Comissão Justiça e Paz emite nota oficial sobre ações do Governo Federal

A Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife (CJP), criada com o intuito de zelar pela preservação dos direitos humanos, emitiu no dia 30/07/19, nota oficial conclamando os cidadãos a cultivarem a esperança diante das ações do Governo Federal e seus impactos futuros e presentes. A CJP da Arquidiocese é integrante da Rede Brasileira Justiça e Paz e foi refundada em 25/05/2017, pelo arcebispo Dom Fernando Saburido, que retomou um projeto criado na década de 1960, por dom Helder Camara, na época de seu episcopado. O objetivo da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife (CJP) é promover os direitos humanos (direitos sociais, civis e políticos, assim como os direitos econômicos, culturais e ambientais), à luz da doutrina social da Igreja.

A CJP encontra-se sediada na Arquidiocese de Olinda e Recife e está vinculada à Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Ação Social Transformadora (Pastorais Sociais). Coordena e integra a Comissão o atual diretor do Instituto Dom Helder Camara (Idhec), Antônio Carlos Maranhão, que em sua juventude também fez parte da primeira comissão de Justiça e Paz, sob a supervisão do Irmão dos Pobres. O coordenador da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese assina a nota oficial que segue abaixo:

“A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem. A indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão, a coragem, a mudá-las”. (Santo Agostinho) Estamos vivendo tempos sombrios. A justiça e a paz, que tem na justiça sua base verdadeira e duradoura, estão sendo diuturnamente atacadas. A escalada de destruição de direitos dos cidadãos , o incentivo, pela ação ou omissão, ao desmatamento da Amazônia, à invasão das terras indígenas, à entrega do nosso patrimônio mineral, são sinais diários de violência. Não bastassem esses sinais, vemos entre outros e sem reação, a valorização do crime pela não apuração das ações das milícias, o desinteresse em apurar e punir crimes políticos, e a tentativa de criminalização de organizações não governamentais. Mais ainda, o ódio, a ironia, o desprezo e o pejorativo sendo usados sem limites, como plataformas de comunicação. Nesta última semana, todas essas sombras que nos envergonham como nação civilizada, estiveram presentes na invasão da aldeia Waiãpi por garimpeiros e no irracional ataque à memória de Fernando Santa Cruz, feito pelo presidente Jair Bolsonaro. Neste último, é impossível não explicitar nossa indignação pela forma desleal, desumana e sem base na realidade, do pronunciamento do presidente. Sim, sem base na realidade, porque na mesma semana o Estado brasileiro declarou que Fernando Santa Cruz “faleceu em razão de morte não natural, violenta, causada pelo Estado brasileiro no contexto da perseguição sistemática e generalizada à população identificada como opositora ao regime ditatorial de 1964 a 1985”.( Secretaria Nacional de Proteção Global, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos, em 24 de julho de 2019). No meio de tanta escuridão temos que ter forças para anunciar a esperança. Por isso a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife conclama a todos e todas a vivenciarem a esperança como definida por Santo Agostinho, mãe da indignação que nos impele a não aceitar as coisas como estão, e da coragem para mudá-las, usando todos os instrumentos democráticos para eliminar privilégios e garantir os direitos civis, sociais, econômicos e ambientais, que nos estão sendo usurpados, e que são indispensáveis para a construção de uma sociedade inclusiva e justa. “No meio da escuridão, em pleno voo cego, sem enxergar um palmo diante dos olhos, mesmo aí, mesmo assim, filhos da Redenção, cidadãos da Eternidade, temos que manter viva a esperança. Faz escuro, mas eu canto….”(Dom Helder Câmara)

Antônio Carlos Maranhão de Aguiar / Coordenador da CJP-AOR

Manuela D'Ávila: "Estou à disposição para apresentar meu aparelho celular à exame pericial"


NOTA À IMPRENSA - Tomando ciência, pela imprensa, de alusões feitas ao meu nome na investigação de fatos divulgados pelo “The Intercept Brasil”, e por me encontrar no exterior em atividades programadas desde o início do corrente ano, esclareço que:

1. No dia 12 de maio, fui comunicada pelo aplicativo Telegram de que, naquele mesmo dia, meu dispositivo havia sido invadido no Estado da Virginia, Estados Unidos. Minutos depois, pelo mesmo aplicativo, recebi mensagem de pessoa que, inicialmente, se identificou como alguém inserido na minha lista de contatos para, a seguir, afirmar que não era quem eu supunha que fosse, mas que era alguém que tinha obtido provas de graves atos ilícitos praticados por autoridades brasileiras. Sem se identificar, mas dizendo morar no exterior, afirmou que queria divulgar o material por ele coletado para o bem do país, sem falar ou insinuar que pretendia receber pagamento ou vantagem de qualquer natureza.

2. Pela invasão do meu celular e pelas mensagens enviadas, imaginei que se tratasse de alguma armadilha montada por meus adversários políticos. Por isso, apesar de ser jornalista e por estar apta a produzir matérias com sigilo de fonte, repassei ao invasor do meu celular o contato do reconhecido e renomado jornalista investigativo Glenn Greenwald.

3. Desconheço, portanto, a identidade de quem invadiu meu celular, e desde já, me coloco a inteira disposição para auxiliar no esclarecimento dos fatos em apuração. Estou, por isso, orientando os meus advogados a procederem a imediata entrega das cópias das mensagens que recebi pelo aplicativo Telegram à Polícia Federal, bem como a formalmente informarem, a quem de direito, que estou à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos sobre o ocorrido e para apresentar meu aparelho celular à exame pericial.

MANUELA D’AVILA

Moradores de Dois Irmãos reclamam de esgoto do RU da UFRPE


Moradores reclamam de esgoto do Restaurante Universitário (RU) da UFRPE que escorre num trecho da Avenida Professor Claudio Selva, em Dois Irmãos, bairro do Recife. A população local diz conviver com mau cheiro de esgoto há anos, além das várias promessas de resolução da situação por parte da universidade. Já se tornou um grave problema de saúde pública e nenhum órgão toma as devidas providências. Segundo informações, a UFRPE está em processo de licitação para a construção de uma estação de tratamento, para atender a área.

Circulação de ônibus no sítio histórico de Olinda

Existe a possibilidade da circulação de ônibus do transporte coletivo de passageiros no Sítio Histórico de Olinda. A proposta foi pauta de debate entre as equipes do Grande Recife Consórcio de Transporte e do prefeito Professor Lupércio. O Grande Recife já criou um grupo de trabalho para averiguar a ampliação do atendimento em parte do centro histórico.

Caso ocorra essa autorização de ônibus "rodoviários ou convencionais" transitar na área histórica da cidade, a situação pode complicar ainda mais no Sítio Histórico. Com a falta de manutenção dos bens tombados e conjuntos urbanos protegidos na localidade pode até aumentar maiores problemas para os moradores e gerar grandes gastos para o município. Antes que isso aconteça, é preciso analisar a viabilidade dessa circulação de veículos que são pesados, por meio de avaliação cuidadosa realizada pelos órgãos técnicos de defesa do patrimônio histórico e artístico cultural, além de ouvir a população local.

Padre Severino toma posse como pároco de São Lucas e vigário episcopal de Olinda


Nesta segunda-feira (29/07), a Paróquia São Lucas, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, recebeu um amigo querido para a missão pastoral. O padre José Severino da Silva volta a ser pároco de São Lucas, em substituição a frei Paulo, que saiu para servir em sua congregação de origem.

Dom Fernando presidiu a missa de posse, que foi concelebrada pelos vigários episcopais da Arquidiocese e outros representantes do clero. O novo pároco fica à frente também do Vicariato Olinda, já que o Monsenhor Albérico precisa se dedicar mais intensamente à organização do Congresso Eucarístico Nacional de 2020.

O arcebispo afirmou ser normal que os fiéis estranhem e até não gostem desse tipo de trocas nas paróquias, pois a convivência está sempre próxima do amor e do bem-querer, mas as mudanças são necessárias e trarão bons frutos para a Arquidiocese. “É pela obediência, caridade e respeito mútuo que vamos experimentar a graça de sermos discípulos e discípulas de Jesus, vivendo o verdadeiro espírito de comunidade de fé, que se ama, buscando trilhar sempre os caminhos do Senhor”, disse dom Fernando na homilia.

Muita gente foi prestigiar a noite histórica. A matriz de São Lucas estava cheia de fiéis, vindos das paróquias do Vicariato Olinda e das paróquias por onde padre Severino passou, em 22 anos de sacerdócio. Todos queriam ver o juramento de fidelidade, a profissão de fé e a renovação dos votos sacerdotais, numa verdadeira demonstração de admiração e apoio à nova missão do padre, que é também vice-reitor do Seminário Maior da Arquidiocese. Com tantas funções, o arcebispo anunciou que providenciará um vigário para ajudar o padre Severino na administração da paróquia.

Na nova caminhada, ficarão sob a responsabilidade de padre Severino a igreja matriz de São Lucas e as capelas de São Pedro e São Paulo, Nossa Senhora Aparecida, Ressurreição e Jesus Mestre. Além disso, enquanto vigário episcopal, o padre vai organizar e animar as 14paróquias que compõem o Vicariato Olinda.

“Trabalharei com afinco para não decepcionar o povo de Deus nem o senhor, dom Fernando”, disse o novo pároco ao arcebispo. “Serei tão obediente e fiel à Arquidiocese que é como se o senhor mesmo fosse, de novo, o pároco de São Lucas”, afirmou. Padre Severino usou a expressão “de novo” porque dom Fernando foi pároco de São Lucas no final dos anos 90, até ser nomeado bispo auxiliar de Olinda e Recife, em 2000.

Com muita alegria e humildade, padre Severino recebeu a chave da Paróquia e comemorou o início da caminhada com a comunidade presente.

Pascom AOR

No Recife, shoppings são obrigados a disponibilizar fraldários em banheiros

Foto: Reprodução/Facebook

Os shoppings e estabelecimentos privados, em funcionamento no Recife, são obrigados a disponibilizar fraldários em banheiros feminino e masculino, ou, alternativamente, em local acessível tanto a homens como a mulheres. É o que determina a lei 18.531, de autoria do vereador Ivan Moraes Filho (PSOL).

Governadores definem Plano de Trabalho do Consórcio Nordeste

Entre as primeiras medidas aprovadas está a criação de central única de compras

O Plano de Trabalho do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste foi definido nesta segunda-feira (29/07), durante encontro, na Bahia, que reuniu governadores que compõem o colegiado. O documento, que apresenta o planejamento estratégico da ferramenta, aponta as primeiras ações que serão realizadas nos próximos 12 meses pela associação dos Estados, como a criação de uma central única de compras. O pernambucano Paulo Câmara pontuou que a atuação consorciada contribuirá para a aceleração do crescimento da região.

"A criação do Consórcio e a sua instrumentalização em favor de políticas públicas e de serviços de qualidade vai ajudar muito todos os Estados. E isso vai fazer a Região Nordeste ter condições de crescer mais rápido, diminuir desigualdade e melhorar o que é oferecido à população", destacou Paulo Câmara.

A formalização do Consórcio Nordeste e o lançamento do seu Plano de Trabalho também permitirão a integração de dados estaduais e sistemas de informação para organizar indicadores para planejamento e ações do consórcio, em sintonia com o Plano Nacional de Desenvolvimento do Nordeste; a construção de uma agenda internacional buscando parcerias institucionais e financiamentos de projetos com outros países e a elaboração de estudos para criação de um fundo de investimentos que estimulem a atração e ampliação de empresas no Nordeste, funcionando como uma agência de fomento.

"O Consórcio vem justamente para melhorar a qualidade da gestão pública e proporcionar aos Estados um instrumento para que se possa fazer mais com menos, gastando menos recursos, mas podendo aproveitar o que há de cada vez mais bem-feito por parte dos Estados e que possa ser compartilhado", completou o governador de Pernambuco.

Também está presente na agenda da associação estadual a apresentação do Nordeste Conectado, um projeto que visa interligar a região por meio de fibra óptica. Esse projeto será detalhado e apresentado de forma mais concreta nos encontros posteriores do Consórcio.

As diretrizes do Plano de Trabalho foram divulgadas em uma carta, escrita conjuntamente pelos governadores. Também consta no documento pontos referentes à segurança pública, considerados emergenciais para os Estados nordestinos, a liberação imediata de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e a implementação das ações asseguradas no Sistema Único de Segurança Pública (SUSP).

Além de Paulo Câmara, assinaram o documento os governadores Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), João Azevedo (PB), Wellington Dias (PI), Fátima Bezerra (RN), e Belivaldo Chagas (SE); e os vice-governadores Luciano Barbosa (AL) e Izolda Cela (CE), representando Renan Filho e Camilo Santana, respectivamente. Segue, em anexo, a carta assinada pelos governadores do Nordeste.

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Tadeu Alencar critica discurso de ódio de Bolsonaro sobre Fernando Santa Cruz

O deputado federal Tadeu Alencar, líder do PSB na Câmara, criticou duramente as declarações do presidente Jair Bolsonaro que, em entrevista, disse que, “se o presidente da OAB quiser”, ele conta como foi que “o pai dele desapareceu” durante o regime militar. Para Bolsonaro, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, filho do desaparecido político Fernando Santa Cruz, “não vai querer saber” os motivos que levaram o pai a sumir durante a ditadura. “O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco, e veio a desaparecer no Rio de Janeiro”, afirmou Jair Bolsonaro.

“O destino poupou Dona Elzita Santa Cruz, mãe de Fernando, de ouvir uma sandice dessa e sofrer ainda mais, ela que passou 43 anos à procura de notícias do filho. A afirmação é um escândalo, um imenso desrespeito, ainda mais saída da boca de um presidente da República que deveria pugnar pela paz no seu país e não disseminar esse discurso de ódio e intolerância”, pontuou o parlamentar socialista.

“É difícil saber onde um país vai parar quando o seu presidente age do jeito que Bolsonaro age”, salientou Tadeu, que se manifestou solidário a Felipe Santa Cruz e a toda família de Dona Elzita Santa Cruz, que morreu no último mês de junho, aos 105 anos de idade. “Estou ao lado deles, de Felipe, de Dona Elzita e do vereador Marcelo Santa Cruz, meu companheiro de militância e amigo de longa data”, disse o deputado.

Fernando Santa Cruz desapareceu em 23 de fevereiro de 1973, em Copacabana, após ser preso junto ao também pernambucano Eduardo Collier Filho. Os dois pertenciam à Ação Popular Marxista-Leninista (APML) que, ao contrário do que disse Bolsonaro, não praticava a oposição armada ao regime militar.

Depois de preso, Fernando e Eduardo desapareceram. A única notícia a respeito do paradeiro dos dois só chegou em 2014, no livro “Memórias de uma guerra suja”, do ex-agente do DOPS, Cláudio Guerra, que confessou ter sido encarregado de “sumir com 12 corpos” de militantes mortos sob tortura. Esses corpos teriam sido jogados em uma das caldeiras de uma usina de açúcar, em Campos, RJ. A saga de Dona Elzita em busca de informações sobre Fernando rendeu duas edições do livro “Onde Está Meu Filho?”.

Recife: Animais pelas ruas do Cordeiro


Quase que diariamente, animais de grande porte circulam pela Rua Dom José Pereira Alves, bairro do Cordeiro, no Recife, em Pernambuco, comendo tudo que encontram pela frente, principalmente lixo deixado nas portas das residências, esperando a coleta passar. Na maior das vezes, ao comer o lixo, deixa o local na maioria imundície. Prefeitura precisa colocar fiscais no local, para descobrir quem são os donos dos animais, aplicar multa pesada e, apreender os bichos. Fonte e Foto: Firmino Caetano Junior.

Internado em Recife, Almir Rouche tem melhora no estado de saúde


Boletim divulgado por hospital apresenta melhoria no quadro de saúde do cantor pernambucano Almir Rouche. Contudo, artista segue em CTI, em monitoramento.

"O Hospital Santa Joana Recife informa que o Sr. Almir Cavalcanti de Lima, internado na instituição na última segunda-feira (22/7), após sofrer hemorragia cerebral por ruptura de aneurisma, segue em tratamento no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da unidade. O paciente encontra-se lúcido e em monitoramento constante. Seu estado de saúde é estável.", informa o boletim médico do Hospital Santa Joana Recife

Caruaru melhora desempenho no ranking de água e esgoto divulgado pelo Instituto Trata Brasil

O município de Caruaru, no Agreste do Estado, foi uma das cidades que mais cresceram no ranking do Instituto Trata Brasil, que avalia a cobertura de água e esgotamento sanitário dos municípios brasileiros. De acordo com os dados, Caruaru subiu 15 posições em comparação com o mesmo ranking do ano anterior e foi o único município do Nordeste a alcançar esse desempenho. Os outros são Aparecida de Goiânia, em Goiás, e São José dos Pinhais, no Paraná. Agora, Caruaru aparece com 53,23% de atendimento total de esgoto, contra 47,82% na pesquisa de 2018. Em relação à cobertura de água, a cidade manteve os 100% da mostra anterior.

O crescimento é resultado dos investimentos constantes realizados pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa, em obras de abastecimento de água e melhorias no serviço de esgotamento sanitário no município. Segundo o ranking, o indicador de investimento/arrecadação da Compesa de 2019, em Caruaru, subiu para 47,90%. Em 2018, foi de 37,25%. Os números revelam o investimento de cerca de R$ 60 milhões da companhia no município em obras importantes como a construção da Adutora do Pirangi, para reforçar o Sistema do Prata e evitar o colapso da cidade.

Na área de esgotamento sanitário, a Compesa está investindo cerca de R$ 50 milhões em obras como a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos de Caruaru, além de requalificação do principal interceptor e de estações de bombeamento. Até o fim deste ano estará pronto o projeto de engenharia para deixar Caruaru 100% saneada com a ampliação da cobertura de esgotamento sanitário.

Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, Caruaru é uma cidade estratégica do ponto de vista econômico e geográfico e o resultado da pesquisa reflete o acerto do planejamento estratégico do Governo do Estado para melhorar a infraestrutura do município. " Estamos colhendo os primeiros frutos da firme decisão do governador Paulo Câmara em priorizar o saneamento básico. Vamos continuar os investimentos com obras já em execução como a Adutora de Serro Azul e a Adutora do Agreste para dar segurança hídrica à população. E vamos dar início agora em agosto à implantação do sistema de esgotamento sanitário do Alto do Moura, berço do artesanato do barro que deu fama à cidade pela obra do Mestre Vitalino", assegurou.

Moradores estão preocupados com risco de deslizamento de barreira no Alto Santa Izabel


A situação é complicada no Alto Santa Izabel, localidade na grande Casa Amarela, depois das fortes chuvas na região metropolitana do Recife. O perigo de deslizamento de barreiras preocupam moradores do bairro. Eles estão se revezando para monitorar a situação de uma encosta que precisa da atenção da prefeitura.

Boletim médico da situação do cantor Almir Rouche


Atualizado o boletim médico da situação do cantor pernambucano Almir Rouche. Confira na íntegra:

Recife, PE (24 de julho de 2019) - O Hospital Santa Joana Recife informa que o Sr. Almir Cavalcanti de Lima, internado na instituição na última segunda-feira (22/7), após sofrer hemorragia cerebral por ruptura de aneurisma, permanece no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da unidade. O paciente foi submetido a procedimento de embolização, encontra-se em monitoramento constante e seu estado de saúde segue grave.

Hospital Santa Joana Recife

FPI interdita fábrica irregular de laticínios e apreende mais de 2 mil quilos de alimentos impróprios para consumo na cidade de Floresta


A Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia do São Francisco em Pernambuco (FPI) interditou, na noite desta terça-feira (23), uma fábrica de laticínios irregular, localizada no município de Floresta (Sertão de Itaparica) e apreendeu 1.520 quilos de produtos sem registro e que estavam prontos para serem comercializados. Em um supermercado da cidade, também foram recolhidos 771,64 quilos de alimentos que estavam sem registro em órgãos competentes ou com problemas de conservação, entre eles estavam iogurtes, queijos e carne de frango.

A ação, que integra uma força-tarefa com mais de 20 órgãos, teve início pela manhã e se estendeu até à noite. A fábrica, que foi alvo da investida, produzia diversos tipos de iogurtes; e mesmo sem registro, nem licença ambiental para funcionar, estava comercializando os produtos em mercados e conveniências da região. Durante a fiscalização, ainda foram constatados problemas como a ausência de regularidade na dosagem de cloro, avarias no piso, tubulações em desacordo com as normas técnicas, água residual nos espaços de produção, mangueiras e registros de gás vencidos, e mais.


De acordo com a coordenadora da equipe Abate, Glenda Holanda, a fábrica estava com o registro da Adagro cancelado e não poderia estar funcionando. “Além dos problemas estruturais, não havia registro de autocontrole nas etapas do processo produtivo, a contar do recebimento da matéria-prima, seu processamento, até a finalização do produto. Isso poderia impactar na qualidade do produto e na saúde da população”, detalhou. No local, foram recolhidos 3.761 iogurtes, 1.313 embalagens rotuladas e 14 bobinas de rótulos.


A mesma operação ainda fiscalizou e apreendeu produtos sem registro ou com problemas de conservação em um supermercado de Floresta. Os alimentos foram encontrados tanto expostos nas gôndolas, como armazenados de forma inadequada na câmara frigorífica. No comércio, foram recolhidos 2.147 iogurtes; 51,22 quilos de carne de frango que estava num balde para serem descongelados; e 108 quilos de queijo coalho sem registro. O estabelecimento também foi notificado pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco por dispor de sistema de segurança contra incêndio inadequado.

Mais de 20 técnicos participaram da ação na cidade de Floresta. Todo o material recolhido na fábrica e no supermercado foi encaminhado para o aterro sanitário da cidade de Petrolândia, onde foi destruído.


FPI – Sob coordenação do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), as entidades participantes do programa são: Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro); ONG Animalia; ONG Agendha; Agência Nacional de Mineração (ANM); Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac); Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa); CemaFauna Caatinga/Univasf; Agência de Bacia Peixe Vivo; Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH); Fundação Nacional de Saúde (Funasa); Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Secretaria de Defesa Social (Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto de Criminalística e Corpo Bombeiros Militar); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Fotos: Acervo FPI/PE

Estado de saúde do cantor Almir Rouche é grave


Internado no Hospital Santa Joana, em Recife, o cantor pernambucano Almir Rouche, 50 anos, segue em estado grave. Almir deu entrada no hospital na noite desta segunda-feira (22/7), após sofrer hemorragia cerebral decorrente de ruptura de aneurisma. O cantor foi submetido ao procedimento de embolização, exames neurológicos e seguirá internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Santa Joana. 

Temporada da performance “Por Onde Andam Os Porcos” ocupa Galeria Janete Costa

Com incentivo do Funcultura, apresentações acontecem nos dias 30/07, 31 07, 02/08 e 03/08, sempre às 19h30. Trabalho convoca a gênese de um corpo outro, capaz de suportar as adversidades desse mundo

A temporada da performance “Por Onde Andam Os Porcos” ocupa a Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu), nos dias 30/07 (terça), 31 07 (quarta), 02/08 (sexta) e 03/08 (sábado), sempre às 19h30. A partir de uma releitura da imagem comum do “porco capitalista”, o trabalho convida a pensar o lugar centralizado do opressor, entendendo a humanidade como seres políticos, como indivíduos responsáveis por manter o mundo como nos foi dado, a macro e microestruturas em funcionamento. Uma sociedade que persegue a lógica 24/7, autorregulada e em eterno funcionamento. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) e estão disponíveis para compra antecipada no link http://bit.ly/Porcos-Sympla. Classificação indicativa: 18 anos.

Num mundo sem sombras, iluminado 24/7, que preza pelo constante apagamento de subjetividades dissidentes. Num mundo onde a produção não cessa e o estado hipnótico de autocobrança é o modo comum de experienciar a vida. Supõe-se que com os corpos que vivemos-somos, não será possível suportar a ruína criada por nossa própria humanidade. Por isso, a performance convoca, nessa ficção, a gênese de um corpo outro. “O que é possível agora? Precisamos permanecer aqui? Ficamos e assistimos a nossa ruína, sabendo que o mundo funcionará sem a humanidade? Se esse mundo já ruiu, é possível construir outro?”, são algumas questões levantadas.

A performance propõe, a partir de jogos e improvisos dirigidos, metáforas corporais que lidam com essas questões, sendo geridas e a cada dia reformuladas pelos criadores-intérpretes. Supondo que com os corpos que somos-vivemos, não será possível suportar a ruína criada por nossa própria humanidade, “Por Onde Andam Os Porcos” convoca a gênese de um corpo outro, capaz de suportar as adversidades desse mundo

“Por Onde Andam Os Porcos” tem direção-geral de Kildery Iara e direção de arte de Iagor Peres. Iara, com atuação nas artes do agora, em especial a dança, é interessada na investigação do movimento, nas artes integradas. Iagor tem forte atuação nas artes visuais, com interesse nas densidades e substâncias (materialidades) visíveis e invisíveis que compõem as relações no espaço. Essa colaboração traz para o trabalho o desafio de uma possível dramaturgia que propõe a condição de livre apreciação de uma exposição em galeria, num trabalho cênico. Repensando o uso do espaço.

Na performance, o local é decomposto em partes que valem como unidades e, como consequência disso, é emoldurado por limites. “Sempre percebemos o espaço que um grupo social preenche em algum sentido, como uma unidade que tanto expressa a unidade desse grupo como é por ela expresso e sustentado. A moldura, um limite definido, é para o grupo social um significado que se aproxima muito do significado para uma obra de arte: isolar a obra de arte do mundo a sua volta”, explica Iara.

No local, dentro das linhas-limites existe um mundo sujeito às normas de dentro. “Com o seu espaço existencial nitidamente consciente (porque esse é o mundo como nos foi dado), uma comunidade se entende coesa, pois a relação funcional de um elemento com o outro, ganha uma expressão espacial justo no limite que a emoldura”, diz Iara.

Incentivo – A temporada da performance de dança “Por Onde Andam Os Porcos” conta com Incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Governo de Pernambuco.

Serviço:
Por Onde Andam Os Porcos
Quando: 30/07 (terça), 31 07 (quarta), 02/08 (sexta) e 03/08 (sábado), sempre às 19h30
Onde: Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu, Avenida Boa Viagem, S/N, Boa Viagem – Recife)
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Vendas antecipadas: http://bit.ly/Porcos-Sympla
Classificação indicativa: 18 anos
Incentivo: Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Governo de Pernambuco
Informações: 81 98236-3777

Governo vai ouvir sociedade em busca de emprego para mulheres

Grupo de trabalho pretende se reunir com setor produtivo e trabalhadores para construir pacto pelo emprego com recorte de gênero.

O Grupo de Trabalho sobre Mulheres e o Mercado de Trabalho em Pernambuco iniciou a sistematização de alternativas no âmbito do governo estadual para ampliar a inserção das mulheres no mercado de trabalho. No próximo mês o grupo começa a ouvir os diversos setores da sociedade civil. A ideia é elaborar um diagnóstico e construir alternativas para a inclusão e a valorização das mulheres no setor produtivo. O GT realizou nesta segunda-feira (22) a sua primeira reunião oficial, sob coordenação da vice-governadora Luciana Santos.

“Crescimento e desenvolvimento são palavras que não existem no vocabulário do governo federal. Pernambuco luta para não se contaminar por esse ambiente. Aqui, o governador assumiu o compromisso de firmar um pacto pelo emprego e conversamos para ter um recorte de gênero. Porque há duas questões que são condição necessária para a busca por igualdade, uma é a autonomia financeira, outra o combate à cultura machista”, disse Luciana.

De acordo com ela, o GT pretende ouvir a sociedade, articular estudos e experiências e construir coletivamente caminhos para a inclusão e valorização das mulheres no setor produtivo. “Teremos reuniões com as forças vivas e com os atores reais da geração de riquezas. Vamos beber da fonte para construir um plano de ação”, indicou.

Diretor geral do ProRural e suplente de Luciana na coordenação do GT, Márcio Stefanni também ressaltou a importância de envolver todos nos debates. Nesse sentido, ele destacou a presença das deputadas Dulcicleide Amorim, Jô Cavalcanti e Kátia Cunha (Juntas) na reunião.

“Um pacto é algo que não pode ser só do Executivo. Um pacto precisa ser da sociedade, uma construção coletiva. O povo quer cidadania, e não há cidadania sem emprego e renda. Temos que ir à sociedade escutar. É essencial ouvir nossos técnicos, mas também os detentores do capital e o povo. A experiência nos mostra que o povo sabe o melhor caminho. O governo federal tem sido um dificultador, mas vamos sentar à mesa com todos e encontrar o melhor caminho”, afirmou.

Cenário

No encontro, foram apresentados dados sobre a situação das mulheres no estado e os programas já desenvolvidos pelo governo. Em Pernambuco, a taxa de participação na força de trabalho, das pessoas de 14 anos ou mais, é de 55 % da população total. Desses, 66 % são homens e 44 % são mulheres. O rendimento médio dos homens é 12,4% maior que o das mulheres.

Além disso, os empregos para mulheres estão concentrados no setor de serviços (72%), ao passo que a indústria representa apenas 7,6% dos empregos femininos.

Pernambuco possui 380 mil donas de pequenos negócios. Grande parte delas (88%) desenvolvem atividades por conta própria e 11,5% são empregadoras. Entre essas empreendedoras, 79% não possuem CNPJ e 63% recebem até 1 salário mínimo.

O GT foi instituído pelo Decreto Nº 47.386/2019, assinado em abril por Luciana Santos, no exercício do governo. O objetivo é avaliar as atividades econômicas no Estado e contribuir para construção do Pacto pelo Emprego, fortalecendo a presença das mulheres no mundo do trabalho.

O grupo deverá se reunir uma vez por mês, podendo, conforme demanda interna, realizar reuniões extraordinários. O próximo encontro ocorrerá no dia 5 de agosto. A meta é realizar levantamento e caracterização das atividades econômicas do Estado e das oportunidades existentes para as mulheres, realizando fóruns de debates específicos, em parceria com a sociedade civil e o setor produtivo.

Coordenado pela vice-governadora, o GT é composto por representantes das secretarias de Planejamento e Gestão, da Cultura, da Mulher, de Ciência, Tecnologia e Inovação, de Desenvolvimento Econômico, de Trabalho, Emprego e Qualificação e da Fazenda.

Fotos: Diego Galba/VG

Recife Mariners bate Bulls Potiguares dentro da Arena das Dunas

Mesmo com o apoio da torcida e jogando em casa, o Bulls Potiguares não conseguiu segurar o ataque potente do Recife Mariners. Neste domingo (21), o time pernambucano foi à Natal, no Rio Grande do Norte, enfrentar os donos da casa numa partida pontilhada de grandes lances. O jogo ocorreu na Arena das Dunas, na capital potiguar.

Os Marinheiros abriram o placar com o lançamento do quarterback Jake para o wide receiver Pedro Brito, que recebeu a bola praticamente dentro da endzone, marcando o primeiro touchdown para os Azuis. O Mariners anotou mais dois pontos com a conversão do camisa 44, Lucas Adolfo. Ainda no primeiro quarto, o time da casa pontuou pela primeira vez, com um field goal. No segundo quarto, o Bulls virou o placar com o primeiro TD da equipe potiguar e marcando o segundo em seguida, porém, na volta do intervalo, os recifenses correram atrás do prejuízo e pontuaram com mais um touchdown, dessa vez do running back Adolfo.

Já no último período do jogo, o Time da Cidade retomou a dianteira da partida, numa nova dobradinha do QB Jake e do reciever Brito. Na conversão de dois pontos, o Mariners chegou ao placar 15 X 22. O Bulls pontuou novamente, encostando no placar, mas não conseguiu deter a velocidade do wide reciever Jonathas Japa, que correu praticamente sozinho direto para a endzone e, anotando mais dois pontos na conversão, o running back Victor Lima. Final da partida com vitória dos Azuis por 21 X 30.

Próxima partida do Recife Mariners será em casa, na Arena de Pernambuco. O jogo será contra o rival pernambucano, Santa Cruz Pirates. O Clássico dos Mares ocorrerá no dia 11 de agosto, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.

Olinda tem novo vigário episcopal


Em reunião neste sexta-feira (19/07), no Palácio dos Manguinhos da Cúria Metropolitana, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, anunciou que aceitou a renúncia do monsenhor José Albérico Bezerra ao cargo de vigário episcopal de Olinda. O antigo vigário entendeu que precisará dedicar-se mais intensamente à função de secretário geral do 18 Congresso Eucarístico Nacional, que vai acontecer em 2020 na Arquidiocese. Para assumir o Vicariato Olinda, dom Fernando convidou o padre José Severino da Silva, pároco de Nossa Senhora das Dores, em Apipucos.

“Compreendo perfeitamente a preocupação do monsenhor Albérico em dedicar-se ao Congresso, pois a responsabilidade e o trabalho são grandes e demandam maior disponibilidade”, disse o arcebispo. De fato, as atividades estavam acumuladas – vigário episcopal, pároco de São Pedro Mártir, cura da catedral e secretário do Congresso. Há pouco tempo, entregou a Paróquia. Agora, entrega o Vicariato. “A Igreja é missionária e, como missionários, às vezes precisamos nos desinstalar para construir adiante, atendendo às necessidades do povo de Deus”, explicou o monsenhor.

Missão é, portanto, a palavra de ordem. Para viabilizar o trabalho como novo vigário episcopal, padre Severino vai morar em Olinda, assumindo a administração da Paróquia São Lucas, em Ouro Preto, já que o atual pároco, frei Paulo, precisa voltar para suas origens na ordem carmelita.

A nova casa de padre Severino, no entanto, não é tão nova assim: ele é muito conhecido e querido por lá, pois assumiu São Lucas quando então o pároco, padre Fernando Saburido (sim, ele mesmo) foi nomeado bispo auxiliar de Olinda e Recife, em 2000. Inspirado pelo Espírito de Deus, o hoje arcebispo de Olinda e Recife lembrou o nome de dom Severino, por sua experiência em 22 anos de sacerdócio e por seu conhecimento de Olinda, tanto física quanto pastoralmente.

São muitas as mudanças: padre Severino sai de Apipucos e vai para Ouro Preto; quem assume Apipucos é o padre Fabiano Cabral, de Vitória de Santo Antão. E o padre Alberto, que é vigário em Vitória, assume como administrador paroquial. “É um ajuste necessário para que a Igreja caminhe e continue dando frutos”, comentou dom Fernando.

Para o padre Severino, que depois de três anos interrompe em Apipucos seu planejamento pastoral, os desafios são grandes e devem ser enfrentados com fé e alegria. Muda de paróquia, de cidade e assume um Vicariato com 14 paróquias e dezenas de comunidades. “Fui pároco de Casa Caiada por 18 anos e tenho grande carinho por Olinda”, disse o padre José Severino. “Quero, com humildade, caminhar pastoralmente, escutar padres e leigos e continuar o trabalho bonito do monsenhor Albérico no Vicariato”, completou.

Por enquanto, o padre Severino continua vice-reitor do Seminário Nossa Senhora da Graça. Monsenhor Albérico continua sendo, até nova missão, o responsável pela Catedral de Olinda.

Pascom AOR

Alcione critica Bolsonaro por fala sobre o povo do Nordeste


A cantora Alcione criticou o presidente Jair Bolsonaro por fala sobre o povo da região Nordeste. Alcione foi mais uma entre as milhares de pessoas que se somaram à campanha virtual em defesa da população nordestina. Em um vídeo no seu Instagram, ela defendeu o povo nordestino e os maranhenses. "Respeite o Maranhão e o Nordeste", disse a Marrom. A publicação já tem mais de 286 mil visualizações e 21 mil comentários, além de viralizar nas redes sociais. 



"Presidente Bolsonaro, eu não votei no senhor e não me arrependo. Eu sou uma brasileira que não torço contra o governo, não sou burra. Eu sei que se torcer contra, estou torcendo contra o meu país. Agora meu pai sempre me dizia, que meu avó já dizia para ele: “QUEM QUER RESPEITO, SE DÁ”. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. RESPEITE O MARANHÃO. O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. RESPEITE O POVO BRASILEIRO." disse Alcione.

Compesa realiza serviços para restabelecer fornecimento de água no bairro de Dois Irmãos

Foto: Reprodução/Google Maps
Em resposta "Moradores reclamam de falta d'água em Dois Irmãos no Recife", a Compesa informa que o problema que motivou a falta de água no Sítio São Brás, o conserto de um vazamento, foi finalizado no prazo informado anteriormente.

O atual desabastecimento decorre da necessidade de serviços de manutenção emergencial em um registro na Estação Elevatória Sítio São Brás (sistema de bombeamento).

A previsão é que os serviços, iniciados ontem (18), sejam finalizados até a próxima segunda-feira (22), quando será retomada a distribuição de água da localidade.

Assessoria de Imprensa/Compesa.

Em carta, governadores do Nordeste pedem esclarecimentos ao presidente Jair Bolsonaro


Carta dos Governadores do Nordeste - Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.

Presidente ofendeu o povo do Nordeste e ataca governadores da região


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) vem colecionando dezenas de declarações polêmicas. Nesta sexta-feira (19) fez mais uma e foi ofendendo o povo do Nordeste, os governadores da região e atacando o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), sem perceber que estava sendo gravado. No vídeo divulgado pela Senadora Vanessa Grazziotin, o presidente diz “Daqueles governadores de "paraíba" o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”. 


Na publicação a senadora Grazziotin comentou "Nenhum presidente pode prejudicar o povo de um estado por conta de diferenças políticas. É um crime contra o povo do Maranhão". Em entrevista para o Portal Vermelho, governador Flávio Dino rebateu ameaça de Bolsonaro: “Independentemente de suas opiniões pessoais, o presidente da República não pode determinar perseguição contra um ente da Federação. Seja o Maranhão ou a Paraíba ou qualquer outro Estado.”.

Campanha Violência contra a Mulher Não Dá Frutos no Festival de Inverno de Garanhuns

Foto: Reprodução/Facebook
A Secretária da Mulher do Estado de Pernambuco (SecMulher-PE) estará presente no Festival de Inverno de Garanhuns disponibilizando ações preventivas no enfrentamento da violência contra a mulher. A proposta é levar a Campanha Violência contra a Mulher Não Dá Frutos, visitando as regiões de Garanhuns, Brejão e Bom Conselho com a Unidade Móvel nos dias 23, 24 e 25 de Julho.

Bianca Rocha, Diretora de Enfrentamento da Violência de Gênero da SecMulher-PE, irá acompanhar as visitas junto com a Assessora de Diretoria da SecMulher-PE, Bárbara Apolinario. No domingo (23), a unidade estará na Comunidade de Castainho, pela manhã, e na comunidade de Miracica, no período da tarde. Já na segunda-feira (24), as ações acontecem na Comunidade de Santa Rita manhã e, à tarde, segue para o Sítio Baixa de Lama. As visitas se encerram na cidade de Bom Conselho na terça-feira (25-07), no sítio Amargoso, pela manhã, e no Sítio Jerimum, no período da tarde.

A Campanha Violência contra a Mulher Não Dá Frutos disponibiliza de atendimentos individuais, realizados por equipes multiprofissionais que acontecem dentro das unidades móveis, por demanda das mulheres, após as rodas de conversas. As mulheres acompanhadas de crianças dispõem ainda de recreadoras, disponibilizadas pelo município, para desenvolver atividades lúdicas e pedagógicas com as filhas e filhos menores.

O enfrentamento da violência contra a mulher no Festival de Garanhuns, contará com visitas às mulheres com a unidade móvel popularmente conhecida como o Ônibus Lilás, através de atendimento jurídico, psicossocial e de rodas de diálogo com os diversos segmentos femininos. Além disso, também acontecem capacitações e elaborações de planos de intervenção para o enfrentamento desse tipo de violência praticado contra a mulher. A Campanha Violência contra a Mulher não dá Frutos é um ação oriunda da Comissão de Mulheres Rurais.

Instituto de Olhos do Recife operou 98 pacientes com catarata, no último fim de semana

Realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, mutirão de cirurgias de catarata deve atender mais de 300 pacientes até o fim deste mês

O Instituto de Olhos do Recife participa do mutirão de cirurgias de catarata, organizado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Pernambuco (SES-PE), neste mês. No último fim de semana, dias 13 e 14, a equipe do IOR operou 98 pacientes. As próximas intervenções estão previstas para os próximos dias 20, 21, 27 e 28, nas instalações do IOR, no Espinheiro. A expectativa é operar gratuitamente mais de 300 pacientes, até o fim deste mês.

Coordenador da ação no IOR, o oftalmologista Gerber Caraciolo diz que o objetivo da campanha é contribuir com a SES-PE para diminuir a fila de espera pelo procedimento no Estado. “Estamos engajados em trazer qualidade de vida para pacientes que estão com a visão comprometida devido à catarata. Para isso, disponibilizamos o talento dos nossos melhores especialistas, bem como equipamentos e materiais de ponta”, destaca.

CATARATA - De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a catarata é a maior causa de cegueira reversível no mundo. Estimativas mostram que 285 milhões de pessoas estão visualmente prejudicadas, sendo que 90% vivem em países em desenvolvimento, como o Brasil. “A catarata consiste na opacidade total ou parcial do cristalino, a lente natural do globo ocular, levando à diminuição progressiva da visão e até mesmo à cegueira”, explica o doutor Caraciolo.

A doença ocular é tratada exclusivamente através de cirurgia que, a despeito de ser rápida e segura, exige todo cuidado, já que o cristalino é uma estrutura intraocular localizada atrás da córnea, porção mais anterior e transparente do olho. A intervenção é uma das mais realizadas no mundo e tem evoluído constantemente no que se refere à tecnologia, materiais e lentes utilizadas.

Serviço:
Mutirão de Cirurgias de Catarata no IOR
Coordenação: Dr. Gerber Caraciolo
Fone: 2122.5000

Moradores reclamam de falta d'água em Dois Irmãos no Recife

Foto: Reprodução/Google Maps
Os moradores do bairro de Dois Irmãos, em Recife, continuam reclamando que estão sem água nas torneiras na região. Desta vez, os moradores dizem que a comunidade voltou a sofrer com a falta de água há pelo menos há uma semana nas casas localizadas na rua Sítio São Braz, próximo ao posto de saúde. A população achou que se tratava de algo temporário novamente e ficou na esperança do abastecimento voltar e até hoje nada.

A Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento) prometeu aos moradores que seria retomada a distribuição de água para essas localidades no dia 10/07 e chegou mesmo água nas troneiras. A companhia informou que o problema da falta de água naquela semana foi devido a serviços de manutenção na rede de abastecimento da Rua Sítio São Braz (conserto de vazamento).

Porém, a realidade da população é outra. “Na quarta (10) chegou, mais na sexta (12) acabou, no sábado nada, no domingo também nada de água e a gente sem saber o que estar acontecendo”, diz os moradores.

Resposta da Compesa:

Secretaria implementa Comitê Técnico Regional de Saúde LGBT em Pernambuco

Os 11 municípios que compõem a IX Gerência Regional de Saúde (Geres), com sede em Ouricuri, no Sertão pernambucano, passarão a contar com um Comitê Técnico Regional de Saúde Integral da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), dispositivo que reunirá representantes de diversos órgãos públicos e da sociedade civil para elaboração de ações e serviços voltados para a população LGBT. A implementação do Comitê foi aprovada nesta quarta-feira (17/07), com transmissão de videoconferência pelo Núcleo de Telessaúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

"O objetivo do Comitê é ser mais uma ferramenta para a interiorização da Política de Saúde LGBT no Estado. Os membros do grupo se reunirão bimestralmente para desenvolver ações e serviços voltados para o cuidado e acolhimento da população LGBT", pontua o coordenador de Saúde LGBT da SES-PE, Luís Valério Soares. A mobilização para instituir o Comitê Técnico Regional de Saúde LGBT na região foi coordenada pela gerente da IX Geres, Joelma de Jesus Rodrigues. Além de Ouricuri, a VIII Geres, com sede em Petrolina, e a XI Geres, com sede em Serra Talhada, também no Sertão do Estado, contam com comitês regionais de Saúde LGBT.

O Comitê Técnico Regional de Saúde LGBT da IX Geres será composto por representantes das seguintes entidades: secretarias municipais de saúde da região, Vigilância em Saúde, Regulação em Saúde, Atenção Básica de Saúde da IX Geres, Conselhos Municipais de Saúde dos municípios da localidade, Hospital Regional Fernando Bezerra, Hospital Filantrópico de Araripina (Hospital Santa Maria, Secretaria de Educação, autarquia de Educação e campus do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) da região.

Comitê - O Comitê Técnico de Saúde Integral da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) de Pernambuco, instituído pela portaria nº 445 de 27 de agosto de 2012, tem a finalidade de promover a universalidade do acesso às ações e serviços de saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O dispositivo tem como objetivo discutir e acompanhar a Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, bem como a implantação desta Política do Estado de Pernambuco, garantindo a equidade na atenção à saúde para estas pessoas. Desde sua formação, vem acompanhando as discussões da saúde para a população LGBT em Pernambuco e fomentando a discussão em diversos espaços públicos, sejam eles governamentais ou não.

Beto Andrade volta ao rádio com o Conexão


O Conexão Beto Andrade está de casa nova, estreia na próxima segunda, dia 22 de julho, às 10h, na Rádio Nordeste (FM 104.9), em Recife. Beto é radialista, jornalista e produtor, tem uma larga experiência e trajetória na área de comunicação. Retorna ao rádio com a sua alegria contagiante e o show de variedades.

Casas Populares da BR 232 lança seu 1º álbum na Terça Negra e no Festival do Coco de Umbigada

Shows gratuitos acontecem nos dias 23 e 25 de julho. Intitulado “Negraíndia”, disco celebra 15 anos de trajetória do grupo. Gravação do CD e apresentações de itinerância nacional têm incentivo do Funcultura

Após 15 anos de trajetória, a banda Casas Populares da BR 232 lança seu primeiro álbum. Nos próximos dias 23 (terça), 22h, e 25 (quinta) de julho, 21h, o grupo faz os primeiros shows de “Negraíndia”, na Terça Negra (Pátio de São Pedro, Recife) e no Festival do Coco de Umbigada (Olinda). As entradas dos eventos são gratuitas. Sob a direção da produtora, cantora e compositora Isaar, o trabalho traz uma mensagem de solidariedade e amor, com canções de protesto e liberdade, passeando pelas tradições musicais do Nordeste e Norte do Brasil, pensando ainda nas expressões musicais de Matriz Africana e indígena da América Latina. “Negraíndia” já está disponível para audição nas principais plataformas digitais. Com Incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), além destes shows, a banda vai circular por João Pessoa/PB, Brasília/DF e São Paulo/SP.

Formado por Carol Lopes, Joaninha Xeba, Natália Lopes, Raquel Santana, Eric Caldas e Josy Caldas, o Casas Populares da BR 232 exalta a tradição guardada com as mulheres do Brasil. “Negraíndia é o nome de nosso primeiro álbum porque esta é uma oportunidade de mostrarmos um trabalho musical de força para todos. Principalmente, para todas as mulheres negrasíndias, como nós, que fazem da música afro-brasileira uma fonte de conexão com a natureza e a ancestralidade”, explica Natália Lopes.

O novo álbum das Casinhas vem com uma mistura de vários ritmos, que ilustram a multiculturalidade de Pernambuco. “Possui cirandas, representando a Mata Norte; afoxés, representando nossa raiz negra; samba e ciranda; e coco, que é o ritmo chefe da banda, que foi formada nas sambadas de coco da Região Metropolitana”, conta Joaninha Xeba.

Reunindo e sintetizando os 15 anos de estrada da banda, “Negraíndia” é composto por 10 músicas gravadas em estúdio. Além de produzir o disco, Isaar empresta o seu timbre marcante na faixa “Terra Preta & Negraíndia”. Quem também participa do álbum é o cantor, compositor e rabequeiro Maciel Salú, em “Peleja Ancestral”. Os temas das músicas passam pela força das negras e das índias, pelas histórias não contadas nos livros, pela necessidade de liberdade e tantos outros assuntos difíceis, mas que fazem parte do cotidiano.

“Neste ano, nosso grupo completa 15 anos de trajetória, de música e amizade, de muitos caminhos tomados juntos, outros caminhados por cada uma individualmente, sempre na busca de referências musicais e de composições muito populares, vindas da oralidade, sem negar nossas influências da dita ‘world music’. ‘Negraíndia’ para mim é um presente, mas também um chamado e uma luz levada em nossas vozes e tambores. Uma parte de nossas melhores vibrações”, comenta Natália Lopes, sobre o lançamento do álbum.

Incentivo Funcultura – O projeto “Casas Populares da BR 232 – Itinerância Nacional” consiste na gravação, lançamento, itinerância por Recife/PE, João Pessoa/PB, Brasília/DF e São Paulo/SP, com a realização de duas oficinas e shows cases em duas escolas públicas na Região Metropolitana do Recife. As ações contam com Incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Governo de Pernambuco.

Serviços:
Shows de lançamento de “Negraíndia”, primeiro álbum do Casas Populares da BR 232

Recife: Terça Negra
Quando: 23/07 (terça-feira), 22h
Onde: Pátio de São Pedro
Entrada: gratuita

Olinda: Festival do Coco de Umbigada
Quando: 25/07 (quinta-feira), 21h
Onde: Beco da Macaíba (Rua João de Lima, 42 Guadalupe, Olinda)
Entrada: gratuita

Rádio Olinda faz 70 anos com festa para as famílias

Para comemorar os 70 anos da Rádio Olinda, a emissora promove, no dia 3 de agosto (sábado), o Encontro das Famílias no EREM Ginásio Pernambucano da Avenida Cruz Cabugá, no Recife. Será um dia inteiro de oração, músicas, pregação, missa e adoração, com participação dos comunicadores e ouvintes da Rádio. Das 8h às 17h, o clima será de celebração pela amizade e pela vida, com uma programação diferente que será transmitida ao vivo pela emissora.

“É uma data importante para nós e para todos que acompanham a programação da Rádio”, disse o padre Luciano Brito, diretor executivo da emissora. “Queremos dividir com nossos ouvintes e suas famílias a alegria de sermos, há 70 anos, a ‘Rádio da Família’, levando aos lares de Pernambuco a Palavra de Deus, o amor do Evangelho, o cuidado com o próximo”, comentou o padre, que é também vigário geral da Arquidiocese de Olinda e Recife e pároco de Nossa Senhora de Fátima, em Boa Viagem.

Única emissora de Pernambuco com programação exclusivamente católica, a Rádio Olinda tem o objetivo de dar sustentação à evangelização da Igreja local através de informações jornalísticas responsáveis, música, reflexões, catequese e entretenimento. “Importante dizer que a programação atinge também os que, por algum motivo, não têm condições de ir à igreja e acompanham as missas pelas transmissões ao vivo”, completou o diretor.

O Encontro das Famílias, neste 3 de agosto, vai reunir comunicadores e ouvintes da Rádio Olinda. Para participar, é preciso ter o ingresso que, se comprado antecipadamente, dá direito ao almoço (ver locais de venda abaixo). Estão confirmadas as presenças dos padres Luciano Brito, Damião Silva, Rosivaldo Torres, Marcelo Silva, Cosmo Francisco e João Carlos.

Data: 03 de agosto de 2019 (sábado)
Hora: 8h00 às 17h00
Local: EREM Ginásio Pernambucano – Av. Cruz Cabugá, 269, Santo Amaro, Recife-PE

Ingresso Antecipado: R$ 20,00 (direito à entrada + 1 Almoço)
Ingresso no dia: R$ 20,00 (entrada sem almoço)

Pontos de vendas:
Livraria Paulinas – 3224-5812
Rádio Olinda – 3444-7979
INGRESSOS LIMITADOS

Pascom AOR

Em Pernambuco, Arena Games terá atrações para os amantes de videogames


A cidade de São Lourenço da Mata (PE) será palco da Arena Games, evento geek a ser promovido pela Arena de Pernambuco nos dias 27 e 28 de julho.

Repleto de atrações para os amantes de videogames, o projeto chega a sua segunda edição com diversos campeonatos de jogos clássicos, Arena Just Dance, desfile de cosplays, jogos arcade (para os fãs de games antigos), espaço Minecraft, feira com produtos geek e apresentações cover de grupos locais de K-pop, o pop coreano.

Voltado aos fãs do universo nerd, a Arena Games ressalta o perfil multiuso da Arena de Pernambuco. Na primeira edição do projeto, em 2017, o evento levou 22 mil pessoas em um dia ao equipamento.

Parada de ônibus pede socorro na Avenida Recife


Esta parada de ônibus número 020162, instalada na Avenida Recife, bairro do Ipsep, no Recife, em Pernambuco, está com a sua estrutura comprometida. Uma liga de ferro já caiu e está escorada no muro, e pode cair a qualquer momento. Usuário pedem providência ao Grande Recife Consórcio de Transporte, no sentido de enviar ao local, uma equipe para resolver o problema, antes que não caia na cabeça de alguém.

Entulhos em parada de ônibus no Cordeiro

O banco desta parada de ônibus número 060110, instalada na Avenida General San Martins, bairro do Cordeiro, no Recife, em Pernambuco, estava tomado no último dia 14.07.2019, pela manhã, ao invés de usuários, por um monte de sacos de entulhos de resto de construção, como mostra este flagrante. Realmente um povo sem educação. Pelo material deixado pode ser de alguém que vem construindo alguma coisa na área. Prefeitura precisa descobrir quem é, e aplicar multa pesada.

Fezes na parada do BRT na Caxangá

Este flagrante de fezes no chão, não se sabe de humanos ou de animal, mas provavelmente de cachorro por não está causando um mau cheiro na hora, foi realizado na Estação Forte do Arraial, dos ônibus da BRTs, na Avenida Caxangá, bairro do Cordeiro, no Recife, em Pernambuco. Isso prova que não existe um um sistema de segurança para evitar cena inadmissível com essa. Todos entram e fazendo o que bem entende. Cadê o serviço de segurança?

Fonte e Fotos: Firmino Caetano Junior. Recife-PE.

RESPOSTA:

O Grande Recife informa que uma equipe de manutenção visitou o local e realizou a substituição da parada na Avenida Recife no bairro do Ipsep.