Sumiço de chafariz no bairro de Jardim Ipiranga em Vitória gera polêmica

O sumiço de um chafariz e uma caixa d´água está gerando polêmica e até atentado a líder comunitária, em Vitória de Santo Antão, município da Zona da Mata de Pernambuco. Segundo os habitantes da localidade, a caixa d'água e o chafariz que atendia a comunidade de Jardim Ipiranga foi derrubado num dia de domingo e que o irmão de um vereador da cidade foi responsável e a mesma pessoa recebia pela Prefeitura Municipal para cuidar do chafariz.

No sábado (19) a presidente da Associação Comunitária dos Moradores de Jardim Ipiranga, Marcia Costa, percorreu as principais ruas do bairro cobrando explicações. “Quero aqui deixar bem claro que toda ação neste último final de semana partiu através de denúncias de moradores do bairro a respeito do sumiço da Caixa d'Água e do Chafariz em dia de domingo, na surdina da noite sem nenhuma explicação, e não se trata de um caso pessoal com nenhum vereador mais sim de uma atitude golpista com os moradores de Jardim Ipiranga e eu me vi na obrigação de cobrar esclarecimento sobre o assunto” afirmou Costa.

De acordo com Márcia, através do seu perfil em uma rede social, ela informa que vem sofrendo represálias por pessoas importantes da cidade, inclusive, na noite desta quarta-feira (22), o automóvel do seu marido foi atingido por uma pedra que estava estacionado em frente a sua residênciaA líder comunitária irá realizar um boletim de ocorrência para que seja apurado o fato ocorrido.

Com informações da assessoria

Nota da Bancada de Oposição sobre o pacote fiscal do Estado

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco reconhece o momento difícil e a necessidade de medidas de natureza fiscal e política, lembrando que o atual quadro econômico é fruto de um conjunto de fatores que acentuaram o desequilíbrio financeiro do Estado, que teve sua dívida consolidada elevada de R$ 4,4 bilhões para R$ 10,7 bilhões entre 2007 e 2014 (dados do Tesouro Nacional). Diante desse cenário, a Bancada de Oposição reforça seu compromisso com a solvência e a saúde financeira do Estado. No entanto, vale ressaltar que a transparência deve ser a base da relação entre os Poderes Executivo e Legislativo e, politicamente, a liberação da senha do E-Fisco para os parlamentares da Casa, por exemplo, seria uma sinalização de mudança dessa relação.

Em relação ao pacote fiscal do Governo, encaminhado ao Poder Legislativo, gostaríamos de destacar que:

1 – Em hipótese nenhuma, a Bancada de Oposição acatará propostas que venham a penalizar os menos favorecidos, como aumento de impostos sobre produtos e serviços que pesem no bolso da população mais carente, evitando que as medidas tenham impactos inflacionários relevantes, como elevação das alíquotas do ICMS sobre telecomunicações e combustíveis.

2 – Paralelamente à avaliação das medidas propostas pelo Executivo, é de extrema importância o debate transparente sobre o ajuste fiscal, com detalhamento dos cortes orçamentários implantados pelo Governo desde o início do ano e seu impacto nas secretarias, programas e ações do Estado.

3 – Além da ampliação das receitas, os parlamentares da Oposição cobram que sejam apresentadas medidas efetivas de enxugamento da máquina administrativa, reduzindo o número de secretarias e órgãos com esse status de 27 para 22, como fez o governo do Distrito Federal, também do PSB, que diminuiu de 24 para 16 o número de pastas. O enxugamento que propomos não deve prejudicar os serviços prestados à população.

4 – Corte de 30% dos cargos comissionados da Administração Direta e Indireta.

5 – Em relação ao projeto de Lei 461/2015, a Bancada propõe que sejam levados em consideração os princípios de progressividade e equilíbrio na cobrança do IPVA, levando em conta, além da potência do motor, o valor agregado dos veículos em questão.

6 – Redução em 70% dos gastos com publicidade das Administrações Direta e Indireta.

7 – Analisar e reduzir, de forma criteriosa, os gastos com consultorias.

8 – Destinar 30% da receita líquida do Detran para a saúde, em caráter impositivo.

9 – Considerar a elevação dos tributos sobre bebidas alcoólicas, tabaco e armas de fogo, como alternativas para o incremento das receitas.

10 – Por se tratar de um conjunto de medidas para enfrentar uma conjuntura econômica temporária, o alcance das medidas deve também ter caráter provisório, com validade para os próximos 12 meses, em 2016.

Por fim, os integrantes da Bancada de Oposição reforçam a necessidade de se respeitar os prazos legais para o debate. Ao longo da tramitação dos projetos na Casa, a Oposição atuará com responsabilidade, seriedade e, acima de tudo, compromisso com o povo de Pernambuco.

Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Dia 27 de setembro tem mais uma edição do Arcoverde em Movimento


A prefeita Madalena Britto convida a população de Arcoverde para participar no domingo, dia 27 de setembro, do Arcoverde em Movimento. “Nosso objetivo é incentivar as práticas esportivas, proporcionando bem estar e mais saúde para todos os moradores de Arcoverde”, esclareceu Madalena.

As atividades começam a partir das 8h e vão até o meio-dia, na Avenida Antônio Japiassu, na altura da sede do Dnocs. Estão previstas práticas esportivas para as crianças como voleibol e futebol de barrinha. Para os adultos, haverá o circuito aeróbico que vai oferecer aulas de Zumba, Step, Alongamento, entre outros.

A ciclofaixa vai funcionar proporcionando para toda a família, a oportunidade de participar junta de um dia ao ar livre. Além de jogos de mesa para animar a criançada. E aguardem o feriado do 12 de outubro, quando vai acontecer o Arcoverde em Movimento Especial para o Dia das Crianças.

Com informações da assessoria

Paulo Câmara envia pacote anticrise para deputados da Alepe

Medidas equalizam a carga tributária e devem injetar cerca de R$ 487 milhões/ano no caixa do Estado a partir de 2016, reanimando a economia

O Governo do Estado começa a enviar nesta segunda-feira (21/9) à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) um pacote de medidas para enfrentamento da crise econômica que sacode o país. Elas têm o objetivo de melhorar a receita - inclusive dos municípios - e estimular setores importantes da economia pernambucana, aumentando as alíquotas de alguns segmentos e reduzindo outras. As medidas ajudarão na criação e manutenção de empregos e devem injetar anualmente cerca de R$ 487 milhões no caixa a partir de 2016.

Duas das medidas preveem o escalonamento da carga tributária cobrando mais imposto de bens e veículos de maior valor. A alíquota do Imposto sobre Causa Mortis e Doação (ICD), incidente sobre a transmissão de bens móveis, imóveis ou direitos por herança ou doação, passa dos atuais 2% ou 5% para uma escala de 0% a 8%, dependendo do valor do bem. A faixa de isenção do imposto aumenta de R$ 5 mil para R$ 50 mil e passam a ser tributados com a alíquota máxima os bens acima de R$ 400 mil.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) também terá sua alíquota escalonada, indo de 0% a 6%, onde a alíquota mais alta será cobrada dos veículos de maior valor. Carros com até 180 cavalos-vapor (CV) passam a ser tributados em 3% e acima disso a alíquota será de 4%. Aeronaves e embarcações pagarão 6% de IPVA. “A crise nos atingiu em cheio. Essas duas medidas são uma forma de tributar mais aqueles contribuintes com maior renda, inclusive proprietários de aeronaves, lanchas e jet skis, sem afetar a população menos favorecida”, diz o secretário da Fazenda, Márcio Stefanni Monteiro.

As “cinquentinhas” (motocicletas de até 50 cilindradas) também passam a ser tributadas com IPVA, em 2,5%, como forma de amenizar as despesas do Estado com os envolvidos em acidentes de moto. Nas operações com motocicletas, a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobe de 12% para 18%.

O Governo do Estado também vai alterar as alíquotas do ICMS incidentes sobre a gasolina e o álcool para incentivar a substituição do combustível fóssil pelo renovável. A alíquota da gasolina sobe de 27% para 29%, enquanto que a do álcool cai de 25% para 23%. “É também uma forma de garantir os empregos no setor sucroalcooleiro, principalmente num momento em que o Estado beneficia as usinas que se encontram em recuperação judicial tais como Pumaty e Cruangi, que voltaram a moer”, explica Stefanni.

Acompanhando o movimento dos demais estados do Nordeste e as deliberações do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), Pernambuco está alterando as alíquotas de ICMS incidentes sobre serviços de telecomunicação, de 28% para 30%, e de TV por assinatura, de 10% para 15%. O aumento na alíquota sobre os serviços de telecomunicações será destinado ao Fundo de Combate à Pobreza, que financia a assistência social e a saúde do Estado. Para os produtos que não contam com legislação específica a alíquota modal do ICMS sobe de 17% para 18%, a mesma já praticada pelos estados do Sul e do Sudeste e que também está sendo adotada pelos governos da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Distrito Federal.

“Estamos lançando mão de alguns remédios amargos, mas sempre de olho na justiça tributária. Quando aumentamos as alíquotas do ICMS e do IPVA também estamos beneficiando os municípios, que ficam com uma fatia de 25% e 50% desses impostos, respectivamente. Esses remédios são necessários para garantir, nesse momento de crise, o que já foi conquistado nas áreas social e econômica, até porque, ao contrário do que estamos fazendo com os municípios, a União não apresentou proposta para aumentar o repasse aos estados e municípios em seu pacote. É uma questão de sobrevivência”, justifica o secretário da Fazenda.

Já a indústria local será beneficiada com uma série de medidas, como a limitação de sua base de cálculo para operações internas, de tal forma que a carga tributária seja equivalente à aplicação do percentual de 18% sobre o valor da operação, quando hoje pode chegar a 27%. Outra medida é a disposição de contra-atacar proteções existentes em outros estados do Nordeste (reserva de mercado) em relação à compra de insumos em desfavor da indústria pernambucana, a exemplo do trigo.

Desde o início do ano, tanto a indústria quanto o comércio, de todas as regiões do Estado, já vêm sendo beneficiados com desonerações tributárias. Empresas de transporte aéreo; fabricantes de veículos e autopeças; usinas de açúcar e álcool; fabricantes de equipamentos e geradores de energia eólica e solar; usinas termoelétricas; fabricantes de embalagens, tintas e vernizes; operações com material de construção; operações com trigo e milho; e fornecimento de refeições por bares e restaurantes são algumas das áreas beneficiadas.

Para melhorar as relações tributárias, o Governo de Pernambuco está reduzindo todas as multas de penalidades para 100%, quando hoje o teto é de 280%, com a possibilidade de parcelamento de débitos fiscais. Ainda no item melhoria nas relações tributárias, a lei do ICMS será consolidada, simplificando o cumprimento das obrigações fiscais e facilitando a vida do contribuinte pernambucano. Isso coloca o Estado na vanguarda desse tipo de legislação.

CONTEXTO - As medidas chegam num momento em que a receita orçamentária do Estado está em queda. De janeiro a julho houve uma redução da ordem de R$ 1,2 bilhão, representando uma variação nominal negativa de 7,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. O ICMS está crescendo 4%, bem abaixo da inflação acumulada medida pelo IPCA, de 9,5%. Já os repasses da União, somando o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e convênios, apresentam um crescimento nominal pífio de 1%, ainda mais abaixo da inflação. Além disso, os estados estão impedidos de contratar novas operações de crédito, inviabilizando novos investimentos.

Enquanto as novas medidas não são implantadas, o Governo do Estado segue fazendo seu dever de casa. Desde fevereiro, as ações de contingenciamento nas despesas de custeio da máquina pública – que objetivam alcançar R$ 920 milhões em 2015 – já resultaram em uma redução nominal de R$ 261,4 milhões na comparação com o que foi gasto em 2014. Os cortes atingem serviços de consultoria, diárias e passagens, manutenção da frota, combustível, locação de veículos, licenças de softwares, publicidade, transferências voluntárias, entre outros. No intuito de evitar medidas lineares, o Governo do Estado vem estabelecendo limites de consumo para secretarias e órgãos, olhando caso a caso, no sentido de preservar ao máximo os serviços à população, especialmente nas áreas de saúde, segurança e educação.

Com  informações da assessoria de imprensa

Comissão de vereadores monitorando processo eletivo dos conselheiros tutelares


A vereadora Isabella de Roldão (PDT) e os vereadores Osmar Ricardo (PT) e Davi Muniz (PROS) participaram na tarde desta terça-feira (22) de uma reunião com o presidente do Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), José Rufino, para acompanhar o processo eletivo dos Conselheiros Tutelares do Recife.

Com informações da assessoria

Professores voluntários promove Aulão Solidário Enem 2015 na cidade de Carpina

Nos dias 24 e 25 de setembro, acontece a terceira edição do “Aulão Solidário Enem 2015” para alunos oriundos da rede pública de ensino e estudantes em geral, das 13h até às 18h, no auditório da Faculdade Luso-Brasileira (FALUB) em Carpina. O intuito é colaborar com o aprendizado dos estudantes que participarão da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em outubro.

O objetivo é revisar questões cobradas no Enem sendo ofertadas aulas de Redação, Literatura, Biologia, Português, Química, Física, Inglês, História, Matemática, Geografia e Espanhol. A maratona de 10 horas de aulas beneficiará cerca de 300 jovens e os interessados deverá doar um quilo (1 kg) de alimento não perecível.

De acordo com o professor Jhonatha Alves, um dos idealizadores do projeto, vários professores se prontificaram para cooperar com o projeto. “Esse aulão é oferecido aos jovens que não têm condições de pagar cursinho e nosso intuito é ajudar os que farão a prova do Enem. Os alimentos arrecadados com as doações serão ofertados às famílias carentes da cidade. O destaque deste ano é contar com o apoio de professores voluntários da Zona da Mata e Região Metropolitana do Recife”, comentou o professor Jhonatha.

A equipe é formada pelos professores Jhonatha Alves, Leandro Cabral, Rodrigo Silva, Alana Moraes, Thaislla Cavalcanti, Isaque Menezes, Rubens César, André Silva, Erick Ribeiro e Thayze Silva, além da supervisão pedagógica da professora Manu Lapa, madrinha do projeto desde 2012. O aulão deste ano conta com apoio institucional da FALUB.

Serviço:
Aulão Solidário Enem 2015
Dias 24 e 25/09
Auditório da FALUB
Av. Congresso Eucarístico Internacional, 1 - São José, Carpina/PE
Informações - (81) 9873.2482

Com informações da Ascom

Bancada do PSB no Senado promete analisar o impacto dessas medidas de ajuste nos Estados

Os senadores do PSB emitiram uma nota prometendo fazer consultas aos governadores e analisar o impacto dessas medidas do governo Dilma nos Estados.

Confira na íntegra: "NOTA DA BANCADA DO PSB NO SENADO FEDERAL SOBRE AS MEDIDAS DE AJUSTE ANUNCIADAS PELO GOVERNO".

A bancada do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Senado Federal, reunida nesta terça-feira (15/09), para analisar as novas medidas de ajuste, anunciadas pelos ministros Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento, considera que o governo apenas corre atrás do prejuízo ao tentar, com atraso, recompor o Orçamento para 2016, enviado ao Congresso Nacional, com uma previsão de um déficit de R$ 30 bilhões. Infere-se uma intenção também tardia de acalmar os mercados após o rebaixamento da nota do Brasil.

Considera que seria mais correto anunciar, imediatamente, os cortes nas despesas do governo e a reforma administrativa, antes mesmo de propor novos sacrifícios para a sociedade.

E, o que é pior, o faz com medidas que frustram as expectativas de uma abordagem mais macroeconômica da crise que estamos enfrentando.

Considera lamentável a omissão de qualquer medida de taxação de grandes fortunas ou que torne mais eficiente a cobrança dos débitos bilionários de grandes sonegadores, assim como parece dar pouca relevância aos aspectos inflacionários e recessivos do aumento da carga tributária em moldes regressivos.

A bancada socialista no Senado Federal, apesar de considerar que essa posição, agora anunciada, é melhor que a letargia anterior, que paralisava o governo, após consultas aos governadores do Partido, e levando em conta os interesses nacionais, vai analisar o impacto dessas medidas nos Estados, ao mesmo tempo em que reafirma sua dificuldade política em apoiar medidas que retirem direitos já adquiridos dos trabalhadores, como, por exemplo, o congelamento de reajustes salariais.

Brasília, 15 de setembro de 2015

Senador João Capiberibe (AP), líder da bancada
Senador Antonio Carlos Valadares (SE)
Senador Fernando Bezerra Coelho (PE)
Senadora Lídice da Mata (BA)
Senadora Lúcia Vania (GO)
Senador Roberto Rocha (MA)

Com informações da assessoria

Oposição exige que Estado cumpra da Lei de Responsabilidade Fiscal

O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Silvio Costa Filho (PTB), encaminhou oficio ao presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação da casa (em anexo), Clodoaldo Magalhães (PSB), solicitando que seja feito convite ao secretário da Fazenda do Estado, Márcio Stefani, para apresentação do desempenho fiscal do Estado no segundo quadrimestre do ano (maio-agosto) aos membros do colegiado.

A data proposta para a realização da audiência na Comissão é o dia 23 de setembro, conforme prazo legal estipulado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo anunciado em reunião da Comissão, a apresentação do balanço quadrimestral está prevista para o dia 21 de outubro. “A legislação (Lei Complementar 101, de 4 de maio de 2000) estabelece os meses de maio, setembro e fevereiro para apresentação dos resultados fiscais. O não comparecimento do secretário da Fazenda nesse prazo, além de revelar desatenção com o Poder Legislativo, é um flagrante desrespeito à LRF”, destacou Costa Filho.

De acordo com o parlamentar, dada a atual situação de dificuldades econômicas, é importante que o desempenho financeiro do Estado seja acompanhado de perto pela Comissão de Finanças. “É fundamental que os deputados possam debater a situação com o secretário da Fazenda com antecedência, até para avaliar que contribuições poderão ser dadas pelo Poder Legislativo para que o Estado possa alcançar as metas fiscais projetadas”, destacou.

Líder da Bancada de Oposição também reforçou o pedido para que os cortes orçamentários em execução pelo Governo, ampliado em R$ 600 milhões há cerca de um mês, sejam detalhados pelo secretário. “Até agora tanto a sociedade quanto o Legislativo estão às cegas, sem conhecer a dimensão e o alcance da restrição orçamentária”, cobrou.

Com informações da assessoria

Governadores do PSB vão ouvir bancada e direção do partido sobre novas medidas do Governo Federal

Os três governadores do PSB – Paulo Câmara (Pernambuco), Ricardo Coutinho (Paraíba) e Rodrigo Rollemberg (Distrito Federal) – não vão participar da reunião com todos os governadores do País, nesta quarta-feira (16.09), em Brasília, para discutir as novas medidas de ajuste fiscal anunciadas pelo Governo Federal.

Antes de qualquer decisão, os governadores vão analisar as medidas, com a participação da bancada federal e da direção nacional do PSB, para deliberação sobre o ajuste pretendido e a decisão só deve ocorrer até o final da próxima semana. 

Na avaliação do governador Paulo Câmara, “o momento atual exige muita análise sobre as opções disponíveis, diante da grave crise econômica e política do Brasil”.

Com informações da assessoria 

Prefeita de Arcoverde participa de reunião com o novo gestor da GRE

Foto: Israel Leão.
A prefeita Madalena Britto na manhã desta quarta-feira (16) participou de uma reunião com o novo gestor da Gerência Regional de Educação do Sertão/Moxotó – GRE Arcoverde, Reginaldo Amorim. O encontro contou com a presença ainda dos técnicos da GRE, diretores das escolas da rede estadual de ensino e do diretor do Centro de Ensino Superior de Arcoverde – CESA, Franklin Freire.

Em um primeiro momento houve uma reflexão e uma oração e depois foi apresentado um vídeo motivacional com o tema: “viver é muito mais do que existir”. A prefeita Madalena Britto saudou a todos e disse estar se sentindo em casa, pois ali naquele local trabalhou por mais de dez anos monitorando a parte de merenda nas escolas não só de Arcoverde, mas também de toda a região que a Regional abrange.

“Você não estar aqui por acaso, Reginaldo. Deus permitiu este momento e desejo a você e toda sua equipe um bom trabalho, que fortaleça a educação em nossa cidade e em toda região”, disse a prefeita. A prefeita falou sobre Educação, carro chefe de sua gestão, e disse os avanços já obtidos nessa área e também falou da busca de mais ações. “Precisamos investir na educação de nossas crianças e de nossos adolescentes, pois eles são o futuro do nosso país”.

O gestor Reginaldo Amorim agradeceu a presença da prefeita e falou da sua história como professor, diretor de escola e agora no inicio da sua gestão a frente da GRE. “Conheço o trabalho de Madalena Britto, tenho participado das ações da Prefeitura e vejo o carinho especial com os pobres”, pontuou ele.

Com informações da Secom

Sinpol e deputados vistoriam situação do IML de Pernambuco

Dificuldade de manutenção, infraestrutura deficitária e quadro de pessoal insuficiente. Esses foram os principais problemas encontrados pela Bancada de Oposição de Pernambuco em visita realizada, ao lado do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), na sede do Instituto de Medicina Legal de Pernambuco (IML), na manhã desta sexta-feira (11).

Os relatos ouvidos pelos deputados Silvio Costa Filho (PTB), líder da Bancada, e Augusto César (PTB), são de falta, inclusive, de viaturas para o transporte de corpos, sobretudo no Interior de Pernambuco. Para a Região Metropolitana do Recife, são quatro carros para atender a demanda. O laboratório de toxicologia está desativado desde o incêndio provocado por curto-circuito e também foram verificados equipamentos desativados, como o de análises toxicológicas e uma das câmaras frigoríficas do órgão. “Não dá para admitir um aparelho desses (de toxicologia), que custa cerca de R$ 1 milhão, parado, quando poderia estar agilizando o trabalho dos peritos”, destacou Costa Filho.

O deputado Augusto César chamou a atenção para o Interior do Estado. “Se a situação na Região Metropolitana é essa, imagina a precariedade longe da Capital”, comparou. As dificuldades foram reconhecidas pelo gestor do IML, Antonio Barreto, há seis meses no cargo, que afirma dispor de apenas R$ 1.300 por mês para gastos com mão de obra para manutenção. “Foi por isso que nós conseguimos instalar os aparelhos Split (ar-condicionado), mas não conseguimos tirar os convencionais da parede. O dinheiro não dá para tudo”, exemplificou.

O déficit no quadro de pessoal também foi outro ponto destacado por Barreto. “Temos 100 médicos legistas e 20 deles estão prestes a se aposentar. É preciso valorizar esses profissionais, para que eles tenham incentivo para continuar na perícia”, ponderou o diretor do IML.

Em julho, o Sinpol cobrou uma série de melhorias para o IML. O presidente do sindicato, Áureo Cisneiros, lembra que a situação é menos drástica do que a encontrada em julho, mas ainda carece de uma maior atenção do Estado. “Estamos chamando a atenção para a situação do IML já há alguns meses. As condições de trabalho estão bem longe das ideais”, reforçou Cisneiros, lembrando que o sindicato da categoria chegou a fazer uma campanha para doação de material de limpeza para o órgão.

O roteiro de visitas incluiu ainda as obras paradas do laboratório de DNA do Estado, em Santa Amaro, que deveria funcionar desde outro de 2013, mas atualmente figura no rol de obras paradas do Estado. A unidade, se estivesse em atividade, aumentaria a capacidade de realização de exames em 40%. Alvo de disputa na Justiça, entre o Estado e a construtora Milão Empreendimentos, o contrato não tem prazo para ser retomado.

De acordo com o deputado Silvio Costa Filho, a ideia da Bancada é realizar um amplo levantamento sobre a situação dos órgãos de segurança pública de Pernambuco, incluindo laboratórios e delegacias, para a partir desse material discutir a solução para os problemas com a sociedade, em audiência pública. “Reconhecemos as dificuldades enfrentadas pelo Estado, mas é preciso garantir condições mínimas de funcionamento aos serviços essenciais para a população. Governar é eleger prioridade e o governador Paulo Câmara não pode se eximir das suas responsabilidades”, reforçou o parlamentar.

Com informações da assessoria

Turismo mobiliza Maceió e Vitória para receber a tocha olímpica

Em comitiva coordenada pela Secretaria de Relações Institucionais (SRI), representantes do Ministério do Turismo se reúnem com governadores, prefeitos e secretários de turismo locais para planejar as ações previstas na organização da Olimpíada

Por Tatiana Alarcon

O Ministério do Turismo participou, esta semana, de duas reuniões de alinhamento e preparo para a passagem da tocha olímpica. Nesta sexta-feira (11), a equipe está em Vitória (ES). Na última quarta-feira (9) foi a vez de Maceió (AL). O maior símbolo dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos passará por mais de 300 municípios brasileiros, a partir de maio do ano que vem.

Em Alagoas, a tocha passará pela capital e pelos municípios de São Sebastião, União dos Palmares, São Miguel dos Campos e Murici. No Espírito Santo, além da capital, as cidades de São Mateus e Cachoeiro de Itapemirim também vão presenciar a passagem do símbolo olímpico. Os encontros, que começaram há um mês, já foram realizados em Aracaju (SE), Goiânia (GO) e Florianópolis (SC).

A comitiva do governo federal, coordenada pela Secretaria de Relações Institucionais (SRI) e formada pelos ministérios do Turismo, Esporte, Cultura e Defesa, entre outros, se reúne com governadores, prefeitos e secretários de turismo locais para planejar e apresentar suas ações previstas na organização da Olimpíada. “A ideia é sensibilizar os prefeitos sobre as oportunidades que o Brasil inteiro terá com o evento, e não apenas o Rio de Janeiro”, diz Jun Yamamoto, diretor de Programa do MTur.

Vinda da cidade grega de Olímpia, a tocha olímpica desembarca em Brasília, no dia 3 de maio. Da capital federal a tocha inicia um trajeto de 20 mil quilômetros, em comboio rodoviário, por mais de 300 cidades brasileiras. O fim do revezamento acontece no dia 4 de agosto, no Rio de Janeiro, véspera da abertura dos jogos no Maracanã. O comboio percorrerá de três a quatro cidades por dia e pernoitará em mais de 82 cidades, onde acontecem grandes celebrações.

Com informações da Ascom

Audiência debate situação precária das aulas de Educação Física no Recife

A situação precária das aulas de Educação Física na rede municipal de ensino do Recife será tema de uma reunião pública na próxima segunda- feira (14), no Plenarinho da Câmara Municipal de Vereadores, às 9 horas da manhã. 

O encontro público, convocado pela vereadora Isabella de Roldão, irá discutir e alertar sobre os perigos que essa medida traz, pois o improviso nas aulas de Educação Física pode causar lesões e riscos de vida às crianças, já que os professores não estão capacitados para ministrar a atividade física, além do que está sendo negado aos alunos o direito de terem aulas de Educação Física de qualidade.

Com informações da assessoria

Oposição cobra solução para drama dos terceirizados no Estado


A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) recebeu, nesta quinta-feira (10), representantes da Força Sindical e dos funcionários das empresas terceirizadas do Estado, que realizaram uma paralisação para chamar a atenção para o drama enfrentando por esses profissionais, que estão há mais de dois meses sem receber salários.

Na Alepe, os trabalhadores receberam o apoio do líder da Bancada de Oposição, deputado Silvio Costa Filho (PTB), e do deputado Edilson Silva (Psol), que em nome da Bancada recebeu a carta aberta distribuída pelos sindicalistas. Silvio se comprometeu a levar a discussão da situação dos terceirizados ao Legislativo, para que se cobre do Governo do Estado um cronograma de pagamentos para as empresas.

“São quase três mil funcionários que estão sem receber salários, sem contar os mais de dois mil profissionais que já foram demitidos. Entre esses trabalhadores encontramos vigilantes, merendeiras, zeladores... que estão enfrentando o mesmo drama”, explicou o líder da Oposição.

Para o presidente da Força Sindical em Pernambuco, Rinaldo Júnior, o apoio dos parlamentares da Oposição é essencial na luta dos funcionários terceirizados. “A forma como o Governo vem tratando os trabalhadores é absurda. São pais e mães de família que estão sem dinheiro até para fazer a feira”, protestou.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservação de Pernambuco (Stealmoiac), o Estado conta hoje com quase 12 mil profissionais terceirados, empregados pelas dez empresas prestadoras de serviços contratadas pelo Governo. Todas, em maior ou menor grau, segundo o sindicato, enfrentam dificuldades por causa no atraso dos pagamentos.

Vice-líder da Bancada, a deputada Tereza Leitão (PT) relata que o Programa Educação no Campo é mais uma vítima da falta de repasses do Estado. “O Programa está paralisado por causa da falta de pagamento aos motoristas, que são terceirizados. Os atrasos chegam aos sete meses”, denunciou.

O líder da Bancada, Silvio Costa Filho, afirmou que vai apresentar ao presidente da Comissão de Finanças, Clodoaldo Magalhães (PSB), um requerimento para que o secretário da Fazenda, Márcio Stefani, detalhe como o ajuste no orçamento vai afetar os serviços terceirizados e qual a necessidade de cortes no contrato. “O Estado precisa apresentar as medidas efetivas que pretende adotar e não ficar, como tem feito, apenas jogando a culpa no Governo Federal, como se isso fosse resolver o problema ou os isentar de responsabilidades”, cobrou.

Com informações da Ascom

LBV participa das celebrações da Semana da Pátria


Como ocorre todos os anos, a Legião da Boa Vontade (LBV) participará das comemorações da Semana da Pátria, em homenagem ao Dia da Independência do Brasil (7/9). Em dezenas de cidades brasileiras, ao lado do povo, a Instituição expressa o sentimento de patriotismo, com o engajamento em atos cívicos e a realização de várias ações.

Durante a semana que antecede ao Dia da Pátria, os Centros Comunitários de Assistência Social e as escolas da LBV promovem diversas atividades pedagógicas, culturais, lúdicas, esportivas e de lazer, para reforçar a importância da data com os atendidos.

Na cidade do Recife, a Legião da Boa Vontade será representada pelas crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e famílias atendidas e por voluntários da Instituição. Tradicionalmente, a LBV leva à frente a Majestosa Estampa de Jesus, como referência de Amor Fraterno e Solidariedade.

Para outras informações sobre a presença da LBV nas comemorações da Semana da Pátria, basta acessar o site www.lbv.org.

Com informações da assessoria

Parlamentar comemora novas medidas que devem alavancar economia pernambucana

Duas medidas que vão impactar positivamente na economia de Pernambuco mereceram destaque por parte do deputado Antônio Moraes (PSDB), em pronunciamento no Pequeno Expediente desta terça (8). A primeira delas, diz respeito ao Projeto de Lei nº 420/2015 do Poder Executivo, que concede crédito presumido de ICMS nas operações com álcool e açúcar, beneficiando diretamente as usinas Pumaty e Cruangi, na Zona da Mata pernambucana. A matéria foi aprovada, pela manhã, na Comissão de Justiça da Casa. A outra novidade foi o anúncio da companhia de bebidas AmBev, que deve investir R$ 400 mil na ampliação da fábrica de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife.

“Enquanto se fala de crise e desemprego, o governador Paulo Câmara mandou um projeto dando incentivo fiscal às duas cooperativas, o que deve gerar de 8 a 10 mil empregos”, observou o parlamentar. Já na planta da AmBev, outros 400 postos de trabalho devem ser criados. “De acordo com o diretor-geral da AmBev, Bernardo Pinto Paiva, temos hoje a terceira melhor cervejaria do mundo e, até dezembro, conquistaremos o primeiro lugar. É muito importante ver que Pernambuco, com seriedade e trabalho, permanece gerando emprego e renda.”

Ainda no discurso, Moraes criticou a fala da deputada Teresa Leitão (PT), que na última quarta (2) teria afirmado que “o PSDB quebrou o Brasil três vezes”. “Ela não lembra que, quando o PSDB assumiu o País, a inflação era de 70% e graças ao Plano Real, maior projeto de inclusão social que já houve aqui, acabamos com a inflação. O Brasil está quebrado, agora”, rebateu.

MORADIA - O tucano registrou também a visita realizada ao Engenho Botafogo, em Itapissuma, na última sexta (4), na qual foram entregues pelo Governo do Estado títulos de propriedade aos moradores do local. A iniciativa é parte do programa estadual Meu Imóvel Legal, que transfere os terrenos definitivamente para aqueles que comprovarem a posse da área.

Com informações da assessoria de imprensa

Líder da Oposição cobra informações sobre programas do Governo de Pernambuco

O deputado Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Alepe, está apresentando um pedido de informações sobre os programas do Governo de Pernambuco, como o Atitude, Ganhe o Mundo, Chapéu de Palha, Mãe Coruja e PE Conduz, entre outros. A preocupação, segundo o parlamentar, é que essas ações estejam sendo afetadas pelos cortes orçamentários executados pelo Estado.

A Bancada de Oposição vem alertando, já há alguns meses, para a necessidade de se preservar os serviços prestados à população, como nas áreas de saúde, segurança pública e educação. 

“Quando anunciou a ampliação dos cortes em mais R$ 600 milhões, há quinze dias, os representantes do Governo garantiram que as áreas essenciais para a população seriam preservadas, mas não é isso que estamos vendo no dia a dia. A paralisação do Programa Atitude (que garante atendimento aos familiares e usuários de crack, álcool e outras drogas) por falta de recursos, denunciada esta semana pelos funcionários no Recife, é um exemplo de que a restrição de recursos está atingindo a todos, sem restrições”, avaliou Costa Filho, acrescentando que não se pode admitir a descontinuidade desses programas.

Há cerca de 15 dias, a Bancada de Oposição apresentou um requerimento para que os secretários da Fazenda, Márcio Stefani Monteiro, e de Administração, Milton Coelho, pudessem comparecer à Alepe para prestar mais esclarecimentos sobre os cortes orçamentários.

Com informações da Ascom

Petrobras é eleita a segunda empresa dos sonhos dos jovens em 2015

A 14ª edição da pesquisa realizada com 67.896 mil pessoas, de 17 a 26 anos, aponta a Petrobras na segunda posição do ranking das “empresas dos sonhos dos jovens”. Na liderança, pelo segundo ano consecutivo, está o Google. De 2005 a 2013, a Petrobras encabeçou por oito anos consecutivos a liderança, ficando à frente de empresas multinacionais. Este ano, os fatores citados como os mais importantes para a escolha da Petrobras foram possibilidade de desenvolvimento e realização profissional, os desafios constantes, e a possibilidade de inovar.

Do total de participantes da pesquisa, 84% sonham com empresas com olhar inovador para processos e produtos. E 94% sairiam da empresa caso seus gestores não estivessem preparados para desenvolver pessoas, mesmo que tivessem um bom salário.

As entrevistas foram feitas entre janeiro e abril deste ano, pela Cia de Talentos, consultoria em Recursos Humanos com atuação em toda a América Latina, em parceria com a empresa de pesquisa Nextview People. A metodologia da pesquisa abrange questionários quantitativos e qualitativos.

"Temos uma universidade corporativa que capacita nossos empregados e estimula o desenvolvimento profissional, e também investimos em pesquisa e tecnologia de ponta. Isto é muito atraente para os jovens", avalia o gerente executivo de Recursos Humanos da Petrobras, Antônio Sérgio Oliveira Santana. Clique aqui para acessar o ranking da pesquisa: www.ciadetalentos.com.br.

Com informações da Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

PTB promove filiações e se fortalece na Região Metropolitana do Recife

O PTB de Pernambuco promoveu no último sábado (29) a filiação de lideranças de municípios da Região Metropolitana (RMR) e confirmou a pré-candidatura a prefeito de quadros que já pertencem ao partido.

Declararam a pré-candidatura ao Executivo Municipal os já petebistas Romero Sales (Ipojuca), Vavá Rufino (Moreno), Ramos (Paulista) e os atuais prefeitos Mário Ricardo (Igarassu) e Paulo Batista (Itamaracá). Ex-prefeito de Belém de Maria, no Sertão do Estado, Wilson de Lima, o Dinho, também confirmou a pré-candidatura.

Já os pré-candidatos que assinaram a ficha de filiação ao PTB neste sábado foram: Demóstenes Meira (Camaragibe), Bruno Pereira (São Lourenço da Mata) e Joaquim Lapa (Carpina), este último município localizado na Zona da Mata Norte.

Em encontros com o ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e senador licenciado, Armando Monteiro Neto (PTB), e com o secretário-geral petebista, José Humberto, as lideranças reforçaram a importância da preparação da legenda para a disputa eleitoral de 2016, antecipando que intensificarão o debate com a população sobre o futuro de seus municípios.

Filho do ex-prefeito e ex-deputado estadual Jairo Pereira (PTB), o novo petebista Bruno Pereira, diz que a filiação ao partido se deve à afinidade política e programática que mantém com suas lideranças. Para ele, a presença na legenda dará muito mais condições para que se realize um amplo debate sobre o desenvolvimento econômico de São Lourenço da Mata, “tema que sempre esteve presente na atuação do ministro Armando Monteiro”, pontua.

Ex-integrante do PSB em Camaragibe, Demóstenes Meira explicou que há no município uma ampla união das forças de oposição à atual gestão, e que a escolha do candidato se dará dentro deste campo, a partir da avaliação de quem terá mais condições de se apresentar à população em 2016. Também fazem parte do grupo oposicionista de Camaragibe – chamado de G5 – os ex-prefeitos João Lemos (sem partido) e Paulo Santana (PT), Dra. Nadegi (sem partido) e Denivaldo Freire (PR).

Ex-prefeito de Carpina por três mandatos, Joaquim Lapa disse que vai trabalhar para fortalecer o PTB no município e confirmou a pré-candidatura à prefeitura em 2016. Ao explicar a opção pela legenda, ele enfatizou que o PTB tem realizado em Pernambuco um trabalho que alia o desenvolvimento econômico ao social.

Vereador por cinco mandatos em Ipojuca, Romero Sales é outro nome forte do PTB na Região Metropolitana. Nas eleições de 2012, ele ficou em segundo lugar na disputa para a prefeitura por uma diferença de apenas 215 votos. Já em Moreno, o pré-candidato do PTB é o ex-prefeito Vavá Rufino. Ele afirma que a população de Moreno já dá ao atual gestor uma reprovação de mais de 90%.

Presidente municipal do PTB de Paulista, o ex-deputado estadual Ramos é mais um nome que se apresenta como pré-candidato nas próximas eleições. Ele antecipa que os próximos passos na condução da legenda serão o de realizar uma ampla campanha de filiação e de discutir os desafios de Paulista dentro do cenário metropolitano.

Com informações da assessoria de imprensa