Hospitais da Rede Ebserh oferecem tratamento para a Hanseníase

Desde 2010, o último domingo de janeiro é conhecido como o Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hanseníase, doença que pode provocar graves incapacidades físicas se o diagnóstico demorar ou se o tratamento for inadequado. Dados da Sociedade Brasileira de Hansenologia mostram que o Brasil é o segundo país com maior número de casos da doença, ficando atrás apenas da Índia.

Visando combater a enfermidade, hospitais universitários filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atuam em duas frentes: oferecer tratamento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e promover ações educativas em busca da prevenção.

A doença é contagiosa e é transmitida pela respiração, fala, espirro, tosse, acometendo principalmente a pele e os nervos periféricos. Sua principal característica é uma mancha ou qualquer lesão de pele que tenha alteração de sensibilidade. O paciente não consegue diferenciar, por exemplo, o quente do frio naquele local onde tem a mancha.

No Nordeste, os hospitais da Rede Ebserh localizados na Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco e Sergipe possuem serviços especializados no diagnóstico e tratamento da hanseníase. A prevenção ocorre de forma parcial com a vacina BCG. “A hanseníase tem cura por meio de tratamento com medicação 100% fornecida pelo SUS com duração de seis meses a um ano”, explica Fátima Brito, dermatologista do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE).

Com o tratamento iniciado de forma precoce e seguido à risca, o paciente não terá a evolução da doença e nem vai transmití-la.

Serviço em PE - As pessoas que estiverem com alguma suspeita de hanseníase devem procurar a unidade de saúde mais próxima para diagnosticar e tratar o problema. Se a equipe de saúde identificar a necessidade de um diagnóstico ou tratamento mais especializado, o paciente poderá ser encaminhado para o Hospital das Clínicas da UFPE, em Recife.

Sobre a Ebserh - Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh

Postagens mais visitadas deste blog

Coluna do #BlogPautaPolítica

Paulo Câmara anuncia o segundo escalão do Governo de Pernambuco

Coluna do #PautaPolíticaPE

João Fernando Coutinho terá grupo político participando das eleições 2020 para prefeitura de Pesqueira

Grupo repudia tentativas de censura na Paixão de Cristo de Casa Amarela em Recife

2ª semana de janeiro tem superávit de US$ 1,766 bilhão na balança comercial brasileira

Produção de petróleo e gás natural em 2018

Silvio Costa Filho propõe criação de Frente Parlamentar em defesa do Pacto Federativo

Inscrições abertas para estágio de nível médio no MPPE

Coluna do #PautaPolíticaPE