Centrais sindicais se mobilizam para greve geral no dia 14 de junho

Foto: Reprodução/247

Com informações do portal 247, o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves Juruna, afirmou: "Estamos discutindo em cada Estado, não só em torno da unidade dos sindicatos, mas também para ganhar a sociedade para essa discussão". João Carlos comentou sobre as estratégias das centrais sindicais para a greve geral prevista para o dia 14 de junho contra a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro. Os sindicalistas também criticam o desemprego e reforçam a bandeira pela Educação pública.

Segundo o Brasil 247, "o índice de desemprego está em 12,7% (13,4 milhões de desempregados)", de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).