Eleição na Câmara de Vereadores de Caruaru para mesa diretora está sendo questionada no Ministério Público

Os representantes de organizações sociais de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estão questionando a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Vereadores. 

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Severino Afonso, John Silva, e o coordenador da Coopermoto, Márcio Fernando, protocolaram um documento junto à procuradora Bianca Stella no Ministério Público de Pernambuco, pleiteando investigação do MPPE sobre eventuais irregularidades e denúncias feitas durante o processo eletivo. 

"Pedimos a anulação legal dos atos na Câmara Municipal nessa sexta feira, inclusive a eleição da Mesa Diretora da qual participaram os vereadores réus da Operação Ponto Final. Chamamos atenção para a recente decisão de afastamento dos vereadores no Tribunal de Justiça de Pernambuco", disse John Silva.