"Nós queremos o debate, não o embate", afirma Marina


Marina Silva, candidata à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, realizou neste sábado (23) seu primeiro ato público de campanha após a oficialização de sua candidatura com uma grande caminhada no bairro Casa Amarela, zona norte da do Recife. Acompanhada por seu candidato a vice, Beto Albuquerque, e pelo candidato do PSB ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, visitou a capital pernambucana em homenagem a Eduardo Campos e foi recebida calorosamente pela população. A candidata do PSB caminhou pelas ruas do bairro por cerca de uma hora e meia, sempre aclamada pelos moradores que entoavam músicas de apoio e gritos de guerra, com os quais relembravam de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo no último dia 13. Marina e Beto tiraram fotos e conversaram com moradores, escutaram suas demandas e seguiram até o ponto final do trajeto, em um centro comercial bastante popular no bairro. 

Em discurso para a população local, os candidatos reafirmaram os compromissos da coligação com o Estado de Pernambuco, com o Nordeste e com o Brasil. Marina defendeu a importância de o eleitor brasileiro fazer uma nova escolha política e reiterou que há alternativas para melhorar o país. “A reforma política começa agora. Vamos dar um basta na lógica de que quem decide o futuro do Brasil são as velhas estruturas”, disse. “Quem vai ganhar esta eleição é a nova postura do cidadão brasileiro.” “A renovação da política no Brasil não será obra apenas dos partidos, mas principalmente  da sociedade brasileira”, declarou.  O importante, disse, é apresentar propostas e debatê-las: “Nós queremos o debate, não o embate”. 

A candidata e ex-senadora Marina reafirmou as bases que sustentam sua plataforma de governo, construída de forma colaborativa com a participação dos eleitores e de especialistas em todos os temas de relevância para a sociedade.  “Vamos governar em cima do programa que trabalhamos com seis mil pessoas em diversas plataformas na internet, em seminários regionais e temáticos, para discutir infraestrutura, saúde, educação, para discutir como nossa agricultura pode ser vigorosa, aumentando a produção. Este é o sonho de todos aqueles que querem ver o Brasil crescer com justiça social e respeito”, disse Marina, para um público estimado em mais de 5 mil pessoas. Para a candidata, é importante manter as políticas sociais que ajudam a construir o presente e o futuro do País e, ao mesmo tempo, investir em mais igualdade de oportunidades. “Precisamos ter inclusão produtiva, investindo em educação, para que jovens tenham formação técnica e os empreendedores de comunidades locais tenham apoio ao pequeno negócio”, completou.

Postagens mais visitadas deste blog

Coluna do #BlogPautaPolítica

Paulo Câmara anuncia o segundo escalão do Governo de Pernambuco

Coluna do #PautaPolíticaPE

João Fernando Coutinho terá grupo político participando das eleições 2020 para prefeitura de Pesqueira

Grupo repudia tentativas de censura na Paixão de Cristo de Casa Amarela em Recife

2ª semana de janeiro tem superávit de US$ 1,766 bilhão na balança comercial brasileira

Produção de petróleo e gás natural em 2018

Silvio Costa Filho propõe criação de Frente Parlamentar em defesa do Pacto Federativo

Inscrições abertas para estágio de nível médio no MPPE

Coluna do #PautaPolíticaPE