Manuela Marinho é indicada para a presidência da Compesa

O governador Paulo Câmara (PSB) deve fazer mudança na presidência da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) depois de 8 anos de comando do administrador Roberto Tavares. Agora, a presidência deverá ser de uma mulher. 

Em 48 anos de existência da companhia, a engenheira civil Manuela Marinho foi a primeira mulher indicada para assumir a Compesa.  Manuela é pós-graduada em Segurança do Trabalho, coordenou o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) e foi secretária de Turismo e Lazer em 2018. Ela comandava a área de Transportes da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos e é também auditora fiscal da Secretaria da Fazenda da Paraíba. 

O nome de Manuela Marinho ainda será submetida ao Conselho de Administração da companhia, na próxima semana. Já o atual presidente da Compesa, Roberto Tavares, será assessor especial na Secretaria da Fazenda de Pernambuco.