Paulo Magalhães destaca investimento nas áreas de Stella Maris, Flamengo e Ipitanga com Prodetur

A prefeitura de Salvador assinou nesta terça-feira (06), o contrato Prodetur (Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo) com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$105 milhões dólares. O programa impulsionará as ações de infraestrutura na área turística. Na ocasião, o prefeito ACM Neto (DEM) listou as ações que serão promovidas com o investimento. Dentre elas, está a construção da nova orla nos trechos que abrange Stella Maris, Flamengo e Ipitanga.

O vereador Paulo Magalhães Jr. (PV) comemorou a iniciativa, visto que a parceria promoverá uma solicitação antiga do edil. "Há anos destaco a importância da revitalização nessa área da orla de Salvador. É uma beleza natural incrível que precisa ser bem explorada. O Prodetur Salvador trará investimentos que afetarão de forma significativa o turismo e o desenvolvimento da nossa cidade", afirmou o edil.
A reforma da Avenida 7 de Setembro, criação do Museu da História de Salvador e Arquivo Público Municipal, além de investimentos em segurança, sinalização, capacitação de mão de obra, também estão inclusos nas ações que abrangem o programa e visam o crescimento no setor turístico da capital baiana.

​Fonte: ​Assessoria de Imprensa​

Postagens mais visitadas deste blog

Reitora da UFRPE e secretário de Educação realizam reunião sobre creche escola em Dois Irmãos

Rodrigo Coutinho inicia reuniões da Comissão Especial do Plano Diretor do Recife na Câmara

TCE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Após polêmica, Comissão de Cidadania define Juntas na presidência

Coluna do #BlogPautaPolítica

Em primeiro discurso na ALEPE, João Paulo Costa destaca prioridades do seu mandato

Coluna do #PautaPolíticaPE

"Vocês são considerados bandidos e assassinos", disse deputado ao presidente da Vale

Casal de bonecos, Zé Pereira e Vitalina, fazem tradicional viagem de barco pelo Velho Chico para anunciar o Carnaval

Wanderson Florêncio defende parque na Zona Sul do Recife e enfrenta protestos