Cidade pernambucana do comendador em clima de pegapacapá e não terá decoração natalina



A gestão do prefeito Carlinhos do Moinho (PSB) está cada vez mais gerando polêmicas e criando um movimento de resistência por parte da população que anda reclamando diariamente do Poder Municipal, reduto dos socialistas. Na eleição deste ano, o PSB no município não obteve 50% dos votos.

O espirito natalino e de prosperidade que reina neste período pelo mundo todo, no município de Carpina, zona da mata de Pernambuco, está mais para o clima “noite de terror”, “triste de morrer”, “calamidade total” e “amor e ódio”.  Segundo comentários de personalidades, lideranças políticas e da própria população carpinense nas redes sociais pela primeira vez Carpina não terá decoração de Natal. A blogueira e radialista, Danielle Nurse, postou no seu perfil no facebook a preocupação relacionada à decoração natalina na cidade (foto ao lado esquerdo). 


O secretário de Cultura, Júnior de Salete, destacou que está passando por dificuldades na pasta. “Sou consciente do trabalho que estou desenvolvendo, mesmo com muitas dificuldades... Tenho buscado fazer muito mais... Temos limites e esses limites não é todo mundo que tem humildade de reconhecer... Vou aos poucos desenvolver um trabalho que vai ficar na história desse município... Minha resposta será o meu trabalho e da nossa equipe...”. Mas a postagem da Dani Nurse gerou polêmica para além da decoração de Natal. Confira o comentário da educadora e ex-secretária, Manu Lapa, em relação à Secretaria de Cultura do município de Carpina. 


Depois do comentário da ex-secretária Manu Lapa, aconteceu troca de farpas entre os servidores que compõem a equipe da Secretaria de Cultura e os cidadãos carpinenses que comentaram a postagem polêmica.



O secretário Júnior de Salete respondeu que não se responsabiliza pelas opiniões omitidas pelos funcionários da sua pasta na Prefeitura Municipal de Carpina e reafirmou o respeito pela educadora Manu Lapa.