Fátima Bezerra falou que prioridade é pagar as contas e cuidar do povo do RN


A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), falou na tarde desta terça (1º), ao ser empossada, "sabemos que o legado é dramático. Estamos herdando uma dívida de R$ 2,6 bilhões, três folhas de pagamento do funcionalismo atrasadas, dívidas com fornecedores. Uma das faces mais cruéis dessa herança se expressa no completo desrespeito com os servidores públicos". Ainda destacou "não será fácil, já sabíamos. Mas, afinal, fácil nunca foi. Como a maioria do povo potiguar, eu não nasci em berço de ouro, sempre lidei com dificuldades, a fome, a pobreza, a falta d’água. Sei o significado da luta e da construção de oportunidades". E afirmou "não queremos só inverter prioridades, mas promover uma educação libertadora, uma segurança cidadã, uma saúde humanizada, participação popular e transparência. Com esse espírito compus o meu Secretariado, formado por lideranças sérias e comprometidas". Já empossada governadora, Fátima falou ao povo que acompanhou "ninguém vai soltar a mão de ninguém".

Postagens mais visitadas deste blog

Reitora da UFRPE e secretário de Educação realizam reunião sobre creche escola em Dois Irmãos

TCE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Rodrigo Coutinho inicia reuniões da Comissão Especial do Plano Diretor do Recife na Câmara

Coluna do #PautaPolíticaPE

Taekwondo: Letícia Teixeira viaja para São Paulo através do Passaporte Esportivo

Coluna do #PautaPolíticaPE

Coluna do #PautaPolíticaPE

Morre motorista conhecido por decorar ônibus nas datas festivas no Recife

Wanderson Florêncio defende parque na Zona Sul do Recife e enfrenta protestos

Após polêmica, Comissão de Cidadania define Juntas na presidência