Daniel Coelho é eleito líder do PPS na Câmara dos Deputados


O deputado federal reeleito Daniel Coelho foi eleito nesta quinta-feira para ser o líder do PPS na Câmara dos Deputados ao longo do ano de 2019. O pernambucano vai substituir o paulista Alex Manente, também reeleito, e comandará a bancada que elegeu oito deputados nas eleições 2018. Satisfeito com a nova função, Daniel afirma que o PPS vai atuar de maneira independente no Congresso, apoiando o governo no que for importante para o país, mas tecendo críticas quando necessário. “Fico feliz em liderar a bancada nesse momento tão importante para o país e para o partido. Nossa eleição confirma a posição de que a bancada atuará de forma independente no Congresso. Votando sempre a favor do povo e do Brasil. Não vamos entrar nessa de quanto pior, melhor, de ficar contra tudo. Mas também não seremos subservientes ao governo. Se houver erros, faremos as críticas. Não haverá espaço para toma lá, dá cá. Nosso convencimento é aquilo que for bom para o país”.

Outro desafio de Daniel Coelho é conduzir o partido no processo de mudança de nome, estatuto e atualização no programa e posicionamento ideológico. “O mundo mudou, barreiras do passado foram superadas. Não podemos ficar presos em lutas que foram importantes, mas que pertencem ao século passado. Busca pela liberdades individuais, combate a privilégios, redução de um Estado caro e ineficiente e a constante luta no combate à pobreza e às desigualdades nos guiarão”, enfatizou Daniel Coelho.

Postagens mais visitadas deste blog

Reitora da UFRPE e secretário de Educação realizam reunião sobre creche escola em Dois Irmãos

TCE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Rodrigo Coutinho inicia reuniões da Comissão Especial do Plano Diretor do Recife na Câmara

Coluna do #PautaPolíticaPE

Taekwondo: Letícia Teixeira viaja para São Paulo através do Passaporte Esportivo

Coluna do #PautaPolíticaPE

Coluna do #PautaPolíticaPE

Morre motorista conhecido por decorar ônibus nas datas festivas no Recife

Wanderson Florêncio defende parque na Zona Sul do Recife e enfrenta protestos

Após polêmica, Comissão de Cidadania define Juntas na presidência