Audiência na Câmara debate sobre a Economia Solidária Popular no Recife

Empreendedores de diversos segmentos - como artistas, artesãos, arte recicladores, entre outros, que trabalham com a Economia Popular Solidária, participaram de audiência pública organizada pelo vereador Wanderson Florêncio (PSC) na manhã desta sexta-feira, 31, no plenarinho da Câmara Municipal do Recife. “Existe um projeto de lei que está em tramitação nesta casa legislativa que visa fomentar a economia solidária. Nossa intenção é, hoje, ampliar o debate para fazermos ajustes a essa proposta”, disse o vereador. Para ele, 2017 será um ano de fortalecimento e avanços para os grupos recifenses que trabalham com as atividades econômicas informais que estão organizados sob a forma de autogestão.

“Esta audiência pública é uma oportunidade dada pela Casa José Mariano aos grupos da Economia Solidária para analisar os direitos e deveres que não estão sendo cumpridos, e assim resolver os impasses dos segmentos”, disse o vereador ao justificar os debates. Fizeram parte da mesa além de Wanderson Florêncio, o também vereador Rinaldo Júnior (PRB); a gestora de Economia Sustentável da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife, Paula Marinho de Oliveira; o advogado Pedro Alonso Maximino; o empreendedor solidário Artur Melo e a assessora dos grupos, Telma Andrade. A importância do tema da audiência pública para o Recife está relacionada ao fato de que a cidade tem cerca de 170 mil desempregados e o setor acolhe, em pequenos grupos, pessoas que desenvolvem atividades econômicas que se autossustentam, promovem a inclusão social e geração de renda como, por exemplo, artesãos, catadores e pessoas que trabalham com alimentação.

Wanderson Florêncio informou que o projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal do Recife é o de número 246/2015, de autoria do ex-vereador Jurandir Liberal (PT). O texto, no entanto, ao propor o fomento da economia solidária, termina por funcionar como uma regulamentação das leis estadual e federal. “Mas o Poder Legislativo não pode dizer como o Executivo vai funcionar. Essa regulamentação seria inconstitucional. Então nós podemos aproveitar essa proposta, incluir mais ideias, fazermos ajustes e melhorias e elaborarmos um anteprojeto de lei para apresentarmos ao Executivo. Iremos dizer: essa é a regulamentação que o setor precisa. Nesse caso, o Executivo apresentaria o seu projeto de lei ao Legislativo como sendo de sua autoria”, afirmou. Esse procedimento, de acordo com o vereador, permitiria, também, dar mais celeridade ao projeto de lei e não deixaria “o assunto morrer”.

Rinaldo Júnior, por sua vez, participou da audiência pública porque ele também é autor de um projeto de lei, o PL 50/2017, que propõe a criação do Dia Municipal da Economia Solidária. “Será o dia 15 de dezembro, que coincide com o dia da morte de Chico Mendes. Quero que seja um dia de luta, de discussões aqui na Câmara, para encontrarmos soluções para quem vive da economia solidária. O Recife tem aproximadamente 170 mil desempregados e ela é o caminho para nortear uma saída”, afirmou. Telma Andrade ressaltou que é importante os poderes públicos investirem na economia solidária. “Além de ajudar a combater o desemprego, é um setor que dá retorno ao município. O setor no Recife é muito forte, sobretudo na área de alimentação. Existem várias formas de os poderes públicos investirem, que não é só carrear recursos”, lembrou. O advogado Pedro Alonso se colocou à disposição de prestar assessoria jurídica aos empreendedores ajudando a elaborar um plano municipal e no funcionamento de um fundo.

Artur Melo é membro de um grupo informal que lida com reciclagem, artesanato , alimentação e plantas ornamentais. “Na economia solidária podemos trabalhar com coisas diferentes no mesmo grupo, ao mesmo tempo, pois somos polivalentes. No dia a dia, uma atividade vai levando a outra. Mas o setor, no Recife, se ressente de uma legislação que o regulamente”, afirmou. A cidade, segundo ele, foi pioneira no Nordeste ao participar da criação do Fórum Nacional de Economia Solidária, em 2004, mas não acompanhou os avanços que foram surgindo. “Hoje, muitas cidades brasileiras têm a lei, fundo financeiro e conselho municipal. O Recife está atrasado em tudo isso”, afirmou. Os grupos que optam por trabalhar como microempresa e com CNPJ têm que optar, de acordo com Artur Melo, pela atividade jurídica de “comércio”, uma vez que não existe na Prefeitura do Recife outro enquadramento. “Se formos para a área de cooperativismo popular é pior. Assim, nós nos inviabilizaríamos porque teríamos que recolher 13º salário, férias, FGTS”, explicou.

A coordenadora do Fórum de Economia Popular Solidária, Sumaia Timani Calazans, afirmou que é preciso que outros setores como o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público também ajudem a conduzir a organização jurídica do setor. A gestora de Economia Sustentável da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife, Paula Marinho de Oliveira, reconheceu que estão atrasadas as iniciativas no âmbito do Poder Municipal para regulamentar o setor. “Vamos escutar os empreendedores, suas demandas, discutir a minuta e propor o projeto de lei. Também vamos trabalhar visando a criação de um fundo financeiro”, prometeu. A audiência pública deliberou que será criada uma Frente Parlamentar da Economia Solidária na Câmara Municipal do Recife; um Conselho Municipal; e uma Comissão Mista composta por parlamentares e representantes dos empreendedores para acompanhar nos diversos níveis os interesses dos empreendedores. O projeto de lei 246/2015, de autoria do ex-vereador Jurandir Liberal (PT), será analisado na Comissão de Finanças, Orçamento e Desenvolvimento Econômico, que vai dizer se ele é ou não inconstitucional.

Fonte: Assessoria de Comunicação / CMR

Cabo de Santo Agostinho recebem obras de ampliação da distribuição de água

Dois dos bairros mais populosos do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, estão sendo contemplados com obras de ampliação e melhorias da rede de distribuição de água. A Compesa atua com frentes de trabalho simultâneas nos bairros Cidade Garapu e Charneca para a construção de estações de bombeamento e implantação de novas tubulações, Válvulas Redutoras de Pressão (VRP) e novas ligações domiciliares. Hoje (31) foi iniciada uma intervenção, na Cidade Garapu, para executar a interligação da rede principal do novo sistema à Adutora de Suape. O serviço será concluído amanhã (1º), às 8h.

Para realizar a intervenção, foi necessário suspender o abastecimento de água, por 24 horas, para 18 localidades do Cabo de Santo Agostinho: Alto do Cruzeiro, Alto dos Mirandas, Bela Vista, Centro, Charnequinha, Cohab, Garapu, Jardim Santo Inácio, Loteamento Garapu, Malaquias, Mauriti, Nossa Senhora do Rosário, Nova Garapu, Pirapama, São Francisco, Suape-Praia, Vila Californiana e Vila Claudete. O fornecimento de água para as localidades será retomado após a finalização do serviço, seguindo o calendário de cada área.

Mais de 50 mil pessoas serão beneficiadas com a Obra de Ampliação do Sistema de Abastecimento do Cabo de Santo Agostinho, na qual são investidos cerca de R$ 18 milhões, recursos do governo federal, CAIXA, governo de Pernambuco e Compesa. O prazo para a conclusão do projeto é maio de 2018. No bairro de Cidade Garapu, está prevista a construção de duas estações elevatórias (bombeamento), o assentamento de 334 metros de adutora e quase 98 quilômetros de rede, além da implantação de nove Válvulas Redutoras de Pressão e 4.296 ligações domiciliares.

Para o bairro da Charneca, a obra consiste na execução de uma estação de bombeamento, implantação de 2,6 quilômetros de adutora e 12 quilômetros de rede de abastecimento. Na localidade também serão instaladas 13 válvulas e 1.079 novas ligações domiciliares.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Eleição para prefeito e vice no município de Ipojuca será realizada neste domingo

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco decidiu, no dia (23/01), a data da nova eleição para prefeito e vice no município de Ipojuca, que será realizada neste domingo (02/04). A Secretaria Judiciária do TRE-PE elaborou a resolução nº 279, na qual se determina as datas para todo o processo eleitoral, desde as convenções partidárias até a diplomação.

A candidatura de Romero Antônio Raposo Sales, que obteve o maior número de votos nas eleições municipais 2016, foi indeferida primeiramente pelo TRE-PE, e no dia 13/12/2016 se manteve indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral. A decisão foi baseada em uma condenação por improbidade administrativa com dano ao erário e enriquecimento ilícito devido a uma viagem feita por Sales em 2008, época em que era vereador. O município de Ipojuca abrange 67.210 eleitores na 16ª Zona Eleitoral, com 190 seções. Porém, a resolução do TRE-PE, nº 273, determinou que só poderiam votar os eleitores que já estavam inscritos até o dia 2 de novembro de 2016. Ou seja, o mesmo eleitorado da eleição de outubro de 2016, que corresponde a 66.490.

Os eleitores que se inscreveram após esse prazo até a presente data, não constarão na urna por determinação da resolução e só poderão votar na eleição de 2018. Nos casos dos eleitores que não votaram ou justificaram no dia 2 de outubro, os nomes constam nas urnas e eles poderão votar na eleição suplementar. No dia da Eleição serão utilizadas 188 urnas de seção e 17 urnas de contingência. A maior seção eleitoral é a 122, localizada na Escola Municipal Manoel Luiz Uchoa Cavalcanti, com 401 eleitores.

Teremos o quantitativo de 752 mesários; 63 administradores de prédio; 11 motoristas; 5 servidores do cartório; 6 servidores enviados para suporte tecnológico; 6 servidores para os principais locais de votação, na sede, em Camela, em Nossa Senhora do Ó e Porto de Galinhas. Assim como um total de 844 pessoas envolvidas diretamente no município, além disso, teremos mais a gestão e o suporte remoto na Sede do TRE, que envolverá pelo menos 30 servidores de diversas áreas. Foram investidos R$ 157.208 reais. O juiz da 16ª Zona Eleitoral, Eduardo José Loureiro Burichel está a frente na realização do pleito com o apoio da chefe do cartório, Taizi Freitas e dos servidores, Derly Dourado Júnior, Sandra Valeria Gomes, e demais servidores.

No dia do pleito, os eleitores poderão levar o título de eleitor para facilitar e agilizar o atendimento, mas é obrigatório apresentar um documento oficial com foto. Não serão considerados para votar os seguintes documentos: passaporte, certidão de casamento ou nascimento, assim como xerox autenticada. Boletim de ocorrência não substitui o documento. O final da totalização do resultado está previsto para às 19 horas. Acesse a página com informações sobre as Eleições Suplementares de Ipojuca, através do Menu Eleições > Eleições suplementares Ipojuca.

TRE-PE estabelece plantão judiciário do dia 1 de abril - O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco fixou o plantão judiciário do dia 1 de abril de 2017. O presidente do TRE-PE, Antônio Carlos Alves da Silva considerando a resolução nº 132 de 18 de junho de 2010, designou o desembargador eleitoral Luiz Carlos de Barros Figueiredo e os servidores lotados no gabinete para ficarem de prontidão judiciário nesse período. No dia 2 de abril, devido a realização da Eleição Suplementar no município de Ipojuca, terá a Sessão do Tribunal com a presença de todos os desembargadores eleitorais. O contato poderá ser feito das 15 às 19 horas, através do número (81) 982375366.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Serra Talhada abandonada pelo Governo de Pernambuco denuncia a Oposição

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) cumpriu, nesta quinta-feira, a primeira agenda do Pernambuco de Verdade no Sertão do Pajeú. A programação começou em Serra Talhada, com uma reunião com o presidente da Câmara Municipal da cidade, Naílson Gomes (PTC) e com alguns vereadores do município.

Na sequência, os deputados Silvio Costa Filho (PRB), Álvaro Porto (PSD), Júlio Cavalcanti (PTB), Socorro Pimentel (PSL) e Augusto César (PTB), anfitrião da delegação na cidade visitaram algumas obras paradas e equipamentos públicos. Entre os principais problemas identificados pelos parlamentares estão a paralisação de obras como a sede do Corpo de Bombeiros, anunciada em 2010; as intervenções construção de 300 unidades habitacionais, integrada ao saneamento básico e esgotamento sanitário do bairro Mutirão, iniciada pela Cehab e paralisada há nove anos, e a faculdade de medicina da UPE, que se arrasta desde de 2014. Também foram identificadas promessas que sequer começaram a sair do papel, como a duplicação da BR-232 de São Caetano até Cruzeiro do Nordeste; o distrito industrial de Serra Talhada, a unidade do IML do município e a Delegacia da Mulher.

“O volume de problemas que encontramos mostra o quanto o Pernambuco de Verdade, o da vida real das pessoas, é diferente do que o Governo do Estado mostra na sua propaganda oficial. O que se vê é um Governo que não consegue dar continuidade aos projetos que foram iniciados, enquanto as principais conquistas da população estão ficando para trás”, avaliou o líder da Bancada de Oposição, Silvio Costa Filho.

Além de obras, os parlamentares também inspecionaram equipamentos públicos, como o Hospital Regional Agamenon Magalhães, responsável pelo atendimento da população de Serra e mais 14 municípios do Sertão do Pajeú. “A infraestrutura do prédio é até boa, mas faltam equipamentos ar-condicionado na recepção, ambulatório e nos leitos, além da escassez de medicamentos, insumos básicos e profissionais para a população”, avaliou a deputada Socorro Pimentel.

Silvio destacou ainda a subutilização da UPAE do Estado na cidade, que funciona com apenas 35% da sua capacidade. “Segundo a prefeitura, a falta de profissionais no Hospital Agamenon Magalhães, de leitos de UTI e a subutilização da UPAE terminam sobrecarregado a rede municipal de saúde”, relatou.
Filho da região, o deputado Augusto César criticou a redução de programas sociais, como o PROUPE. “O Proupe foi reduzido de R$ 270 mil para R$ 90 mil e a tendência é acabar com o programa. Na cadeia pública, os presos que recebem o auxílio reclusão estão com atraso de três meses. Se o Governo diz fala em Pernambuco em Ação, as ações do Estado não estão chegando ao Sertão do Estado, como também não chegam ao Agreste, à Região Metropolitana ou à Zona da Mata”, criticou.

O deputado Álvaro Porto voltou a destacar as deficiências da saúde, também verificadas em Serra Talhada e em todo Sertão do Pajeú e as distorções causadas pelo modelo gerido por organizações sociais (OSs). “Apenas em 2015, o Governo gastou com OSs e subvenções cerca de R$ 1 bilhão sem que esses recursos significassem a otimização dos serviços prestados à população. Diferente do Governo, que diz está satisfeito com o modelo, a população não está nada satisfeita com o atendimento recebido na rede estadual de saúde”, criticou.

PLENÁRIA - No início da noite, a Bancada de Oposição realizou uma plenária com lideranças comunitárias, políticas e sindicais de todo o Sertão do Pajeú, na Câmara Municipal de Serra Talhada. No encontro, a delegação oposicionista ganhou o reforço da deputada Priscila Krause (DEM) e do deputado Ossesio Silva (PRB). Nesta sexta-feira, a programação dos parlamentares segue na cidade de Afogados da Ingazeira e Arcoverde, seguindo o mesmo roteiro de visitas a obras paradas e promessas não cumpridas e encontros com lideranças locais.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Encontro reúne prefeitos e secretários de turismo dos municípios pernambucanos

O Centro de Convenções de Pernambuco recebeu o Encontro Municipal de Turismo, promovido pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. O evento, realizado na última quarta-feira (29), marcou o início da agenda anual do Governo de Pernambuco, através do secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, com os prefeitos e secretários de turismo dos municípios pernambucanos. O encontro foi direcionado para os gestores e contou com a presença de 30 prefeitos e representantes de 90 municípios estaduais.

O Encontro Municipal de Turismo foi realizado no auditório do Brum e contou com uma programação extensa, das 8h às 16h. Na pauta, temas como estrutura funcional da Seturel, do Prodetur, da Empetur, da Política de Fomento ao Turismo, além de detalhes sobre a promoção do destino Pernambuco, da Comunicação aplicada ao Turismo e da Gestão Municipal ao Turismo. “O diferencial desse encontro foi a Bancada de Informações, no qual os prefeitos e secretários tiveram a oportunidades de uma conversa pessoal com nossos atendentes para tirar dúvidas e pegar informações”, explicou o secretário Felipe Carreras.

Na oportunidade, estiveram presentes os prefeitos de Santa Cruz do Capibaribe, Edson de Souza, Pesqueira, Maria José Castro, Tamandaré, Sérgio Corte Real, Parnamirim, Tácio Pontes, Belém de São Francisco, Lecínio Roriz e Exú, Raimundo Sobrinho, Bom Jardim, João Francisco de Lira, Igarassu, Mário Ricardo, Toritama, Edilson Tavares, Buíque, Arquimedes Guedes, São Joaquim do Monte, João Tenório, São Bento do Una, Debóra Severo.

Durante o evento, os gestores também tiveram a oportunidade de conhecer os projetos com foco no incremento do turismo do Estado, fomentados pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). “É importante que os prefeitos e secretários compreendam a atenção que o Governo de Pernambuco tem dado a todas as regiões do Estado, com foco na infraestrutura turística”, concluiu Carreras.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Vereador Aerto Luna cobra segurança para bairro em Recife

O vereador por Recife, perrepista Aerto Luna falou, durante a reunião plenária realizada na segunda-feira, 20, sobre a violência que vem ocorrendo na Imbiribeira. Segundo o parlamentar, os moradores do bairro estão com medo, chegando a mudar a suas rotinas diárias. “A Lagoa do Araçá, local de levar crianças para brincar e de adultos e idosos se exercitarem na primeira academia Recife, foi tomada pelo lugar do medo e de insegurança, pois a qualquer hora pessoas são assaltadas”.

Aerto Luna salientou que os assaltos pioraram na área por uma sucessão de motivos. “Entre eles, a retirada da cavalaria que no ano passado fazia a segurança da Imbiribeira e de todo o entorno da lagoa, garantindo a segurança do cidadão, bem como a preservação do patrimônio público”.

O vereador ainda ressaltou que, com o objetivo de garantir a tranquilidade dos moradores, elaborou dois requerimentos, um pedido a volta dos quatro conjuntos da cavalaria para a Imbiribeira e a Lagoa do Araçá e, no outro, Aerto fez um apelo ao comandante do 19º Batalhão para intensificar as rondas policiais na Lagoa do Araçá e seu entorno, pois os assaltos aumentaram desde que o 19º foi transferido do Ipsep para o Pina.

“Sei que não é um problema que atinge apenas este bairro, mas subo à tribuna para pedir celeridade aos pedidos citados, pois um ponto turístico da nossa cidade está ficando sem uso e a rotina de um importante bairro está sendo mudada por causa de ações constantes de marginais que estão agindo livremente”, frisou o perrepista.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Bancada de Oposição visita obras no Sertão pernambucano

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) cumpre agenda nesta quinta (30) e sexta-feira (31) no Sertão do Pajeú e Sertão do Moxotó. A programação dos parlamentares inclui visitas a obras paradas e equipamentos públicos mantidos pelo Estado. A ação, batizada como Pernambuco de Verdade, tem o objetivo de fazer o contraponto às promessas feitas pelo Governo do Estado. 

A primeira cidade visitada será Serra Talhada, nesta quinta, onde além das visitas será realizada uma plenária para ouvir a população, lideranças comunitárias e sindicais. Na sexta-feira, os deputados têm compromissos nas cidades Afogados da Ingazeira e Arcoverde.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Usuários reclamam da demora do transporte público na UFRPE em Dois Irmãos

Usuários, moradores e estudantes estão preocupados por conta da demora no transporte público no bairro de Dois Irmãos, zona norte do Recife. Quem precisa esperar os ônibus nas paradas localizadas na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), reclamam que após o período carnavalesco houve a retirada de alguns ônibus de importantes linhas que atendem a unidade de ensino superior e a espera pelo transporte tem gerado vários transtornos.

O estudante, Jonatas Mendes Lyra (24 anos), fala em descaso. “Infelizmente os ônibus aqui são cheios, principalmente nos horários de chegada e saída dos turnos da universidade, e com relação à demora é pior. Esperamos horas por um transporte para ir ao Centro ou voltar para casa. Um percurso de quarenta minutos dura mais de uma hora e meia”, reclama.

A empregada domestica, Maria de Fátima Souza (33 anos), conta que reside na comunidade de Sítio dos Pintos há dez anos e fala sobre o transtorno gerado com a retirada dos ônibus. “Na verdade o transporte aqui já não é bom, a espera e os ônibus cheios são comuns aqui, mas agora ficou muito pior”, fala.

Já o senhor Rildo Barbosa Lima (39 anos), morador da comunidade do Córrego da Fortuna, enfatiza que os ônibus estão sempre cheios e atrasados. “Os ônibus estão sempre lotados, atrasados e a espera é insuportável, falam que está tudo normal, que a culpa é por causa do trânsito, mas não é normal esperar mais de uma hora por um ônibus”.

A estudante do curso de Ciências Sociais, Gabriela Oliveira dos Santos, ressalta que aguarda horas por um transporte. “Todos os dias a noite eu espero no ponto de ônibus próximo as barracas da UFRPE e um dia desses cheguei às 20h50 e o ônibus só passou às 21h45. Não têm ônibus”, enfatiza. Os usuários denunciam que as linhas estão sendo modificadas para atender aos interesses das empresas e não da necessidade do povo.

As linhas que atendem a localidade: 522 - Dois Irmãos (Rui Barbosa); 202 - Barro Macaxeira (Várzea); 524 - Sítio dos Pintos (Dois Irmãos); 2490 - TI Camaragibe (Macaxeira); 527 - Sítio dos Pintos / IMIP (Joana Bezerra); 930 - Rio Doce (Dois Irmãos); 519 - Dois Irmãos (Opcional); 532 - Casa Amarela (Cruz Cabugá) e 060 - TI Tancredo Neves (Macaxeira) - que inclusive os ônibus BRT deixaram de circular nesta linha.


Recife comemora Dia Mundial da Juventude com debates e apresentações culturais

A Secretaria Executiva de Juventude da Prefeitura do Recife está realizando a Semana da Juventude, que começou na sexta (24) e encerra nesta quinta-feira, 30 de março, Dia Mundial da Juventude. A data representa a luta de todos os jovens pela garantia dos seus direitos e o reconhecimento de suas diversas formas de se expressar e atuar coletivamente. As atividades contam com o trabalho intersetorial das pastas municipais e Conselho Municipal de Juventude.

Por meio de oficinas, debates, atividades desportivas, ações de participação política e apresentações culturais, a Secretaria Executiva de Juventude promoveu uma ampla agenda de atividades de garantia dos direitos dos jovens do Recife, prevista no Estatuto Nacional da Juventude (Lei 12.852/13) e com base no Plano Municipal de Juventude (Lei 18.279/16). A Semana garantiu a valorização dos jovens e o reconhecimento como sujeito de direitos no município.

Além das atividades voltadas aos jovens, a Semana de Juventude deu visibilidade e provocou o debate junto a sociedade, acerca do potencial deste público enquanto agente de transformação social, trazendo propostas e desenvolvendo políticas públicas para o segmento, que atravessa diversos desafios no seu percurso de vida. O encerramento acontece amanhã (30) com uma celebração no Compaz na Zona Norte do Recife.

Serviço:
Compaz Eduardo Campos (Av. Aníbal Benévolo - Água Fria - Recife)
  • 14:00 às 14:30 - Apresentação Cultural;
  • 14:30 às 15:00 - Lançamento Plano Municipal de Juventude;
  • 15:00 às 17:00 - Roda de diálogo: Juventude Pautando os Seus Direitos.
Fonte: Assessoria de Comunicação


Obra parada da Unidade de Educação Infantil do Sítio dos Pintos no Recife

Mais uma obra parada. Dessa vez, uma creche. E ninguém fala nela. É sempre assim. Os gestores públicos anunciam as obras, colocam placas espalhafatosas, com prazo de conclusão, para que chamem atenção da população e de eventuais eleitores. Está se fazendo isso, está se fazendo aquilo. E elas aumentam, quando se aproximam as campanhas eleitorais. Depois, essas obras não terminam, as placas são retiradas, para que a população esqueça que ali foi enterrada uma montanha de dinheiro público. É o exemplo do Programa “Rios da Gente”, onde primeiro se cobriu com tinta preta a logomarca do Governo de Pernambuco, quando tudo parou. Depois, a placa foi totalmente arrancada, às margens da BR-101, onde o antigo canteiro de obras vem sendo transformado em depósito de lixo, enquanto as carcaças das dragas abandonadas ao ar livre, sofrem a pressão da ferrugem.

Na área do município, não são poucas as obras também inacabadas. Dois exemplos significativos são a ponte que ligaria os bairros de Monteiro e Iputinga, que desafogaria o trânsito na Zona Norte. No local, só restam bases de concreto e vergalhões de ferro retorcidos. As estruturas hoje servem para que jovens da comunidade local improvisem sessões de rapel. Outro exemplo é a Unidade de Educação Infantil do Sítio dos Pintos, que deveria ter ficado pronta em janeiro de 2013, e na qual foi enterrada a bagatela de R$ 1,385 milhão. A creche é resultante de parceria entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e a Prefeitura. Fica perto da Universidade Federal Rural de Pernambuco, e atenderia às crianças de Apipucos, Monteiro, Dois Irmãos e Casa Forte. E de comunidades carentes da área, como Serra Pelada e Favela do Detran. Professores da UFRPE que fazem trabalho social naqueles bairros, até já se mobilizaram para que a construção seja retomada. Mas os apelos à Prefeitura do Recife foram em vão.

Até o ano passado, a placa ainda estava lá, com nome da empreiteira, órgãos envolvidos, valor destinado à construção do prédio, prazo de conclusão. Agora, como que para encobrir mais um desperdício, não há mais nenhuma indicação visível sobre origem e destino da creche, cujas construção deveria ter sido retomada no segundo semestre de 2015, segundo informou na época a Prefeitura. Pois está tudo do mesmo jeito. A creche se integra ao acervo de obras paradas, o que se tornou comum, em Pernambuco e no Recife, onde o seu, o meu, o nosso dinheiro vive sendo enterrado. Fiquei triste, ao ver a cena, durante minha caminhada matinal por aquelas bandas, nesta semana. Será que as autoridades se preocupam com as mães que, sem condições de pagar babás, deixam de trabalhar porque não têm com quem deixar os filhos?

Fonte: #OxeRecife

“Paulo Câmara faz uma enganação com povo de Goiana” criticou deputado Daniel Coelho

Em discurso feito na tribuna da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, o deputado federal Daniel Coelho criticou o governador Paulo Câmara pela situação de abandono à qual se encontra a UPA do município de Goiana, Na Mata Norte do Estado. Na segunda-feira, a convite de moradores e lideranças do município, o parlamentar visitou o local e pôde constatar a situação: um prédio novo, porém abandonado.

“A UPA está completamente abandonada. O mato toma conta do prédio, que ainda é novo, não tem profissionais nem equipamentos para atender a população. Uma verdadeira fraude e enganação com o povo de Goiana”, destacou Daniel Coelho. “Vai lá prefeito, governador, vão lá deputados, lideranças ligadas ao governo do Estado, inauguram uma obra, criam uma expectativa na população, que fica sem poder ser atendida no local. Fica aqui a voz do povo de Goiana registrada com a enganação que faz o governador Paulo Câmara”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

SAM 2017 discutirá sobre o PNE rumo aos objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Neste ano, a mobilização da SAM é “Pelo Plano Nacional de Educação rumo aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável“, marcando um balanço da implementação da Lei nº 13.005/2014, do PNE, contextualizado com o monitoramento dos ODS no Brasil, com ênfase em educação, igualdade de gênero e fortalecimento das instâncias democráticas de participação.

Coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação há 13 anos, a SAM brasileira acontecerá, em 2017, entre os dias 4 e 11 de junho em todo o território nacional. Ela precede a data de aniversário do Plano Nacional de Educação 2014-2024 (Lei 13.005/2014), dia 25 de junho de 2014, quando foi sancionado. Assim, a SAM brasileira está dedicada ao monitoramento do terceiro ano de implementação do PNE.

Sob o mote, “Não vamos inventar a roda!”, a SAM garantirá um olhar nacional qualificado e crítico para esse debate, reforçando a necessidade da implementação plena dos marcos legais já existentes para o cumprimento do direito à educação e da necessidade de um chamamento nacional por nenhum retrocesso.

De 2003 a 2016, a Semana já mobilizou mais de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, sob iniciativa da Campanha Global pela Educação. Apenas no Brasil, já são 1,2 milhão de pessoas. É a maior atividade de mobilização qualificada da sociedade civil pelo direito humano à educação.

O grande objetivo é fazer uma grande pressão sobre líderes e políticos para que cumpram os tratados e as leis nacionais e internacionais, no sentido de garantir educação pública, gratuita, equitativa, inclusiva, laica, e de qualidade socialmente referenciada para toda criança, adolescente, jovem, adulto e idoso que vive no Brasil.

Nesta edição, os participantes serão convidados a aderir à iniciativa global contra o trabalho infantil e a exclusão escolar, “100 milhões por 100 milhões”, liderada mundialmente pelo Nobel da Paz, Kailash Satyarthi, coordenada no Brasil pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Este é o nosso primeiro comunicado; queremos trazer notícias e incentivar o planejamento de atividades para a SAM 2017. A partir de agora, enviaremos periodicamente comunicados por e-mail para trocarmos informações sobre a organização da Semana em todo o Brasil.

Como participar da SAM 2017 - Qualquer pessoa, grupo ou organização pode participar da SAM, discutindo o tema e realizando atividades em creches, escolas, universidades, sindicatos, praças, bibliotecas, conselhos, e secretarias, envolvendo todas e todos os que se interessam pela defesa da educação pública, gratuita e de qualidade no Brasil. A SAM é um chamamento intersetorial, por isso é importante unirmos forças em todos segmentos e áreas. O Comitê Técnico que apoiará a execução da SAM 2017 está em fase de composição, em breve partilharemos os nomes das instituições que o integram. Para obter mais informações sobre a SAM 2017 escreva para: sam@campanhaeducacao.org.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação

PFDC solicita esclarecimento sobre realização da Conferência Nacional de Educação em 2018

Realizada a cada quatro anos, a Conae é um espaço de participação social que permite o monitoramento das políticas relacionadas à educação

A procuradora federal dos Direitos dos Cidadãos, Deborah Duprat, e o procurador da república Júlio Araújo, estiveram reunidos ontem (27/03) com coordenadores governamentais e da sociedade civil do Fórum Nacional de Educação (FNE).

A reunião teve como objetivo discutir, entre outras questões, a execução das ações estabelecidas no Plano Nacional de Educação e os preparativos para a Conferência Nacional de Educação (Conae). De acordo com a Lei nº 13.005/2014, as conferências nacionais de educação devem ser realizadas com intervalos de, no máximo, quatro anos. Tendo em vista que a última conferência ocorreu em 2014, a próxima edição deverá acontecer até o próximo ano.

Diante desse contexto, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) encaminhou ofício ao Ministério da Educação (MEC) questionando os encaminhamentos para a realização da Conae. Tendo em vista a proximidade com o prazo estabelecido em lei e o período eleitoral, o documento destaca a necessidade de que a Conferência seja realizada ainda no primeiro semestre de 2018.

A Conferência Nacional de Educação, realizada por meio de financiamento do MEC, é um espaço democrático que pretende a ampla participação social, visando a possibilidade de monitoramento das políticas que afetam a educação no País. Nesse sentido, a realização da Conae em 2018 representa importante estratégia para incluir a sociedade no debate acerca das mudanças ocorridas na área da educação como, por exemplo, a reforma do ensino médio.

Sobre o FNE – O Fórum Nacional de Educação (FNE) foi criado pela Portaria nº 1.407/2010, configurando-se como um espaço de interlocução entre a sociedade civil e o Estado brasileiro no que se refere ao tema, sendo composto, ao todo, por 50 entidades.

Fruto de conquista obtida na Conae 2010, o FNE tem entre suas atribuições o papel de participar do processo de concepção, implementação e avaliação da política nacional de educação; acompanhar e avaliar os impactos da implementação do Plano Nacional de Educação; oferecer suporte técnico aos estados, municípios e Distrito Federal para a organização de seus fóruns e de suas conferências de educação; entre outras.

Fonte: Assessoria

Festa de Março em Bodocó atrai multidão durante os quatro dias de evento

Ficou com gosto de quero mais. No último dia de programação, Ébano Nunes e Banda de Rodagem encerraram a programação da Tarde Cultural na Festa de Março de Bodocó. Em seguida, no palco principal, Zeca Bota Bom e Welson Vaqueiro, Douglas Espíndola e Luan Estilizado, encerraram com chave de ouro a edição 2017 da Festa de Março.

O evento teve quatro dias de programação e ofereceu shows no palco principal, Budega do Forró e Tarde Cultural. Psirico, Gabriel Diniz, Toca do Vale, Ciel Rodrigues, Luan Estilizado e Zezo, foram alguns dos shows que passaram pelo palco principal.

Mas nem só de shows, foi feita a Festa de Março. As secretarias municipais de Educação, Saúde, Assistência Social e Meio Ambiente ofertaram serviços e ações à população. Teve recreação com crianças, pintura de rosto, exposição de telas da Pedra do Claranã, distribuição de mudas de plantas, degustação de queijos e licores artesanais, testes de HIV, Hepatite, campanha contra a violência, homofobia e ao trabalho infantil.

Através da parceria com o Sesc, o grupo bodocoense Artimanha de Teatro apresentou a peça Sublime Torrão, abordando a temática do sertanejo imigrante, que devido à seca, sai do Nordeste em busca de melhores condições de vida.

A edição 2017 da Festa de Março de Bodocó foi promovida pela Prefeitura de Bodocó, realizada pela Secretaria de Cultura e contou com o apoio do Sesc.

Para o prefeito Túlio Alves, o evento superou as expectativas. "Realizamos uma grande festa com uma programação diversificada que agradou a todas as faixas etárias e estilos musicais. As vendas do comércio aqueceram, já que ampliamos os dias de evento. Investimos em segurança para garantir a tranquilidade dos bodocoenses e visitantes. Foi uma festa muito bonita e com gente feliz."

"A festa foi expressivamente cultural, a cenografia escolhida contemplou a nossa identidade cultural. Durante todo o evento, os artistas regionais foram valorizados. Imprimimos a imagem hospitaleira de Bodocó. Vimos a felicidade no rosto das pessoas", disse o secretário de Cultura, Renato Lócio.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Oposição aponta ação eleitoreira do governo e leva o Pernambuco de Verdade ao Sertão

O Governo do Estado, sem ter o que mostrar à população de Pernambuco, investiu em eventos de cunho eleitoreiro em agenda de três dias do “Pernambuco em Ação” no Interior do Estado. No roteiro do governo Paulo Câmara na última semana, estraram desde ordem de serviço para coberta de quadra escolar à inauguração de escola municipal, além de uma lista de inaugurações e revitalizações de praças e calçamento de ruas. No entanto, uma série de promessas para a região não saiu, efetivamente, do papel.

“Enquanto a população espera medidas efetivas no combate à violência, espera a reabertura de mais de 200 leitos fechados nos últimos anos, espera a retomada de obras inacabadas no Estado, o Governo vai ao interior fazer novas promessas e entregar ações pontuais”, criticou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

O parlamentar destaca que das obras prometidas pelo governador Paulo Câmara, na campanha de 2014, nada saiu do papel. “A população continua esperando os 20 Compaz prometidos por Paulo Câmara, assim como os quatro hospitais do Interior, a interiorização da Agência de Desenvolvimento do Estado, o gasoduto Belo Jardim-Arcoverde, o VLT da Avenida Norte, a tarifa única na Região Metropolitana do Recife, a conclusão da Navegabilidade do Capibaribe, a duplicação da BR-232 de São Caetano a Cruzeiro do Nordeste, a construção de 6 UPAEs no Grande Recife e Interior do Estado, além da universalização das escolas de tempo integral, do Água para Todos e do programa Mãe Coruja e da ampliação dos programas Atitude e Ganhe o Mundo”, ressaltou.

Para denunciar a paralisa do Governo do Estado, a Bancada de Oposição coloca em ação, na próxima quinta-feira, a edição 2017 do Pernambuco de Verdade, visitando as mesmas cidades que receberam o governador na última semana. “Esse programa do Governo é muito mais a antecipação da eleição do próximo ano e muito menos ação do que o Governo anuncia. Nós da Bancada de Oposição vamos fazer o contraponto, mostrando o Pernambuco de Verdade, que é aquele das obras inacabadas, dos programas incompletos, da insegurança e do atendimento precário na saúde”, destacou o deputado Augusto César (PTB), que tem base na região visitada na última semana pelo governador.

“Vamos mostrar o Pernambuco do dia a dia das pessoas, que é bem diferente do que o Governo do Estado apresenta na televisão. Vamos mostrar, na prática, que Pernambuco está sem Ação, enquanto as principais conquistas da população estão ficando para trás”, reforçou Silvio.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Prefeita Madalena Britto recepciona o Pernambuco em Ação

O Pernambuco em Ação foi realizado neste sábado, dia 25, pela manhã, na Escola Técnica Estadual Professor Francisco Jonas Feitosa Costa. O evento em Arcoverde encerrou a primeira rodada do Seminário. O governador Paulo Câmara realizou um balanço dos investimentos no Sertão do Estado. Ao todo, foram liberados R$ 123 milhões para as Regiões do Pajeú, Itaparica e Moxotó direcionados para as áreas sócio-econômicas. No último dia, o chefe do executivo anunciou R$ 25 milhões de investimentos em Recursos Hídricos, Educação, Habitação, Agricultura Familiar e Infraestrutura no Moxotó. O grande anúncio foi a autorização para início das obras e serviços de implantação do Sistema Adutor do Moxotó, com aporte de R$ 8,5 milhões do Governo do Estado.

A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, agradeceu e listou as obras feitas pelo Governo de Pernambuco na cidade: construção da UPA-E, da UPE, da Escola Técnica Estadual, Pátio da Feira, várias praças de Arcoverde, mais de 60 ruas pavimentadas e a instalação da Organização Social – OS, que hoje administra o Hospital Regional de Arcoverde. “Nós estamos juntos com o governador Paulo Câmara. Conte conosco para fortalecer cada vez mais o Estado de Pernambuco, disse ela.

Paulo Câmara avaliou como positiva a primeira rodada do Seminário. “Foi apresentado, de maneira muito clara, tudo o que nós fizemos, mas saio daqui muito motivado e muito determinado a trabalhar por um Pernambuco melhor”, concluiu Câmara.

Sobre a obra realizada pelo Governo do Estado, em parceria com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e o Governo Federal, o presidente da entidade, Roberto Tavares, explicou que, o equipamento alimentará a Estação de Tratamento de Água de Arcoverde e se interligará aos trechos já construídos da Adutora do Agreste que levarão água para mais seis cidades. São elas Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó e São Caetano.

“Todo pernambucano sabe, principalmente, o pessoal do Moxotó, que tem sido muito sofrida a vida do sertanejo. São seis anos consecutivos de seca. Então, a aceleração das obras da Adutora do Moxotó é importante, pois poderá abastecer plenamente Arcoverde e algumas cidades do entorno”, esclareceu Tavares. O Sistema Adutor do Moxotó é composto pela estrutura de captação na barragem do Moxotó, no Eixo Leste da Transposição, com 70 quilômetros de Adutoras em tubos de ferro fundido de 600mm de diâmetro, 3 estações de bombeamento e vazão de 450 litros por segundo.

Entre os anúncios, a certeza de que quatro municípios do Sertão do Moxotó também serão beneficiados com R$ 482.436,75 em recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). O valor será direcionado para a cidade de Ibimirim na construção de Estádio de Futebol no Bairro Lages e a reforma nas Quadras Poliesportivas no bairro Agrovila IV e João Inocêncio Correia Lima; em Arcoverde, será construída a Praça da Cohab I; em Betânia, será realizada a construção de Praça Pública para Lazer; e para o município de Sertânia, serão duas construções de Muralhas de Creches e de obras de abastecimento de água, nas Vilas Rio da Barra (4º Distrito e Albuquerque NE e 5º Distrito).

Estiveram presentes os secretários de Estado; os deputados estaduais Isaltino Nascimento (líder do Governo), Eduíno Brito, Ricardo Costa, Waldemar Borges, Joaquim Lira, José Maurício e Laura Gomes; e os deputados federais André de Paula, Fernando Monteiro, João Fernando Coutinho, Gonzaga Patriota e Kaio Maniçoba, além de vários prefeitos da região.

Fonte: Assessoria de Comunicação


Projeto Nivea Viva Jorge Ben Jor chega ao Recife no dia 21 de maio


O projeto Nivea Viva em 2017 celebra a alegria contagiante do povo brasileiro na voz e no som dos intérpretes Jorge Ben Jor, Céu e Skank. O projeto Nivea Viva Jorge Ben Jor, vai percorrer diferentes capitais brasileiras, a partir de abril, com shows gratuitos e abertos para a família inteira. No Recife, o o projeto chega, dia 21 de maio, às 17h30, com um show exclusivo no Parque Dona Lindu, na Avenida Boa Viagem.

Fonte: Assessoria


Deputado Betinho Gomes dialoga com vereadora Manu Lapa de Carpina

O deputado federal Betinho Gomes (PSDB) dialoga com Manu Lapa (PTB) sobre os trabalhos desenvolvidos pela vereadora em Carpina, importante município da Mata Norte de Pernambuco.

Recentemente, o deputado Betinho publicou uma foto ao lado de Manu Lapa. Na postagem, Gomes reconhece a atuação e o trabalho da vereadora pela melhoria de vida do povo carpinense. 

"Hoje tive o prazer de conhecer a Vereadora de Carpina, Manu Lapa. A vereadora mostrou uma enorme disposição de trabalhar para representar bem os moradores de Carpina e me pediu apoio para fortalecer sua luta, em especial o trabalho que desenvolve em favor dos jovens", disse Betinho Gomes.

Atualmente, a vereadora Manu é uma liderança feminina forte, demostrando um potencial articulador indiscutível e obtendo destaque na região. O encontro aconteceu no escritório do deputado federal, bem antes do Carnaval, no Recife.

Fonte: #BlogPautaPolítica


Empresas de ônibus se protegem de assaltos demitindo cobradores e só aceitando Vem

Os motoristas de ônibus paralisaram as atividades em pleno Centro do Recife na manhã desta sexta-feira (24), provocando uma grandiosa fila de coletivos, que ocuparam as avenidas Guararapes, Conde da Boa Vista e Dantas Barreto. O principal motivo da manifestação foi a ameaça de demissão em massa dos cobradores.

O fato é que as empresas de ônibus do Grande Recife estão partindo para uma grande “ofensiva” contra os constantes assaltos sofridos pelos ônibus nos últimos tempos. Os empresários, através do Consórcio Grande Recife, estão estimulando as empresas a forçarem os usuários do transporte coletivo a substituírem o pagamento com dinheiro pelo Vem Comum.

Essa medida serve como uma máscara para outra ainda mais macabra: a demissão dos cobradores. A ação teria o objetivo de desestimular assaltos, já que haveria uma forte redução de dinheiro circulando nas mãos dos cobradores. Em compensação, de forma maquiavélica, empurra os assaltantes a roubarem apenas os usuários desse tipo de transporte.

Esse procedimento já vem sendo adotado por empresas do setor em outras capitais do Nordeste, como João Pessoa, cujos ônibus já circulam há muito tempo aos domingos sem cobrador. Em muitas linhas, mesmo nos dias úteis da semana, os coletivos circulam só com motoristas, que acumulam a função de cobrador e provocam o atraso das viagens nas horas de rush, por conta da necessidade de se passar troco.

Na capital paraibana, a categoria dos rodoviários é dividida e parte do movimento é financiado, inclusive, pelos próprios empresários do setor. Os cobradores perderam a batalha e a grande maioria sofreu com a demissão. Vamos ver se em Pernambuco a categoria vai ter força para vencer o projeto maligno dos patrões.

Comissão Paritária do Prêmio Prefeitura Amiga da Mulher divulgou municípios vencedores da edição 2017

A Comissão Paritária do Prêmio Prefeitura Amiga da Mulher (PAM) – 2017 divulgou, os municípios vencedores da quarta edição do evento. São eles: Cabo de Santo Agostinho (Região Metropolitana do Recife), Lagoa do Carro (Zona da Mata), Santa Cruz do Capibaribe (Agreste) e Parnamirim (Sertão). As gestões foram avaliadas por um colegiado formado pelas deputadas estaduais Simone Santana, Terezinha Nunes e Socorro Pimentel, além de três técnicas da Secretaria Estadual da Mulher.

Os municípios vitoriosos se destacaram pelo conjunto de políticas públicas para as mulheres, formação de redes estruturadas, com organismos municipais de defesa dos direitos das mulheres, adesão ao FEM Mulher, existência de Conselho da Mulher, de Centros de Referência, além de ações de promoção da saúde feminina e campanhas educativas. Desempenho nas áreas de saúde, educação, qualificação profissional, ações inovadoras e protagonismo feminino na gestão nortearam a avaliação das prefeituras inscritas.

“O Prêmio Prefeitura Amiga da Mulher vem cumprindo seu papel de incentivar a promoção de políticas públicas específicas para as mulheres. Neste ano, o Agreste foi a região com maior número de indicações, com cinco gestões participantes, de um total de nove”, avalia a deputada Simone Santana, presidente da comissão paritária da premiação. Além dos quatro vencedores, participaram desta edição do prêmio os municípios de Jaqueira, Orobó, Itaíba, João Alfredo e Águas Belas.

Fonte: Assessoria de Imprensa

FNDC lança campanha para fortalecer a luta pela democratização da comunicação

Por meio da campanha “Fortaleça a Luta pela Democratização da Comunicação”, o FNDC convoca as entidades da sociedade civil a apoiarem a luta por diversidade e pluralidade na mídia. A campanha, lançada nesta terça-feira (14/3), estimula a adesão de novas entidades e a regularização financeira das entidades já filiadas. A filiação pode ser feita diretamente pela internet, sem burocracia, através do Sistema de Filiação online. Aprimorado, o sistema também passa a permitir doações avulsas, inclusive de pessoas físicas. 

Criado em 2016 para facilitar a aproximação com entidades nacionais e regionais, o Sistema de Filiados do FNDC recebeu adesão recorde ao longo do último ano, com mais de 500 filiações. Agora, novas entidades podem se somar nessa luta e aquelas que já fazem parte do Fórum também poderão regularizar suas contribuições e participar das instâncias deliberativas da entidade, como a Plenária Nacional, que em este ano será realizada durante o 3º Encontro Nacional pelo Direito à Comunicação (ENDC), em Brasília (DF).

A coordenadora-geral do Fórum, Renata Mielli, lembra que nesses 25 anos de história a entidade vem atuando com apoios de organizações internacionais e algumas contribuições do movimento social nacional. “Precisamos ir além, dar o primeiro passo no caminho da independência financeira da nossa entidade. Para isso, é necessário ampliar a participação da sociedade civil organizada do Fórum e garantir que as entidades filiadas mantenham suas contribuições em dia”.

Atualmente, o FNDC está organizado em quase todo o território nacional, por meio de 20 comitês regionais e estaduais, e congrega, entre suas mais de 500 entidades filiadas, associações, sindicatos, movimentos sociais, organizações não-governamentais e coletivos. Com sede em Brasília, o Fórum organiza atividades locais e regionais, acompanha a pauta legislativa no Congresso Nacional e produz a revista MídiaComDemocracia, além de desenvolver campanhas como a Calar Jamais!, lançada no ano passado para denunciar o agravamento das violações do direito à liberdade de expressão no país após a ascensão do governo golpista. 

“Mais do que nunca, precisamos do apoio do movimento sindical brasileiro para continuar produzindo informações sobre o direito à comunicação, desenvolvimento campanhas e discutindo de forma aprofundada a importância de combater o monopólio privado nos meios de comunicação, enfrentar a ofensiva dos grandes grupos econômicos no campo da internet e enfrentar a desnacionalização da economia no terreno das telecomunicações”, enfatiza Renata.

Doações online - A novidade desta campanha é a plataforma para doações online. Voltada para pessoas físicas e organizações que não estão filiadas ao Fórum, mas desejam contribuir com a luta pela democratização da comunicação, essa plataforma aceita doações a partir de R$ 30, via boleto ou cartão de crédito. Os recursos serão destinados exclusivamente para financiar ações do FNDC para promoção de políticas públicas de comunicação. 

Apoie o FNDC!

Fonte: AblogPE

Senador Fernando Bezerra anuncia a perfuração de 65 poços no Sertão

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) anunciou, na manhã desta sexta-feira, a perfuração de 65 poços no Sertão do Estado para minimizar os efeitos do sexto ano consecutivo de estiagem. As obras serão realizadas pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), com recursos viabilizados graças a emendas parlamentares do senador e do deputado federal Fernando Filho, atualmente licenciado para assumir o ministério de Minas e Energia. Serão 21 poços no Sertão de Itaparica, 28 no Pajeú e 10 no Moxotó, além de seis poços profundos, localizados também no Moxotó.

O anúncio foi feito durante o seminário Pernambuco em Ação, promovido pelo governo do estado, na cidade de Petrolândia. A agenda envolve todo o secretariado estadual, deputados federais e estaduais da região e foi coordenada pelo governador Paulo Câmara. O senador elogiou a iniciativa do governo em repactuar as metas assumidas em 2014, por conta do agravamento da crise. “É importante que possamos dizer às pessoas o que não poderá ser feito e elencar prioridades. O Brasil mergulhou na maior recessão da sua história, com 12 milhões de desempregados e as receitas estaduais caíram muito”, ponderou o senador.

Fernando Bezerra defendeu junto ao governador a ampliação da malha viária da região, especialmente a estrada do Ibó, na cidade de Belém do São Francisco. A estrada irá ajudar a escoar a produção de mangas, o mais importante vetor da economia local. Para o senador é fundamental que o estado consiga potencializar as obras da transposição do São Francisco no Sertão de Itaparica, concretizando o projeto de irrigação na região da cidade de Floresta, cobrindo uma área de 10 mil hectares. “Além disso, em Ibimirim podemos irrigar outros 5 mil hectares. Com estas ações vamos beneficiar milhares de trabalhadores e trabalhadoras do Sertão, que vão poder produzir com segurança e mudar de vida”, disse.

O senador destacou ações importantes do mandato em Brasília, como o retomada do programa do milho, que vai beneficiar os avicultores pernambucanos, e a lei que permite a renegociação das dívidas rurais. “Estamos trabalhando muito para trazer os recursos que o Estado precisa. Esses encontros são importantes para que possamos falar sobre nossas ações e ouvir as demandas do povo. Como afirmava meu pai, nada resiste ao trabalho”.

Estiagem - Fernando Bezerra revelou durante o encontro que pediu ao presidente Michel Temer a criação de uma bolsa especial para os agricultores do semiárido nordestino. O senador quer a inclusão de um valor entre R$ 60 e 80, como auxílio para a manutenção das lavouras e subsistência. “O Nordeste está vivendo uma estiagem que se prolonga há seis anos e ninguém aguenta tanta seca. São milhares de pessoas que não conseguem produzir e precisam de ajuda”, destacou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Francofonia encerra exposição DELAS na A Casa do Cachorro Preto

Em comemoração à semana da francofonia, A Aliança Francesa Recife apresenta o concerto com Adama Keïta. Adama Keïta é um músico malinês que toca o instrumento africano kora, instrumento de cordas tradicional dos povos mandigas da África Ocidental. Sua família é detentora desse instrumento desde a sua origem, no século XIII, e já está na 72° geração de tocadores de kora.

A Semana da Francofonia tem o proposito de divulgar a diversidade das culturas dos países que falam a língua francesa (mais de 75 países em todos os continentes fazem parte da francofonia, entre membros e observadores), promover e festejar a diversidade cultural, como um valor e um bem fundamental da humanidade, e um fator de paz para o mundo.

Este ano, a Francofonia festeja, na Casa do Cachorro Preto em Olinda, no dia de encerramento da exposição DELAS, a musica do Mali, com o musico Adama Keita e seu instrumento tradicional, a Kora, e outras musicas de paises francófonos e discotecagem do DJ Gabriel Mago, Domingo 26 de Março, as 18h. Realização : Aliança Francesa - Recife e Institut Français - Brasil.

Na galeria, encerramento da exposição DELAS - A mostra das mulheres com homenagem e participação especial de Tereza Costa Rego.

Serviço:
Francofonia
Adama Keita e DJ Gabriel Mago
Domingo 26 de Março
18h
Entrada gratuita

Fonte: Assessoria de Comunicação

Compesa participará de evento nacional para negociação de dívidas

A Compesa será uma das empresas participantes do evento nacional para negociação de dívidas e recuperação de créditos, que acontece a partir da próxima segunda-feira (27) e segue até o dia 2 de abril. O Liquida Dívidas, organizado pela Serasa Consumidor, sugere que as dívidas sejam quitadas utilizando o FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço). O governo federal liberou o saque das contas inativas, a partir deste mês e segue até julho, de acordo com a data de nascimento. Para o cliente da Compesa, o feirão será uma oportunidade para renegociar seus débitos com o dinheiro extra, além de condições especiais para colocar sua conta de água em dia.

Oito lojas de atendimento da Compesa localizadas na Região Metropolitana do Recife participam do evento: Boa Vista, Largo da Paz, Dois Irmãos, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Prazeres e Cabo de Santo Agostinho. A expectativa da Compesa é recuperar, no período, 10% do total das dívidas dos clientes com a empresa, ou seja, o valor de R$ 8,5 milhões. Hoje, cerca de 170 mil clientes possuem débitos com a companhia, gerando uma dívida de aproximadamente R$ 85 milhões.

A previsão é que essa ação nacional beneficie mais de 10,1 milhões de brasileiros que têm direito a sacar o FGTS e quitar suas dívidas. Mais informações sobre o evento, consulta do FGTS e do CPF, e dos canais de negociação disponíveis pelos parceiros do Liquida Dívidas, acesse: www.serasaconsumidor.com.br/liquidadividas. Para consultar se há saldo disponível no FGTS, basta informar o número do CPF e data de nascimento no site www.contasinativas.caixa.gov.br/pages/inter/home.html.

SERVIÇO:
Feirão Liquida Dívidas na Compesa (lojas de atendimento participantes)
  • Loja Boa Vista Av. Conde da Boa Vista, nº 1099-A, Boa Vista (mesma galeria da Loja de Atendimento da Celpe)
  • Loja Olinda Av. Getúlio Vargas, nº 895, Bairro Novo (ao lado do banco Santander após o supermercado Extra sentido Cidade/Olinda)
  • Loja Largo da Paz Praça largo da Paz, s/n, Afogados (loja fica em frente à Igreja de Afogados no meio da praça)
  • Loja Dois Irmãos Rua Farias Neves, s/n, Dois Irmãos (próximo ao LAFEPE)
  • Loja Paulista Av. Senador Salgado Filho, nº52, Centro (em frente ao Fórum de Paulista)
  • Loja Abreu e Lima Av. Brasil, nº 935, Centro (em frente ao Templo Central da Assembleia de Deus)
  • Loja Prazeres Estrada da Batalha, nº 4232, Prazeres (após o cruzamento com Armindo Moura e antes do viaduto)
  • Loja Cabo de Santo Agostinho Rua Visconde Campo Alegre, nº 93, Centro (próximo ao posto da Celpe)

Fonte: Assessoria de Imprensa

"Mais uma armação contra Lula" afirma publicação da assessoria do ex-presidente

É falsa a notícia de que o blogueiro Eduardo Guimarães teria avisado a assessoria do ex-presidente Lula sobre a iminência de sua condução coercitiva e da execução de mandados de busca e apreensão, ocorridas em 4 de março de 2016. Estes episódios surpreenderam não apenas o ex-presidente, mas o Brasil e o mundo, por sua violência e ilegalidade.

As informações que Eduardo Guimarães publicou no Blog da Cidadania, em 26 de fevereiro de 2016, diziam respeito exclusivamente à quebra de sigilo fiscal e bancário do Instituto Lula, do ex-presidente, filhos, amigos e colaboradores, incluindo empresas destas pessoas.

“Sessão judiciária do Paraná. 13a Vara Federal de Curitiba. Pedido de quebra de sigilo de dados bancários, fiscais e/ou telefônicos. Requerente: Ministério Público Federal. Acusado: Luiz Inácio Lula da Silva e seguem-se mais ou menos 40 nomes. A partir daí o juiz [Moro] passa a detalhar o pedido. Vou agora ao deferimento, que é o que interessa. Defiro o requerido e decreto a quebra do sigilo bancário e fiscal de: (seguem 43 nomes)”

Foram exclusivamente estas as informações que Guimarães apresentou à assessoria do Instituto Lula. Ele procurou a assessoria para confirmar se os nomes listados eram realmente de pessoas próximas ao ex-presidente. Este procedimento é uma prática normal de repórteres e blogueiros. A assessoria do Instituto Lula recebeu e ainda recebe inúmeras solicitações de jornalistas tentando confirmar informações sobre supostas ações da Lava Jato em relação ao ex-presidente.

A coerção exercida contra o blogueiro Eduardo Guimarães esta semana revela um movimento para tentar imputar, mais uma vez, ao ex-presidente Lula, condutas que ele jamais teve. Revela também o desespero dos acusadores de Lula, que, após dois anos de investigações abusivas e até ilegais, não encontraram nenhuma prova contra ele e nem sequer um depoimento desabonador, depois que 73 testemunhas de defesa e acusação foram interrogadas pelo juiz Moro.

Fonte: Assessoria

SDS confirma números da Oposição apresentados há dez dias

Os dados divulgados na semana passada pelo Governo do Estado confirmam os números divulgados pela Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco há dez dias, que apontava mais de mil homicídios registrados até o último 5 de março. Segundo os dados oficiais da Secretaria de Defesa Social, entre 1º de janeiro e 28 de fevereiro foram cometidos 977 assassinatos, com 497 casos registrados apenas em fevereiro, numa alta de 3,6% ante as mortes registradas em fevereiro. Os dados da Oposição contabilizaram ainda as 49 mortes registradas até o domingo 5 de março, um dos fins de semana mais violentos dos últimos anos.

“Como destacamos há dez dias, tivemos em 2017 os dois meses mais violentos dos últimos dez anos, desde a criação do Pacto pela Vida. Há quatro meses o secretário Angelo Gioia assumiu a SDS e os números da violência continua batendo recorde, o que demonstra que não é com truculência e com medidas paliativas que Pernambuco vai conseguir vencer a guerra contra a criminalidade”, avaliou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

“Os números comprovam o que estamos alertando desde 2015, que há um déficit de policiais no Estado e que isso e essa é uma das causas dessa violência, além das precárias condições de trabalho. Apesar de os números de fevereiro, com quase 500 mortes, indicarem que tivermos o carnaval mais violento dos últimos sete anos, principalmente no Interior do Estado, por causa do deslocamento de homens para a Região Metropolitana, o Governo continua afirmando que está tudo bem. E não é isso que a população e a própria corporação sente na pele”, destacou o deputado Joel da Harpa (PTN), vice-líder da Bancada.

Além do crescimento da criminalidade, a Secretaria de Defesa Social também relata o acumulado de 20,3 mil casos de crimes contra o patrimônio em dois meses, dos quais cerca de 4,5 mil foram roubos e furtos de veículos, mais de 5 mil casos de violência contra a mulher e 295 casos de estupro. “É preciso que o Governo tenha humildade e chame toda a sociedade para discutir uma saída para este cenário. Nós, da Bancada de Oposição, estamos à disposição do Governo para ajudar a construir esse diálogo. Mas é fundamental que o governador Paulo Câmara convoque uma reunião com todos os deputados estaduais, sejam da base ou oposição, da bancada pernambucana no Congresso Nacional, dos ministros do Estado e do Governo Federal para que ele possa apresentar um plano de ação para o combate à criminalidade, porque infelizmente os sinais que temos observado é que a violência continuará crescendo em Pernambuco se nada for feito”, reforçou Silvio.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deputada Roberta Arraes se reúne com ministro da Educação Mendonça Filho

A deputada Roberta Arraes (PSB) se reuniu em Brasília, com o ministro da Educação, Mendonça Filho, ao lado do deputado federal, Fernando Monteiro e do ex-prefeito, Alexandre Arraes. Desde a gestão do ex-prefeito Alexandre, existe uma luta de implantação da Faculdade de Medicina, na Região do Araripe. Foram cumpridas todas as etapas e critérios passados pelos Ministérios da Educação e Saúde. E na terça-feira, (21), a deputada foi saber como está o andamento do processo de abertura da instituição. "Fui atrás de uma resposta para dar ao nosso povo, desse sonho que há tanto tempo a gente almeja para o avanço do ensino da Região do Araripe", disse Roberta Arraes.

O Ministro reconheceu a grande importância dessa faculdade para a região, e prometeu em breve, dar um retorno concreto de como anda o encaminhamento. Ainda na ocasião, os mesmos também reiteraram a solicitação de uma faculdade pública para a região.

Emenda de 800 mil reais para hospital da Região do Araripe - Na quarta-feira (22) foi dia da deputada Roberta Arraes (PSB) visitar a deputada federal Creuza Pereira, em Brasília. A parlamentar estadual foi agradecer a emenda que conseguiu para o Hospital e Maternidade Santa Maria, no valor de 800 mil reais. O valor será destinado para equipamentos e construção da sala vermelha no hospital.

A sala vermelha é o ambiente que recebe pacientes em casos graves, e necessitam de cuidados especiais e atendimento imediato. A última fez que visitou o hospital, no município de Araripina, Roberta conversou com a diretora geral Irmã Luíza, e a diretora executiva Irmã Fátima, e também com os médicos, Dr. Carlos, Dra. Eduarda e Dr. Divanagoras, que fizeram essa solicitação para melhor atender a população. "Hoje, venho informar, que conseguimos! A emenda seguirá com o destino da criação da área no hospital", disse a deputada.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compesa estende comemoração do Dia Mundial da Água até o final do mês

A celebração do Dia Mundial da Água, nesta quarta-feira (22), foi estendida pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) até o final do mês de março. Foi programada uma série de ações de educação socioambiental para envolver diferentes públicos, na Região Metropolitana do Recife e no interior do estado, até o dia 31. A necessidade de preservação dos recursos hídricos está sendo abordada em atividades como palestras educativas, oficinas, apresentações teatral, além de visitas à viveiros e às estações de tratamento de água operadas pela companhia. Os estudantes da rede pública de ensino também estão sendo mobilizados para participar do Concurso Cultural Água: juntos vamos preservar Ano 3 , cujas inscrições podem ser feitas até o dia 12 de abril, pelo endereço: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/?pag=1&cat=36&art=3360.

Na manhã desta quinta-feira (23), 50 alunos da rede públicade ensino participarão de uma aula prática com produção de mudas no Viveiro da Compesa, em Bonito, no Agreste. Também serão apresentadas palestra educativas para os alunos da Escola Municipal Professor Antônio Benedito da Rocha, no Cabo de Santo Agostinho, da Escola Municipal Maria Emília Dutra, na cidade Timbaúba, na Zona da Mata, e também da Escola Duque de Caxias, na Vila do Quartel, em Garanhuns, na região Agreste. A partir das 14h30, as crianças e adolescentes do bairro de Santo Amaro poderão assistir uma esquete teatral sobre o tema da preservação da água. Em Caruaru, haverá um teatro educativo para os alunos da Escola Espaço Educacional Construtivo, no bairro Maurício de Nassau.

No Colégio Auxiliadora, em Petrolina, vai acontecer uma programação com palestras, dinâmicas e maquete virtual, nesta quinta e sexta-feira (24). A Compesa vai fazer uma oficina educativa para sensibilizar os estudantes da Escola Estadual Deputado João Teobaldo de Azevedo, em Carpina, na manhã da sexta. Ainda na sexta, os alunos do Colégio Novo Horizonte, em Olinda, foram convidados para visitar a Estação de Tratamento de Água (ETA) Alto do Céu, no bairro do Fundão, e a participar de atividades educativas. Já a Escola Professor José Pantaleão Dutra Jr., no Cabo de Santo Agostinho, fará a mesma programação na segunda-feira (27). A Compesa vai promover no Shopping Guararapes, em Piedade, duas tardes de conscientização ambiental, na sexta (24) e na quarta-feira (29), a partir das 13h30, com jogos de tabuleiro e de memória, além de apresentação de maquetes.

Na próxima semana, nos dias 27 e 29 de março, os alunos da Escola Estadual Dom Malan, em Petrolina, irão conhecer todas as etapas do tratamento de água na ETA Vitória e também participarão de atividades educativas. Também no dia 29, a Compesa levará uma palestra educativa e dinâmicas para a Escola Coronel José Abílio, na cidade de Bom Conselho. No dia 31, a ETA Tapacurá, no bairro do Curado, Recife, receberá um grupo de alunos da Escola Técnica Estadual Almirante Soares Dutra. A programação de ações sociais alusivas ao Dia Mundial da Água iniciou no último dia 20 para promover mais de 30 ações socioambientais voltadas para estudantes, grupos de terceira idade e colaboradores da empresa. De segunda (20) até hoje (22), foram realizadas 18 ações, como a visita de 50 alunos da rede pública ao Viveiro da Compesa, em Poção, a apresentação de palestra para alunos da rede municipal de Vitória de Santo Antão, e um teatro de mamulengo para mais de 200 estudantes da Escola Batista, em Caruaru.

Fonte: Assessoria de Imprensa