TJPE condena Youtubers que invadiram Cotel em 2018

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) condenou três youtubers que invadiram o Centro de Observação Criminológica e Triagem (Cotel), no município de Abreu e Lima, para gravar uma pegadinha. Gerson Farias de Albuquerque, Mateus Kleber Santos de Oliveira e Wesllay Meireles Lopes Costa usavam fantasias dos personagens da série La Casa de Papel, exibida pela Netflix, quando acabaram detidos em 2018.

Agora, quase um ano e nove meses depois, eles foram condenados pelos crimes de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública, desacato e corrupção de menores (um quarto integrante do grupo era um adolescente de 17 anos).

O juiz Luiz Carlos Vieira de Figueiredo determinou a pena de dois anos de prisão, seis meses de detenção e dez dias multa (um trigésimo do valor do salário mínimo). O magistrado decidiu ainda substituir a reclusão por penas restritivas de direito: os youtubers terão que prestar serviços à comunidade. As entidades beneficiadas serão definidas pela Vara de Execução de Penas Alternativas.