Deputado Daniel Coelho se encontra em Brasília com a delegada Patrícia Domingos

A delegada de Polícia Civil de Pernambuco, Patrícia Domingos, foi convidada a explicar na Câmara dos Deputados, detalhes do processo de extinção da Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos de Pernambuco (Decasp). Antes do evento, Patrícia se reuniu com o líder do Cidadania, deputado Daniel Coelho (PE).

A audiência pública foi realizada nesta quarta-feira (4) na Comissão de Segurança Pública da Casa.

A unidade de Polícia que era chefiada por Patricia, a Decasp, foi extinta por decisão do governador Paulo Câmara (PSB) após realizar mais de 15 operações, que resultaram em 49 presos, entre políticos e empresários envolvidos em esquemas de corrupção que, juntos, superam R$ 150 milhões.

De acordo com Daniel, o caso de perseguição pelo governo local à delegada repercutiu nacionalmente.

“Essa polêmica acabou ganhando o Brasil. É lamentável o que ocorreu em Pernambuco (fechamento da Decasp), mas ao mesmo tempo, é preciso lutar para que este episódio não se repita”, disse Coelho.

Patrícia foi convidada por parlamentares que discutem a extinção pelo governo do Tocantins de uma delegacia local que também combate a corrupção.

“A gente traz esta experiência ocorrida em Pernambuco para poder servir ao debate e trazer à luz estes fatos”, disse a delegada, em entrevista a jornalistas.