Nota de Repúdio acerca declarações proferidas por Damares Alves

O Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças Adolescentes e a Rede ECPAT Brasil lançam nota conjunta acerca declarações proferidas pela Ministra Damares Alves. A nota possui como objeto as declarações dadas pela ministra, no dia 24 de julho, onde propõe que a construção de uma fábrica de calcinhas seria uma medida para evitar casos de violência sexual na Ilha de Marajó, no Pará. Atualmente, o documento conta com a assinatura de mais de trinta organizações e redes comprometidas no enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes, e que discutem com seriedade a temática.

Confira a Nota de Repúdio: http://bit.ly/2Tcu5NV