Coluna do #PautaPolíticaPE


Além das insatisfações os aliados da Frente Popular guardam preocupação com as eleições de 2020 e 2022 - O processo de formação do secretariado do novo governo deixou aliados do governador Paulo Câmara (PSB) contrariados e aborrecidos. Alguns deputados não compareceram na posse do dia 1º e nem do secretariado no dia 2º, demonstrando a tensão, entre o governo, deputados e até mesmo os aliados dos parlamentares. Agora, o Palácio precisa urgentemente refazer outros desenhos para segundo e terceiro escalão na administração estadual para saber quem, realmente, ficará na Frente Popular de Pernambuco e defender o segundo mandato de Paulo. Os deputados antigos e novatos já apostam nas candidaturas próprias e as siglas começam a (re)fazer as articulações já nesses primeiros dias do novo ano. Alguns imaginavam ter reconhecimento por parte do Palácio e do próprio governador, tendo em vista a dificuldade na reeleição de Câmara. Além disso, eles também estão preocupados com o novo Governo Federal e o jeito de governar de Jair Bolsonaro. Nos bastidores, alguns deputados já falam - nos aguardem em 2020 e 2022. Já os aliados dos parlamentares também dizem nas redes sociais que as eleições municipais serão totalmente diferente.


Governo garantirá mais água para o Sertão - O governador Paulo Câmara levará, nesta sexta (4), todos os secretários que compõem o seu segundo governo para a solenidade de assinatura da Ordem de Serviço do início do Sistema Adutor de Custódia, no Moxotó. Por volta das 10h a comitiva visita a Estação Elevatória Rio da Barra, em Sertânia/PE (às margens da Barragem do Moxotó – Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco). Depois às 11h30 o governador participa da assinatura da Ordem de Serviço de implantação do Sistema Adutor para a cidade de Custódia a partir do Reservatório do Moxotó, em Custódia/PE.


Pernambuco: IPVA terá redução média de 3,2% em 2019 - Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única terão desconto de 7%. O valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) terá uma redução média de 3,2% em 2019, em relação a 2018, informa o Governo de Pernambuco. O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (FIPE). No caso dos automóveis foi registrada uma queda de 3,11%, enquanto que os caminhões tiveram uma depreciação de 4,57%. Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão um desconto de 7%. Já os proprietários que decidirem pelo parcelamento em até três vezes irão pagar a primeira prestação também em fevereiro e quitar o IPVA nos meses subsequentes, com a última parcela em abril. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos. Os carnês de pagamento começarão a ser enviados pelo Detran-PE aos proprietários a partir de 20 de janeiro de 2019, mas já poderão ser acessados no site do órgão (www.detran.pe.gov.br) no início do ano.

Postagens mais visitadas deste blog

Coluna do #PautaPolíticaPE

Paulo Câmara anuncia o segundo escalão do Governo de Pernambuco

Coluna do #BlogPautaPolítica

João Fernando Coutinho terá grupo político participando das eleições 2020 para prefeitura de Pesqueira

Grupo repudia tentativas de censura na Paixão de Cristo de Casa Amarela em Recife

Produção de petróleo e gás natural em 2018

2ª semana de janeiro tem superávit de US$ 1,766 bilhão na balança comercial brasileira

Silvio Costa Filho propõe criação de Frente Parlamentar em defesa do Pacto Federativo

Coluna do #PautaPolíticaPE

Paulo Câmara recebe senadores para debater projetos prioritários para Pernambuco