar o IPVA nos meses subsequentes, com a última parcela em abril. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos. Os carnês de pagamento começarão a ser enviados pelo Detran-PE aos proprietários a partir de 20 de janeiro de 2019, mas já poderão ser acessados no site do órgão (www.detran.pe.gov.br) no início do ano.